blurry-female-vlogger-online-streaming

Produção de vídeos: Como a criação de vídeos pode auxiliar na divulgação de um e-commerce?

Todo mundo j√° ouviu que uma imagem diz mais que mil palavras. Imagine, portanto, o poder de multim√≠dias audiovisuais, sobretudo na internet e nas redes sociais. Da√≠ a import√Ęncia da produ√ß√£o de v√≠deos, da qual falaremos abaixo.

De fato, n√£o apenas o webdesigner ou profissional da √°rea de marketing precisam estar atentos ao tema, como tamb√©m todos os empres√°rios, aut√īnomos, freelancers e at√© os influencers digitais que quiserem melhorar sua atua√ß√£o digital.

Se a marca lida com roupas femininas para revenda, por exemplo, certamente vai ter um resultado muito melhor caso recorra a esse tipo de multimídia. 

Inclusive, existe um conceito na esfera digital de hoje que √© o de ‚Äúdar a cara‚ÄĚ.¬†

Isso quer dizer que por trás de toda marca precisa haver um porta-voz, um rosto com o qual as pessoas possam se identificar. 

Tanto que um dos grandes esfor√ßos das maiores empresas do mundo √©, justamente, tornar a marca mais pr√≥xima do p√ļblico.

As redes sociais j√° est√£o a√≠ para facilitar nesse esfor√ßo, por meio de postagens din√Ęmicas, uma linguagem mais informal e at√© recursos visuais como memes e gifs.

Contudo, √© no audiovisual, no v√≠deo de conte√ļdo ou de chamada, que est√° o grande segredo.

√Č ali que as pessoas identificam uma autoridade capaz n√£o apenas de representar a marca e aproxim√°-la do p√ļblico, como tamb√©m de provar sua autoridade.¬†

Isto é, capaz de mostrar seu conhecimento naquele segmento ou nicho de mercado.

No fundo, as pessoas j√° n√£o buscam apenas rela√ß√Ķes de compra e venda, mas uma solu√ß√£o completa ou uma experi√™ncia marcante da qual elas se lembrem.¬†

Portanto, isso exige que cada um seja uma autoridade no seu assunto. Imagine alguém da área de TI, por exemplo, que lida com controle de acesso digital e afins.

Esse profissional vai precisar trazer novidades constantes sobre o seu setor, comprovando que est√° em dia com as inova√ß√Ķes e que domina tecnicamente o assunto.

Por isso, a produ√ß√£o de v√≠deos tem muito a ver com marketing de conte√ļdo, ou seja, n√£o se trata apenas de filmar os produtos, como se fosse um comercial de televis√£o transportado para a esfera das plataformas digitais.

Pode ser isso também, mas é preciso ir muito além. Portanto, decidimos escrever este artigo, trazendo várias ideias bacanas sobre como a criação de vídeos pode auxiliar na divulgação da sua marca e do seu e-commerce.

O mais bacana √© que os conselhos servem para qualquer segmento, seja uma ind√ļstria petroqu√≠mica ou uma loja virtual que vende camiseta dry fit branca masculina.

Sendo assim, se você quer entender mais sobre o assunto e mudar seu negócio online de patamar, basta seguir adiante na leitura.

Como dar os primeiros passos?

Antes de tudo √© preciso pensar de modo estrat√©gico, ou seja, n√£o sair pegando uma c√Ęmera qualquer para gravar v√≠deos. √Č necess√°rio pensar em termos de autoridade de marca.

Claro que no seu e-commerce você já pode gravar vídeos para cada produto novo que for anunciar, pois isso já é bem melhor do que simplesmente postar uma foto.

Contudo, você vai precisar divulgar essa loja virtual. Aí é que entram outras estratégias de marketing digital, tais como:

  • Blogs e vlogs;
  • Redes sociais em geral;
  • Marketing de conte√ļdo,
  • Podcasts e afins;
  • Lives e entrevistas.

Enfim, há toda uma rede de divulgação, crescimento e influência que você pode (e deve) criar. 

Se a marca lida com sala comercial pequena, por exemplo, que tal um v√≠deo sobre ‚ÄúOs 10 principais motivos para alugar salas comerciais pequenas”?

No fundo, essa postura é que vai garantir o seu sucesso no curto, médio e longo prazo. 

Inclusive, nesses ambientes as pessoas tendem a repudiar alguém que já chega logo vendendo algo.

Os tempos mudaram, e hoje √© preciso come√ßar fazendo alguns materiais de conte√ļdos gratuitos, que gerem valor para as pessoas e fa√ßam elas engajarem primeiro.

Outro tipo de campanha que bomba é mostrar os bastidores e o dia a dia, seja da empresa inteira ou de um profissional liberal.

Ao fazer isso as pessoas sentem que tem alguém por trás daquela solução, então não se trata apenas de algo frio ou maquinário.

Sobre a parte técnica dos vídeos

Na internet h√° uma infinidade de rankings sobre c√Ęmeras de qualidade, bem como sobre para que serve cada modelo espec√≠fico e o custo-benef√≠cio envolvido.

Nossa inten√ß√£o aqui n√£o √© tratar disso. Saiba apenas que √© importante pesquisar bem antes, verificar as qualifica√ß√Ķes nas lojas virtuais e ter certeza de que aquele aparelho vai atender sua demanda, seu tipo e espa√ßo de filmagem, entre outros.

Por exemplo, se voc√™ vai fazer uma filmagem em local aberto, com raios solares interferindo nas lentes, a realidade √© uma. J√° se a empresa trabalha com montagem de stands em galp√Ķes cobertos, a demanda mudou bastante.

Tudo isso precisa ser levado em conta na hora de escolher um equipamento adequado, que n√£o apenas caiba no seu bolso, mas que com certeza vai atender em termos de qualidade e assertividade.

Como dar a minha cara para os vídeos?

Sabe quando você assiste três segundos de um vídeo e já sabe de que marca é, mesmo sem ela ter aparecido na tela? O que permite esse tipo de identificação é a identidade visual, que é um ponto fundamental na produção de multimídias.

Ter um logotipo e um slogan n√£o basta, embora tamb√©m sejam indispens√°veis. √Č preciso ir al√©m e adotar uma paleta espec√≠fica de cores, al√©m de tra√ßos que tenham uma harmonia.

Por exemplo, uma loja de uniforme esportivo masculino pode escolher cores mais vivas, porque lida com esportes. 

Os traços podem ser retilíneos, que puxam para algo mais estoico, exatamente como uma vida de exercícios e busca por resultados.

Já uma marca de roupas para bebês, por exemplo, pode preferir traços arredondados, além de cores frias, que transmitem mais sobriedade e tranquilidade, como um azul, um rosa ou um amarelo claro.

Na hora de fazer vídeos é possível integrar esses elementos da identidade visual em barras de rodapé, letras, legendas e até mesmo em filtros que deixam a produção com a sua cara.

Por dentro das aberturas e vinhetas

Novamente, a identidade visual é tudo. Na hora de fazer uma vinheta ela precisa aparecer com destaque, inclusive é o seu momento de colocar a filosofia da marca em movimento, com um vídeo que diga tudo sobre sua proposta.

Ela tamb√©m pode conter m√ļsicas de fundo e elementos chamativos e marcantes, que fazem a pessoa se lembrar de voc√™ mesmo depois de o v√≠deo ter acabado.¬†

A vinheta precisa ser curta, algo entre 10 e 20 segundos de duração. 

Outra estratégia que tem feito sucesso é investir em uma introdução do tema, que inclusive pode vir antes da vinheta.

Por exemplo, sobre uma sala comercial compartilhada, você pode começar com a introdução do vídeo, que traria uma das melhores cenas da filmagem da sala, depois a vinheta corta o vídeo e ao retornar, o material transcorre na íntegra.

Isso tem uma função grande de aumentar o engajamento, pois além de a vinheta ser chamativa, a introdução faz um suspense que tende a aumentar o engajamento e o tempo de permanência no vídeo.

Em uma √©poca em que todos lutam por audi√™ncia e pela aten√ß√£o do p√ļblico, esse tipo de diferencial pode mudar tudo em termos de aumento e ades√£o de p√ļblico.

Outros segredos bastante √ļteis

Tudo no universo da compra e da venda se resume à experiência. Portanto, seu esforço deve girar em torno de fazer o cliente em potencial se sentir utilizando aquele produto ou resolvendo a vida com aquele serviço.

No caso de produtos é um pouco mais fácil, desde que você saiba explorar os detalhes. 

Filmar os produtos em uso, as facilidades que traz, as vantagens que tem em relação a outros da concorrência, e daí em diante.

Um segredinho é indicar ao menos um ponto fraco (se você não for o fabricante), para ressaltar os benefícios. Isso transmite autenticidade ao seu discurso.

Já o vídeo de serviços tende a ser mais difícil, então um diferencial bacana é trazer cases de sucesso. 

Assim, se você vai vender um projeto de loja de roupa, traga testemunhos de clientes satisfeitos, pois isso é o que vai dar vida à sua solução.

Considera√ß√Ķes finais

Há mais uma série de pequenas dicas que poderíamos dar aqui, como sempre fechar com um CTA (Chamado para Ação) ou ainda, nunca falar de valores, pois eles podem mudar a qualquer momento no seu e-commerce, e o vídeo se perderia.

No entanto, o mais importante é levar em conta tudo o que dissemos acima sobre estratégia de marca, identidade visual, qualidade de produção e os demais segredinhos que trouxemos.

No fundo, há novidades todo dia sobre esse assunto, mas seguindo o que aconselhamos aqui, certamente você vai se diferenciar no curto, médio e longo prazo.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Captura de tela 2021-04-30 230816

Quais tipos de an√ļncios s√£o mais adequados para um e-commerce?

Divulgar um e-commerce por meio de marketing digital, pede como conhecimento o entendimento sobre os tipos de an√ļncios que podem ser mais bem utilizados em cada tipo de prefer√™ncia, sendo ainda essenciais para empresas que vendem online.

E-commerces ou lojas online, s√£o grandes ferramentas para empresas que desejam focar em clientes que preferem comprar em casa, por meio de celulares ou outros dispositivos, e que muitas vezes est√£o em uma dist√Ęncia geogr√°fica consider√°vel.

Com a explosão da popularidade da internet e das redes sociais, o e-commerce passou a ser não apenas mais uma forma de venda, mas uma sobrevivência para grande parte das lojas, o que trouxe uma maior demanda para o entendimento do marketing.

As estrat√©gias de marketing, em especial o marketing digital, permite que essas empresas ampliem suas formas de relacionamento e de divulga√ß√£o de seus conte√ļdos.¬†

An√ļncios: o que s√£o e seus principais tipos

S√£o muitos os tipos de an√ļncios e suas utilidades, fazendo com que o estudo da receptividade de cada um deles para as empresas seja algo essencial no estudo sobre o marketing digital.¬†

Veja abaixo um pouco mais sobre cada um das op√ß√Ķes:

Sites

Provavelmente voc√™ j√° deve ter visto dentro de sites nos quais j√° entrou alguns an√ļncios de lojas, marcas e empresas, at√© mesmo de eventos, que ficam em diferentes lugares, quase sempre ofertando uma promo√ß√£o ou tentando uma conex√£o visual interessante.

