Remarketing

Remarketing: o que é e ? e como fazer?

Sabemos que existem muitas possibilidades de criar estratégias para a captação do público nos meios digitais, e o remarketing é uma delas.

Se você ainda não sabe o que é e como fazer essa técnica para o seu negócio, está no local certo! Afinal, você pode estar perdendo muitas oportunidades de vender para os clientes ideais.

Com a pandemia gerada pelo novo coronavírus (covid-19), provavelmente muitos consumidores se interessaram por determinados produtos como, por exemplo, gerador de energia, mas não finalizou a compra no site. Logo, o remarketing entra em ação!

Assim sendo, é uma estratégia ideal para aumentar as conversões e potencializar os resultados de vendas. Por se tratar de uma estratégia de marketing digital, é muito importante que seja bem implementada a fim de obter os resultados almejados.

Além do mais, a LGPD entrou em vigor em 18 de setembro de 2020, mas isso não quer dizer que essa prática deixe de ser aplicada, contudo, é importante ter cautela a fim de evitar violar a lei.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para te explicar o que é e como fazer o remarketing. Ficou interessado? Continue nos acompanhando neste post!

Afinal, o que é remarketing?

Como já mencionamos anteriormente neste post, o remarketing tem alta precisão em converter clientes.

Isso porque é uma ferramenta do Google Ads e o conceito está relacionado às campanhas de marketing digital, logo, a ferramenta tem a capacidade de identificar os usuários que acessaram o site a para enviar campanha com o objetivo de captar o consumidor.

Para entender melhor sobre este o significado de remarketing, imagine que um usuário busque por pistola de pintura pulverizadora em determinado site. 

Automaticamente ele demonstra interesse pelo produto, logo, a organização que investe no Google ADS refaz as campanhas a fim de mostrar o produto novamente ao usuário enquanto navega nas diferentes plataformas na internet.

Vale lembrar que isso não pode ser caracterizado como uma perseguição, mas sim influenciar a decisão de compra do cliente. 

Como fazer remarketing no seu negócio?

Criar campanhas de remarketing, sem dúvida, impacta nos seus resultados de modo positivo. Afinal, para qualquer gestor, aumentar as vendas e a visibilidade no mercado é a chave do sucesso organizacional.

Como já citado, é necessário ter cuidado no momento de criar uma campanha, seja para produtos como desengraxante biodegradável, entre diversos outros segmentos. 

Neste contexto, é preciso respeitar o espaço do consumidor, ou seja, entender que existe um motivo pelo qual ainda não fechou negócio. Afinal, vender não é tão simples quanto parece, não é mesmo?

O remarketing pode ser feito através de email marketing, por exemplo, mas é necessário que haja o consentimento do consumidor para que não haja violação da LGPD. Além disso, outras plataformas como Facebook, Instagram e Youtube, são essenciais para apostar no remarketing e fazer com que o consumidor visualize anúncios enquanto navega na página.

Para isso, foque no seu público alvo e tenha ações bem específicas de modo que atraia a atenção do cliente. Se o usuário ideal acessou uma página de determinado produto, gerar remarketing com a definição de período como, por exemplo, descontos da semana, proporciona conversões.

Portanto, se atente aos interesses do seu público e mantenha a atualização do remarketing respeitando a jornada de compra. Com isso, o seu negócio vai alcançar sucesso nas conversações!

Esse artigo foi escrito por Thais Teixeira, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais

Screenshot 2021-04-15 125039

4 dicas para aumentar o tráfego do seu e-commerce

Se você atua com vendas online e não sabe como aumentar o tráfego do seu e-commerce, saiba que chegou ao lugar certo!

As vendas realizadas por meio do comércio eletrônico ficou em alta após a chegada da pandemia gerada pelo novo coronavírus (covid-19), logo, quanto maior o número de acesso e permanência no seu e-commerce, é maior a possibilidade de potencializar as vendas.

Até mesmo um gerador de energia é possível comprar online e se torna o modo rápido e prático de aquisição. Por isso, é importante seguir algumas estratégias a fim de aumentar o tráfego no seu comércio eletrônico para proporcionar a visibilidade do seu negócio na internet.

Pensando nisso, listamos quatro dicas infalíveis para você, empreendedor, aplicar a partir de hoje e potencializar os seus resultados. Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Então, continue lendo e confira!

Entenda a importância de aumentar o tráfego do seu e-commerce

É fato que para uma empresa obter sucesso nos resultados é necessário o maior número de clientes tanto no meio físico, quanto virtual. 

Assim sendo, suponhamos que você deseja comercializar de modo online etiquetas personalizadas. Para ter aumento de vendas, será essencial que a sua marca seja vista, certo?

Afinal, é quase impossível vender sem a presença de clientes. Logo, o tráfego é caracterizado pelo número de usuários que acessam a sua página e que podem realizar a compra no momento em que entender que a marca atende suas necessidades. 

Vale ressaltar que as estratégias aplicadas para atrair o público para a loja virtual também envolve as informações relevantes que influenciam o consumidor na decisão de compra. Continue lendo e confira as quatro dicas para aumentar o tráfego e potencializar suas vendas.

1. Aposte no SEO

Muito provavelmente você já tenha ouvido falar em SEO (Search Engine Optimization). 

É a forma ideal para facilitar a busca do potencial cliente que pesquisa desengraxante biodegradável nos mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo. 

Já imaginou a quantidade de pessoas que fariam o acesso na sua loja virtual, ao ver a sua loja no topo de pesquisa? É uma estratégia excelente para aumentar o tráfego.

2. Tenha um site responsivo

Uma situação que afeta a experiência do usuário no seu comércio eletrônico é um site responsivo. Ou seja, proporcionar que o seu público acesse a loja de diferentes dispositivos, sem a interrupção e alterações no layout.

Além disso, é necessário aplicar um bom design para distribuir as informações e permitir facilidade para que o usuário encontre o que precisa. 

3. Forneça informações detalhadas sobre o produto e entrega

Da mesma forma que o cliente quer acessar um site sem interrupções e experiências negativas ao ter fácil navegação, ele também quer ter informações das descrições de produtos, preços e afins.

Você, como consumidor, compraria em uma loja virtual que não fornece informações relevantes para que possa finalizar a compra? Certamente a resposta é não!

Sabemos que nos dias de hoje, o cliente exige o maior número de informações possível para ter ciência do que está adquirindo e se a marca é confiável. Isso pode impactar nos resultados de pessoas que permanecem interessadas pelos produtos e procure pelo concorrente. 

4. Invista nas redes sociais para auxiliar o aumento de tráfego do e commerce

Por fim, mas não menos importante, investir nas redes sociais é primordial para alcançar excelentes resultados de tráfego para a loja virtual.

Isso porque o seu público alvo pode estar neste exato momento navegando no Instagram ou facebook, e ao se deparar com anúncios do seu negócio, pode ser direcionado para o seu e-commerce através de links patrocinados.

Portanto, apostar em conteúdos relevantes, estratégia de SEO e site responsivo, contribuem para o aumento de tráfego e melhoram a experiência do usuário. Se deseja garantir essa prática no seu negócio e ter sucesso nas vendas online, siga as dicas e conquiste excelentes resultados!

Esse artigo foi escrito por Thais Teixeira, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.