Working on logo design

4 Dicas para desenvolver um bom logo para o seu e-commerce

A relação entre uma empresa e cliente é essencial, sendo exatamente por isso que definir um bom logo é tão importante para um e-commerce que deseja ser reconhecido no mercado digital, independentemente do seu ramo de atuação.

 

Os e-commerces estão crescendo a um nível jamais visto, e essa nova realidade faz diversos empreendedores investirem na identidade visual de suas empresas. Normalmente, essa identidade é idealizada pelo empresário e desenvolvida por designers gráficos.

 

O designer gr√°fico √© um profissional que estuda durante longos anos em busca das melhores combina√ß√Ķes para arquitetar a forma como uma empresa ser√° vista, isto √©, ‚Äúdar a cara‚ÄĚ para ela, al√©m de outras fun√ß√Ķes que envolvem a profiss√£o.¬†

 

√Č importante saber disso, pois assim √© poss√≠vel mensurar a import√Ęncia que √© elaborar o logo de uma empresa. Se pararmos para pensar agora, veremos que existem diversas companhias que, somente ao observar seus logos, j√° v√™m em mente o nome e o segmento.¬†

 

Isso ocorre porque a atua√ß√£o e o logo dessas empresas √© t√£o forte que acabamos por fazer a refer√™ncia quase que de imediato. √Č como se nossa mente fizesse uma esp√©cie de digitalizacao 3d, capaz de constatar que j√° tivemos alguma experi√™ncia com a marca.

 

Deste modo, é possível chegar no que chamamos de empresas top of mind, ou topo da mente. Essas empresas lideram os nossos pensamentos sobre um determinado assunto de referência.

 

Por exemplo, se você pensar em marca de esporte, imediatamente uma empresa específica aparece na sua mente. Agora, pense em uma marca de celulares. Certamente, outra já também já tomou conta. 

 

Mas perceba que o conceito dessas empresas é visualizado em torno de seus logotipos. Ou seja, quando pensamos na primeira empresa de esportes que surge em nossa mente, o que aparece não é a loja física com um adesivo de vinil.

 

Fazemos mem√≥ria, quase de imediato, dos logos de cada empresa, seguido de um produto em que o logo est√° acoplado. √Č por isso que muitos acham que pelos e-commerces serem algo do ramo digital n√£o h√° a necessidade de um logo.

 

Por√©m, est√£o infinitamente equivocados nesse sentido, pois √© exatamente ao contr√°rio. A necessidade de uma identidade visual e um logotipo, quando a empresa n√£o comp√Ķe uma loja f√≠sica, se faz ainda mais necess√°rio.

 

O conte√ļdo digital √© extremamente competitivo, visto que no planejamento parece mais f√°cil montar um site do que erguer uma loja do zero, entretanto, voc√™ n√£o √© a √ļnica pessoa que entendeu isso e estar√° competindo com diversas outras lojas.¬†

 

Essa competi√ß√£o cria a necessidade de estar sempre em destaque, por isso a import√Ęncia de ter um logo bonito e imponente, que passe a mensagem da sua marca para as pessoas que adentrarem o seu site de vendas e redes sociais.


Desta forma, a imagem da empresa será reforçada na mente dos consumidores e leads (clientes em potencial). O logo de uma empresa é tão relevante quanto ter um cartão de visita pessoal, para o caso de quem presta serviços.

 

Todo o investimento em imagem é visto com muita seriedade pelos consumidores e é quase que um padrão de qualidade exigido por eles para escolher o local em que o capital será gasto. 

 

Afinal, quanto mais profissional o site for, maior será a confiança das pessoas que o acessarem.

 

Ocorre que muitos empreendedores querem ter o feeling de criar seus pr√≥prios logos sem a necessidade de contratar um designer. √Č interessante esse m√©todo de pensar faz todo o sentido para quem quer ser um empres√°rio.¬†

 

Aprender a fazer coisas novas e aprimorá-las é a essência do empreendedorismo. Não basta sair por aí com uma camisa gola polo personalizada, mas o pensamento do sucesso deve estar dentro de quem se arrisca todos os dias.

 

Pensando nisso, separamos algumas dicas  de diversos especialistas incríveis de como conseguir criar o seu próprio logotipo para um e-commerce. Nosso objetivo foi trazer ao máximo tudo isso que dissemos acima. Vamos à elas:

1 – Tenha conhecimento do seu segmento

O logo de um e-commerce precisa englobar ao m√°ximo todos os sentimentos que envolvem a ideia principal da empresa. √Č a mesma coisa quando uma pessoa faz uma tatuagem, mas antes busca por um significado que possa ser eternizado em sua pele.

 

O logotipo da sua empresa ser√° a forma como as pessoas a reconhecer√£o, por isso, ser√° preciso identificar os principais pontos que envolvem o seu segmento e seu sonho no momento em que fundou a companhia.

 

Uma boa dica √© observar de forma bem atenta a miss√£o, vis√£o e valores que voc√™ prop√īs no momento da cria√ß√£o dela e tentar condensar tudo em um logotipo. Esse pensamento dar√° a voc√™ o tom exato que busca, tornando a tarefa de visualizar a sua ideia mais f√°cil.

 

√Č preciso que as cores e a fonte tamb√©m estejam de acordo com o segmento em que o e-commerce atua. Por acaso voc√™ j√° viu uma marca de alguma bebida, como o vinho, com o logo e uma fonte de estilo aleat√≥rio, por exemplo?

 

N√£o faz muito sentido. As marcas de vinho comp√Ķe mais uma esp√©cie de fonte como que de uma camisa de uniforme social, ou seja, algo a ser levado a s√©rio com requintes de luxo e outras coisas referentes a essa bebida t√£o tradicional.¬†

 

Ademais, se você colocar uma caracterização de outro segmento no logo da sua empresa, ela poderá ser eternamente confundida com outro setor.

2 РFoque na simplicidade  

As grandes empresas det√™m logos simples, mas diretos. Se pensamos nas maiores ind√ļstrias de refrigerante ou telefonia, j√° imaginamos os seus logos. Note que qualquer um desses logos pode ser desenhado por uma crian√ßa de 10 anos ou at√© menos.

 

A facilidade e identidade dessas marcas é tão forte que se tornam um simples sinal de referência.

 

Isso significa que uma criança, por mais inocente que seja, já sabe identificar a marca somente de olhá-la em um outdoor, um flyer digital ou um comercial de televisão. Isto é, designs simples são difíceis de serem esquecidos. 

 

Fuja da complexidade, pois por mais bonitos que possam ser, dificilmente ser√£o lembrados, sem falar que podem fugir um pouco do objetivo da marca. Todo o seu p√ļblico-alvo precisa identificar facilmente o seu logotipo sem maiores dificuldades.

 

Dessa maneira, o objetivo do logo que é referenciar a marca poderá ser cumprido sem problemas. Quanto mais cores forem inseridas, mais cores você terá que colocar dentro do seu site, portanto, tenha cuidado para não se colocar em uma confusão sem saída.

3 РCrie logos que possam ser impressos 

Esse é um ponto importante que precisa ser lembrado por todas as pessoas que criam uma empresa. No início de tudo, pode ser que você não tenha uma fábrica ou a necessidade de colocar o logo da sua empresa em tudo que você faz.

 

Contudo, tenha em mente que se o seu objetivo for conquistar cada vez mais pessoas, pode ser preciso fazer a adesivacao de carros propaganda, montar uniformes para seus funcionários ou até camisas para você possa gravar vídeos ou fazer atendimentos.

 

√Č comum que os logos sejam feitos com cores como rosa ou amarelo e, quando impressos, ficam totalmente distantes daquilo que foi elaborado. √Č mais f√°cil passar da impress√£o para o digital do que do digital para a impress√£o.

 

Faça seus logos imaginando que serão impressos, tendo cuidado com as cores em excesso que podem ser prejudiciais ao seu objetivo final, principalmente no momento em que a empresa estiver se expandindo ou colocando algum projeto de identificação em prática. 

4 – Coloque fontes adequadas

Fontes são importantes e essenciais para a identificação das marcas. Há muitos anos, Steve Jobs e alguns amigos elaboraram uma série de fontes que seriam utilizadas no mundo todo. Tudo isso nos anos 1990, o que foi considerado um avanço no mundo digital.

 

Mesmo antes, diversas pessoas j√° haviam identificado a import√Ęncia das fontes dentro da empresa e principalmente nos logotipos.¬†

 

S√£o bastante interessantes de serem usadas fontes como:

 

  • Arial;
  • Times New Roman;
  • Ubuntu;
  • Lora.

 

No entanto, tenha em mente que um logotipo pode ser reconhecido mundialmente somente por sua fonte. Quase todos reconhecem só de pensar na fonte utilizada nos livros e filmes de Harry Potter, por exemplo.

 

Uma grafica de producao de impressao digital pode ser tão bem sucedida ao idealizar fontes exclusivas e ser facilmente reconhecida.  

 

Somadas as cores com a fonte, você montará um logo incrível para o seu e-commerce. Recomendados que você tenha a identidade de alguma empresa parecida com a sua e possa usá-la como referência. 

Conclus√£o

Por fim, esperamos que as dicas que abordamos nesse conte√ļdo possam te auxiliar a criar um logotipo para seu neg√≥cio online e gerar um efeito positivo em seu p√ļblico.

 

Tenha em mente que essa ferramenta pode ser uma catalisadora, que irá atrair ainda mais consumidores para seu e-commerce e tornar a sua marca conhecida, portanto, lembre-se de projetá-lo com simplicidade, mas ao mesmo tempo, com excelência.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Small business owners, startup and e-commerce concept. Smiling asian woman get lots of orders

Qual é o impacto que uma boa embalagem pode gerar ao seu e-commerce?

A primeira embalagem foi confeccionada para servir como prop√≥sito de prote√ß√£o. No momento em que os humanos come√ßaram a armazenar e transportar alimentos e outros itens de subsist√™ncia, proteg√™-los de intemp√©ries, colis√Ķes e animais, tornou-se prioridade.¬†

 

Esta √© uma fun√ß√£o cumprida pelas embalagens at√© os dias atuais, elevada √† d√©cima pot√™ncia com o advento do e-commerce e das transfer√™ncias remotas de bens. A dist√Ęncia entre produtor e consumidor for√ßa o produto a percorrer longos e √°rduos trajetos.¬†

 

As longas viagens estão presentes no roteiro da civilização em seus primeiros relatos, nas sociedades altamente organizadas do Crescente Fértil. Restritas, porém, ao nível de distribuição, ainda não havia o conceito de embalagem como propaganda. 