Essas s√£o formas de an√ļncio quase sempre preferidas pelas empresas, visto que s√£o uma maneira de interagir exatamente com o p√ļblico que compra seus produtos, como no caso de uma loja de judogi Adidas, que chega exatamente ao seu cliente alvo.

Isso acontece porque, por meio do Google, √© poss√≠vel saber exatamente quem s√£o as pessoas que acessam sites de assuntos variados, e entender que seu p√ļblico provavelmente estar√° em uma plataforma, que ser√° ent√£o, utilizada para anunciar.¬† Esses an√ļncios s√£o conhecidos com Google Display.

Redes Sociais

Redes sociais s√£o boas plataformas de an√ļncios, e tamb√©m as mais prov√°veis de serem vistas pelos p√ļblicos de empresas, visto que grande parte dos consumidores est√° nas redes, interagindo com empresas, marcas e pessoas.

Por meio de publicidades entre stories, que s√£o mecanismos dentro de grande parte das plataformas, e an√ļncios que podem atingir pessoas que n√£o s√£o seguidoras da marca, podendo incluir possibilidades de compras futuras por quem se interessar.

Para isso, assim como em todas as outras formas de an√ļncios, √© importante ter grande controle sobre uma excelente comunica√ß√£o visual e escrita, para que al√©m de chamar aten√ß√£o para a compra, induz tamb√©m para o interesse sobre a empresa.

Links patrocinados

Os links patrocinados fazem com que empresas encontradas, por meio de buscadores, sejam facilmente consideradas √≥timas op√ß√Ķes de compra.¬†

Isso acontece, pois esses links que direcionam para as p√°ginas aparecem em primeiro lugar em uma pesquisa.

Essa é uma excelente oportunidade para marcas, como uma grande empresa de projeto de loja de roupa, que já tem uma boa atuação no mercado, sejam ainda mais conhecidas, caso não tenham ampla atuação ou popularidade no mercado.

Outra boa vantagem é entender de que forma as pessoas estão procurando sua empresa, como por meio de relatórios, já que por meio dessa informação é possível encontrar as melhores respostas sobre as preferências do cliente.

Principais dicas para an√ļncios para e-commerce

Veja abaixo algumas dicas essenciais para fazer com que os an√ļncios do seu e-commerce atinjam grandes √≠ndices de sucesso, promovendo n√£o apenas grandes resultados de vendas, mas tamb√©m fazendo com que uma empresa entenda de fato seu p√ļblico.

Conhe√ßa seu p√ļblico

Entender o p√ļblico-alvo para o qual voc√™ est√° trabalhando √© essencial para que grande parte de suas estrat√©gias funcionem.

Visto que serão para clientes específicos que você estará vendendo, e cada um dos gostos e interesses dessas pessoas é específico.

Por exemplo, para uma empresa de servi√ßo de frete e transporte de pequenas cargas, √© poss√≠vel que uma venda possa acontecer por meio de telefones e contatos frequentes com os tomadores de decis√Ķes, algo que difere do p√ļblico de uma loja de roupas.

Dessa forma, √© importante ter em mente algumas informa√ß√Ķes agregadas a esse p√ļblico, como:

  • G√™nero;
  • Idade;
  • Classe Social;
  • Localiza√ß√£o;
  • Gostos espec√≠ficos.

Essas informa√ß√Ķes quase sempre aparecem por meio de pesquisas bem direcionadas, feitas e depois analisadas, para que possam ser transformadas em conte√ļdos e an√ļncios focados em um p√ļblico espec√≠fico e cada vez mais parecido com o que a empresa entrega.

Dessa forma, sempre que for iniciar uma campanha, em especial aquelas que investem em an√ļncios, √© essencial ter em m√£os as informa√ß√Ķes certas sobre o p√ļblico-alvo e suas especifica√ß√Ķes, o que abre espa√ßo para uma melhor segmenta√ß√£o.

Faça estratégias segmentadas

Imagine que em uma empresa de roupas femininas para revenda, grande parte das clientes sejam mulheres empres√°rias, que possuem lojas f√≠sicas dentro de uma localidade. No entanto, o neg√≥cio tem visto crescer um p√ļblico de homens donos de lojas.

Ainda que este n√£o seja o maior p√ļblico que a empresa tem, entender que esse √© um segmento a ser apostado, assim que ele apresentar melhores n√ļmeros, passa a ser uma realidade interessante, ainda mais para empresas que querem testar seus an√ļncios.

Por isso, √© interessante a aposta em an√ļncios segmentados, que podem ser administrados para atingir n√£o apenas um grupos espec√≠fico, mas uma localidade, um tipo de g√™nero, uma idade, dentre outras informa√ß√Ķes que a empresa tenha dessas pessoas.

Com tudo em m√£os, fica mais f√°cil colocar em pr√°tica testes e outras possibilidades que talvez tragam uma maior identifica√ß√£o com potenciais p√ļblicos, testando e entregando resultados sobre essas estrat√©gias para equipes de marketing de empresas.

Produza testes A/B

A produ√ß√£o de testes A/B s√£o essenciais para saber se uma proposta de comunica√ß√£o est√° sendo bem recebida pelo p√ļblico-alvo ou n√£o.

Isso acontece porque, ainda que a empresa tenha todas as informa√ß√Ķes sobre o consumidor, suas formas online podem ser m√ļltiplas.

Por exemplo, clientes de uma empresa de confec√ß√£o de uniformes podem estar mais interessados em an√ļncios que aparecem mostrando os n√ļmeros de promo√ß√Ķes ou de descontos, evitando saber mais sobre como as roupas ficam vestidas.

Em outro caso, uma loja de vestidos pode ter como resultado de maior popularidade um an√ļncio com fotos de vestidos e seus tecidos, independente de mostrarem os valores ou poss√≠veis n√ļmeros para contato, como grande parte do segmento faz.

Para isso existem os testes, para que duas formas de uma mesma campanha sejam comunicadas, onde será verificada a melhor e mais conectiva forma de interação, que irá trazer maiores resultados para uma empresa, em uma questão de interação.

Ofereça cupons

Para um e-commerce, √© interessante que dentro de seus an√ļncios, ele mantenha uma liga√ß√£o r√°pida e direta com seus clientes direcionando para o site de compras, visto que esse ser√° o local onde essas pessoas v√£o consumir seus produtos e servi√ßos.

Dessa maneira, uma das principais ideias que lojas e empresas utilizam online, é a divulgação de cupons e outros descontos.

Algo que rapidamente chama a atenção dos clientes, e os leva diretamente para o site e para o fechamento de um negócio.

Também é interessante divulgar os produtos separadamente com seus descontos, como no caso de uma camiseta dry fit branca masculina, que pode aparecer com um valor com desconto ao lado, causando uma forte atração para a página.

A melhor forma que ser√° utilizada s√≥ poder√° ser idealizada com testes e com a an√°lise das melhores formas de comunica√ß√£o com o p√ļblico, o que demanda maior aten√ß√£o da pr√≥pria empresa. Ainda assim, cupons e descontos sempre ser√£o populares.

Foque na melhor comunicação

N√£o esque√ßa que an√ļncios e diferentes formas de estrat√©gias de marketing digital focam sempre nas comunica√ß√Ķes com o p√ļblico, e que al√©m de uma forma visual interessante √© preciso focar, ainda, em uma reda√ß√£o clara e objetiva.

Por isso, n√£o deixe de focar nesse quesito, como sendo o principal dentro da estrat√©gia na sua empresa, lembrando ainda de entender quais s√£o as melhores frases e palavras para cada tipo de p√ļblico que voc√™ estar√° lidando.

Digamos que você esteja fazendo a estratégia de marketing para uma empresa de camiseta personalizada com logo, que tenha como principais clientes pessoas que consideram uma excelente forma visual de produtos, bem como sua visualização gráfica.

Considera√ß√Ķes finais

Por meio de an√ļncios, √© poss√≠vel que empresas passem n√£o apenas a divulgar da melhor forma seus produtos, mas tamb√©m entender seus clientes por meio de dados e informa√ß√Ķes vindos de relat√≥rios, como em uma p√°gina de entrega expressa motoboy.

Entendendo essas ferramentas e utilizando as principais dicas, fica f√°cil que as empresas possam investir bem em suas propagandas, atendendo exatamente o que seus p√ļblicos esperam deles.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Captura de tela 2021-04-30 225624

Tr√°fego org√Ęnico; Como conseguir gerar para o seu e-commerce?

O tr√°fego org√Ęnico √© todo o movimento recebido por seu site de forma espont√Ęnea, ou seja, que n√£o utiliza nenhum tipo de an√ļncio pago. Esse tipo de tr√°fego normalmente tem origem em mecanismos de busca e refer√™ncias.

Toda vez que seu site recebe uma visita, esta representa um determinado tipo de tr√°fego. Isso demonstra a quantidade de pessoas que acessam seu conte√ļdo atrav√©s da internet.

Portanto, o tr√°fego org√Ęnico nada mais √© do que aquele que vem sem nenhum tipo de impulsionamento, de forma natural.

Entretanto, √© um erro dizer que √© um tr√°fego sem custo. Isso porque muitas vezes as estrat√©gias de marketing utilizadas por um determinado conte√ļdo tem um custo de execu√ß√£o, buscando justamente receber como retorno o tr√°fego org√Ęnico.

Porém, um dos grandes diferenciais desse modelo de tráfego é justamente que o custo é muito baixo, e seu negócio de serviço de frete e transporte de pequenas cargas acaba recebendo em retorno bons resultados por muito mais tempo, diferente do tráfego pago.

Al√©m do org√Ęnico, voc√™ tamb√©m pode conseguir consumidores acessando sua p√°gina com outros tipos de tr√°fego, tais como:

  • Direto;
  • Pago;
  • Social;
  • De refer√™ncia.

Embora todos os tipos de tr√°fego sejam vantajosos para um e-commerce, o que gera um engajamento maior acaba sendo o org√Ęnico.

Isso porque clientes que desejam um produto ou servi√ßo em particular acabar√£o procurando por eles nos pr√≥prios mecanismos de busca. Assim, uma pessoa que procura no Google ‚Äúempresas de entregas‚ÄĚ, certamente encontrar√° o local ideal para fechar neg√≥cio.

Por esse motivo, um cliente que chegou em seu site organicamente tem muito mais chance de fazer a compra do que ter se deixado levar por um an√ļncio pago.

Por que usar o tr√°fego org√Ęnico?

