INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Atraia novos clientes com o poder do marketing emocional!

O marketing emocional usa as emoções humanas em suas estratégias para promover produtos e serviços, para assim convencer os consumidores.

A emoção é um dos sentimentos de grande força nas pessoas, afinal, quando fazemos um indivíduo sentir alguma coisa, atraímos sua atenção.

Pensando por esse lado, fica fácil entender por que as campanhas de marketing digital de sucesso conseguem se conectar com os consumidores no que tange aos seus sentimentos, dores, necessidades, valores e outros sentimentos pessoais.

As pessoas querem construir conexões com as marcas que compram, depois do cultivo de relacionamentos significativos, que traz benefícios para os dois lados.

Nesse contexto, o marketing emocional surge como uma excelente estratégia para mostrar aos clientes que a empresa se preocupa com suas emoções e deseja cultivar um relacionamento significativo com eles.

No entanto, não são todas as empresas que conseguem acertar as estratégias de marketing emocional. Mas ele não é impossível, apenas exige foco e alguns conhecimentos importantes sobre o público.

Neste artigo, vamos explicar o conceito de marketing emocional, mostrar de que maneira ele ajuda a conquistar novos clientes, além de dar algumas dicas de estratégias que você pode colocar em prática no seu negócio.

 

Entenda o conceito de marketing emocional

As estratégias modernas de marketing sempre procuram despertar sentimentos nos consumidores, posto que existem muitas ações focadas na conexão emocional do público com a marca.

O marketing emocional quer aproveitar essa conexão para se conectar com o público e fazer com que as pessoas partam para uma ação, que pode ser:

 

  • Comprar;
  • Inscrever-se na lista de e-mails;
  • Assinar a newsletter;
  • Comentar um conteúdo.

 

As estratégias de marketing emocional são focadas em explorar uma emoção, que pode ser alegria, orgulho, expectativa, excitação, dentre outras possibilidades. Contudo, também existem campanhas que aproveitam outros sentimentos, como raiva e medo.

Se uma emoção faz com que o cliente procure o balcão de venda da empresa, pode ter certeza de que é ou será foco das estratégias de marketing emocional de uma marca.

 

Como o marketing emocional conquista novos clientes?

As emoções humanas são poderosas e permanecem na memória das pessoas depois de sentidas. Em alguns casos, pode provocar desconforto, caso não sejam resolvidas, a exemplo das emoções negativas.

As pessoas agem de acordo com os seus sentimentos e emoções, e é exatamente por isso que o marketing emocional consegue aumentar as vendas em até 23%.

Essa estratégia consegue atrair novos clientes para a marca porque faz com que o público se lembre dela. Se você parar para pensar, vai perceber que as memórias mais claras são aquelas que trazem emoções poderosas.

São recordações felizes ou tristes, mas todas elas fazem com que você se lembre de alguma coisa que despertou algum tipo de sentimento na época.

Ao compreender essa questão, um fabricante de placas personalizadas pode trabalhar com anúncios que geram impacto emocional e ficam por mais tempo na memória das pessoas.

A companhia precisa fazer com que o público sinta alguma coisa, pois é isso que vai fazer com que eles se lembrem dela.

Esse tipo de marketing também contribui para o impulsionamento das vendas, tanto é que de acordo com algumas pesquisas, anúncios que despertam emoções chegam a ser 31% mais eficazes, em comparação com uma eficácia de 16% dos anúncios comuns.

Se a empresa consegue impactar diretamente o público, certamente vai influenciar sua decisão de compra.

Além disso, o marketing emocional mostra para a pessoa como ela se sentiria se fosse cliente e o que poderia ser possível com isso.

Esses sentimentos ajudam a convencer o cliente em relação à compra de produtos e serviços, pois ele sabe que vai se sentir mais feliz, confiante, saudável, e assim por diante.

Trabalhar as emoções das pessoas também ajuda a conquistar mais consumidores, principalmente porque essas estratégias estimulam o compartilhamento.

Se uma pessoa tiver uma boa experiência com uma empresa de painéis fotográficos, provavelmente vai partilhar esse momento com outras pessoas, por meio de mensagens, compartilhando imagens nas redes sociais ou de diversos outros modos.

O público gosta de publicar nas redes sociais qualquer coisa que desperte um sentimento. Isso porque, ao mesmo tempo em que podem falar sobre sensações positivas com outras pessoas, também podem desabafar a respeito de coisas negativas.