 

Este cenário se estendeu por grande parte da história das embalagens, formadas por tecido, madeira, palha, papel e ferro, envolvendo imensos volumes de mercadorias em navios, barcas, trens e o tronco de animais de grande porte.

 

Conforme desenvolveram-se os meios de transporte, transformando a movimentação de cargas em uma tarefa mais rápida e menos arriscada, os humanos puderam enxergar o material que as envolvia de outra maneira. 

 

Neste contexto, situado no epicentro da terceira fase da Revolução Industrial, nasce a ideia de embalagem como material publicitário, junto ao surgimento da teoria moderna do marketing e a apresentação das marcas ao mercado consumidor. 

 

A inclus√£o de anexos que tornaram a embalagem um artigo de luxo, em impressao 3d brindes da logomarca acrescentaram apelo ao produto, destacando-o do mar de novas alternativas e substitui√ß√Ķes.¬†¬†

 

O objetivo de uma embalagem, que consiste em aumentar ou preservar a vida √ļtil do produto, aplicou-se ao mundo das ideias quando os itens vendidos ganharam status de identidade e s√≠mbolo. Afinal, uma embalagem atraente indica os benef√≠cios da aquisi√ß√£o.¬†

 

A transforma√ß√£o das embalagens acompanhou a mudan√ßa de paradigma no que diz respeito ao comportamento da empresa diante de seu mercado. O volume de op√ß√Ķes para a aquisi√ß√£o de qualquer bem cresceu exponencialmente, multiplicando a concorr√™ncia.¬†

 

A partir da formação e aplicação das personas comerciais, a embalagem passa a cumprir o papel de transmitir os valores e sofisticação da marca ao cliente. 

 

Todas as etapas de sua confecção, cores e material utilizado, além de formatos e lacres, são cuidadosamente planejados. 

 

A oferta de serviços como entrega de encomendas com motoboy eleva os serviços de distribuição ao patamar de fase final, em que o cliente recebe o produto ainda envolto em caixas ou pacotes, ao invés de exibido em uma prateleira. 

A embalagem como produto

As embalagens devem ser vistas, no mercado atual, como parte do produto oferecido. O consumidor informado, fen√īmeno pr√≥prio da era digital, estende suas demandas por qualidade at√© a log√≠stica de transporte do produto que comprou.¬†

 

Cada embalagem √© pensada de acordo com seu item correspondente, o destino final, o ve√≠culo de transporte utilizado e as especifica√ß√Ķes de peso e tamanho permitidas. O material escolhido, mais resistente e mais barato que o produto.¬†

 

As embalagens tamb√©m fornecem informa√ß√Ķes importantes ao √≥rg√£o distribuidor. Nela s√£o grifados s√≠mbolos que indicam a fragilidade do conte√ļdo, o tamanho, al√©m das datas de fabrica√ß√£o e validade, cumprindo as finalidades de melhoria na prote√ß√£o e manuseio.

 

Esses dados exibidos na caixa facilitam o trabalho de colaboradores que manuseiam e transportam as mercadorias em postos intermedi√°rios, sem acesso √† entrega de documento, com especifica√ß√Ķes para cada tipo de carga.¬†¬†

Sobre a segurança que esses itens promovem

A função primordial da embalagem é executada dividindo-a em camadas que podem multiplicar-se a depender do tipo e quantidade do item. As embalagens de primeira camada estão em contato direto com o produto envolvido e servem para imobilização. 

 

Estas primeiras camadas de embalagem não cumprem função estética e são pouco trabalhadas, consistindo em blocos de papel, isopor ou plástico compactados nos espaços entre o produto e a embalagem secundária. 

 

Sua utilidade parte da norma que garante uma pequena dist√Ęncia entre a embalagem que estar√° em contato com o meio externo e o produto, de forma a proteger ambas as unidades, evitando a viola√ß√£o de um e a danifica√ß√£o de outro.¬†

 

Nota-se a diferen√ßa do material utilizado para cada camada. As embalagens mais pr√≥ximas ao produto s√£o fabricadas por subst√Ęncias mais male√°veis e leves, ideais para absor√ß√£o de impacto. √Č o caso das esponjas, folhas de pl√°stico e papel.¬†

Quanto mais distantes do bem transportado as embalagens estão posicionadas, mais rígidos e resistentes são os materiais utilizados para confecção, como uma embalagem de madeira para exportacao, por exemplo.

selective focus of toy shopping cart with small carton boxes near laptop, e-commerce concept

Naming: Descubra o que é e conheça 12 dicas para criar o nome de uma loja online

A fase de planejamento para iniciar um novo negócio digital envolve diversos detalhes, e um ponto-chave do negócio é o nome. Para isso, uma importante ferramenta é o naming, um método que envolve um conjunto de práticas para guiar uma decisão assertiva.

Essa tarefa estratégica tem grande influência sobre como será a experiência do consumidor com a marca, sendo comumente considerado desde o primeiro instante do contato.

O nome de um negócio pesa sobre a primeira impressão das pessoas, antes de qualquer outra informação.

Portanto, se está no processo de estruturação de um novo negócio, como um e-commerce de adesivo de vinil.

Assim como uma linha de produção para vendas online ou qualquer outro empreendimento, ou mesmo se apenas buscando mais conhecimento estratégico, esse texto é para você.  

Visto que trouxemos 12 dicas de naming, para auxiliar nesse momento t√£o crucial para o nascimento de uma marca, portanto, continue lendo e confira.

Construindo o nome do seu e-commerce

Seguindo uma metodologia desenvolvida exclusivamente para auxiliar os empreendedores nesse processo crucial, certamente você fará uma escolha que acarretará bons resultados. 

Para começarmos, tenha em mente que estamos falando do ponto central da identidade da sua empresa.

1. Olhe para seu objetivo

Antes de escolher o nome do seu negócio para um lindo cartão de visita pessoal,  o primeiro passo é ter seus objetivos, princípios, valores e propósitos muito claros.

Afinal, um nome deve comunicar a essência do seu negócio, aquilo que quer transmitir com a sua marca.

Aconselhamos fazer exerc√≠cios de brainstorm, din√Ęmicas que re√ļnem a equipe envolvida com o projeto para uma ‚Äútempestade de ideias‚ÄĚ, literalmente.

Tome nota de tudo e aproveite essas reuni√Ķes, em um primeiro momento, as ideias podem n√£o fazer sentido ou serem desconexas, mas talvez se analisadas de outros √Ęngulos, podem trazer insights geniais.

Esse é um ótimo exercício para todo o desenvolvimento do Plano de Negócio de uma empresa, como uma assistencia tecnica LG smart TV, por um profissional empreendedor.

Sendo assim, atenção para não iniciar um negócio sem essa ferramenta-chave norteadora do projeto. 

Os riscos envolvidos se tornam potencialmente grandes quando n√£o h√° o planejamento adequado.

2. Seja estratégico e não limite seu negócio

Nesse momento √© importante ter um cuidado especial para n√£o se limitar quanto √†s poss√≠veis expans√Ķes futuras.

Seja pela criação de novas linhas de produtos ou mesmo pela ampliação dos serviços para outras localidades.

Fuja de nomes muito espec√≠ficos e de express√Ķes regionais, assim o seu e-commerce se mant√©m flex√≠vel para as possibilidades.

3. Seja criativo

Nesse momento de planejamento você não deve se limitar, exercite sua criatividade ao máximo, inspire-se e esteja aberto a novas ideias, como as seguintes: 

  • Desenvolva conceitos literais e figurativos;
  • Busque por sin√īnimos;
  • Considere palavras estrangeiras;
  • Considere palavras compostas;
  • Brinque com o som e com fonemas;
  • Teste prefixos e sufixos;
  • Teste altera√ß√Ķes ortogr√°ficas;
  • Considere adicionar n√ļmeros;
  • Teste invers√Ķes.

Crie alternativas e visualize suas aplica√ß√Ķes pr√°ticas, j√° imaginando como seriam as redes sociais do seu novo e-commerce que vende computador completo para gamers, para darmos um exemplo mais pr√°tico.

Imagine também as possibilidades de nomes em relação ao logotipo, a identidade visual e os demais detalhes. Quanto mais original e criativo você for, mais tem a ganhar.

4. Faça listas

Anote todas as possibilidades, crie listagens de pontos fortes e fracos, prós e contras, qualidades e diferenciais dos nomes que achar mais interessantes.

Pense nos adjetivos e associa√ß√Ķes poss√≠veis. Com uma lista ficar√° bem mais f√°cil¬† visualizar os poss√≠veis cen√°rios, pesar as op√ß√Ķes e tomar a melhor decis√£o.

5. Pesquise e use a tecnologia a seu favor

Até mesmo para auxiliar o processo criativo, as pesquisas são essenciais. 

V√°rios pontos que vamos citar a seguir envolvem uma pesquisa detalhada, o que evita margens para problemas.

Buscar os significados, e fazer uma busca no site do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) com os possíveis nomes para uma gráfica online de digitalizacao 3D, ou para qualquer outra empresa, é essencial.

Além disso, a tecnologia pode ajudar muito, pois existem diversas ferramentas desenvolvidas exclusivamente para o naming, como sites geradores de nomes, por exemplo. Certamente muitas ideias aparecerão.

6. Use palavras-chave para potencializar o SEO

Em negócios digitais, o SEO (Search Engine Optimization), que podemos traduzir como Otimização para Mecanismos de Busca, é uma ferramenta essencial para garantir um posicionamento de destaque para uma empresa.

O uso de palavras-chave é um de seus focos principais. Mas, usá-las no nome não é uma regra, apenas uma dica que pode trazer muitas vantagens em relação às pesquisas em mecanismos como o Google ou Bing. 

Por exemplo, uma loja de camisa gola polo personalizada, posiciona-se organicamente mais f√°cil, tendo palavras como ‚Äúpolo‚ÄĚ ou ‚Äúmoda‚ÄĚ em seu nome. Essa dica vale para o slogan tamb√©m.

7. Analise os concorrentes

Outra pesquisa que deve ser feita é um diagnóstico da concorrência, afinal nomes iguais são altamente prejudiciais para os negócios, e para ambas empresas.

Além de ferir os direitos de propriedade intelectual, portanto, tome cuidado.

Ao mesmo tempo, seus concorrentes podem ser uma exímia fonte de inspiração. Busque cases de sucesso em sua área, e aprenda com eles.

