INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

A importância do tráfego pago e orgânico para seu e-commerce

Um dos segredos para o sucesso do varejo no mundo físico é a localização, da mesma forma é no caso dos e-commerces.

Em outras palavras, se você abrir sua loja no local bem movimentado e que seu público frequente, as pessoas o visitarão e você fará vendas.  

E-commerces, sigla em inglês para “electronic commerce”, traduzido para o português como “comércio eletrônico”, é o nome dado a compra e venda que ocorre no mundo digital, através de plataformas online, como sites. 

As vendas online são muito diferentes, e sem dúvida, podem até mesmo serem consideradas mais complicadas. 

Ao longo desse texto você poderá compreender como funciona o e-commerce e os diferentes tipos de tráfegos de informações e anúncios que ocorrem na internet. 

Com o objetivo de promover um serviço ou produto e realizar a qualificação de desempenho da sua loja. 

 

Diferenças entre e-commerce e loja física 

Como em uma loja física, você pode e deve investir um valor anunciando seus produtos e serviços, para que desse modo você atinja um público maior e fidelize seus clientes antigos. 

Aliás, existem diversas semelhanças entre uma loja virtual e uma loja física. 

Por exemplo, a necessidade de divulgação dos seus produtos, a criação de vínculos com os clientes, a necessidade de algumas avaliações patrimoniais e um bom design da marca. 

Porém, existem diferenças que devem ser analisadas e consideradas, por exemplo, o tipo de marketing utilizado é o digital, através das mídias digitais e redes sociais. 

Além disso, existem dois tipos de tráfego de pessoas em seu site, o orgânico e o pago. 

 

Qual a diferença entre tráfego orgânico e pago? 

O tráfego orgânico inclui todos que clicam em seu site espontaneamente, a partir de páginas de resultados de pesquisa do Google, excluindo aqueles que clicam em seus anúncios pagos.

O tráfego pago são os cliques nas mídias sociais através de anúncios impulsionados pela própria empresa. 

O tráfego proveniente de SEO, sigla em inglês para Search Engine Optimization, que em português significa Otimização para motores de busca, é tecnicamente gratuito.

Entretanto, você terá que investir tempo, esforço e ter uma equipe capacitada para produzir conteúdo de qualidade.

Portanto, ambos necessitam de investimento de dinheiro e tempo, do mesmo modo que a construção de uma fachada de loja infantil.

Enquanto o tráfego gerado a partir de anúncios PPC (Pay Per Click), que traduzido para o português significa pagar por clique, não é gratuito. 

Os anúncios PPC são exibidos acima dos resultados de pesquisa orgânica do Google ou na barra lateral das páginas do mecanismo de pesquisa, para consultas de assuntos relacionados ao tópico.

Existem diversas plataformas para PPC, que possibilitam a segmentação detalhada e a chegada de anúncios para o seu público-alvo, por meio de uma base de dados daquelas pessoas que estão interessadas em seus produtos e serviços. 

 

Quais as vantagens em possuir bons tráfegos? 

Tanto o tráfego orgânico quanto o pago são extremamente importantes, pois trazem diversos benefícios para as empresas que utilizam o e-commerce, como: 

  • Aumento de vendas;
  • Possibilidade de encontrar novos clientes;
  • Fornece resultados a longo prazo;
  • Ajuda a se destacar no mercado;
  • Cria vínculos com seus clientes. 

Enfim, são diversas vantagens, portanto, é eminente a importância de investir no marketing digital. 

 

Devo investir em tráfego pago ou orgânico?

Como já discorrido ao longo do texto, ambos os tipos de tráfegos são importantes. 

Entretanto, é possível optar entre um ou outro, além de se atentar que em ambos os casos, mesmo no tráfego orgânico, precisam de investimentos. 

As marcas investem muito dinheiro em seu SEO, para desenvolver o tráfego orgânico, tornando o processo de posicionamento de marca difícil em praticamente qualquer mercado. 

Para a maioria, a viabilidade de classificação para qualquer tipo de consulta de produto é como um tiro no escuro distante, às vezes os empreendedores podem investir e não obterem os resultados esperados. 

Entretanto, isso não significa que seja um objetivo que chega a ser inatingível, nem desconsidera a importância do SEO para qualquer negócio que venda online. 

O cerne do sucesso é implantar a combinação estratégica certa que oferece os maiores benefícios e retornos, e idealmente, muito impulso de vendas de qualquer produto, roupas, sapatos, serviços, embalagens personalizadas, entre outras. 

Portanto, aliar o tráfego pago com o orgânico é sempre, uma das melhores estratégias. 

Contratar uma equipe de marketing ou estudar bem o assunto é essencial para saber investir esse dinheiro do marketing digital. 