Existem in√ļmeras vantagens na utiliza√ß√£o desse tipo de tr√°fego para um e-commerce, principalmente por conta das possibilidades de convers√£o geradas pelo interesse do p√ļblico. Entre elas, podemos mencionar:

1 РMelhor custo-benefício

Um dos principais pontos da utiliza√ß√£o do tr√°fego org√Ęnico √© seu custo-benef√≠cio. Para modificar seu e-commerce para que ele consiga melhorar seu engajamento, voc√™ ter√° um custo muito menor em compara√ß√£o a outras a√ß√Ķes de marketing.

Isso porque o √ļnico fator realmente determinante √© melhorar o SEO do conte√ļdo. A sigla, que significa Search Engine Optimization, representa uma s√©rie de atividades que tem como objetivo final melhorar seu ranqueamento junto aos motores de busca.

Se você está com um projeto de loja de roupa online, é interessante já começar a alimentar essa ferramenta agora, para no futuro, estar melhor estabelecido.

Quando um cliente faz uma pesquisa na internet, ele normalmente encontra o que estava precisando entre os primeiros links apresentados.

Por isso, h√° uma movimenta√ß√£o por parte da empresa para se adequar aos algoritmos de pesquisa e se encontrar nestas primeiras posi√ß√Ķes.

Quanto mais seu e-commerce for capaz de subir no ranqueamento das ferramentas de pesquisa, maior será o potencial de negócios que conseguirá alcançar.

Esse tipo de ação acaba gerando muitos resultados, com um custo baixo e que não precisa de gastos de reposição.

Assim, seja uma loja de roupas femininas para revenda ou e-commerces dos mais variados ramos podem conquistar muito mais oportunidades.

2 – N√£o h√° prazo de validade

Outra grande vantagem do tr√°fego org√Ęnico √© que, diferente de outros formatos de alcan√ßar seus seguidores, neste caso, n√£o existe um prazo de validade para as a√ß√Ķes.

Todos os procedimentos tomados para melhorar o tr√°fego em seu e-commerce s√£o permanentes.

Isso porque tudo fica em um histórico em seu site, e ele não tem uma limitação para ficar ativo na internet gerando engajamento. Por conta disso, esse movimento se torna fundamental para conseguir atingir os objetivos da empresa.

Isso porque uma campanha de marketing teria um custo praticamente imposs√≠vel de acompanhar para ter a mesma funcionalidade que o tr√°fego org√Ęnico.

3 – Poder de escalada

Quando voc√™ cria um an√ļncio para seu e-commerce, ele n√£o tem nenhum poder de escalada. Isso significa que, no momento em que voc√™ parar de pagar o an√ļncio, ele cessar√° os resultados.

Entretanto, quando voc√™ cria conte√ļdo para gerar um maior tr√°fego org√Ęnico, a situa√ß√£o √© diferente. Os efeitos que voc√™ come√ßar a receber v√£o aumentar progressivamente, uma vez que conforme o tr√°fego org√Ęnico aumenta, o custo para cri√°-lo diminui.

4 – Apresenta credibilidade

Muitas pessoas não confiam em sites que aparecem apenas em propagandas pagas. Quando você tenta vender bolo caseiro artesanal, a credibilidade é um importante fator de negociação.

Um site que organicamente tem bons resultados em pesquisas, passa muito mais credibilidade, uma vez que as ferramentas de busca procuram conte√ļdo de confian√ßa e qualidade para apresentar.

Por isso, quanto mais voc√™ conseguir converter em tr√°fego org√Ęnico para sua p√°gina, maior ser√° a autoridade de seu site, que logo acabar√° se tornando uma refer√™ncia na √°rea de atua√ß√£o.

Ao explorar conte√ļdos mais profundamente, voc√™ consegue ainda mais espa√ßo dentro do mercado, e seu e-commerce pode se tornar uma lideran√ßa forte no nicho em que est√° posicionado.

Por isso, a divulga√ß√£o org√Ęnica de bolo de leite ninho simples e outros sabores oferecidos pelo seu estabelecimento online pode acabar sendo um grande chamariz para sua empresa, se voc√™ utilizar corretamente os elementos digitais.

Como aumentar seu tr√°fego org√Ęnico?

Para um e-commerce conseguir aproveitar da melhor maneira poss√≠vel os benef√≠cios gerados pelo tr√°fego org√Ęnico, √© preciso se atentar a alguns detalhes que podem fazer a diferen√ßa para conquistar estes resultados.

Conhecendo o seu p√ļblico

Para que suas a√ß√Ķes tenham resultados efetivos, n√£o basta criar an√ļncios e outras etapas mec√Ęnicas. Voc√™ precisa saber para quem est√° apresentando o conte√ļdo e como estas pessoas consomem.

O primeiro passo √© delimitar seu p√ļblico-alvo. Esse grupo de pessoas est√° muito mais alinhado com o tipo de produto ou servi√ßo que voc√™ oferece em seu e-commerce.

√Č poss√≠vel identificar estas pessoas atrav√©s de relat√≥rios e avalia√ß√Ķes de clientes, usu√°rios interessados, motoboy delivery e outros.

Quando voc√™ define o p√ļblico-alvo, j√° tem ideia do que deve fazer para conseguir um melhor engajamento. Entretanto, esse tipo de m√©trica ainda √© gen√©rica e tem uma margem de erro um pouco maior.

Portanto, o ideal quando voc√™ est√° preparando seu e-commerce para o tr√°fego org√Ęnico √© criar personas para conquistar uma resposta mais personalizada.

A persona é a idealização de um cliente. Trata-se de uma figura fictícia criada pela equipe de marketing para simular um consumidor de fato. A persona tem um nome, endereço, gostos, hobbies, desejos, medos, entre outros.

Quanto mais real for a persona, melhor ser√° o resultado que ela fornecer√° para suas a√ß√Ķes de marketing.

Otimizando o SEO

Um outro ponto a se verificar é se o seu e-commerce está com o SEO em ordem. Conforme mencionamos anteriormente, o SEO é um conjunto de ferramentas muito importante para melhorar seu ranqueamento junto aos mecanismos de busca.

Trata-se de uma ferramenta fundamental para conseguir explorar em sua totalidade o tr√°fego org√Ęnico.¬†

Para conseguir aproveitar todo este potencial, existem alguns detalhes que fazem toda a diferen√ßa para conseguir engajar seu e-commerce com estrat√©gias de tr√°fego org√Ęnico. Um dos pontos mais importantes de qualquer publica√ß√£o √© o t√≠tulo.¬†

Isso porque os algoritmos dos sites de busca procuram constantemente por palavras-chave, e conte√ļdos mais f√°ceis de serem encontrados s√£o aqueles que definem de forma clara e objetiva o que est√£o oferecendo no t√≠tulo do material.

Por isso, apresentar logo de início que você trabalha com motoboy para delivery pode acabar alavancando seu site.

Assim, ser√° poss√≠vel aumentar a quantidade de resultados encontrados quando algu√©m pesquisar sobre o seu conte√ļdo.

Aproveite as redes sociais

As redes sociais são uma ferramenta imprescindível para qualquer empreendimento.

Embora elas n√£o afetem diretamente o SEO, o potencial de compartilhar seu conte√ļdo nas redes acaba aumentando as pesquisas relacionadas √† sua empresa, o que gera resultados muito positivos.

√Č preciso ter em mente que as publica√ß√Ķes para redes sociais devem ser planejadas pensando em suas estruturas, uma vez que cada tipo de rede tem seu pr√≥prio formato de publica√ß√£o e suas peculiaridades, que devem ser seguidas.

Por isso, √© essencial utilizar-se das ferramentas que domine para conseguir criar bons resultados e aproveitar melhor o potencial que as redes t√™m para oferecer na obten√ß√£o de tr√°fego org√Ęnico.

Al√©m disso, muitas pessoas preferem o contato direto que as redes sociais oferecem, optando por esse tipo de engajamento para tirar d√ļvidas e questionamentos sobre seu e-commerce.

Por isso, é fundamental ter em mente que sua equipe de atendimento deve sempre estar de prontidão para garantir o melhor retorno possível quando há esse tipo de interação.

Tenha um site responsivo

Um dos mais importantes termos da atualidade, qualquer e-commerce que deseja se manter firme no mercado e aproveitar os benef√≠cios do tr√°fego org√Ęnico precisa ter em mente o conceito de responsividade.

Trata-se de estruturar o design da p√°gina para que pessoas consigam acessar o conte√ļdo de qualquer plataforma, principalmente em dispositivos mobile.

Esse é um mercado em amplo crescimento, e estar na frente disso significa um excelente potencial para a empresa.

Considera√ß√Ķes finais

O tr√°fego org√Ęnico √© um importante ponto para que voc√™ consiga explorar seu e-commerce da melhor maneira poss√≠vel, e √© preciso tomar uma s√©rie de cuidados para que voc√™ consiga obter o melhor desta ferramenta.

Por isso, criar um ambiente com bom potencial de geração de tráfego é fundamental para qualquer loja online que queira ser uma referência em seu nicho de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Product Design Drawing Website Graphic

5 Dicas de design para aplicar no seu e-commerce

O design é uma importante etapa para tornar seu e-commerce um negócio de sucesso. Uma vez que a interação com a loja é inteiramente digital, todo o conceito visual é extremamente necessário para atrair os clientes e apresentar bons resultados.

No caso de lojas físicas, a estrutura conta muito para oferecer uma experiência diferenciada ao cliente.

A pr√≥pria arquitetura do ambiente pode dar um tom diferente para uma loja, apresentando novos e diferentes conceitos e atraindo um tipo espec√≠fico de p√ļblico.

J√° no e-commerce, esse tipo de intera√ß√£o se deve completamente ao design. Ele ser√° a primeira impress√£o da loja, que deve ser criada de uma forma atrativa e interessante para conseguir garantir o p√ļblico.

Se você tem um projeto de loja de roupa, o design é uma importante etapa para pensar na hora de estruturar a loja.

Isso porque o consumidor do e-commerce é um tipo diferenciado de cliente. Eles podem ser divididos em duas categorias distintas, sendo o primeiro aquele que já sabe exatamente o que precisa.

Esse cliente não irá perder muito tempo na loja virtual. Ele tem um propósito, e irá concluí-lo de forma rápida e prática. Entretanto, ele não dá muita margem para negociação.

Por outro lado, existem os clientes que gostam de conhecer ambientes novos. Neste caso, ele passar√° um tempo navegando pelo seu e-commerce, descobrindo os interesses em potencial e o que pode interess√°-lo.

Assim, uma empresa de roupas femininas para revenda pode acabar conquistando muito mais clientes se tiver um site agrad√°vel de navegar.

Para estes clientes, a facilidade de navega√ß√£o √© fundamental. Se ele n√£o estiver em um ambiente agrad√°vel, com design interessante e boas op√ß√Ķes de navega√ß√£o, certamente procurar√° outro site para visitar.

