INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Anúncios dinâmicos no Google Ads: Entenda o que são!

O Google Ads é uma plataforma de criação, compra e lançamento de conteúdo impulsionado para resultados de busca, anúncios em imagem e vídeo para plataformas atreladas ao serviço. Seu funcionamento serviu de base para outros programas do setor.

As plataformas online oferecem ao usuário uma chance de destacar-se de maneira rápida e eficaz, atraindo um número maior de visualizações e clientes, através da construção de um anúncio que pode veicular um link ou elementos de mídia.

Nesse cenário, o que são anúncios dinâmicos? O uso do Ads, até poucos anos, girava em torno da comercialização de palavras-chave para o impulsionamento até a primeira página. Com as atualizações que o transformaram em Ads 360, novos métodos foram inseridos.

Hoje, um anúncio dinâmico não depende do leilão de palavras-chave para estar no ar, mas é programado para aparecer sempre que há compatibilidade entre usuário e conteúdo. Desta forma, a qualidade da publicidade e das recomendações aumenta.

Neste artigo, conheça como o Google Ads expandiu suas ferramentas anexas, como essas ferramentas possibilitam a análise de dados voltada para a intenção personalizada de pesquisa e a identificação correta do tom presente nas páginas cadastradas no sistema.

 

A expansão do Google Ads

O Google Ads é a principal fonte de receita do buscador desde sua fundação, um serviço que oferece a exibição de links impulsionados para uma palavra-chave específica, por meio do pagamento de uma taxa fechada nos leilões em logísticas para ecommerce.

Com a inserção de outros produtos da mesma empresa, como o Google Maps, o Meu Negócio e o mais anterior Analytics, a plataforma se estabeleceu como a maior fonte de anúncios pagos da internet, capaz de abranger uma ampla gama de locais.

No modelo tradicional, o Google utiliza um conjunto específico de métricas que avaliam a qualidade de um anúncio e sua posição no leilão de palavras-chave. São elas:

 

  • Custo por clique (CPC);
  • Índice de qualidade;
  • Domain authority (DA);
  • Taxa de cliques.

 

É importante considerar que, como uma empresa que oferece serviços à pessoa física, a plataforma de busca precisa recomendar conteúdo de qualidade nas pesquisas, a fim de manter a preferência e sua posição de hegemonia frente à concorrência.

Por isso, o Google Ads pede a qualidade e as especificações do anúncio pago desenvolvido pelo contratante. Com sua expansão para outras plataformas, as novas versões de apoio ao Google Ads formam uma plataforma integrada: o Google Marketing Platform.

 

1 – Analytics 360

Um dos programas principais do Google Marketing Platform, o Analytics 360 é uma repaginação do antigo Google Analytics padrão, ferramenta gratuita para acompanhamento de tráfego em sites da web.

O serviço é disponibilizado no regime de assinatura, onde o usuário pode experimentar uma versão gratuita, mais compacta e com menos funcionalidades, ou migrar para pacotes mais completos, decidindo com base nas suas necessidades.

Uma gráfica de banner infantil personalizado vai requerer mais ferramentas que um produtor de conteúdo independente, com pouca infraestrutura. Os valores pagos são também variáveis, abrindo espaço para adequar-se ao orçamento.

 

O que muda no Analytics 360?

O Analytics 360 é uma excelente arma para criar anúncios dinâmicos, posto que ela trabalha com uma capacidade maior de armazenamento e amostragem com dados que excedem 100 milhões de sessões em uma página.

Quando o tráfego de uma página é analisado por uma empresa de internet, considera-se o rastro do usuário até iniciar a sessão, o que inclui pesquisas no buscador, avaliação de marcas e produtos, vídeos e imagens consumidos, entre outros dados capturados.

Uma sessão pode ser definida como o momento em que o usuário abre uma página da web até o momento em que sai. Neste intervalo, tudo o que é feito no site é computado, desde visualizações, comentários e até carregamento de páginas anexas.

O Analytics 360 expande essa captação de informações e utiliza o aprendizado de máquina para deduzir padrões mais robustos da audiência de uma página, avaliando simultaneamente o desempenho de anúncios pagos e cruzando esses dados.

 

2 – Display e Video 360

O recurso é um aliado do Analytics 360 com ênfase nas plataformas onde o carregamento de vídeos forma seu conteúdo principal. A integração permite que anúncios sejam adaptados ao perfil de consumo do usuário, aumentando a conversão. 

Em relação ao Google Ads, o DV360 é uma plataforma complementar, usada por grandes corporações com o objetivo de expandir seu raio de alcance. O recurso permite otimizar vídeos e imagens utilizando a base de dados do Ads.