8. Conhe√ßa muito bem seu p√ļblico-alvo

Ainda mais importante do que conhecer sua concorr√™ncia, √© conhecer detalhadamente seu p√ļblico-alvo.

Esse é o pilar central de seu Plano de Negócio, e obviamente, fará toda a diferença na escolha do nome de sua empresa.

Escolha um nome que combine com o consumidor, com sua realidade e com suas expectativas a respeito de seus produtos ou serviços.

Seguindo o exemplo anterior, pense em um nome para sua loja de camisa com logo bordado, que projete o valor do neg√≥cio, e crie uma conex√£o entre marca e p√ļblico.

9. Prefira nomes curtos e simples

Escolher um nome mais simples facilita o engajamento do p√ļblico. Cuidado com escolhas impronunci√°veis e muito longas.¬†

Um nome curto também deixa o registro do domínio mais simples, além de ajudar na fixação na mente dos consumidores.

Considerar o uso de siglas, pode ser uma boa saída para quem está com dificuldades, pois é uma solução simples e fácil de memorizar, mas tenha muito cuidado quanto a sua originalidade. 

10.¬† Cuidado com as associa√ß√Ķes

As poss√≠veis associa√ß√Ķes devem ser consideradas, uma vez que um risco comum √© que o nome escolhido possa n√£o transmitir a ideia que voc√™ esperava.

Pesquise sobre o significado dos termos em outros países e culturas, e evite erros de interpretação ou até mesmo conflitos. 

11. Pe√ßa a opini√£o do seu p√ļblico

O foco do seu neg√≥cio deve ser o p√ļblico, e pedir sua opini√£o √© uma boa forma de fazer a melhor escolha para poder confeccionar um belo cartao de visita advogado, ou mesmo para guiar no design de sua p√°gina.¬†

Sendo assim, lembre-se de usar a tecnologia a seu favor, visto que existem diversas formas de fazer esse contato, como:

  • Formul√°rios do Google;
  • Enquetes no Instagram;
  • Enquetes no Facebook;
  • Contato direto via WhatsApp;
  • Contato via email.

Al√©m de valorizar o conceito de quem realmente importa, nesse processo voc√™ j√° inicia uma conex√£o e um di√°logo com o p√ļblico, e de uma √≥tima forma, ao mostrar que quer saber sua opini√£o.

12. Confira a disponibilidade de domínio

Para um negócio virtual, o domínio é tão importante quanto o próprio nome, afinal uma URL simples, intuitiva e de fácil digitação, garante um maior tráfego em sua página.

Existem ferramentas, como o site no qual você pode pesquisar a disponibilidade do domínio de seu interesse, a partir de uma lista de possibilidades. 

Outra op√ß√£o para fazer a checagem de disponibilidade √© o site de registros de dom√≠nios. Caso tenha dificuldades em rela√ß√£o ao dom√≠nio, uma dica √© testar extens√Ķes alternativas ao¬† ‚Äú.com.br‚ÄĚ.

Considera√ß√Ķes finais

Portanto, ap√≥s essas 12 dicas de naming, uma estrat√©gia desenvolvida por profissionais para auxiliar empreendedores nessa que √© uma das decis√Ķes mais importantes.

Antes mesmo de uma empresa sair do papel, certamente esse ser√° um processo mais simples.

Escolher um nome para o seu negócio digital é um momento estratégico, e sabemos que após essa leitura você já tem um excelente norte para as melhores escolhas.

Tome essa decis√£o com calma e tente n√£o se pressionar, afinal, esse costuma ser um momento delicado para qualquer empreendedor.

√Č normal que fazer essa escolha leve um certo tempo, e √© bem melhor que demore mais, mas seja realmente uma op√ß√£o assertiva e que trar√° bons resultados, do que optar pela primeira coisa que vier √† cabe√ßa.¬†¬†

Al√©m disso, nesse artigo voc√™ tamb√©m viu que utilizando a tecnologia, voc√™ j√° pode iniciar o relacionamento com seu p√ļblico, ent√£o n√£o perca essa oportunidade.¬†

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Business Person With Smartphone

Compra por voz: você conhece essa nova modalidade para o e-commerce?

Uma das mais recentes atualiza√ß√Ķes dentro do mercado mundial √© a possibilidade de assistentes virtuais auxiliarem em in√ļmeras a√ß√Ķes do dia a dia, desde um alarme a ser ajustado at√© uma liga√ß√£o. Dentro dessas novidades, tamb√©m temos as compras por voz.

De forma generalizada, podemos dizer que essa é uma forma de uma inteligência artificial colocar em prática uma atitude que seria própria de um usuário que usa internet.

Neste caso, por meio de um comando de voz, uma pessoa pode pedir pela compra de uma camisa com logo bordado em alguns instantes, direcionando o local de compra, bem como os detalhes dessa aquisi√ß√£o, como os n√ļmeros da roupa que a pessoa utiliza.

O mais interessante é que, hoje em dia, muitas pessoas têm sido adeptas do repasse de tarefas mais simples para os assistentes virtuais, presentes em celulares e utensílios.

Porém, segundo estudiosos, o formato de compras, que ainda é pequeno, está entrando em um crescimento significativo.

Isso por conta não apenas da popularização desses assistente em aparelhos, mas pelo impulsionamento feito pelas empresas de diferentes setores.

Para entender mais sobre isso, bem como detalhes sobre a compra por voz e os impactos positivos que ela pode trazer para sua empresa, acompanhe o texto a seguir.

Compra por voz: o novo comportamento do mercado

Para entendermos melhor sobre o que √© a compra por voz, √© interessante voltar no tempo e entender mais sobre os comportamentos do consumidor e usu√°rios de tecnologia nos √ļltimos anos, principalmente ap√≥s a populariza√ß√£o em larga escala dos aparelhos celulares.

Essas tecnologias, que est√£o cada vez mais em atualiza√ß√£o com a ideia principal de ajudar seus usu√°rios, tem apresentando cada vez mais a√ß√Ķes de comandos, manual ou via voz.

Sobre este √ļltimo, tem sido bem comum acompanhar aparelhos, de marcas diferentes, que possuem assistentes virtuais.

Geralmente, nomeadas pela marca, que est√£o ali para atender o dono daquele aparelho em m√ļltiplos sentidos, exercendo as mais variadas fun√ß√Ķes.

√Č interessante pontuar que dentro disso est√£o sempre dispostas a√ß√Ķes que poderiam ser feitas por um usu√°rio, mas que acabam sendo repassadas, por diferentes motivos.

Por exemplo, uma pessoa que deseja comprar um anel folheado a ouro feminino geralmente entra em um site na internet para pesquisar valores e modelos do objetivo.

Com o assistente virtual ela pode, em um momento de tarefas m√ļltiplas, pedir que ele o fa√ßa.

Em outro caso, podemos entender que os assistentes virtuais têm sido essenciais para pessoas que precisam de algum tipo de auxílio, por conviverem com deficiências.

Sobre a compra de voz, podemos dizer que é uma função que tem sido cada vez mais popular, principalmente, por pessoas que já sabem o que querem, e desejam que o processo de compra seja o mais prático e rápido possível, inclusive pagamento.

O que acontece √© um direcionamento para uma p√°gina de compra de camisa com logo bordado onde os dados e todas as informa√ß√Ķes s√£o facilitadas pelo assistente.

Com tanta utilização, o mercado tem visto uma maior propensão para negócios firmados apenas pela voz.

Fazendo com que grande parte das compras futuras sejam vinculadas a esse formato de consumo, o que pede, além de experiência, entendimento das empresas.

Por exemplo, se uma empresa que trabalha com entrega de encomendas com motoboy possibilitar dentro de seu site ou até mesmo em aplicativos o uso adequado de uma compra feita por um assistente virtual, certamente terá mais vendas e maior fidelização.

Já em um caso contrário, onde não acontece essa atenção por parte da empresa, o então consumidor pode acabar escolhendo outro lugar onde possa de fato fazer um contrato.

De acordo com as previs√Ķes de especialistas, esse m√©todo de compra s√≥ tende a crescer ainda mais, principalmente com o impulsionamento de outras fun√ß√Ķes que familiarizam uma utiliza√ß√£o a mais do assistente virtual ou de mecanismos totalmente tecnol√≥gicos.

√Č o caso de pessoas que n√£o teclam e nem colocam mais senhas nos celulares, fazendo com que o processo de desbloqueio do aparelho ocorra apenas por digital ou face.

Assim, podemos entender que quanto mais o mercado, as empresas e os próprios empresários estiverem preparados para os próximos avanços tecnológicos, que estão mais alinhados a esse viés de assistência, melhores chances eles terão em suas vendas.

Como e-commerces podem se adaptar a essa modalidade

Abaixo, vamos mostrar como empresas de moda, at√© aquelas que trabalham com conserto de celular podem come√ßar a moldar seus neg√≥cios para receberem as futuras atualiza√ß√Ķes e grandes chances de populariza√ß√£o da venda por meio de assistentes virtuais. Veja:

Otimiza√ß√Ķes no e-commerce

Se tem algum lugar por onde sua empresa pode começar se preparar para receber clientes adeptos à compra de voz é por meio da otimização, que pode ser feita em:

  • Descri√ß√Ķes;
  • M√≠dias;
  • Programa√ß√£o do site;
  • T√≠tulos de produtos.

Com o Search Engine Optimization (SEO) ferramenta do Google que filtra informa√ß√Ķes repassadas por empresas para que possam servir de resposta ao que o consumidor procura, √© poss√≠vel levar maior facilidade na hora de encontrar um produto para compra.

Afinal, quando um sistema de comando de voz procura por uma opção, ele leva em consideração as pesquisas do Google e tudo o que a ferramenta entrega a ele, fazendo então uma ponte entre comprador e empresa de grafica de impressao digital.

Al√©m disso, quanto maior proximidade a empresa tiver dentro de suas otimiza√ß√Ķes de palavras com aquilo que vai ser dito por cum comprador, como frases que colocam as poss√≠veis falas para um assistente, maior compatibilidade ela vai agregar.

Google Shopping Actions

O Google Shopping √© uma ferramenta dentro do buscador onde produtos de diferentes empresas ficam dispostos, oferecendo um cat√°logo variado de op√ß√Ķes, de pre√ßos, modelos e at√© mesmo localidades diferentes com maior propriedade ao p√ļblico comprador.