Por isso, a prioridade do design em seu e-commerce deve ser a funcionalidade. √Č importante que voc√™ atraia a aten√ß√£o constantemente de seu p√ļblico, principalmente porque a aten√ß√£o do usu√°rio comum da internet √© muito baixa.

Com o excesso de informa√ß√£o sendo constantemente jogado no cliente, ele normalmente tem pouco interesse em ficar preso em um √ļnico lugar. Por isso, quanto mais atrativo for seu ambiente de vendas, mais f√°cil ser√° mant√™-lo ali.

A qualidade deve ser uma de suas maiores preocupa√ß√Ķes. Isso serve tanto para a funcionalidade quanto para os efeitos visuais que voc√™ ir√° apresentar em seu e-commerce.

Para um site de convites personalizados, por exemplo, o visual é um dos mais importantes fatores de venda.

Fotos de baixa qualidade, imagens que se deformam e outros detalhes podem afastar o cliente, que ficará com a sensação de que seu site é amador e de pouca confiança.

Uma boa parte de sua estratégia de design deve ser criar um ambiente agradável para o consumidor.

Pense em seu site como um ser humano. Você deve traçar uma personalidade para ele, algo que destaque os detalhes dessa produção e faça as pessoas se interessarem por ele. 

Quando você pensar em seu site, um descritivo de uma palavra pode ser o suficiente.

Você pode pensar em adjetivos como:

  • Elegante;
  • Moderno;
  • Acess√≠vel;
  • Sofisticado.

Independente da escolha, essa palavra deve ser refletida em toda a página, principalmente no campo visual. 

Por isso, o design é uma peça fundamental para você criar novos ambientes.

Um banner horizontal criando alguns destaques pode ser uma excelente forma de divulgar produtos com qualidade.

Para conseguir o melhor resultado com o design de seu e-commerce, acompanhe algumas dicas essenciais:

1. Capriche em sua p√°gina inicial

A página inicial de um e-commerce é como sua vitrine virtual, e funciona como um cartão de visitas da loja para seus consumidores.

Por isso, é um dos principais elementos que você deve investir para conseguir bons resultados.

Assim como nas lojas físicas, onde há um cuidado especial para apresentar uma vitrine chamativa e interessante, você deve pensar em estratégias de tornar sua página inicial um dos elementos mais chamativos do site.

Assim como um banner para vitrine, as informa√ß√Ķes que voc√™ inclui na p√°gina inicial s√£o muito importantes.

Dessa forma, sempre que algum usu√°rio acessar seu site, acabar√° ficando impressionado com a p√°gina inicial, o que ativar√° sua curiosidade para conhecer mais da loja.

Quanto mais tempo ele passar no e-commerce, maiores ser√£o as chances de ele se tornar um consumidor eventualmente, iniciando um relacionamento direto entre consumidor e marca.

√Č importante expor o melhor de seu conte√ļdo na p√°gina inicial. Chamar a aten√ß√£o com elementos de destaque √© fundamental para conseguir explorar melhor essa intera√ß√£o. Coloque itens de desejo, que far√£o as pessoas se interessarem por consumir em seu site.

Além disso, a organização é um ponto fundamental na estrutura de sua página.

Um site confuso e com design inapropriado acaba perdendo oportunidades de engajamento, enquanto uma p√°gina ordenada agrada a vis√£o de quem est√° interessado em consumir.

O cartão de visita confeitaria que sua loja virtual possui é esta página, por isso ela deve ser planejada com todo o cuidado.

O ideal √© sempre induzir a navega√ß√£o para que o usu√°rio consiga explorar com tranquilidade todo o seu conte√ļdo.

Criando interesse em diversos itens e não só convertendo uma venda, mas criando o conceito de interesse para que ele retorne outras vezes.

Quanto mais tempo um cliente consumir com você, melhor será o aproveitamento dele. Por isso, é importante fazer os consumidores desejarem sempre continuar comprando seus produtos.

2. Aposte na responsividade

Hoje em dia, com os avanços tecnológicos, em especial aqueles ligados a serviços móveis, o consumidor está cada vez mais conectado.

A maioria das pessoas passa boa parte de seu dia com acesso a internet, bastando um clique em seu smartphone para conseguir encontrar o que procura.

Pensando nisso, é preciso que sua loja esteja preparada para esta mudança.

Um site responsivo é aquele cujo design se adapta a variados tipos de resolução. 

Essa tendência surgiu porque é muito difícil ver um site que não possui a ferramenta com uma tela pequena como a de um tablet ou smartphone.

Uma pessoa procurando em seu celular por doces para festa de aniversário infantil acabará escolhendo o site que oferecer o melhor formato de visualização para a compra.

O p√ļblico atual deseja velocidade e praticidade, e n√£o tem mais interesse em ficar tentando encontrar o que procura em um site de dif√≠cil navega√ß√£o.

Quando você se adequa aos conceitos de responsividade, sua plataforma acaba ficando muito mais acessível.

As compras feitas por dispositivos móveis têm alcançado cada vez mais patamares de sucesso, e é importante estar preparado para conseguir alcançar essa fatia de mercado.

3. Seja intuitivo

Conforme citamos anteriormente no texto, o cliente de hoje não quer e nem gosta de perder tempo. 

Por isso, sites em que você tem que dar várias voltas e clicar em vários links para chegar até seu objetivo costumam cansar esse tipo de consumidor.

A ideia de um bom design para seu e-commerce parte do princípio da intuitividade. Quanto mais o cliente conseguir se adaptar a linguagem utilizada no site, maiores serão as chances de ele comprar produtos em sua loja.

Ao colocar um banner para academia em seu site, você acaba instigando o cliente a procurar mais sobre esse serviço.

A estrutura do site deve ser um foco importante na hora de criar o design do mesmo, para garantir o melhor resultado possível junto ao mercado em que você está inserido.

4. Aproveite a Sazonalidade

Uma das grandes vantagens de aproveitar um design virtual é a facilidade de adaptação que ele possui. 

Por isso, você pode separar grandes eventos ao longo do ano, como Natal, aniversário do e-commerce e outros e criar ambientes especiais.

Muitas pessoas se sentem mais confortáveis de comprar em determinadas épocas do ano, e é importante saber como explorar essas possibilidades. 

Existem at√© mesmo algumas comemora√ß√Ķes que se iniciaram na internet, onde tem muito mais for√ßa.

√Č o caso da Black Friday, por exemplo. Esse evento tradicional norte americano acabou chegando ao Brasil por conta dos e-commerces, e hoje √© uma das datas mais aguardadas para pessoas que tem interesse em comprar.

Por isso, aproveitar esses eventos para mudar o layout de seu site e colocar em destaque produtos relacionados a data é uma excelente maneira de conseguir mais espaço no mercado para sua empresa.

5. Cuidado com os métodos de pagamento

Este é um dos momentos cruciais para qualquer e-commerce. O momento do pagamento é um dos mais importantes, e é onde muitas pessoas acabam desistindo e aumentando a taxa de abandono de carrinho.

Exatamente, por isso, é importante você ter facilidade e uma boa estrutura para lidar com os pagamentos. 

Muitas pessoas desistem por dois motivos: falta de segurança e cadastros complexos.

Por isso, √© importante que voc√™ solicite apenas o necess√°rio dentro das informa√ß√Ķes do cliente, e coloque todos os certificados e protocolos de seguran√ßa de forma clara, para que o consumidor consiga ter mais tranquilidade na hora de fechar a compra.

Considera√ß√Ķes finais

O design é um importante elemento de qualquer e-commerce, pois é ele que facilitará todo o processo de conhecimento e descoberta que o usuário passará até se interessar de fato por consumir um produto ou serviço que você ofereça.

Por isso, √© importante que seu site receba um planejamento muito bem estruturado, com foco na apresenta√ß√£o para o p√ļblico final.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Business theme, internet online shopping concept, shopping delivery, shopping cart carry shopping mail box and blur background of shopping bag and open laptop

5 Estratégias para um e-commerce possuir um bom fluxo de clientes

Para qualquer modelo de negócios, aumentar o fluxo de clientes é essencial para se tornar mais competitivo e, claro, vender mais. Inclusive, essa situação não é diferente para as plataformas de e-commerce.

Essas lojas virtuais não têm o mesmo contato com os clientes como as lojas físicas, por isso, precisam pensar em estratégias diferentes para alavancar a marca e as vendas.

O e-commerce depende exclusivamente da internet, ent√£o as estrat√©gias de marketing digital s√£o indispens√°veis para quem quer se destacar e chamar a aten√ß√£o do p√ļblico-alvo.

Assim como você, outros empreendedores estão nessa busca pelo sucesso, portanto, estamos falando de um mercado que também é concorrido.

N√£o se esque√ßa do fato de que, nos dias de hoje, √© muito f√°cil ter uma loja online, e √© exatamente isso que vem sobrecarregando a web de plataformas de vendas, que permitem que o consumidor tenha muitas op√ß√Ķes de compra.

Usar as melhores estratégias de venda e divulgação é uma necessidade diante desse cenário. Por esse motivo, o melhor é saber o que e como fazer, e nós podemos te ajudar.

Neste artigo, vamos explicar como alavancar um e-commerce, qual a import√Ęncia de promov√™-lo, al√©m de dar dicas para alavancar as vendas. Acompanhe a leitura!

Como alavancar um e-commerce?

A web é um ambiente disputado para qualquer tipo de empresa, mas diferente das demais, as plataformas e-commerce dependem exclusivamente da internet para crescer.

O primeiro passo para alavancar o seu negócio é planejar, visto que as estratégias de marketing digital, apesar de mais acessíveis, também têm um custo monetário.

O planejamento faz com que você use os seus recursos da melhor maneira, portanto, defina os indicadores mais importantes para a sua marca.

Por exemplo, se o objetivo de uma empresa de entrega expressa motoboy é aumentar suas vendas, então os melhores indicadores para ela são a taxa de conversão e o ROI (Retorno sobre Investimentos).

Tanto seus recursos financeiros quanto de tempo estarão mais bem alocados com um bom planejamento. Então, antes de investir em qualquer estratégia para alavancar sua plataforma, é necessário:

  • Definir seus objetivos;
  • Criar sua persona;
  • Segmentar o p√ļblico-alvo;
  • Estabelecer os canais de divulga√ß√£o;
  • Escolher as ferramentas;
  • Determinar um fluxo de trabalho.

Feito isso, √© o momento de divulgar a sua plataforma. Para isso, crie um perfil para sua marca de vendas nas principais redes sociais, dando prefer√™ncia para aquelas que seu p√ļblico-alvo mais utiliza.

Os an√ļncios pagos tamb√©m s√£o op√ß√Ķes de divulga√ß√£o mais r√°pida, enquanto suas estrat√©gias org√Ęnicas ainda n√£o floresceram.

Por falar nisso, √© fundamental que a sua loja virtual tenha um blog com bons conte√ļdos. Afinal, o cliente sente a necessidade de obter informa√ß√Ķes sobre v√°rios assuntos.