 

3 – Data Studio

O Data Studio converte dados de visualização em estatísticas de vendas, geração de leads, proporção entre os cliques de anúncios pagos e as metas de venda estipuladas, fornecendo uma infraestrutura completa para avaliação da campanha. 

Essa profunda segmentação de público e a capacidade de analisar seu comportamento simultaneamente através de um quadro de gestão é o que torna os anúncios do Google Ads dinâmicos e, por isso, com alta adaptabilidade e efetividade. 

O Data Studio também facilita a edição de relatórios que serão entregues em reuniões de campanha ou nas ações do planejamento estratégico. Sua interface personalizável permite a inserção de diversos indicadores de desempenho atrelados às ferramentas do Ads.

 

Preparando o site para a estratégia

Para aplicar as ferramentas do Ads 360 na criação e acompanhamento de anúncios dinâmicos, é fundamental que o gestor da campanha conheça os seguintes conceitos, pilares que sustentam todo o processo de recomendação:

 

Intenção personalizada

Quem acessa os sites de pesquisa são pessoas físicas, dotadas de uma linguagem complexa, onde ideias podem ser expressas de muitas maneiras distintas. Um dos desafios mais recentes do Google é criar algoritmos capazes de identificar a intenção do usuário.

Na busca por uma consultoria fiscal e tributária, os resultados de pesquisa são mais eficazes quando podem detectar as especificações não ditas pelo usuário. Na hora de buscar a frase de uma música, o algoritmo deve reconhecer a intenção de quem digita.

A intenção por trás de uma pesquisa é decisiva para o sucesso de uma recomendação publicitária. Para viabilizar as combinações entre anúncio e consumidor, o gestor da campanha cria descrições de cada página cadastrada.

A partir dessas descrições e dos dados recolhidos nas páginas, o Google gera o anúncio personalizado, com modificações automáticas em seu título, como uma fachada de loja moderna.

 

Slugs e SEO

Os anúncios dinâmicos funcionam melhor em páginas já otimizadas para SEO, isto é, com informações corretamente demarcadas em sua estrutura de links, layout de sessões e código-fonte para leitura do conteúdo, por parte dos algoritmos de indexação. 

As slugs são termos dispostos ao final de um link, posicionados após a barra conseguinte ao endereço de domínio, “/”. Em sites comerciais, os anúncios dinâmicos funcionam melhor quando as páginas estão segmentadas em catálogo, blog, landing page e cadastro.

 

Contribuições dos anúncios dinâmicos

Os anúncios dinâmicos representam avanços não apenas no marketing digital ou no estabelecimento de um balcão promocional na internet, como também na análise de comportamento do indivíduo em suas peculiaridades.

Essa tendência de personalização da publicidade e dos serviços prestados geram benefícios às empresas de todos os setores, que são:

 

Eficácia na conversão de leads

Os leads são a parte mais interessada de uma audiência, caracterizada por ser aquela que inicia a interação ao ceder dados de contato à empresa criadora de conteúdo. Os anúncios dinâmicos, por sua maior compatibilidade, são mais eficazes na captação deste grupo.

Por isso, os anúncios dinâmicos não perdem em alcance, mas ganham em efetividade, uma vez que esforços similares passam a gerar resultados maiores em termos de público interessado, embaixadores do negócio e consumidores fidelizados.

 

Resultados de tráfego mais robustos

Abordagens mais personalizadas apresentam uma taxa maior de conversão. A remoção de uma estrutura mais limitada, como as palavras-chave, permite a criação de ciclos de recomendação que mantêm a estabilidade dos acessos por muito tempo em um site.

Assim, uma campanha não perde seu impacto com o decorrer do tempo, tornando-a mais protegida de variações nos interesses do público geral, um fenômeno muito comum nos ambientes virtuais. 

 

Interação orgânica 

Os anúncios pagos são acusados de oferecer um resultado artificial em razão de ser um conteúdo impulsionado. Tornar recomendações mais orgânicas para o cliente em uma impressão de banners é um objetivo alcançado com sucesso pelos anúncios dinâmicos.

 

Considerações finais

Os anúncios dinâmicos do Google Ads são práticas mais efetivas de marketing digital, uma vez que aprimoram a detecção do comportamento do usuário, tornando o consumo de publicidade mais satisfatório e a conversão em vendas mais provável.

Junto com métodos tradicionais, como o emprego de palavras-chave, o novo modelo pode aumentar sua potência em atingir públicos ainda maiores, de maneira menos engessada.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.