Estar ali faz parte de um processo de cadastro, que √© totalmente vinculado com o trabalho da pr√≥pria empresa, que faz o cadastro e atualiza√ß√Ķes constantes sobre este produto.

Muitas vezes os assistentes virtuais dão preferências aos produtos que estão dentro desse shopping.

Visto que j√° s√£o pontuados pelos buscadores como flyer digital de um produto que est√° sendo pedido pelo cliente por meio de seu aparelho.

Fa√ßa pesquisas sobre o p√ļblico

√Č essencial que sua empresa fa√ßa um acompanhamento sobre o p√ļblico comprador, principalmente em quest√£o das constantes mudan√ßas no mercado, algo que pode trazer uma maior compreens√£o sobre a pessoa certa que deve ser atendida.

O ideal √© que haja uma maior identifica√ß√£o com o p√ļblico que utiliza compra por voz, e que tamb√©m tem semelhan√ßas com o que a empresa oferece, trazendo uma uni√£o.

Dessa forma, uma empresa de impressao 3D brindes consegue ter muito mais conex√£o n√£o apenas com quest√Ķes pr√°ticas da venda por voz, mas tamb√©m nas formas como falar sobre o produto, que podem indicar ou n√£o um encontro com mais facilidade.

Os impactos dessa reorganização nas vendas

Começar a pesquisar e atualizar sua empresa para as novas mudanças no mercado de compras poderá, em pouco tempo, trazer grandes frutos para o seu negócio.

Principalmente, em tempos onde muitas pessoas est√£o de fato preferindo as compras por voz.

O primeiro ponto de alto impacto é o pioneirismo, que pode ser uma grande maneira de aparecer com maior frequência no mercado, mas principalmente de estar à frente.

Outro ponto que vem em conjunto com essa adequação são as vendas em maior escala, visto que em breve muitas pessoas vão preferir fazer estes tipos de compra, muito mais do que informar em uma loja física, o que ainda é bem comum nos dias de hoje.

Com toda essa transformação sua empresa acaba alcançando clientes cada vez mais rápido, e sendo para eles um negócio confiável, onde os problemas podem ser resolvidos.

Tudo isso agrega fideliza√ß√£o, o que √© importante para as empresas nos √ļltimos tempos, principalmente quando falamos em um mercado altamente competitivo e cheio de possibilidades de crescimento, o que pode ser importante para sua empresa.

Estar em constante atualização e entendimento sobre as novas formas de compra também agrega uma alta possibilidade de adaptação do seu negócio para os novos tempos, o que deve ser essencial para empresas que querem continuar em evidência.

Considera√ß√Ķes finais¬†

O comando de voz tem possibilidade de compras por meio desses mecanismos, trazendo uma nova forma de venda onde o cliente deixa para um assistente virtual toda a parte burocr√°tica de colocar em pr√°tica uma compra, facilitando ainda mais o processo.

Empresas que desejam ter maiores vendas e reconhecimento diante do mercado dentro dessa conformidade devem, mais do que nunca, procurar aprendizados e atualiza√ß√Ķes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Man working on laptop computer

Marketing digital: Qual é a experiência de consumo que o seu e-commerce oferece aos clientes?

O marketing digital √© composto por uma s√©rie de a√ß√Ķes e estrat√©gias que tem como o objetivo ajudar um neg√≥cio a conquistar cada vez mais clientes para o neg√≥cio.¬†

Essas estrat√©gias abordam a√ß√Ķes de fideliza√ß√£o, autoridade, refor√ßo da imagem e at√© o uso de banner impressao, assim como outras.

Ocorre que dentre todas essas táticas existe uma muito importante que deve ser vista com um grande potencial de mudança de realidade.

Pois, trata-se de mudar a forma de atuação para si e passar a agir pensando quase sempre no consumidor.

√ďtima experi√™ncia de consumo

Estamos falando da Experi√™ncia do Cliente ou Customer Experience que consiste basicamente em priorizar a percep√ß√£o e intera√ß√Ķes que o p√ļblico tem com a empresa.¬†

Por meio dessa análise é preciso definir métricas a fim de conquistá-los para sempre. 

O mercado está se tornando um universo extremamente competitivo o que faz uma acao de marketing promocional de anos anteriores ser totalmente inadequada para o sistema que é vivência hoje, por isso, existe a necessidade da constante evolução de estratégias.

Antes era comum as empresas oferecerem um produto por serem as √ļnicas a terem no mercado aquela necessidade dentro de seus universos, hoje, praticamente h√° concorr√™ncia para qualquer tipo de setor.¬†

Isso n√£o significa que n√£o h√° pessoas para comprar, pelo contr√°rio, existem muitos mais clientes do que antes.

Entretanto, todas essas pessoas estão centralizadas por empresas que entenderam que apenas vender não gera o maior lucro possível. 

Os clientes fazem uma espécie de impressao digital das empresas que estão aderindo as novas compras. 

São avaliados diversos aspectos da empresa e comparada com outras que podem ter tido algum tipo de experiência anterior.

São analisados alguns tópicos como:

  • Qualidade dos produtos;
  • Qualidade do atendimento (virtual ou por telefone);
  • Prazo de entrega;
  • Qualidade da entrega;
  • Autoridade no assunto;
  • Tratamento pessoal;
  • Embalagens √ļnicas;
  • Promo√ß√Ķes exclusivas.

Esses são alguns pontos que a Customer Experience tenta trazer para as empresas com o objetivo de conquistar os clientes dando a eles a melhor compra que já fizeram. 

Algumas empresas atuam tão bem no ramo que possuem apenas um flyer digital.                             Isso ocorre porque os próprios consumidores fazem o marketing da empresa. 

Quem nunca discutiu com uma pessoa que é tão fã de uma determinada empresa ou produto que é incapaz de criticá-la seja lá qual forem os erros que ela cometer?

Isso ocorre porque o consumidor está tão identificado com a marca e teve experiências tão positivas que cria um apego sentimental por ela. 

Sempre que possível ele tentará fazer com que seus familiares e amigos compartilhem da mesma experiência que ele. 

Eis ent√£o a principal import√Ęncia de atuar com a experi√™ncia de cliente dentro da sua empresa.¬†

√Č preciso levar em considera√ß√£o que o consumidor anseia por ser bem tratado e cada vez mais o mercado pede por isso.¬†

O novo consumidor

O novo consumidor é aquele que está totalmente integrado à internet ou está migrando totalmente para os grandes benefícios que ela tem a trazer. 

Ocorre que por diversas experiências positivas e negativas eles acabaram se tornando grandes sábios das compras.

Isso significa que os novos consumidores estudam muito um produto antes de comprá-lo e acabam por buscar diversas referências de produtos que oferecem algo a mais para eles. 

O preço não é algo tão relevante, mas a qualidade de serviço e a exclusividade. 

Quando nós vemos os funcionários de uma empresa com uma camisa de empresa bordada todos iguais, o que identificamos? Que dentro daquele local existe uma organização feita por alguém que pede para que os funcionários usem as mesmas roupas.

Deste modo fica mais fácil identificá-los e solicitar a ajuda caso necessário. 

Pois, muitas vezes o consumidor j√° sabe o que deseja e chama o funcion√°rio somente para sanar alguma d√ļvida ou procurar um a diferente daquele que ele viu.¬†

Portanto, ele quer que ele esteja pronto com todas as informa√ß√Ķes na mente e disposto a ajud√°-lo, se tudo for comprido a compra ser√° efetiva e voc√™ ter√° um cliente feliz.¬†

Sendo assim, pense se o funcion√°rio n√£o estiver devidamente uniformizado como ser√° identificado. O cliente n√£o saber√° dizer quem √© a pessoa que ele dever√° tirar suas d√ļvidas.

Portanto, se o líder não estiver visível há todos à quem o funcionário irá recorrer. Assim como se o sistema da loja ou site travar. 

At√© mesmo se a pesquisa que for feita tiver dado informa√ß√Ķes erradas. Todas essas perguntas devem ser respondidas e resolvidas pelos respons√°veis por criar uma boa experi√™ncia de cliente.¬†

Se uniformes não são a cara da sua empresa, ao menos uma camisa gola polo personalizada pode ser o caminho, seja criativo. 

O atendimento de qualidade ajuda a todos 

Muitas pessoas acreditam que o atendimento por telefone está morrendo, mas esquecem que atender um cliente vai além de falar bem no telefone, atualmente é preciso levar em conta o atendimento físico, por aplicativos de mensagens e chats online.

Existem diversos métodos de atender o cliente e todos eles precisam ser feitos com alta qualidade. 

Para que isso seja feito, ser√° preciso que os l√≠deres treinem bem as pessoas que ir√£o fazer esses atendimentos e se poss√≠vel deixar pautas com sa√≠das para as situa√ß√Ķes.

Lembre-se que os atendentes também precisam ser bem tratados, eles também são pessoas e a forma como eles estiverem se sentindo  no dia refletirá clientes com quem eles forem entrar em contato.

O uso da tecnologia com rob√īs que lidam com assuntos simples e um bom modelo de atendimento 24¬† horas pode resolver os problemas que envolvem esses temas, tirando a sobrecarga dos funcion√°rios e dando a eles outras tarefas.

A rotatividade é importante para que todos saibam atuar em diferentes áreas e sentir como os colegas se sentem, principalmente, quando se trata de modelos menos hierárquicos. 

Invista em bons sites e boas p√°ginas de venda

Da mesma forma que o novo consumidor é carente por atenção ele tem o tempo escasso.

Sendo assim, ele quer a aten√ß√£o no momento exato que tiver alguma d√ļvida ou precisar de algo, mas fora essa realidade tentar√° resolver por conta pr√≥pria.¬†

O cliente não estará procurando um produto em um busdoor anuncio em Amazonas, mas em sites de vendas e blogs que oferecem produtos que geram interesse. 

Por isso, é preciso que a empresa tenha um bom site e que ele funcione super bem.

Uma das piores sensa√ß√Ķes que um consumidor tem √© quando tenta entrar em um determinado site e ele n√£o carrega ou quando a¬† p√°gina de comprar n√£o d√° prosseguimento nas a√ß√Ķes.¬†

Uma boa empresa que investe na experiência do cliente, trata de investir na tecnologia de seu site de vendas por entender que o potencial gerado de compras virtuais é enorme. 

Portanto, se faz cada vez mais necess√°rio nos dias de hoje.

Pense no que você gostaria de ter

Por fim, uma das maiores estratégias realizadas para as pessoas que querem ter uma boa experiência de usuário em suas empresas é se colocar no lugar do cliente. 