Por exemplo, quando começou o seu e-commerce, certamente o dono do negócio leu alguns artigos sobre serviço de frete e transporte de pequenas cargas para adquirir conhecimentos a respeito do assunto.  

Foi por meio desses materiais que você encontrou a transportadora com a qual trabalha hoje. Com os outros consumidores é a mesma coisa. Eles têm essa necessidade de saber um pouco mais antes de comprar.

√Č dessa forma que eles adquirem confian√ßa em uma marca e passam a comprar com ela. Ali√°s, o marketing de conte√ļdo tamb√©m √© √≥timo para fazer com que o consumidor perceba que ele tem uma necessidade de compra que antes n√£o sabia.

Por isso, para publicar conte√ļdos de qualidade, invista em um blog para a sua loja virtual e disponibilize um link em sua plataforma de vendas que leve os visitantes at√© ele.

Import√Ęncia de promover as lojas virtuais

Muita gente sonha em ter o seu próprio negócio, mas o que impede a maioria é o fato de que para isso é necessário ter um investimento.

Contudo, as plataformas e-commerce surgiram como uma oportunidade simples, barata e lucrativa de criar uma marca de vendas.

Pelo fato de que montar uma loja virtual √© muito mais barato do que uma loja f√≠sica, a exist√™ncia de advers√°rios acaba sendo maior. Quem promove a sua loja virtual se destaca em meio √† concorr√™ncia e atrai um n√ļmero maior de consumidores.

Também não se deve esquecer de que, ao contrário de um projeto de loja de roupa física, as pessoas não têm como passar na porta do seu estabelecimento e se interessarem pelo que você vende de imediato.

√Č exatamente por isso que os donos de lojas online precisam investir em estrat√©gias diferentes de divulga√ß√£o. Da√≠ a necessidade de conhecer boas estrat√©gias de marketing digital e investir nelas, como as que mostramos no t√≥pico anterior.

A internet oferece in√ļmeras possibilidades de divulga√ß√£o, e com as t√©cnicas certas, sua plataforma alcan√ßa um p√ļblico maior e, consequentemente, consegue vender mais.

Independentemente das estratégias de marketing digital e vendas adotadas, pensar na divulgação do seu e-commerce é fundamental.

Isso se torna ainda mais imprescindível quando nos damos conta da quantidade de lojas online que existem hoje, logo, seus clientes precisam te conhecer para comprar com seu estabelecimento.

Agora que voc√™ j√° entendeu a import√Ęncia de promover o seu neg√≥cio online, no pr√≥ximo t√≥pico, vamos dar algumas dicas para seu e-commerce vender mais.¬†

Dicas para alavancar suas vendas

Se uma loja de roupas femininas para revenda tem um bom fluxo de clientes, isso significa que ela vende bem. Só que, para conseguir isso, esse tipo de estabelecimento e os mais diversos ramos do mercado deve investir em estratégias inteligentes, como:

1. Preparar o produto para vender mais

Preparar o seu produto para venda √© um ajuste essencial que deve ser feito o mais r√°pido poss√≠vel. √Č necess√°rio escolher o produto com o qual voc√™ vai trabalhar, para que este possa ser divulgado.

O ideal é que ele tenha um ótimo potencial de vendas, ou seja, aquele que você acredita que as pessoas vão se interessar.

Ent√£o, supondo que o gestor de um e-commerce tenha escolhido uniforme esportivo masculino, ele vai observar os concorrentes para saber como eles vendem essa mercadoria, como a precificam, como a descrevem, o valor que cobram pelo frete, etc.

2. Acompanhar a jornada do cliente

Você já parou para se perguntar como o usuário escolhe um produto, ou quantas telas são necessárias para ele fechar um pedido, ou mesmo se a loja virtual guarda o desejo do cliente?

Esses questionamentos precisam estar bem respondidos, sendo preciso fazer todos os ajustes necess√°rios. Al√©m disso, ofere√ßa todas as informa√ß√Ķes necess√°rias para que o consumidor se decida por determinado produto em seu e-commerce.

3. Usar ferramentas como o Facebook Ads

Uma loja virtual que vende camiseta dry fit amarela e outras cores possui uma p√°gina em redes sociais como o Facebook e faz publica√ß√Ķes di√°rias ou semanais, com novidades sobre os produtos.

No entanto, al√©m dessas postagens, √© necess√°rio trabalhar com os an√ļncios pagos do Facebook, para que as pessoas certas encontrem sua loja e despertem o desejo de compra.

Para promover an√ļncios frut√≠feros nessa rede social, √© necess√°rio definir o seu p√ļblico-alvo, escolher o tipo de an√ļncio que deseja usar, escolher uma boa imagem e um texto de impacto.

4. Facilitar o frete

Se tem uma coisa que faz qualquer cliente desistir de uma compra é uma entrega cara ou com prazo demorado. Para isso, existem algumas alternativas, como oferecer frete grátis.

Contudo, se uma loja virtual de convites personalizados fizer isso, ela precisa arcar com os custos do envio. No entanto, essa é uma das práticas que mais agradam os consumidores, e quem oferece frete grátis sai na frente.

Só que nem sempre é fácil arcar com essa despesa, então uma boa opção é inserir o valor do frete na mercadoria. Contudo, a competitividade do preço pode ser impactada.

Uma boa forma de lidar com isso √© tentar oferecer diferentes possibilidades de fretes, com valores e prazos distintos. Trata-se de uma estrat√©gia bastante usada, visto que tem boa aceita√ß√£o pelo p√ļblico.

5. Facilitar o checkout

Toda plataforma e-commerce precisa contar com uma solução de checkout profissional, uma vez que isso reduz a taxa de abandono do carrinho por causa de mudanças no valor do produto.

Uma gr√°fica online de banner impress√£o digital que conta com esse recurso demonstra mais profissionalismo, o que ajuda a aumentar suas vendas.

Dessa forma, o cliente consegue finalizar o pedido contando com diversos canais, a depender de seus h√°bitos de pagamento.

Conclus√£o

As compras online ganharam a prefer√™ncia do consumidor moderno por diversas raz√Ķes. √Č mais confort√°vel, mais barato e muito mais simples comprar pela internet, e quem vende tamb√©m sai ganhando.

O e-commerce atrai os olhares de quem quer ter o seu próprio negócio e de quem deseja ampliar o seu estabelecimento, sem gastar muito.

Com isso, os consumidores come√ßam a ser beneficiados com uma quantidade cada vez maior de op√ß√Ķes de compra.

Esse aumento na concorrência pede o investimento em estratégias para promover o negócio e aumentar as vendas. Neste artigo, você aprendeu como fazer isso, portanto, está pronto para fazer da sua loja virtual um grande sucesso.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

laptop blank screen and hopping cart full of gifts with copyspace, online shopping concept.

5 ideias de conte√ļdos voltados para o e-commerce!

Não é novidade para ninguém que a tecnologia está gradativamente presente em nossas vidas. Cada vez mais, as pessoas se adaptam e criam novas formas de utilizá-la, e no caso de empresas, a partir dessa oportunidade surgiu o e-commerce.

O meio digital tem crescido de diversas formas através de redes sociais, novas plataformas de entretenimento e aprimoramento em ferramentas já existentes. De fato, a tecnologia está em uma busca constante de maneiras mais baratas e práticas de resolver um problema.

Mas não apenas problemas. A revolução da internet trouxe diversas praticidades e nos aproximou geograficamente das pessoas, já que com apenas alguns cliques, podemos utilizar aplicativos para nos comunicar com qualquer um que possua acesso à internet.

Enxergando esse incrível potencial, as empresas observaram uma forma de conseguir se utilizar do meio digital para expandir a sua marca e aumentar o alcance do seu negócio e, consequentemente, aumentando suas vendas.

Isso significa que qualquer produto ou serviço, desde que fosse investido no meio digital, poderia ter um aumento significativo em suas vendas, seja ele uma camiseta dry fit amarela ou qualquer outro produto.

Para entender melhor a import√Ęncia do e-commerce, √© importante refletir sobre alguns pontos espec√≠ficos:

  • Qual √© o p√ļblico-alvo;
  • Qual o diferencial frente a outros produtos;
  • Quais estrat√©gias abordar no momento das vendas;
  • Como gerar interesse pelo produto de forma pr√°tica e din√Ęmica.

Agora que você já entendeu o contexto pelo qual surgiram os e-commerces, vamos entender um pouco mais sobre como funcionam essas plataformas e como utilizá-las de maneira inteligente. Acompanhe!

O e-commerce e sua import√Ęncia no mercado

Empresas de entregas investem em serviço de frete e transporte de pequenas cargas, por exemplo, mas investir no e-commerce deve ser uma prioridade em sua empresa, que como consequência, se torna um dos pilares e formas de negócios dela.

Inicialmente, vamos entender o que √© marketing de conte√ļdo e algumas formas de aplic√°-lo. O consumidor, hoje em dia, pesquisa sobre um produto antes de compr√°-lo, para assim ter ao menos um conhecimento pr√©vio e b√°sico sobre o que ir√° consumir.

Pensando nisso, o marketing de conte√ļdo se aplica no e-commerce por ser uma forma de entregar ao consumidor final, conte√ļdo esse relacionado √† empresa ou ao produto que o mesmo est√° adquirindo.

Por exemplo, antes de comprar qualquer fardamento esportivo feminino que veja pela frente, o consumidor ir√° buscar na internet informa√ß√Ķes relevantes que o ajudem a decidir qual comprar, como m√©dia de valores, diferen√ßa de tamanhos, etc.

Isso fortalece ainda mais o e-commerce, visto que muitos links podem direcionar para a sua loja, fazendo com que a sua receita aumente e mais pessoas conheçam o seu comércio, aumentando assim a autoridade e o alcance da marca.

Ent√£o, para que essa estrat√©gia funcione, √© necess√°rio conhecer muito bem o seu p√ļblico para saber exatamente como abord√°-los e quais estrat√©gias se tornam mais eficazes com eles.¬†

A cria√ß√£o de uma ou mais personas tamb√©m √© uma ideia bastante v√°lida, humanizando e aproximando o p√ļblico.

Portanto, reflita bastante sobre as observa√ß√Ķes pontuadas at√© o momento, pois s√£o de extrema import√Ęncia para iniciar o seu projeto de loja de roupa ou qualquer outra forma de neg√≥cio.

Como desenvolver os melhores conte√ļdos

Agora que voc√™ j√° entendeu um pouco melhor sobre a import√Ęncia do marketing de conte√ļdo, principalmente relacionado ao e-commerce, listaremos algumas dicas sobre formas de levar conte√ļdo ao seu p√ļblico-alvo e ainda conseguir expandir a sua marca:

1 – Blogs

A cria√ß√£o de um blog ou espa√ßos que pare√ßam mais pessoais s√£o a iniciativa perfeita para produzir conte√ļdo voltados para o seu e-commerce.¬†

Muitas lojas utilizam blogs para passar algumas informa√ß√Ķes para os seus clientes, inclusive com opini√Ķes e cr√≠ticas de especialistas.

