INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Black Friday 2021: O que você precisa para começar a se planejar?

A Black Friday é um evento muito esperado pelos consumidores e pelo comércio, é nessa data que as pessoas procuram produtos e serviços dos mais variados tipos, com preços mais acessíveis.

Nesse sentido, é uma oportunidade perfeita para os lojistas oferecerem suas mercadorias e aumentar as vendas. 

No entanto, não basta apenas participar desse período de alta nas vendas, é necessário se preparar para ele.

O planejamento para Black Friday deve se antecipar ao acontecimento, portanto, as lojas não devem prepará-lo na véspera ou pouco tempo antes da data.

É dessa forma que os lojistas conseguem mapear as oportunidades, se antecipar aos problemas e prever o comportamento dos consumidores. Isso vai garantir boas vendas, promoções reais e clientes realmente satisfeitos.

Independente de qual seja o segmento do seu negócio, se você pretende vender na Black Friday, este é o momento de começar a pensar sobre o assunto.

Seu negócio deve estar preparado para atender às altas demandas e manter o estoque para as vendas subsequentes.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar a importância de se planejar para essa data e como fazer esse planejamento.

 

Relevância de se planejar para a Black Friday

Todo mês de novembro é marcado por um dos maiores períodos de sazonalidade para o comércio, sendo muito importante para as empresas, principalmente aquelas que vendem pela internet.

Este é um momento que as organizações aproveitam para impulsionar suas vendas e lucrar muito. 

No entanto, isso só vai acontecer se você souber se planejar e se preparar para Black Friday.

Negócios de todos os segmentos podem participar do evento, até mesmo empresas especializadas em avaliações patrimoniais. Mas, o comércio que lida com o estoque precisa estar mais atento ao período.

O planejamento é importante para a logística do negócio, pois tanto lojas físicas quanto virtuais precisam estar preparadas e com todos os produtos em estoque, pois isso garante que elas atendam às demandas durante e após as promoções.

Entretanto, além de se preocupar com o estoque, também é fundamental se preocupar com a entrega. 

A tendência é uma quantidade maior de pedidos e apenas com um bom planejamento logístico é possível atender a todos.

As organizações não podem contar apenas com os Correios, assim sendo, é fundamental entrar em contato com transportadoras e empresas que intermediam entregas.

O planejamento também é importante para que você se organize quanto às promoções. 

Em edições passadas, os consumidores reclamaram muito de lojas que aumentaram os preços em outubro para vender os produtos por um valor mais baixo em novembro.

Essas falsas promoções, além de desagradar os consumidores, podem prejudicar muito a imagem do negócio. 

Em vista disso, organize em uma agenda personalizada com nome dos produtos que você pretende baixar os preços.

O planejamento para a Black Friday também envolve a divulgação de suas promoções, sendo necessário pensar na comunicação do seu negócio com, pelo menos, um mês de antecedência.

Esse planejamento inclui os e-mails que serão disparados, os banners para divulgação e os canais que você vai utilizar para divulgar suas promoções. Se você planejar bem a comunicação, conseguirá atrair muitos consumidores.

Não podemos deixar de mencionar que o planejamento também é importante para que o setor de atendimento ao cliente esteja preparado para o aumento da demanda.

Entretanto, lembre-se de que isso não diz respeito apenas ao período da Black Friday, mas também durante todo o pós-venda dos produtos que você vender nessa época.

Se você souber se planejar para a Black Friday, terá meio caminho andado para as ações de final de ano. 

Portanto, esse planejamento pode te ajudar a construir suas estratégias para as próximas datas.

Durante o planejamento, algumas empresas costumam contratar uma consultoria financeira para se prepararem financeiramente. 

Sendo assim, existem outras ações que também precisam ser consideradas. Veja mais a seguir.

 

De que forma se planejar para a Black Friday

Para fazer um bom planejamento, é fundamental se atentar a algumas estratégias, e dentre as principais que vão impulsionar o seu negócio nesse período estão as seguintes.

 

Manter sempre seus contatos bem atualizados

É fundamental que você mantenha sua base de clientes atualizada, visto que de acordo com o Princípio de Pareto, é possível que 80% das suas vendas durante a Black Friday sejam provenientes apenas de 20% dos seus clientes.

Em outras palavras, 20% das pessoas que acessam o site do seu negócio com frequência estão atentas a alguma oportunidade para comprar.

