INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

4 estratégias de marketing digital para investir pra ontem!

Um universo que realmente se desenvolveu nos últimos anos e décadas foi o da internet, no caso das empresas, uma prova disso é o crescimento da importância do marketing digital, que pode mudar tudo.

Na verdade, essa mudança já começou e tem feito com que novas empresas surjam todos os dias, crescendo com uma velocidade nunca vista. 

Ao mesmo tempo em que outras ficam para trás, simplesmente por não conseguirem se adaptar às novas realidades.

Basta imaginar o caso de uma empresa de brindes corporativos sofisticados, que antes abria as portas e podia contar apenas com estratégias de marketing offline, como indicação boca a boca, panfletagem, anúncio em revistas, jornais e outdoors.

Lembrando que essas táticas ainda existem e inclusive, ainda funcionam, não se trata de colocá-las em detrimento das estratégias digitais. 

O fato é que estas últimas são as que mais têm revolucionado a história de pequenos e médios empreendimentos.

Isso ocorre por vários motivos, sendo um dos principais justamente a questão da democratização que a internet permite. 

Afinal, antes apenas grandes marcas conseguiam dominar as maiores vitrines do mundo, que eram a TV e o rádio.

Hoje a maior vitrine está na internet, como quando alguém abre um motor de busca e pesquisa por algo como sala comercial pequena para alugar

Trata-se de um serviço simples, relativamente nichado e que seria impensável na TV em horário nobre.

Contudo, se a empresa conseguir se posicionar e ficar bem ranqueada no Google, no Bing e no Yahoo ela passará por uma verdadeira transformação em termos comerciais, logo descobrindo como o marketing digital é poderoso e promissor.

Ademais, outro motivo para essa popularização é a customização que o marketing digital permite, fazendo com que as empresas decidam em detalhes o orçamento que querem investir, em qual público-alvo focar e daí em diante.

Justamente por isso é que achamos interessante elaborar todo o material que trazemos neste artigo, explicando melhor quais são as 4 melhores estratégias de marketing digital em que as empresas precisam realizar seu investimento o quanto antes.

Ao mesmo tempo, vamos mostrando em detalhes os impactos positivos que isso pode causar no curto, médio e longo prazo. 

Além de trazermos conceitos que são indispensáveis, ao lado de exemplos claros e concretos, que ajudam bastante na compreensão.

Inclusive, um ponto bacana deste material é justamente que essas dicas já foram tão testadas e evoluídas, que hoje podem ajudar empresas de qualquer segmento, seja para quem faz reparo de fachada de loja ou vende produtos industriais em plataformas.

Dito isto, se o interesse do leitor é compreender de uma vez por todas como algumas estratégias relativamente simples podem revolucionar a história do seu pequeno ou médio empreendimento, então basta continuar na leitura até a última linha.

 

Marketing digital: o que é isso?

É cada vez mais comum ouvir falar em marketing digital, mas não necessariamente as pessoas dominam algumas definições conceituais e técnicas que podem ser essenciais na hora de compreender o assunto, sobretudo antes de colocá-lo em prática.

Primeiramente, o universo digital surge em contraste com o mundo offline, que consiste em todas as antigas formas de divulgação e publicidade que já existiam antes da disseminação do microcomputador e da internet.

Considerar que o offline morreu totalmente é um erro, inclusive porque ele também continua evoluindo, dois exemplos são o do Outbound 2.0 e o das mídias OOH (Out of Home). 

Contudo, o digital acaba se mostrando mais acessível e mais promissor.

Por exemplo, um escritório que faz qualificação de desempenho precisaria investir pesado em infraestrutura para operacionalizar o Outbound 2.0, criando toda uma base de divisão de trabalho em cadeia, com vários funcionários e equipes na linha de frente.

Ou ainda, para fazer OOH e investir em outdoors, canteiros centrais e mídias de shopping center, ele precisaria de um orçamento muito mais profissional e determinado com base em capital de giro, investimentos de sócios ou mesmo empréstimo.

Já para simplesmente marcar presença na internet bastaria fazer um planejamento de marketing com os sócios ou líderes da empresa, e começar a desenvolver várias frentes ao mesmo tempo, investindo pouco e obtendo muito retorno.

Atualmente, as principais frentes de atuação desse universo são as seguintes:

 

  • Um website próprio;
  • Um blog com conteúdos originais;
  • Marketing de conteúdo e inbound;
  • Investimento em SEO e LP;
  • Perfis e contas em redes sociais;
  • Impulsionamento nessas mídias sociais;
  • E-mail marketing e newsletters.