Voc√™ tamb√©m pode colocar as compara√ß√Ķes de produtos mais vendidos no mercado e as vantagens e desvantagens de cada um, e que todos est√£o em sua loja. Pode ser um comparativo de itens encontrados em uma loja de material de constru√ß√£o, por exemplo.

Independentemente do tema, produto ou serviço abordado, ter um blog é possuir uma vertente do seu próprio negócio, trazendo mais credibilidade para a sua empresa e mais confiança ao cliente. A partir disso, o mesmo pode ir direto à sua loja comprar os itens.

2 РVídeos

Criar um canal no YouTube, por exemplo, √© uma alternativa mais do que v√°lida para divulgar e fazer crescer o engajamento de seus clientes com a sua marca, aumentando ainda mais o marketing, confian√ßa e relev√Ęncia da sua empresa.

V√≠deos s√£o um tipo de conte√ļdo em que o cliente pode observar como √© a apar√™ncia do produto, como ele funciona e qual √© a opini√£o da empresa sobre o produto comercializado.¬†

Provavelmente, essa é a forma mais procurada para saber se vale a pena adquirir um produto.

√Č poss√≠vel fazer o mesmo com alguns tipos de servi√ßos, como entrega expressa motoboy, mostrando como √© o tratamento dos clientes, qual o procedimento de retirada e entrega de itens, como ele dirige, etc.

3 – An√°lise de produtos

A opinião de terceiros vale muito para o consumidor, e investir nesse tipo de marketing pode ser a chave entre um produto de sucesso ou um tremendo erro. Esse tópico pode ser utilizado em vários outros formatos, como os outros dois citados anteriormente.

Incentivar alguns clientes que já adquiriram o produto a fazer uma crítica real e construtiva sobre a qualidade dele pode atrair muitos outros possíveis clientes a experimentar tudo o que você tem a oferecer no seu negócio.

Pode ser feito atrav√©s do seu blog ou mesmo por meio de v√≠deos no YouTube ou alguma outra rede social, desde o unboxing (processo de desempacotar o produto da caixa e passar as primeiras impress√Ķes do mesmo), at√© o teste do produto de fato.

O lado positivo √© que esse tipo de conte√ļdo voltado para o e-commerce pode ser feito com qualquer tipo de produto. Caso a sua empresa seja especializada em oferecer servi√ßos de reforma de loja, por exemplo, mostre o passo a passo de como realizam o trabalho.

4 – Postagens com imagens

Publica√ß√Ķes nas redes sociais trabalhadas com um belo design e mostrando algumas informa√ß√Ķes relevantes sobre seus produtos ou servi√ßos s√£o ferramentas poderos√≠ssimas para gerar conte√ļdo de qualidade para os seus clientes e seguidores.

Esta estrat√©gia √© √ļtil tanto para as pessoas que est√£o buscando informa√ß√Ķes sobre o produto, quanto como curiosidades para aqueles que podem ter visto seu produto uma vez ou outra, mas n√£o sabem com exatid√£o os benef√≠cios dele, fazendo-os cogitar na compra.

Ent√£o, por exemplo, ao fazer um post sobre roupas femininas para revenda, crie um visual agrad√°vel, onde as informa√ß√Ķes n√£o pare√ßam desorganizadas. Coloque como marca d’√°gua o logotipo de sua empresa e mantenha a const√Ęncia, que o engajamento ser√° maior.

5 – Perguntas frequentes

T√£o importante quanto investir em todas as plataformas, estrat√©gias e redes sociais j√° apontadas at√© o momento, √© investir em um lugar onde as pessoas possam tirar poss√≠veis d√ļvidas que surjam ao adquirir o produto ou mesmo antes de compr√°-lo.

Com as redes sociais, e-mail, sess√£o de coment√°rios de v√≠deos e at√© mesmo reviews do seu produto s√£o uma abundante fonte de recursos na qual voc√™ pode filtrar as d√ļvidas mais frequentes e ser assertivo na hora de criar esse ambiente.

No momento em que j√° tiver certeza de como mont√°-lo, pense em publicar perguntas diretas, claras e objetivas, assim como as suas respostas. N√£o h√° necessidade alguma de escrever par√°grafos adicionais apenas para enfeitar o texto.

Quando algu√©m vai a essa sess√£o, normalmente, quer esclarecer sua d√ļvida e j√° sair da p√°gina. Caso ela queira saber de outras informa√ß√Ķes sobre o produto, ela buscar√° as outras fontes que apontamos at√© o momento.

Utilize de uma linguagem simples e leve, evitando termos t√©cnicos demais. Por√©m, n√£o utilize de g√≠rias ou vocabul√°rio inadequado, para assim n√£o ‚Äúsujar‚ÄĚ a imagem de sua empresa, produtos ou servi√ßos.

Considera√ß√Ķes finais

Vender na internet pode ser um grande desafio. Atrair novos clientes, se mostrar interessante durante todo o momento, saber se portar perante as dificuldades e a concorrência é uma tarefa árdua, mas que precisa ser feita com qualidade.

O e-commerce expandiu demais as possibilidades, al√©m de gerar novas formas de marketing, propaganda e vendas, fazendo com que o mercado tivesse de se adaptar ao novo estilo tecnol√≥gico e acompanhar as mudan√ßas seguintes de forma eficaz e din√Ęmica.

Por√©m, dessa forma, muito mais lojas e aut√īnomos ganharam mais espa√ßo para expor suas ideias e produtos, precisando apenas de um planejamento de log√≠stica para adaptar tudo que √© necess√°rio e um pouco de esfor√ßo para aprender as estrat√©gias poss√≠veis.

Por fim, esperamos que essas dicas e orienta√ß√Ķes tenham te dado ideias de como produzir conte√ļdo para seus clientes voltados para o e-commerce.¬†

Adapte-as para o seu estilo de negociação e de empreender, mas, acima de tudo, seja criativo e eficaz na hora de utilizá-las.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Screenshot 2021-04-15 125039

4 dicas para aumentar o tr√°fego do seu e-commerce

Se você atua com vendas online e não sabe como aumentar o tráfego do seu e-commerce, saiba que chegou ao lugar certo!

As vendas realizadas por meio do com√©rcio eletr√īnico ficou em alta ap√≥s a chegada da pandemia gerada pelo novo coronav√≠rus (covid-19), logo, quanto maior o n√ļmero de acesso e perman√™ncia no seu e-commerce, √© maior a possibilidade de potencializar as vendas.

At√© mesmo um gerador de energia √© poss√≠vel comprar online e se torna o modo r√°pido e pr√°tico de aquisi√ß√£o. Por isso, √© importante seguir algumas estrat√©gias a fim de aumentar o tr√°fego no seu com√©rcio eletr√īnico para proporcionar a visibilidade do seu neg√≥cio na internet.

Pensando nisso, listamos quatro dicas infalíveis para você, empreendedor, aplicar a partir de hoje e potencializar os seus resultados. Ficou interessado e quer saber mais sobre o assunto? Então, continue lendo e confira!

Entenda a import√Ęncia de aumentar o tr√°fego do seu e-commerce

√Č fato que para uma empresa obter sucesso nos resultados √© necess√°rio o maior n√ļmero de clientes tanto no meio f√≠sico, quanto virtual.¬†

Assim sendo, suponhamos que você deseja comercializar de modo online etiquetas personalizadas. Para ter aumento de vendas, será essencial que a sua marca seja vista, certo?

Afinal, √© quase imposs√≠vel vender sem a presen√ßa de clientes. Logo, o tr√°fego √© caracterizado pelo n√ļmero de usu√°rios que acessam a sua p√°gina e que podem realizar a compra no momento em que entender que a marca atende suas necessidades.¬†

Vale ressaltar que as estrat√©gias aplicadas para atrair o p√ļblico para a loja virtual tamb√©m envolve as informa√ß√Ķes relevantes que influenciam o consumidor na decis√£o de compra. Continue lendo e confira as quatro dicas para aumentar o tr√°fego e potencializar suas vendas.

1. Aposte no SEO

Muito provavelmente você já tenha ouvido falar em SEO (Search Engine Optimization). 

√Č a forma ideal para facilitar a busca do potencial cliente que pesquisa desengraxante biodegrad√°vel nos mecanismos de busca como Google, Bing e Yahoo.¬†

J√° imaginou a quantidade de pessoas que fariam o acesso na sua loja virtual, ao ver a sua loja no topo de pesquisa? √Č uma estrat√©gia excelente para aumentar o tr√°fego.

2. Tenha um site responsivo

Uma situa√ß√£o que afeta a experi√™ncia do usu√°rio no seu com√©rcio eletr√īnico √© um site responsivo. Ou seja, proporcionar que o seu p√ļblico acesse a loja de diferentes dispositivos, sem a interrup√ß√£o e altera√ß√Ķes no layout.

Al√©m disso, √© necess√°rio aplicar um bom design para distribuir as informa√ß√Ķes e permitir facilidade para que o usu√°rio encontre o que precisa.¬†

3. Forne√ßa informa√ß√Ķes detalhadas sobre o produto e entrega

Da mesma forma que o cliente quer acessar um site sem interrup√ß√Ķes e experi√™ncias negativas ao ter f√°cil navega√ß√£o, ele tamb√©m quer ter informa√ß√Ķes das descri√ß√Ķes de produtos, pre√ßos e afins.

Voc√™, como consumidor, compraria em uma loja virtual que n√£o fornece informa√ß√Ķes relevantes para que possa finalizar a compra? Certamente a resposta √© n√£o!

Sabemos que nos dias de hoje, o cliente exige o maior n√ļmero de informa√ß√Ķes poss√≠vel para ter ci√™ncia do que est√° adquirindo e se a marca √© confi√°vel. Isso pode impactar nos resultados de pessoas que permanecem interessadas pelos produtos e procure pelo concorrente.¬†

4. Invista nas redes sociais para auxiliar o aumento de tr√°fego do e commerce

Por fim, mas não menos importante, investir nas redes sociais é primordial para alcançar excelentes resultados de tráfego para a loja virtual.

Isso porque o seu p√ļblico alvo pode estar neste exato momento navegando no Instagram ou facebook, e ao se deparar com an√ļncios do seu neg√≥cio, pode ser direcionado para o seu e-commerce atrav√©s de links patrocinados.

Portanto, apostar em conte√ļdos relevantes, estrat√©gia de SEO e site responsivo, contribuem para o aumento de tr√°fego e melhoram a experi√™ncia do usu√°rio. Se deseja garantir essa pr√°tica no seu neg√≥cio e ter sucesso nas vendas online, siga as dicas e conquiste excelentes resultados!

Esse artigo foi escrito por Thais Teixeira, Criadora de Conte√ļdo do Solu√ß√Ķes Industriais.

digital-law

Preço por inbox é crime! Você sabia?