 

Dicas para possuir um bom SEO

Mesmo existindo a possibilidade de aumentar as visitas em seu e-commerce, e consequentemente de vendas, por meio do tráfego pago, é importante ter um bom tráfego orgânico através do SEO da empresa. 

O tráfego orgânico oferece algumas das taxas de conversão mais altas, sem mencionar a fidelidade e os compradores recorrentes. É inerentemente discreto, legítimo e possibilita o crescimento.

Um dos benefícios mais profundos de ter um bom SEO em seu mix de marketing de comércio eletrônico é a simbiose entre canais que pode ocorrer. 

Em termos simples, o trabalho que você coloca em um canal pode se aplicar a vários outros, como divulgar em seu site e nas redes sociais, é possível realizar uma automação empresarial 

Pense no tipo de conteúdo que ganha destaque nas mídias sociais ou cliques por e-mail, mas também ganha força com SEO. 

Para ter um bom SEO é necessário uma série de estudos e planejamentos, como: 

 

  • Realizar pesquisa de mercado; 
  • Ranquear as palavras-chave do momento; 
  • Rastrear o posicionamento de seu site;
  • Compreender e analisar os fatores de classificação do Google;
  • Definir métricas;
  • Definir objetivos;
  • Estudar os concorrentes. 

 

De forma geral, aumentar a relevância do SEO de sua empresa é um processo árduo, que necessita de muitos estudos para compreender as estratégias  dos concorrentes e como funciona a classificação de relevância de conteúdos do Google. 

Para desse modo, atuar nos pontos que precisam ser melhorados. 

 

8 Dicas para aumentar o tráfego orgânico de seu site

Aumentar o tráfego orgânico, embora valioso, é uma tarefa muito difícil. Requer pesar vários aspectos diferentes, como o nicho do seu site de comércio eletrônico, seu setor e seu desempenho individual. 

Para ajudar o empreendedor a aumentar o tráfego orgânico, segue algumas estratégias:

 

  1. Crie textos relevantes e otimizados; 
  2. Escolha as melhores palavras-chaves; 
  3. Crie títulos de sucesso e chamativos; 
  4. Disponibilizar cupons; 
  5. Disponibilizar brindes promocionais;
  6. Poste conteúdos em múltiplas plataformas; 
  7. Estude seu público-alvo; 
  8. Estimule seus clientes a gerarem conteúdo para seu site. 

 

Seguir essas dicas com certeza te auxiliar a atingir os objetivos da empresa, aumentando as vendas a partir das visitas de novos clientes nas mídias sociais. 

Além disso, quando se trata de SEO, o UGC, sigla em inglês para User Generated Content, que em português significa conteúdo gerado pelo usuário, pode impulsionar muitas vendas e aumentar a popularidade das suas mídias sociais. 

O UGC, se configura como aqueles conteúdos que os clientes desenvolvem, como  escrevendo resenhas, enviando fotos, fazendo feedbacks dos produtos e serviços ou contando suas histórias de vida. 

Esse tipo de conteúdo pode tornar as páginas do seu site mais relevantes, autênticas, profundas, envolventes e atualizadas.

Mas, como em todo conteúdo, há desafios para aproveitar ao máximo o UGC. Identificar objetivos e resultados desejados e implantar o conjunto certo de sistemas é fundamental.

As tecnologias escolhidas ou a combinação de plataformas, linguagens de programação, aplicativos, frameworks e ferramentas usadas para desenvolver uma loja de ecommerce ou aplicativo móvel podem ter grandes implicações e limitações. 

Por outro lado, priorizar o SEO e as especificidades do projeto relacionado pode ajudar a restringir suas decisões, construindo assim uma pilha de tecnologia mais sustentável e à prova de futuro.

A disponibilização de cupons e de brindes, como totens personalizados, são outros dois fatores que aumentam muito o tráfego orgânico em um site. 

Mas, se você deseja algo abrangente, pode optar pelos dois, tanto o SEO quanto o tráfego pago. 

No tráfego pago você atinge um público maior e menos específico, o que pode gerar mais popularidade para seus negócios. 

 

Conclusão 

Sendo assim, se você tem um bom orçamento para investir no marketing digital, tanto orgânico quanto pago, faça isso, pois ambas as estratégias são altamente benéficas e relevantes para o seu negócio. 

Além dos benefícios dos tráfegos digitais, é possível aliar com as propagandas de marketing tradicionais, como folder empresarial, panfletos, propagandas na televisão e rádios, entre outros. 

Não perca tempo, invista em tráfego orgânico e tráfego pago para se destacar dos concorrentes e alavancar suas vendas e popularizar a sua marca. No século da tecnologia é necessário sempre se manter atualizado. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.