Essa estratégia é extremamente efetiva para entender os pontos fortes e fracos da sua empresa.

Portanto, ver√° que precisar√° estudar bastante para conseguir agradar um n√ļmero grande de consumidores.¬†

At√© as cores do seu site e a forma como as informa√ß√Ķes s√£o mostradas podem interferir na maneira com que os consumidores enxergam o seu trabalho.¬†

O empreendedor por natureza tem que ter a capacidade interna de querer melhorar os servi√ßos que al√≠ comp√Ķe o seu esquema de vendas.¬†

Sendo assim, não há forma melhor para isso do que estudar e se aprimorar referente a técnicas e modelos de atendimento.

Por isso, torne-se cliente de seu concorrente, com isso queremos dizer que passe por todos os processos que seus clientes que preferem o seu concorrente passam e identifique os motivos que fazem eles serem bons ou que fazem você se diferenciar deles.

N√£o necessariamente somos piores que nossos concorrentes, mas √© interessante se espelhar em empresas que tem um poderio de venda maior que a sua, e que geram mais intera√ß√Ķes nas redes sociais ou na fala popular.

Compreender o que faz dessas marcas gigantes é um processo interessante é bastante necessário. 

Se o seu concorrente faz adesivacao de carros propaganda, se fizer sentido para você faça também só que coloque LED, aprimore e seja melhor veja se deu certo e evolua. 

Os clientes permanecerão mudando de opinião e serão cada vez mais difíceis de serem conquistados, mas com uma boa Customer Experience você será capaz de trazê-los para a sua empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.¬†

pexels-andrea-piacquadio-3761509 (1)

Humanização de marca: entenda como usar essa estratégia na sua empresa

No meio de tantas estratégias e meios de gerar mais resultados para uma empresa, surge a humanização de marca que quebra todos os paradigmas e estereótipos criados em torno de um negócio e de como ele deve se comunicar com seus clientes. 

Os internautas estão cada vez mais interessados em pessoas e não apenas em produtos ou serviços.

Isso significa que toda aquela linguagem robotizada criada pela internet já não faz mais sentido. 

Isso porque os profissionais que usam as redes sociais para divulgar o seu trabalho e os usuários que a utilizam para comprar algum produto ou serviço, no fim das contas, são a mesma coisa, seres humanos. 

Por mais √≥bvio que isso possa parecer, muitos ainda acham que todos do outro lado da tela s√£o rob√īs, mas este √© um conceito que est√° morrendo aos poucos.¬†

Portanto, iremos abordar o conceito de humaniza√ß√£o de marca, a sua import√Ęncia, os benef√≠cios que traz ao seu neg√≥cio e dicas pr√°ticas para voc√™ aplic√°-lo e mudar por completo a rela√ß√£o da sua marca com seus clientes.¬†

O que é humanização de marca? 

O conceito de humanização de marca é justamente tornar o seu negócio mais humano.

Sendo assim, trazer características da vida real para as redes sociais e fazer os internautas entenderem que estão sendo tratados de acordo com aquilo que eles são, pessoas. 

√Č normal que um neg√≥cio como a consultoria TOTVS protheus produza conte√ļdos e crie an√ļncios nas redes sociais de maneira autom√°tica e com uma linguagem mais gen√©rica e aberta, sem especificar seu p√ļblico e buscar um relacionamento com ele.¬†

O usuário acaba entendendo que aquele negócio não é tão bom assim, justamente por não chamar a sua atenção e mostrar o seu diferencial perante as milhares de marcas que existem no mercado. 

Hoje, as pessoas est√£o √† procura de rela√ß√Ķes saud√°veis e rec√≠procas, e isso tamb√©m engloba o universo dos neg√≥cios, os clientes querem um relacionamento com a marca que est√£o tendo contato.¬†

Humanizar a sua marca vai muito além de prestar um bom atendimento na hora de fazer um orçamento de assessoria contábil da sua empresa, é mostrar que ela não é perfeita e também possui os seus momentos difíceis. 

√Č muito f√°cil identificarmos as qualidades e bons momentos, mas √© muito dif√≠cil reconhecer e falar sobre aquilo que n√£o est√° bom.

Entretanto, é justamente este o ponto crucial que irá ajudar a humanizar a sua marca. 

Qual a import√Ęncia da humaniza√ß√£o de marketing?¬†

A construção dessa imagem mais humanista traz um ar mais leve e real para a marca, pois com as redes sociais, as pessoas tendem a acreditar que tudo é um conto de fadas, perfeito e sem defeitos, mas sabemos bem que não é assim. 

Lembrando que a internet √© uma grande ferramenta de uso para as pessoas, ela mudou completamente a forma das pessoas se relacionarem, e encontrar uma fibra √≥ptica para ind√ļstria, por exemplo, ficou ainda mais f√°cil.¬†

Por√©m, ela tamb√©m trouxe os seus malef√≠cios que acabam sendo respons√°veis at√© mesmo por transtornos como ansiedade, depress√£o e compuls√£o alimentar devido aos conte√ļdos compartilhados nas redes sociais.¬†

Mas, quando um internauta se depara com uma marca que não faz questão de demonstrar os seus lados negativos, seus desafios e momentos difíceis, ele se enxerga naquela marca e entende que nada nessa vida é perfeito como parece. 

Tomar essa atitude de humanizar o seu negócio, traz diversos benefícios como:

Maior relacionamento com o cliente 

A humanização de uma marca faz com que o cliente se sinta mais confiante e pronto para comprar da sua marca.

Isso porque essa estratégia gera empatia e emoção entre o cliente e a sua marca. 

Caso você seja o gerente de uma equipe de fornecedores de brindes corporativos, a humanização da sua marca garante que esses clientes se sintam mais próximos da cultura do seu negócio. 

√Č a intimidade que gera um relacionamento saud√°vel e confi√°vel, que garante a conquista e fideliza√ß√£o desse cliente junto a sua marca.¬†

Comunicação natural 

Pense que você está em um almoço de domingo com amigos e conversando sobre a vida e a procura de um escritório de contabilidade na Zona Sul de SP. 

A √ļltima coisa com a qual ir√° se preocupar √© utilizar um linguajar formal e s√©rio com os seus amigos.¬†

Pois bem, essa é a ideia que a humanização também traz, você não precisa abraçar toda aquela pressão de venda e de relacionamento para falar com o seu cliente. 

Basta entender que ele será como um amigo seu, e a comunicação de vocês fluirá. 

Quando não entendemos isso, é comum adotar uma linguagem mais formal e séria que nem sempre é bem recebida pelos clientes. 

Por isso, personalize a sua comunicação e faça ela ser natural entre a sua marca e os seus clientes. 

Feedbacks reais 

A humanização de uma marca gera uma relação mais próxima com os clientes que permitem a devolutiva com feedbacks reais que realmente irão ajudar a empresa a crescer. 

Assim como clientes deixam o seu feedback em sites de marcas de montagem de c√Ęmara fria pre√ßo, por exemplo.

Eles também podem enviar esses comentários por meio das redes sociais e dos comentários na publicação da sua marca. 

Portanto, são aqueles que realmente irão acrescentar algo na sua empresa e ajudá-los a ver o que precisa ser mantido e o que precisa ser mudado na marca. 

Os feedbacks s√£o extremamente importantes para a constru√ß√£o de um neg√≥cio que atinja os desejos de seu p√ļblico-alvo e ele s√≥ consegue aparecer com um relacionamento saud√°vel e humano entre a marca e o cliente.¬†

3 dicas para humanizar o seu negócio 

Por fim, selecionamos algumas dicas para você colocar todo este conceito em prática e humanizar a sua marca Confira: 

Fale com seus fregueses diariamente 

Um relacionamento não é construído do dia para a noite, é necessário esforço, atenção e comunicação de ambos os lados e diariamente. 

Portanto, isso não muda quando falamos da construção de um relacionamento entre a marca e seus clientes. 

Por meio das redes sociais é possível se comunicar todos os dias com seus seguidores através de ferramentas de comunicação fornecidas nas redes sociais, como:

  • Stories;
  • Enquetes;
  • Caixa de perguntas;
  • Live;
  • Publica√ß√Ķes no feed.¬†

Tudo isso ajuda na construção da humanização da sua marca e do relacionamento saudável entre você e seus clientes. 

Mostre o seu rosto 

Muitos donos de empresas acham que não é necessário dar a sua cara a tapa e aparecer nas redes sociais da marca.

Por isso, criam logos e símbolos para ocuparem o seu lugar, mas isso é impossível. 

Quando um possível cliente busca por um despachante em Londrina e encontra uma marca que possua não apenas uma boa identidade visual, mas também a presença de um rosto na marca, tudo fica ainda mais confiável.

Isso porque as pessoas irão entender que por trás daquele negócio existe uma pessoa assim como ela, e essa identificação, acaba gerando uma proximidade, confiança e segurança ainda maior entre a sua marca e esse possível cliente. 

Compartilhe os bons e maus momentos 

As redes sociais tendem a compartilhar tudo o que é bom, o que reforça a ideia das pessoas acharem que tudo é perfeito, e isso acaba gerando uma grande desilusão quando elas não veem tudo perfeito em suas próprias vidas. 

Por exemplo, se um internauta vê uma CRLV digital BA perfeita e adquire pensando que o seu resultado será igual ao do seu amigo, ele pode se frustrar ao ver que tudo foi muito diferente do que ele pensava. 

Mas, nem sempre o problema está no produto ou serviço, mas sim nas altas expectativas que o cliente cria em cima daquilo e que são reforçados pelo ambiente das redes sociais. 

Quando esses internautas se deparam com pessoas e marcas que não escondem os seus lados negativos e os problemas que aparecem, eles se sentem mais confiantes e caem na realidade que é a vida, nada é perfeito. 

E isso é mais uma forma de construir uma relação duradoura com seus clientes e humanizar a sua marca por meio daquilo que é normal e presente em tudo na vida, os erros, defeitos, desafios e momentos difíceis. 

Considera√ß√Ķes finais¬†

Humanizar a sua marca é uma atitude de coragem, pois você estará disposto a mostrar os lados positivos e negativos de uma empresa e da rotina de um negócio. 

Por mais que isso gere medo e desconforto no início, é algo que irá gerar grandes frutos lá na frente. 