 

Enfim, há um universo de possibilidades, o que também acaba se tornando um dos pontos fortes do universo digital, já que ele permite táticas para todos os gostos e momentos.

Lembrando que nem toda empresa se encontra no mesmo estágio de desenvolvimento, mesmo quando falamos apenas em pequenos e médios negócios. Cada um está em um momento, e conta com recursos e possibilidades próprias.

O importante é justamente compreender o essencial sobre o marketing digital, pois isso já basta para despertar o interesse e a iniciativa que pode realmente fazer a diferença.

 

1. Seu site como um portal

Um erro muito comum que acabou se disseminando é o de que ter um website próprio é coisa do passado, já que a internet conta com plataformas específicas como as redes sociais, ou mesmo os marketplaces onde fazer anúncios e começar a vender rápido.

Contudo, embora essas outras plataformas possam trazer um resultado bacana, elas são como um terreno alugado

Ao mesmo tempo, uma empresa da área de controles patrimoniais precisa ter o seu “próprio terreno”, isto é, um portal apenas seu.

Sendo assim, em termos de estratégia de marketing digital é preciso investir em um domínio próprio, um bom servidor com boa hospedagem, e enfim, um site estável que vá muito além do simples cartão de visitas online.

É preciso garantir que os visitantes, leads e clientes tenham uma boa experiência ao encontrar seu site, verificando que você domina o universo digital e pode promover uma comunicação assertiva.

A ideia de ter um site como portal é justamente o fato de que com o tempo o blog pode ser anexado a ele, até que haja publicação todos os dias

Mais adiante, até um aplicativo de celular pode ser desenvolvido, também ando em torno do site como portal.

 

2. Os motivos para ter um blog

Se existe algo que as maiores marcas do mundo acreditam hoje, é o marketing de conteúdo e o inbound enquanto oposição ao outbound marketing. 

Portanto, a geração de conteúdo e a prospecção passiva, que não força o cliente a comprar nada.

Podemos dizer que esta seja uma das essências do marketing digital, já que quando uma empresa de placas de sinalização cria os melhores conteúdos digitais da sua área, fatalmente ela acaba se tornando uma grande referência, com autoridade acima dos outros.

O bacana de ter um blog é que ele pode servir como base para essa estratégia de marketing digital

Assim, o primeiro passo para desenvolver conteúdos sempre será o de escrever artigos, depois eles podem servir como apoio para outros formatos.

Por exemplo, um artigo pode virar script para vídeos, lives, podcasts e daí em diante. Além disso, é por meio do blog que a empresa vai investir em SEO e LP.

Sendo assim, em Search Engine Optimization (Otimização de Páginas para Motores de Busca), que permite ser bem ranqueado nos buscadores sem pagar diretamente por isso, gastando apenas o investimento de criar bons conteúdos gratuitos.

Assim como em Link Patrocinado, que é quando a empresa paga para ter suas palavras-chave destacadas e bem ranqueadas por meio de impulsionamento.

 

3. O poder das mídias sociais

Outra estratégia incontornável quando o assunto é estratégia de marketing digital é a das redes sociais, já que hoje boa parte do público-alvo de qualquer marca está ali.

De fato, engana-se muito quem pensa que essas plataformas se limitam apenas a trocar fotos pessoais do fim de semana e de pratos de comida.

Facilmente, uma empresa de embalagens personalizadas pode investir em marketing e publicidade ali, atraindo e engajando pessoas interessadas em sua solução.

Como vimos lá no começo, é possível customizar não apenas orçamento e valores de investimento, mas também o perfil do público que será atraído.

 

4. E-mail marketing e newsletters

Uma última dica é não subestimar nada quando o assunto for marketing digital. Como quando falamos sobre e-mail e alguns pensam que isso é algo que ficou para trás.

Na verdade, sempre que uma pessoa compra um produto, a primeira coisa que ela faz é correr para verificar sua caixa de entrada, portanto veja a força do e-mail.

Assim, uma empresa de folder empresarial pode investir nisso como estratégia de marketing digital e obter muitos resultados positivos.

Uma dica de ouro é disparar newsletters com frequência, assim seu público fica aquecido e o engajamento real cresce cada vez mais, aumentando as vendas.

 

Considerações finais

Portanto, falar em marketing digital equivale a falar em um universo de oportunidades e de possibilidades para empreendimentos pequenos, médios e de todos os tamanhos.

Com as dicas e conselhos práticos dados acima, fica bem mais fácil entrar nesse meio com o pé direito e conseguir os resultados mais sólidos de curto, médio e longo prazo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.