Desde o surgimento do Código de Defesa do Consumidor (CDC) nos anos 90, as regras de consumo foram alteradas trazendo mais direitos aos consumidores e regras mais claras para os empresários/as.

Ainda assim, é possível observar empresas adotando práticas que estão em desacordo com as regras do CDC e sendo punidas por tal comportamento. Essa situação é, particularmente, real no caso das empresas de vendas virtuais.

Isso porque muitos empresários do mercado online se esquecem que devem seguir as mesmas regras do CDC, já que o código do consumidor é um só e independe de se a venda está sendo realizada de forma física ou virtual.

Uma dessas práticas comuns é ocultar o preço do produto divulgado em redes sociais e obrigar o consumidor a entrar em contato via mensagem privada, o chamado inbox.

O que é o preço via inbox?

Como descrito anteriormente, √© muito comum que as empresas que realizam vendas via redes sociais ocultem o pre√ßo e demais informa√ß√Ķes dos produtos nesses canais de venda.

Por√©m essa pr√°tica √© proibida por lei, conforme pontuam os art. 6¬ļ, III e 66 do CDC.

O artigo 6¬ļ, III diz que s√£o direitos b√°sicos do consumidor ‚Äúa informa√ß√£o adequada e clara sobre os diferentes produtos e servi√ßos, com especifica√ß√£o correta de quantidade, caracter√≠sticas, composi√ß√£o, qualidade, tributos incidentes e pre√ßo, bem como sobre os riscos que apresentem‚ÄĚ.

Deixando bem claro às empresas que o apontamento do preço deve ser realizado para estar em conformidade com a lei. E isso inclui colocar o preço no post em que o produto é anunciado.

Lembre-se um post nada mais √© do que um an√ļncio comercial, devendo ent√£o seguir √†s mesmas regras estabelecidas pelo CDC para todas as demais lojas.

O art. 66¬ļ reitera esse entendimento, classificando a oculta√ß√£o das informa√ß√Ķes e do pre√ßo como uma infra√ß√£o penal, composta por san√ß√£o de multa e deten√ß√£o:

“Art. 66. Fazer afirmação falsa ou enganosa, ou omitir informação relevante sobre a natureza, característica, qualidade, quantidade, segurança, desempenho, durabilidade, preço ou garantia de produtos ou serviços:       

Pena ‚Äď Deten√ß√£o de tr√™s meses a um ano e multa.

  • 1¬ļ Incorrer√° nas mesmas penas quem patrocinar a oferta.‚ÄĚ

Outro ponto de atenção trazido pelo CDC é que quem patrocina a oferta também incorre no crime. Portanto, se, por exemplo, uma vendedora externa da sua marca pega este post realizado da página oficial da marca e faz uma ação de propaganda ou mesmo patrocina o post para conseguir mais vendas, essa vendedora também pode ser enquadrada no crime.

O mesmo acontece nas situa√ß√Ķes em que os produtos s√£o disponibilizados em marketplaces e essas informa√ß√Ķes n√£o s√£o preenchidas e mesmo assim o produto vai a venda, como √© o caso do Marketplace do Facebook ou do Google.

Que informa√ß√Ķes eu devo disponibilizar para n√£o praticar o crime?

O CDC √© bastante claro ao apontar que s√£o direitos do consumidor saber todas as informa√ß√Ķes sobre o produto que ele vai comprar. √Č t√£o claro, que as regras para o com√©rcio virtual s√£o at√© mais r√≠gidas ‚Äď se analisar a quest√£o do maior tempo de troca e devolu√ß√£o dos produtos que n√£o √© obrigat√≥ria para com√©rcio f√≠sico, mas √© para com√©rcio virtual.

Portanto, √© obriga√ß√£o da sua empresa trazer todas as informa√ß√Ķes necess√°rias para que o consumidor possa realizar uma compra consciente e informa√ß√£o, entre tais informa√ß√Ķes est√£o o pre√ßo do produto, dimens√Ķes da pe√ßa, qual o tempo de garantia, o desempenho e durabilidade esperada e demais caracter√≠sticas.

Conclus√£o

Para evitar dores de cabe√ßa e realizar vendas de acordo com a lei, √© importante que a sua empresa n√£o adote padr√Ķes diferentes de atendimento em um ou outro¬†canal de venda, at√© porque as regras exigidas pelo CDC s√£o as mesmas.

Portanto, seja claro e transparente com os seus consumidores em todos e qualquer canal de venda oferecido. E para garantir a integridade dos dados e centralizar os pedidos, não se esqueça de utilizar um sistema de gestão ERP na sua operação.

 

Por Gustavo de Andrade Silva ‚Äď Alternativa Sistemas e colabora√ß√£o de Larissa Lotufo (PG Advogados)

Gustavo √© gerente de marketing na Alternativa Sistemas,¬†empresa de ERP e solu√ß√Ķes em Gest√£o Empresarial. MBA em Marketing pela USP. Doutorando e mestre em Ergonomia pela Unesp. Graduado em Ci√™ncia da Computa√ß√£o pela Unesp com gradua√ß√£o sandu√≠che no New York Institute of Technology e Endicott College, ambos nos Estados Unidos. Conta com experi√™ncias de trabalho em computa√ß√£o, design e marketing. Trabalhou em empresas no Brasil, Estados Unidos e Alemanha. Apaixonado por livros e tecnologia, busca aprimorar-se constantemente e estar atento √†s mudan√ßas de mercado, visando a aplicabilidade do conhecimento adquirido.

Fonte: Abcom

shutterstock_580499569

E-commerce de nicho: confira as vantagens para o seu negócio

Os n√ļmeros positivos do e-commerce em 2020 e as perspectivas promissoras para 2021 estimulam a ades√£o das empresas ao segmento.

Para se ter uma ideia do que est√° acontecendo nesta √°rea, de acordo com os dados da ABComm, foram registradas de abril a setembro do ano passado mais de 150 mil novas lojas; e 11,5 milh√Ķes de pessoas fizeram sua primeira compra online.

Importante registrar que, al√©m de novas opera√ß√Ķes, temos visto tamb√©m aumento nos investimentos de quem j√° dispunha de uma plataforma de vendas via internet.

Isso tem acontecido, basicamente, em função da necessidade de diversificar os canais de vendas (colocando em prática o omnichannel) e, claro, da exigência de aprimoramento nos sistemas de vendas via internet.

N√£o se trata mais de ‚Äúcomplemento‚ÄĚ

Se at√© pouco tempo o e-commerce era visto como um ‚Äúcomplemento‚ÄĚ, hoje a hist√≥ria difere. As empresas viram o faturamento crescer e perceberam a necessidade de integrar as opera√ß√Ķes, explorar melhor as possibilidades de cada ponto de intera√ß√£o com o p√ļblico.

Apesar do cenário positivo, é importante analisar bem as possibilidades na área, até para que seja possível ter um negócio que se destaque da concorrência, conquiste o seu espaço na mente e no bolso do consumidor.

Neste sentido, um dos aspectos que devem ser considerados s√£o as oportunidades para os e-commerces de nicho.

Por que investir num e-commerce de nicho

Uma das principais vantagens √© justamente a baixa concorr√™ncia, uma vez que a loja atender√° um p√ļblico espec√≠fico e que geralmente n√£o tem tantas op√ß√Ķes dispon√≠veis.

Por outro lado, o cuidado deve ser redobrado na hora de posicionar a marca: é essencial conhecer bem as demandas do cliente e do grupo ao qual ele pertence.

Mais do que em qualquer outra √°rea, a proposta √© que a marca seja vista como uma autoridade no segmento. Para construir este tipo de percep√ß√£o, contudo, √© preciso integrar-se aquela ‚Äúcomunidade‚ÄĚ, participar dela, ser reconhecida pelo grupo.

Comunicação mais assertiva

Quando se pensa nas vantagens do e-commerce de nicho, um dos pontos que se destacam é a possibilidade de fazer uma comunicação mais assertiva, o que aumenta a taxa de conversão do negócio.

Este resultado n√£o acontece por acaso, √© resultado justamente desse entendimento mais acurado sobre os anseios daquele p√ļblico.

E como a empresa vai trabalhar com um target menor, mais segmentado, tem como otimizar melhor seus investimentos em m√≠dia, porque pode reduzir o n√ļmero de canais que ser√£o empregados.

Aten√ß√£o: apesar dessa vantagem em rela√ß√£o aos investimentos, lembre-se de que √© importante dedicar-se ao conte√ļdo das mensagens. Como dissemos acima, a marca ‚Äúnichada‚ÄĚ deve ter autoridade no segmento, portanto, ser√° mais cobrada se cometer algum deslize.

Considerando que a empresa conseguiu ter uma oferta de produtos diferenciada, a comunicação, por ser de nicho, pode e deve ser personalizada.

As ferramentas de automa√ß√£o t√™m evolu√≠do muito, ent√£o, n√£o h√° entrave do ponto de vista operacional para se realizar essas a√ß√Ķes. Mais uma vez, o principal √© a estrat√©gia.

Quais canais este p√ļblico prefere? Como ele gosta de ser tratado? Quais comunidades ele frequenta? Qual a frequ√™ncia do envio de mensagens √© mais adequada para aquele grupo? Enfim, √© crucial investir algum tempo na valida√ß√£o dessas informa√ß√Ķes.

Marcas mais próximas dos clientes

Proximidade e personaliza√ß√£o s√£o hoje quest√Ķes fundamentais para o varejo, mas, no caso de um e-commerce de nicho, √© imposs√≠vel¬†renunciar a¬†um bom trabalho nessas frentes.

Primeiro, porque quanto mais próximo do cliente, mais chances a empresa tem de entender suas necessidades e, claro, atendê-las da melhor forma possível, como se espera de uma loja segmentada.

Veja que, neste caso, o conhecimento inclusive é prioritário para que a equipe consiga selecionar os produtos mais adequados, de preferência, exclusivos.

Este √© um ponto-chave do e-commerce de nicho: como a empresa trabalha com um p√ļblico menor, deve conseguir atuar com um ticket m√©dio mais elevado para ter uma rentabilidade adequada. O consumidor geralmente adere √† essa ideia, desde que encontre na loja produtos diferenciados e que n√£o ser√£o encontrados em outros locais, principalmente nas lojas gen√©ricas.

Se a loja tem como foco a venda de produtos para o segmento geek, por exemplo, espera-se que ela tenha um catálogo de produtos diferenciado, com itens exclusivos. Não faz muito sentido que ela não consiga se antecipar às tendências.

Este √© o caso da Piticas. O seu foco √© o p√ļblico jovem e tema produ√ß√£o verticalizada, atuando com artigos relacionados aos quadrinhos, filmes e s√©ries. Produz de 17 a 19 mil camisetas por dia, com mais de 500 funcion√°rios e mais de 300 lojas franqueadas espalhadas pelo pa√≠s.