Mais do que n√ļmeros e resultados, √© importante criar uma marca que se preocupa em ouvir e se comunicar com aqueles que sempre ir√£o ser o motivo da exist√™ncia e sucesso do seu neg√≥cio, os seres humanos.¬†

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Marketing team.

6 dicas para trabalhar com marketing de conte√ļdo

O tempo passa e o marketing de conte√ļdo se mant√©m como uma op√ß√£o de destaque para atrair novos clientes.

N√£o √© de hoje que a produ√ß√£o de conte√ļdo proporciona campanhas de sucesso para as empresas.

Contudo, a popularização do marketing digital trouxe novas possibilidades, visto que agora, uma marca pode usar vários formatos para transmitir mensagens para todo o mundo.

Desse modo, esse tipo de estrat√©gia ganha novos contornos, portanto, vamos apresentar o conceito de marketing de conte√ļdo, a import√Ęncia de fazer uso dele e 6 dicas para aplic√°-lo da melhor maneira, confira.

Apresentando o marketing de conte√ļdo

Como denuncia o nome, essa vertente do marketing se baseia na produ√ß√£o de conte√ļdos relevantes como forma de agregar valor √† marca.

Hoje, mais do que nunca, as empresas que se esforçam para influenciar o dia a dia das pessoas são aquelas que mais têm sucesso.

Para isso, n√£o basta investir em an√ļncios atrativos, √© necess√°rio demonstrar na pr√°tica como a empresa pode mudar a vida de quem entra em contato com ela.

O marketing de conte√ļdo serve especificamente para isso.

Vamos usar lojas de pel√≠culas automotivas como exemplo, para conquistar o maior n√ļmero poss√≠vel de clientes, n√£o basta s√≥ fazer propagandas deste produto.

√Č importante alimentar sites, blogs ou redes sociais com informa√ß√Ķes complementares √†s pel√≠culas automotivas.¬†

O objetivo deve ser informar o p√ļblico sobre o que est√° sendo oferecido.

Quanto mais informa√ß√Ķes as pessoas obtiverem por meio das suas plataformas, mais preparadas elas estar√£o para fechar neg√≥cio com voc√™.

Sendo assim, o marketing de conte√ļdo √© uma maneira de atender √†s necessidades do p√ļblico-alvo ao mesmo tempo em que se valoriza o produto anunciado.

Entenda a import√Ęncia do marketing de conte√ļdo

Portanto, agora você conhece o conceito que estamos abordando. O próximo passo é saber em detalhes quais os benefícios de aplicá-lo em uma empresa de projeto usinas solares, por exemplo.

Mais visibilidade na web

O Google privilegia os sites e blogs que produzem conte√ļdo original. Os m√©todos de rastreio dos motores de busca identificam p√°ginas desse tipo como mais relevantes.

Dessa forma, investir em marketing de conte√ļdo significa trabalhar para ter mais visibilidade no ambiente virtual.

Portanto, seguir as estratégias de SEO é vital para concretizar essa possibilidade. 

Intera√ß√£o com o p√ļblico

Usar as plataformas de comunicação virtuais é primordial se uma empresa fabricante de divisórias sanitárias para banheiros coletivos quer interagir com seus clientes.

Isso inclui:

  • Responder coment√°rios;
  • Acompanhar as rea√ß√Ķes;
  • Prestar assist√™ncia t√©cnica;
  • Tirar d√ļvidas.

Uma resposta atenciosa ou um compartilhamento podem inclusive se transformar em publicidade espont√Ęnea para a marca.

Al√©m disso, o conjunto de a√ß√Ķes que um post desperta (engajamento) define a relev√Ęncia de um perfil nas redes sociais.

Nutrição de leads

Os leads são as pessoas que demonstraram interesse em um produto ou serviço, mas ainda não o adquiriram ou contrataram.

Para transform√°-los em clientes efetivos, voc√™ precisa nutri-los com as informa√ß√Ķes necess√°rias.

Por exemplo, se uma mulher que est√° construindo uma nova casa pesquisou sobre borda de piscina antiderrapante e chegou ao seu site, √© essencial que ela seja exposta a conte√ļdos que a conven√ßam a fazer a compra.

Esse direcionamento de conte√ļdo deve ser baseado no chamado funil de vendas, que consiste nas etapas que cada lead percorre at√© completar uma compra.

Cada perfil tem caracter√≠sticas pr√≥prias, portanto, acompanhe-os para definir quais s√£o os conte√ļdos mais adequados para eles.

Diminuição do CAC

O CAC é o custo de aquisição de clientes. Essa métrica indica quanto uma empresa gasta para conquistar um novo cliente.

Existem v√°rias formas de fazer isso, mas s√≥ o marketing de conte√ļdo incentiva o tr√°fego org√Ęnico e a fideliza√ß√£o com um custo-benef√≠cio baixo.

Afinal, se voc√™ produzir material de qualidade sobre restaura√ß√£o de fachadas pre√ßo e souber divulg√°-lo nas redes, com o tempo o p√ļblico vai acessar seu site sem precisar de intermedi√°rios como an√ļncios.

Boa reputação

O marketing de conte√ļdo √© essencial para construir uma boa reputa√ß√£o na internet.¬†

As empresas que investem nisso têm mais chances de se tornarem referência no ramo de atuação.

Basta pensar que a consultoria de direcionamento de carreira que se dedica a entregar posts relevantes para os seguidores se faz mais presente na vida deles.

As pessoas valorizam marcas que assumem uma postura mais próxima, quando houver necessidade, elas consideram primeiro esse tipo de empresa.

Foco no pós-venda

As a√ß√Ķes que a marca assume no p√≥s-venda s√£o partes fundamentais do processo de fideliza√ß√£o de clientes.

Um marketing de conte√ļdo consistente √© um grande aux√≠lio nesta etapa.

Portanto, invista em atendimento online, FAQ e e-mail marketing a fim de incentivar os clientes a continuarem com você. Esse tratamento diferenciado causa uma ótima impressão.

6 dicas para aplicar o marketing de conte√ļdo

Tendo ciência dos benefícios que essa prática pode proporcionar para a sua atuação profissional, o interesse aumenta.

A seguir, separamos 6 dicas para ter uma atuação impactante no mercado usando essa estratégia, acompanhe.

1- Crie um blog

√Č essencial que voc√™ tenha uma plataforma acess√≠vel para publicar o conte√ļdo produzido. Nesse aspecto, o mais indicado √© criar um blog.

Na √©poca das m√≠dias sociais os blogs podem parecer ultrapassados, mas, na verdade, eles s√£o muito √ļteis para que voc√™ tenha o controle do seu marketing de conte√ļdo.

Depender apenas das redes sociais para repercutir os materiais sobre transferência de veículo valor, por exemplo, pode ser arriscado.

Além disso, em um blog há a possibilidade de pensar todo o layout e o design das páginas para proporcionar uma excelente experiência aos visitantes.

2- Use as técnicas de SEO

As técnicas de SEO já foram citadas no texto anteriormente. Elas consistem em medidas para obter um bom posicionamento nos motores de busca.

Algumas dessas técnicas são:

  • Uso de palavras-chaves;
  • Uso de imagens, listas e v√≠deos;
  • Produ√ß√£o de conte√ļdo 100% original;
  • F√°cil legibilidade.

Não se esqueça de também valorizar a experiência do usuário. Isso significa não encher o texto de palavras-chaves e vídeos visando apenas o posicionamento.

3- Invista em conte√ļdos ricos

Os conte√ļdos ricos s√£o materiais voltados para educar o lead sobre aspectos do produto ou servi√ßo oferecidos.

A principal fun√ß√£o deles, al√©m da fun√ß√£o did√°tica, √© incentivar que os leads forne√ßam informa√ß√Ķes pessoais em troca de e-books sobre seguro de moto valor em Curitiba, para citar um exemplo concreto.

Normalmente esses conte√ļdos s√£o oferecidos por meio de landing pages, p√°ginas independentes do seu site que tem como finalidade conseguir mais convers√Ķes.

Os dados que a empresa consegue captar a partir dessa estrat√©gia podem ser usados para segmentar campanhas de an√ļncios e aprimorar o atendimento ao cliente como um todo.

4- Pense nas redes sociais como aliadas

√Č preciso pensar nas redes sociais al√©m do senso comum. Elas n√£o s√£o apenas grandes plataformas de entretenimento, muito pelo contr√°rio.

Uma marca que investe em redes sociais está investindo em uma comunicação mais direta e efetiva com a sua base de clientes.

N√£o √© √† toa que plataformas como o Twitter e o Instagram s√£o os principais canais de consumo de conte√ļdo hoje em dia.

Pesquise as principais funcionalidades de cada rede e estude quais são mais interessantes para você, de acordo com os hábitos dos seus clientes.

Elas s√£o ferramentas fundamentais para construir uma imagem positiva na web.

5- Acompanhe os resultados

As principais ferramentas de marketing de conte√ļdo possibilitam que os usu√°rios acompanhem de perto os resultados obtidos.

No Facebook, s√£o os n√ļmeros de curtidas, compartilhamentos e coment√°rios. No Instagram, o n√ļmero de visualiza√ß√Ķes nos stories e cliques nos links.

Esses são apenas alguns exemplos de como você pode mensurar os resultados das suas campanhas.

√Č importante destacar que nem sempre um grande n√ļmero de visualiza√ß√Ķes se traduz em convers√Ķes.

Portanto, o melhor a se fazer é analisar o impacto dos seus posts e trabalhar para que cada vez mais pessoas se tornem clientes a partir deles.

6- Faça e-mail marketing

O e-mail é um método de comunicação já consagrado na internet. Você pode pensar que as redes sociais o tornaram obsoleto, mas isso não é verdade.

O ponto é que, hoje em dia, o e-mail vai além do envio de mensagens.

√Č poss√≠vel separar o p√ļblico por √°reas de interesse, segmentar mensagens para um tipo de cliente, enviar e-mails promocionais e investir em newsletters, cartas digitais que cont√™m as principais novidades da empresa.

S√≥ tome o cuidado de n√£o enviar e-mails com frequ√™ncia excessiva e segmentar o p√ļblico corretamente.

Esse texto traz todas as informa√ß√Ķes b√°sicas sobre o marketing de conte√ļdo, desde a defini√ß√£o at√© as formas de aplica√ß√£o.

Portanto, voc√™ sabe em detalhes a import√Ęncia da produ√ß√£o de conte√ļdo para a divulga√ß√£o dos produtos ou servi√ßos de uma empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Elderly man is using mobile phone

Usabilidade: Descubra como impactar de maneira positiva o usu√°rio que navega no seu site!