Se as estratégias de marketing do seu negócio são carregadas de emoção, é bem provável que vá desencadear conversas sobre o assunto entre o público.

Além disso, quando o cliente cria uma conexão emocional com a marca, ele se torna muito mais valioso para ela do que aquele que não fez a mesma coisa.

Assim, uma pessoa que se conecta com uma empresa de centrais na nuvem tem mais chances de comprar com ela novamente do que qualquer outra.

Só que além de voltar a comprar, um cliente fiel é aquele que recomenda o negócio dentro de seu círculo social. Ele defende e legitima os produtos oferecidos, fazendo com que a empresa ganhe em propaganda boca a boca.

Só que para ter acesso a todos esses benefícios, é fundamental saber de que forma inserir o marketing emocional em suas estratégias.

 

Como seu negócio pode trabalhar esse marketing?

Para extrair todo o potencial do marketing emocional, é fundamental saber trabalhar boas estratégias. E algumas dicas para isso são:

 

1 – Surpreender o público

As pessoas se lembram melhor de uma experiência quando algo as surpreende. Nesse sentido, a companhia pode desenvolver novas ideias ou até mesmo abordar temas conhecidos sob uma perspectiva diferente.

Outra ideia é provocar o público e levantar questionamentos que os façam se sentir curiosos. Quando isso acontece, a probabilidade deles buscarem mais informações sobre a empresa é muito grande.

Se fizerem isso, é muito provável que prestem mais atenção na marca daqui para frente, o que vai valorizar ainda mais as futuras estratégias de marketing.

 

2 – Conhecer as particularidades da audiência

Outro ponto muito importante que uma consultoria fiscal e tributária precisa fazer é conhecer bem as características de seu público e se concentrar nelas.

Estratégias de marketing bem-sucedidas são aquelas que conseguem alcançar e nutrir um crescimento sustentável.

Clientes fiéis ajudam nesse processo, mas não é possível alcançá-los se a empresa tentar ser tudo para todas as pessoas.

Trabalhar em cima de uma mensagem que atinge o alvo selecionado pode perder o sentido se for diluída para impactar um número maior de pessoas.

A marca acaba parecendo inautêntica ao invés de genuína e valiosa. Nesse sentido, é fundamental estabelecer quem é o público e trabalhar com estratégias de marketing compatíveis com suas características.

 

3 – Focar na autenticidade

Os consumidores não gostam de se sentir obrigados a comprar alguma coisa, pois isso faz com que pareçam apenas números para as companhias.

Não importa se estamos falando de um empreendedor que quer adquirir uma ferramenta de logísticas para ecommerce ou uma dona de casa que precisa comprar uma vassoura.

Todos eles querem confiar na marca e adquirir produtos e serviços que tragam mais qualidade de vida. Para mostrar que seu negócio se encaixa a essas necessidades, é crucial ser autêntico nas estratégias de marketing.

Isso é ainda mais importante se a intenção é explorar as emoções das pessoas. Lembre-se de que o consumidor percebe coisas que não são sinceras e verdadeiras, o que faz da autenticidade algo fundamental.

Para trabalhar isso da melhor forma, procure conhecer os valores da companhia, onde eles se cruzam com os do cliente e trabalhe em uma boa estratégia de branding.

 

4 – Trabalhar com narrativas

Uma marca pode contar uma história por meio de banner infantil personalizado, uma vez que, de modo geral, as pessoas gostam de histórias, pois elas mexem com suas emoções e criam conexões.

Por conta dessas características, são altamente recomendáveis para uma estratégia de marketing emocional. Contar uma história também é uma maneira de vincular a emoção do cliente ao produto ou serviço.

Basta adicionar narrativas à publicidade e aos conteúdos publicados na internet. Outra possibilidade de usar o storytelling é coletar depoimentos de clientes e incluí-los na história.

Algo que muitas empresas costumam trabalhar são campanhas de marketing relacionadas a projetos de caridade.

O gestor deve se reunir com a equipe em uma sala de reunião moderna para conversar sobre o assunto e trabalhar boas estratégias, pois as histórias humanizam a marca e despertam os sentimentos do público.

 

Considerações finais

O consumidor moderno quer se sentir conectado pelas emoções com as empresas, é isso o que o motiva a comprar qualquer tipo de produto ou serviço.

O marketing emocional surgiu justamente por conta dessa necessidade, e tem um potencial indiscutível de levar as pessoas a realizarem alguma ação.

Neste artigo, você conheceu algumas das principais estratégias e todos os benefícios que elas podem trazer para o seu negócio.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.