Abordagem personalizada

Outro ponto extremamente relevante para o e-commerce de nicho √© a customiza√ß√£o do layout. Mais do que em outros segmentos, o p√ļblico de uma loja especializada deve se sentir muito √† vontade no ambiente.

E, pensando na realidade atual do e-commerce, isso significa que o cliente deve ter a mesma percep√ß√Ķes sobre a marca, esteja ele na loja f√≠sica, no site, nas redes sociais, num marketplace ou num app para fazer a compra via¬†WhatsApp.

Neste contexto, é importante considerar o papel dos vendedores. Numa loja nichada, é essencial que essa pessoa da linha de frente realmente se identifique com aquele grupo e seja capaz de orientar o cliente na hora da compra.

E isso vai acontecer na loja física e nas plataformas digitais. O uso do WhatsApp, por exemplo, ajuda bastante neste sentido, uma vez que a comunicação é interpessoal e vai acontecer nos termos daquele ambiente.

Para a loja, a vantagem é que apesar do ambiente informal, é possível criar um fluxo padrão para iniciar a conversa e ainda ter tudo devidamente registrado, o que permite o ganho em escala.

O que temos percebido √© que o e-commerce tem conseguido abrir in√ļmeras possibilidades para os novos neg√≥cios. A tecnologia est√° dispon√≠vel e as condi√ß√Ķes do mercado s√£o favor√°veis.

O que vai determinar o sucesso é essa orientação mais profissional para o negócio. Não importa o tamanho do e-commerce, o amadorismo não tem mais espaço no ambiente corporativo.

Fonte: e-commerce Brasil

packet

A import√Ęncia das embalagens no e-commerce

As embalagens no e-commerce s√£o extremamente importantes, pois elas asseguram a integridade dos produtos contra danos, avarias e outros problemas que podem ocorrer durante o envio das mercadorias.

Mas, além disso, os invólucros também são uma maneira de cativar o cliente, demonstrando que a empresa tem cuidado com os produtos e realiza um trabalho profissional, com atenção aos mínimos detalhes.

No artigo de hoje, saiba mais sobre a import√Ęncia das embalagens no e-commerce e quais as vantagens de us√°-las no seu neg√≥cio. Acompanhe a leitura!

Por que devo usar embalagens?

Seja com uma caixa de encomenda 6b ou uma simples sacola, as embalagens tornaram-se imprescindíveis para as empresas. Afinal de contas, elas asseguram a qualidade dos produtos, fazendo com que eles cheguem inteiros à casa do consumidor.

Por√©m, percebeu-se que as embalagens tamb√©m s√£o √≥timas ferramentas de marketing, pois al√©m da prote√ß√£o, elas igualmente melhoram o relacionamento com o p√ļblico, imprimem a identidade da marca e ajudam na divulga√ß√£o do seu neg√≥cio.

Portanto, as embalagens tornaram-se um fator de competitividade essencial dentro de um mercado cada vez mais competitivo e exigente.

As marcas de luxo dão um bom exemplo nesse sentido. Não é incomum vermos sacola de tecido personalizada, com o logo da empresa e as cores da identidade visual, ou até mesmo, caixas belíssimas que ajudam na composição do produto.

Fora que a abertura das embalagens fornece uma experi√™ncia √ļnica aos compradores. Podemos ver isso nos famosos unboxings (desembalando), que s√£o conte√ļdos famosos e populares no YouTube e perfis no Instagram.

Ou seja, os invólucros são parte do marketing visual, sensorial e de experiência, para que o cliente sinta que adquiriu muito mais do que um simples produto, mas também está comprando algo diferenciado e especial.

Fora que a proteção é incomparável! Imagine que um motoboy entregador acaba deixando a mercadoria cair no chão durante o trajeto até o consumidor final.

Sem uma embalagem adequada, o produto pode se danificar, ainda mais se for algo frágil, como vidro. Mas com o invólucro correto, é possível assegurar que o item se mantenha inteiro, sem danos.

Isso vale para todos os tipos de envios, n√£o s√≥ com a contrata√ß√£o de servi√ßo de motoboy terceirizado, mas a log√≠stica de caminh√Ķes, por exemplo, tamb√©m pode oferecer riscos √† integridade das mercadorias, quando n√£o protegidas adequadamente.

Como escolher as embalagens certas para seus produtos?

Diante de todas as vantagens das embalagens, os negócios estão priorizando cada vez mais o uso de invólucros resistentes, ainda mais os e-commerces (já que eles trabalham diretamente com a entrega dos produtos).

No entanto, muitas pessoas t√™m d√ļvidas de como escolher as embalagens certas. Afinal de contas, n√£o se pode usar a mesma caixa que abriga marmitas para empresa para embalar pe√ßas de roupas, por exemplo.

Por isso, separamos algumas dicas que podem te ajudar na escolha dos pacotes corretos. Confira!

1 РConheça quais produtos irá oferecer

Entender as características dos produtos é o primeiro passo para escolher a embalagem certa. Para isso, leve em consideração alguns pontos da mercadoria:

  • Tamanho;
  • Peso;
  • Fragilidade;
  • Perecividade;
  • Temperatura ideal.

Essas especifica√ß√Ķes ajudam na escolha da embalagem com o n√≠vel de resist√™ncia correto e, al√©m disso, caso a sua mercadoria exija um condicionamento espec√≠fico, √© poss√≠vel procurar pelo inv√≥lucro correto.

Por exemplo, no embalo de uma lava louça compacta, é preciso escolher uma embalagem que suporte os atritos do deslocamento. Porém, ao abrigar um alimento, é necessário optar por pacotes com capacidade térmica.

Da mesma forma, é fundamental conhecer a quantidade média de produtos adquiridos para a venda, especialmente se o seu e-commerce costuma vender itens em grande quantidade, ou mescla mercadorias grandes, pequenas e médias.

Isso facilita na hora de escolher as embalagens ideais para a logística.

2 РConsidere os quesitos de proteção

Como percebemos, a questão da proteção é um dos itens mais importantes na escolha das embalagens. Por esse motivo, vale a pena conhecer quais são os principais materiais usados na confecção de embalagens, bem como na proteção dos produtos. São eles:

  • Almofadas de ar: para produtos pequenos;
  • Pl√°stico-bolha: para produtos mais fr√°geis;
  • Papel kraft ou papel seda: para envolver produtos resistentes;
  • Caixa de papel√£o ou envelope: para diversos tipos de produtos.

Aqui, nos quesitos de prote√ß√£o, vale a pena considerar a facilidade de transporte tamb√©m. Por exemplo, na log√≠stica de um kimono infantil jud√ī, pode ser muito mais f√°cil usar um envelope do que uma caixa grande de papel√£o.

3 – Tenha embalagens personalizadas

Para atingir os objetivos de marketing, vale a pena investir em embalagens personalizadas para os seus produtos.

Verifique o custo de estamparia, bem como a impress√£o do logo em alguns inv√≥lucros. Isso ajuda na gera√ß√£o de brand awareness, al√©m de ser uma forma de mostrar a sua empresa para um n√ļmero maior de pessoas.

4 – Explore os cinco sentidos do comprador

Mais do que entregar um produto sem avarias, as embalagens também são parte da experiência de compra. Por esse motivo, elas se tornaram indispensáveis para todos os tipos de empresas, principalmente os e-commerces.

Sendo assim, vale a pena explorar mais os cinco sentidos dos compradores para criar uma afetividade do p√ļblico com a marca.

Você pode usar materiais com um toque diferenciado, ou até mesmo borrifar uma essência nos produtos. Além disso, vale a pena incluir alguns brindes, como balinhas ou canetas.

Outra alternativa √© incluir um cart√£o da loja ou at√© mesmo uma cartinha, agradecendo o consumidor pela compra. √Č um gesto simples, mas que faz toda a diferen√ßa na fideliza√ß√£o dos clientes.

5 – Desenvolva embalagens que facilitem o carregamento

Além de pensar nos compradores, é importante levar em conta a facilidade do carregamento, tanto para os clientes quanto para os responsáveis logísticos.

Inclusive, quanto mais fácil for de carregar, menor é o risco de avarias. Assim, no caso de mercadorias grandes, como uma mesa grande para escritório, vale a pena dividi-la em mais de uma caixa, por exemplo.

6 – Coloque o valor do frete

O valor do frete deve estar incluso como parte da compra do consumidor. Dessa forma, o cliente saberá que está pagando para ter segurança no envio da sua mercadoria, já que toda a compra de embalagens e o envio logístico têm um custo para os e-commerces.

No entanto, tente realizar algumas promo√ß√Ķes, como fretes gr√°tis em compras acima de um limite de gastos, ou descontos. Isso ajuda a convencer os clientes, tornando-os mais pr√≥ximos de fazer uma compra com voc√™.

Importante ressaltar que as embalagens menores e mais leves tendem a custar menos. Ou seja, você tem a oportunidade de baratear o frete, mas sempre mantendo o cuidado com a segurança da mercadoria.

Quais s√£o os principais tipos de embalagens?

Agora que você já sabe como escolher a embalagem ideal, está na hora de conhecer quais são os principais pacotes usados pelos e-commerces. Dessa forma, você terá uma ideia mais concreta de qual invólucro é o melhor. Veja a seguir:

Caixas de papel√£o

As caixas de papel√£o s√£o as embalagens mais famosas dos e-commerces, pois elas ganham no quesito versatilidade. Afinal, elas s√£o capazes de transportar a grande maioria dos produtos, tendo diversidade de tamanhos e comprimentos.

Além disso, as caixas de papelão ocupam pouco espaço e são fáceis de montar. Por isso, são as preferidas dos responsáveis logísticos.

Para escolher as caixas certas, uma dica é identificar a quantidade média de produtos vendidos, para encontrar embalagens padronizadas para o seu negócio.

Não deixe de usar proteção interna, como plástico-bolha ou almofadas de ar, no caso de produtos frágeis.

Envelopes de papel kraft

O papel kraft ajuda na criação de embalagens com diversas resistências. Inclusive, a grande vantagem desse modelo é que a maioria já vem com uma fita colante, que ajuda no fechamento do invólucro.

Em geral, os envelopes de papel kraft são usados para empacotar livros, CDs, bijuterias e pequenas peças de roupas. Por vezes, podem ser substituídos por envelopes de plástico.

Além disso, esse tipo de embalagem é mais fácil e barato de personalizar. Por esse motivo, os envelopes são a preferência de grande parte dos e-commerces.

Conclus√£o

As embalagens são fundamentais para os e-commerces. Mais do que ajudar a proteger os produtos contra avarias e danos, elas também contribuem com a experiência de compra. 

N√£o √© √† toa que muitos e-commerces s√£o conhecidos pelo envio de embalagens diferenciadas, que encantam o p√ļblico.

O artigo de hoje buscou trazer algumas dicas de como escolher a embalagem ideal, considerando as características da sua mercadoria. Dessa forma, você poderá melhorar o marketing da sua empresa e se destacar da concorrência.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.