O com√©rcio virtual vem crescendo cada vez mais e o seu desenvolvimento nos √ļltimos anos foi intenso e bastante r√°pido. Hoje, entenderemos como melhorar a usabilidade de seu site e impactar de maneira positiva todos os usu√°rios que navegam por ele.

O meio digital tem sido de grande ajuda para diversas empresas e pessoas que buscam empreender, sendo que o cenário e a forma como negócios são vistos nos dias de hoje são totalmente diferentes de como era a alguns anos atrás.

Atualmente, todos t√™m informa√ß√£o a apenas um clique de dist√Ęncia e isso se reflete tamb√©m nos produtos ofertados por incont√°veis lojas, com√©rcios e organiza√ß√Ķes, ou seja, se tornou cada vez mais dif√≠cil se destacar nesse meio.

Mesmo que você venda um computador completo com o melhor atendimento e qualidade disponíveis, ainda assim, podem não ser o suficiente.

Afinal, o mercado está cada vez mais competitivo e movimentado. Em outras palavras, as empresas têm de sempre estar se reinventando.

Isso n√£o necessariamente √© algo ruim, afinal, quanto mais acirrada for a competi√ß√£o, melhor as empresas ter√£o de desenvolver seus produtos e servi√ßos, consequentemente, o consumidor tem mais op√ß√Ķes e oportunidades de compra.

Sendo assim, em um mercado repleto de possibilidades, o seu site não pode ser mal desenvolvido ou correr o risco de não ser atrativo o suficiente, independentemente se oferece assistencia tecnica Apple Iphone ou se é focado na venda de cosméticos.

O seu site muitas vezes √© o primeiro contato que o cliente tem com o seu neg√≥cio, e no mundo de marketing e vendas, as primeiras impress√Ķes marcam bastante e podem ser decisivas para uma poss√≠vel convers√£o desse lead ou a completa perda dele.

Em poucas palavras, o seu site deve ser um lugar agradável e que instigue o usuário a continuar pesquisando sobre seus produtos e sabendo mais da empresa, se informando do porque ela é boa e como o seu serviço pode ser essencial para ele.

Pensando nesse contexto, vamos entender como o seu negócio de papel de parede 3D, logística ou até mesmo venda de camisetas pode se beneficiar ao construir um excelente site. Confira no próximo tópico.

O impacto de um site com alta usabilidade

Pensemos em um cliente, pode ser tanto uma pessoa física quanto uma organização, que esteja procurando sobre algum serviço em específico e encontre o seu site. 

Para que você chame a atenção dele, serão necessários em alguns elementos, como:

  • Fluidez do site;
  • Design e layout;
  • Conte√ļdo;
  • Intera√ß√£o do usu√°rio.

Quanto melhor esses elementos estiverem bem desenvolvidos dentro do seu site, melhor será a experiência do usuário e mais satisfeito ele ficará ao navegar pelo seu site. 

N√£o apenas isso, mas que ele se sinta instigado a voltar a ele.

O seu site é como se fosse uma espécie de flyer de divulgacao e serve tanto de forma informativa como forma de divulgação. 

Sendo assim, alguns benefícios podem ser adquiridos ao desenvolver melhor o seu site.

Cria uma melhor impress√£o

Como dito anteriormente, a primeira impressão é a que fica, portanto, não tenha receio de investir pesado no layout e no visual do seu site. 

Pense bastante em sua identidade visual, na forma como disponibiliza imagens, links e a própria formatação dele.

Sites que n√£o se preocupam com esse elemento causam estranheza no p√ļblico, mesmo que eles n√£o saibam diretamente o que os est√° incomodando.¬†

Portanto, um site bonito e esteticamente interessante chama muito mais atenção.

Quando um site não é bonito e atrativo, a grande maioria dos usuários nem oferece uma chance para navegar nele, portanto, sua empresa deve ter isso em mente, servindo como uma espécie de grafica cartao de visita.

Maior taxa de convers√£o

A boa experiência do usuário do seu site está diretamente ligada a conversão desses leads em clientes em potencial, podendo futuramente até mesmo fidelizá-los.

Afinal, quanto maior a satisfação do lead, maior a probabilidade dele virar seu cliente.

Claro que existem diversas outras formas de aumentar a taxa de conversão de sua empresa, mas é muito melhor que isso aconteça de forma mais natural do que forçar isso com altos investimentos. 

Muitas vezes o custo-benefício não compensa. Portanto, pense em cada etapa de desenvolvimento do site.

Estabelece um grande diferencial no mercado

Seja na venda de uma caixa display papelao ou em algum aparelho celular, por exemplo, com tantas novas empresas e empreendedores surgindo no mercado atual, se tornou comum que n√£o existam tantos sites t√£o bem desenvolvidos assim.

Muitos por falta de experi√™ncia, outros por faltas de investimentos eficazes, mas a realidade √© que ter um site bem constru√≠do, fluido e com conte√ļdo pode ser necess√°rio um investimento que empresas iniciantes podem n√£o ter.

Portanto, quanto mais você investe em seu site, mais se distancia do comum e ganha um certo destaque, mesmo que o produto ofertado seja algo simples como um banner com foto.

Como construir um bom site?

Existem diversas estratégias e práticas de mercado que te ajudam a construir um site bom, eficiente, fluido e atrativo. 

Portanto, vamos destacar algumas dicas do que você e sua empresa devem focar para o desenvolvimento do seu site.

01 – Trabalhe com marketing de conte√ļdo

Essa sem d√ļvida √© uma das melhores alternativas que voc√™ pode utilizar para deixar o seu site muito melhor, facilitando a gera√ß√£o de leads e fazendo com que se tenha um maior engajamento com a sua empresa, e consequentemente, com a sua marca.

O marketing de conte√ļdo √© uma estrat√©gia baseada em criar conte√ļdo relevante e de qualidade para o seu p√ļblico e fazer com que eles venham at√© a sua empresa e n√£o que a empresa v√° at√© o cliente.

Pense no seu ramo de trabalho e em um conte√ļdo informativo que voc√™ pode desenvolver para que as pessoas se sintam motivadas a voltar para o seu site.¬†

Dessa forma, você faz um marketing do produto ou serviço e o usuário já está no lugar certo para encontrá-lo.

Independentemente se o foco da sua empresa seja impressao digital ou até mesmo sobre peças automotivas, essa é uma das formas mais eficazes de atrair clientes e impactá-los de maneira positiva.

02 – Crie uma estrutura simples

√Č extremamente comum que muitas pessoas confundam quantidade com qualidade. Pense em algo simples, bonito e atrativo para o seu site.¬†

De nada adianta preench√™-lo com diversas informa√ß√Ķes que n√£o levam a lugar nenhum apenas para fazer com que se pare√ßa melhor.

Pense na navegação do usuário, crie painéis que facilitem com que ele vá até onde quer de forma simples e fácil. 

Um bom exemplo é colocar uma espécie de guia lateral por onde ele irá navegar, indo para qualquer canto do site com apenas uma pesquisa rápida.

Esse tipo de facilitação cria uma maior fluidez durante o acesso, que é um ponto que estamos destacando desde o começo do texto. Simplicidade e eficiência são a chave para o sucesso.

03 РFaça investimentos na divulgação

De nada adianta oferecer o melhor produto e serviço e ter um site incrível e bastante funcional se as pessoas não sabem como te encontrar. 

Para isso, é necessário um determinado investimento em marketing e divulgação.

Utilize as redes sociais para promover o que voc√™ tem a oferecer, sempre orientando os clientes a visitarem o site para maiores informa√ß√Ķes e conte√ļdo caso queiram se inteirar mais do assunto e saber mais curiosidades.

Outra técnica que pode ser utilizada é a utilização e estudo dos SEO, que são as ferramentas de busca do Google, fazendo assim com que o seu site seja melhor ranqueado no momento em que alguém pesquisa por algum produto em específico.

Dessa forma, seu site ser√° alimentado com link de mais qualidades, com boas parcerias e com boas indica√ß√Ķes de outros sites, fortalecendo o algoritmo do Google e fazendo com que ele entenda o qu√£o bem estruturado e bom o seu site √©.

Considera√ß√Ķes finais

Hoje, entendemos como a usabilidade pode melhorar o desempenho do seu site e impactar os usu√°rios de maneira positiva.

Além de alguns benefícios muito importantes que você pode adquirir e boas dicas de como colocar essa estratégia em prática.

Utilize as informa√ß√Ķes aqui disponibilizadas para aumentar o tr√°fego de usu√°rios pelo seu site e se tornar mais relevante no mercado de trabalho, adaptando tudo de acordo com a realidade da sua empresa, afinal, voc√™ a conhece melhor do que ningu√©m.

Sendo assim, planeje por onde irá começar o seu site ou melhorar ainda mais o desempenho dele. Lembre-se de utilizar a sua criatividade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Captura de tela 2021-05-28 145614

Como descobrir em que rede est√° o seu p√ļblico-alvo?

O engajamento com as redes sociais √© um dos grandes pilares para aumentar o alcance e a relev√Ęncia de sua empresa. Mas, para isso, √© necess√°rio entender qual delas tem mais rela√ß√£o com o seu neg√≥cio e com o seu p√ļblico-alvo.

No decorrer dos √ļltimos anos, o meio digital vem crescendo com bastante velocidade, principalmente por causa de toda a repercuss√£o e import√Ęncia que a internet vem nos oferecendo desde meados dos anos 2000.

Atualmente, com o avanço da tecnologia, boa parte da população mundial está praticamente conectada quase que o tempo todo. 

Não é à toa que o aparelho celular, por exemplo, se tornou uma espécie de extensão do nosso próprio corpo, pela facilidade e comodidade que ele oferece.

Por isso, as empresas então começaram a expandir seu negócio através da internet. Com uma pesquisa rápida, qualquer usuário pode encontrar no Google algumas lojas que realizam confecção de uniformes ou qualquer outro serviço.

Principalmente nos dias de hoje, as companhias entenderam a força das redes sociais, já que quase todos os usuários, tanto de smartphones quanto de computadores em geral, utilizam delas.

Seja passando horas trocando mensagens no WhatsApp ou acompanhando stories no Instagram.

Aproveitando dessa janela de oportunidades, é o momento ideal para a sua empresa investir no meio digital, em especial nas redes sociais, sendo ela uma poderosa e ampla ferramenta para engajar seguidores e clientes, dando mais visibilidade a marca.