Nesse sentido, a Black Friday se traduz como uma oportunidade para conquistar novos clientes e aumentar os seus contatos, mas para conseguir isso, você precisa manter a sua base atualizada.

 

Definir as metas de vendas

Toda empresa, como um fabricante de bloco de notas personalizados, precisa definir suas metas e os resultados que pretende alcançar nessa fase de promoções. 

Dentre aquelas que podemos determinar estão:

  • Aumento do tráfego;
  • Mais vendas;
  • Melhorar o engajamento do público;
  • Conquistar novos leads.

Uma vez que você determina quais são suas metas, fica mais fácil direcionar os esforços para os recursos corretos, em outras palavras, as estratégias vão depender do seu objetivo.

Depois que você determinar quais são suas metas, precisa definir suas métricas, pois é por meio delas que você vai acompanhar os recursos utilizados durante a Black Friday.

 

Conhecer o próprio mercado

É importante entender como é a movimentação do seu mercado durante esse período, analisando se ele atendeu as expectativas durante o ano e se suas alterações foram positivas ou negativas. Tudo isso vai impactar no seu planejamento.

Um fabricante de totem fachada, por exemplo, a obter essas informações, saberá se deve ou não apostar nesta data. 

Isso é importante porque aqueles segmentos que estiveram em baixa o ano todo talvez não devam investir em grandes ações.

 

Entender o consumidor

Não é novidade que o comportamento do consumidor vem mudando frequentemente, e desde 2020 que essas mudanças estão cada vez mais complexas.

A maioria passou a comprar muito pela internet, mas isso não quer dizer que o seu público adotou de vez esse comportamento.

Essa análise ajuda a compreender a maneira como seus clientes se comportam e o que pode ser útil para suas estratégias de vendas.

 

Divulgar as promoções

Mostre para os consumidores todas as vantagens que eles terão ao comprar com você na Black Friday, mas vá além do preço. 

Destaque as novidades da sua loja e possíveis parcerias com uma empresa de entregas rápidas.

É dessa forma que você cria expectativas nos consumidores e desperta a sensação de que eles terão uma oportunidade grandiosa de adquirir os produtos que sempre quiseram.

Para divulgar as suas promoções, você pode investir em diferentes canais, como redes sociais, plataformas de anúncios, distribuição de flyers e folders, dentre outras possibilidades.

 

Transmitir confiança

Muitas pessoas foram vítimas de fraudes durante a Black Friday, o que trouxe muita insegurança em relação às promoções e às vendas pela internet.

Para se ter uma ideia, de acordo com uma pesquisa realizada, cerca de 55% dos consumidores se sentem inseguros em relação às compras digitais.

Todavia, você pode tranquilizá-los e conquistar a confiança deles destacando os diferenciais do seu negócio, como entrega de encomendas rápidas, publicando comentários de clientes mais antigos, dentre outros.

 

Fazer análise dos resultados das vezes passadas

Faça uma análise dos seus resultados nas edições passadas da Black Friday, pois isso vai te ajudar a determinar o tipo de meta que quer alcançar esse ano e as vantagens que você ofereceu para os seus clientes e que ajudaram a aumentar as vendas.

Analise também as ações que você investiu, para evitar erros cometidos no passado ou melhorar ainda mais as estratégias que te ajudaram a vender.

 

Inovar as ações

Os consumidores sabem que durante esse período eles serão bombardeados de anúncios e promoções de diversas marcas. 

Por conta disso, é importante que as empresas saibam inovar e oferecer propostas diferentes.

Por exemplo, uma confecção de uniforme personalizado pode comunicar suas promoções de um jeito diferente da concorrência. 

Ela pode associar os seus produtos a causas humanitárias ou a movimentos como o veganismo.

Atrelar o seu negócio a algo positivo melhora a imagem dele e traz mais credibilidade perante os consumidores. 

Entretanto, não se esqueça de que, se você se mostrar engajado com essas causas, precisa realmente trabalhar por elas.

 

Conclusão

Sendo assim, todas essas estratégias precisam ser planejadas com muita antecedência, pois se você deixar para a última hora, terá pouco tempo para se organizar e criar campanhas e ações realmente impactantes e eficientes.

Portanto, não se esqueça de que seu concorrente também está se preparando, portanto, quanto melhor for o seu planejamento, mais fácil vencer a concorrência.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

 

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.