Seja oferecendo roupas femininas para revenda ou qualquer outro tipo de servi√ßo ou produto, alguns fatores t√™m de estar muito claros em sua mente, para assim decidir a melhor rede social destinada a seu p√ļblico-alvo. Por isso:

  • Conhe√ßa muito bem o seu p√ļblico;
  • Saiba qual o seu diferencial;
  • Fa√ßa seus clientes se sentirem √ļnicos;
  • Incentive o engajamento de seguidores.

Tudo isso que citamos, embora seja de senso comum para algumas práticas, devem ser levados em consideração quando for criar uma página em qualquer rede social, para que assim você possa expandir o seu alcance de forma efetiva e natural.

Definindo o seu p√ļblico-alvo

Uma das maiores d√ļvidas para qualquer empreendedor √©: qual rede social √© a mais adequada para o meu neg√≥cio? A resposta dessa pergunta s√≥ pode ser respondida por voc√™ mesmo, pois cada empresa se difere da outra pelo seu ramo, valores e objetivos.

Por√©m, vamos dar algumas orienta√ß√Ķes para te guiar em sua decis√£o. Para come√ßar, tenha em mente o que ir√° comercializar ou o seu ‚Äúcarro chefe‚ÄĚ, pois essa pode ser uma forma de seu neg√≥cio ser conhecido.

Tenha em mente o tipo de cliente que normalmente compra o seu produto, como um judogi adidas, e quais outros p√ļblicos voc√™ deseja atingir com a comercializa√ß√£o do mesmo.

Em seguida, reflita sobre atitudes que podem movimentar e impulsionar o engajamento desse p√ļblico.¬†

Como posso impactar o meu p√ļblico-alvo e quais tipos de judogi eles mais compram e porqu√™? Qual a finalidade dessas compras? Qual a√ß√£o posso tomar para mudar algo que talvez pare√ßa n√£o estar caminhando como eu quero?

Para que tal a√ß√£o seja eficiente desde o come√ßo, √© necess√°rio um grande planejamento. Quanto mais tempo passar desenvolvendo esses conceitos b√°sicos do seu p√ļblico, melhor ser√° a estrat√©gia aplicada e menos revis√Ķes de planejamento ser√£o necess√°rias.

Claro que é importante, se necessário, indicar um cartão de visita nutricionista para mais interessados da área, mas primeiro tenha uma boa base de planejamento, já que ela será o alicerce para o bom marketing de seu negócio.

Por fim, √© interessante tamb√©m entender qual a varia√ß√£o de idade, sexo, n√≠vel de escolaridade e outros detalhes de seu p√ļblico-alvo. Embora seja poss√≠vel, esse √© um dos requisitos que podem ser melhor desenvolvidos ap√≥s as primeiras postagens nas redes.

Dizemos isso pois todas elas possuem ferramentas de insights, que informam diversos aspectos t√©cnicos e dados interessantes sobre os usu√°rios que visualizaram, compartilharam e curtiram tanto as suas publica√ß√Ķes quanto a sua p√°gina.

Afinal, qual rede social utilizar?

Agora que o seu projeto de loja de roupa ou qualquer outro neg√≥cio j√° est√° encaminhado e voc√™ j√° tem definida a sua audi√™ncia, √© o momento de pensar qual rede social √© mais vantajosa e interessante para o seu p√ļblico-alvo.

Existem as mais diversas redes sociais, por√©m, n√£o √© interessante estar em todas elas por alguns motivos. O primeiro deles √© a const√Ęncia de conte√ļdo que deve ser postado aos seus seguidores, conte√ļdo este que deve ter tanta qualidade em cada uma das redes.

O segundo √© que cada rede social tem um p√ļblico diferente, portanto, formatos de conte√ļdo diferentes. Fazer a mesma postagem em todas as redes sociais pode ser mais prejudicial do que ben√©fico para o seu neg√≥cio, portanto escolha um n√ļmero entre 1 e 3.

Assim, seja para divulgar um banner de loja digital para aumentar o alcance de sua marca, entenda um pouco como algumas das principais redes sociais atualmente funcionam, para que assim voc√™ encontre o seu p√ļblico ideal com as orienta√ß√Ķes j√° passadas.

1 – Facebook

O Facebook √© a maior rede social no mundo, com mais de 2,6 bilh√Ķes de usu√°rios, sendo t√£o famosa por reunir diversas ferramentas que podem ser √ļteis tanto para as pessoas comuns, que pretendem apenas se distrair, quanto para as empresas.

Se seu objetivo é expandir a marca e aumentar o alcance, saiba que, devido a sua popularidade, uma página no Facebook é praticamente obrigatória.

Possibilitando, inclusive, que o seu negócio venda pela própria plataforma, além de outras modalidades incrementadas, como o Messenger e os stories.

Também permite que você crie postagens para divulgar seus convites personalizados ou qualquer outro produto através de memes, que nada mais são do que imagens, vídeos ou GIFs com teor humorístico que chamam bastante a atenção dos usuários.

2 – YouTube

Trata-se da maior plataforma de v√≠deos dos dias atuais, passando um n√ļmero de 2 bilh√Ķes de usu√°rios, o YouTube hoje √© utilizado por muitos como a nova televis√£o, mas √© gratuito e voc√™ assiste o que desejar.

Dificilmente algu√©m n√£o v√™ ao menos 1 v√≠deo no YouTube durante seu dia, muitos utilizando-o tamb√©m como uma plataforma para ouvir m√ļsicas.¬†

Seus usu√°rios s√£o bastante engajados com os criadores de conte√ļdo e a for√ßa audiovisual da rede social √© impressionante.

Diferente do Facebook que √© mais comum todo mundo ter uma conta, o YouTube busca fidelizar um pouco mais os seus inscritos, sendo importante a const√Ęncia de conte√ļdo de qualidade, pois √© a partir dela que o canal √© monetizado (embora existam outras formas).

Aqui, o p√ļblico normalmente gosta do seu trabalho. Pense ent√£o no YouTube como uma extens√£o da sua empresa. Crie v√≠deos explicando algumas d√ļvidas frequentes de seus produtos, top 10 dos mais utilizados, entrevistando pessoas relevantes da √°rea, etc.

Aproveite as outras redes sociais ou at√© mesmo da sess√£o de coment√°rios dos v√≠deos para saber qual tipo de conte√ļdo as pessoas mais querem ver. Muitos donos de canais at√© fazem enquetes de sugest√£o de que tipos de v√≠deos os inscritos se interessam.

Isso aumenta o engajamento com o p√ļblico, pois no Facebook voc√™ pode postar uma pequena imagem com alguns benef√≠cios do seu produto e linkar a um v√≠deo do seu canal no YouTube, criando uma grande rede de conte√ļdo para sua marca.

3 – Instagram

Seja compartilhando o lan√ßamento de uma camiseta dry fit amarela ou realizando um vlog de viagens em seus stories, o Instagram √© o mais novo queridinho do p√ļblico, sendo utilizado por mais de 1 bilh√£o de pessoas e se consolidando no mercado ao longo dos anos.

O Instagram √© o principal ve√≠culo de stories, os famosos v√≠deos de 15 segundos onde as pessoas passam boa parte do tempo consumindo. Utilize-os para informa√ß√Ķes r√°pidas sobre sua empresa e seus produtos, de forma que as pessoas achem interessante.

Seja no feed ou nos stories, o conte√ļdo audiovisual chama muito mais aten√ß√£o do que s√≥ o visual ou somente √°udio, portanto, use de forma inteligente esta plataforma, criando v√≠nculos com as demais redes sociais para chamar mais p√ļblico.

4 – WhatsApp

Muito utilizado por praticamente todas as pessoas que t√™m um dispositivo m√≥vel, e sendo extremamente √ļtil para empresas pequenas e que est√£o come√ßando a sua caminhada no mercado de trabalho, o WhatsApp serve como uma forma de SAC.

√Č uma forma de manter seu p√ļblico mais conectado com a sua empresa, criando alguns grupos, divulgando informa√ß√Ķes pertinentes ao neg√≥cio, sugerindo links e outros v√≠deos atrav√©s da plataforma, etc. S√£o muitas possibilidades que podem ser exploradas.

Considera√ß√Ķes finais

Independentemente da rede social escolhida, tente vincular as principais e criar uma enorme rede de comunica√ß√£o, atingindo o seu p√ļblico-alvo ou descobrindo melhor ele com o alcance de suas postagens.

Esperamos que essas dicas tenham te ajudado a descobrir melhor o seu p√ļblico-alvo e qual rede social se encaixa de forma mais eficiente ao seu neg√≥cio. Utilize bem as orienta√ß√Ķes e, acima de tudo, seja criativo!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos.

Captura de tela 2021-05-28 145301

Captação de leads; Quais estratégias adotar para conseguir leads de sucesso?

A capta√ß√£o de leads √© um processo muito importante para as marcas, √© dessa forma que elas obt√™m, de maneira √©tica, informa√ß√Ķes de contato de potenciais clientes, ou seja, pessoas que futuramente podem se interessar por suas solu√ß√Ķes.

Portanto, estamos falando de um importante passo para qualquer empresa, afinal, todas precisam vender seu produto ou serviço para se manterem ativas no mercado.

A rela√ß√£o de compra e venda mudou muito nos √ļltimos anos, gra√ßas √† internet.¬†

Antigamente, bastava que a companhia fizesse uma propaganda na TV para que as pessoas sentissem necessidade de obter tal solução.

S√≥ que hoje em dia esse cen√°rio sofreu altera√ß√Ķes dr√°sticas por muitas raz√Ķes provocadas pela web.¬†

Uma delas é o amplo acesso à informação, por isso, o consumidor moderno deseja saber tudo o que puder sobre um produto ou serviço.

Além disso, a internet possibilitou que empresas dos mais variados setores e tamanhos pudessem conquistar seu espaço, o que aumentou a concorrência.

Frente a isso, as marcas precisaram se recriar e atrair os consumidores, o que chamamos de captação de leads. Portanto, se você deseja saber mais sobre eles, continue a leitura.

O que é o lead?

O lead é um potencial cliente, ou seja, um consumidor que representa oportunidade de venda, uma vez que já demonstrou interesse na marca de alguma forma.

A√ß√Ķes que demonstram esse interesse podem variar, por exemplo, quando o lead acessa o site de uma empresa de gest√£o patrimonial e baixa um material sobre determinado assunto.

Sendo assim, quando um visitante preenche um formul√°rio de contato, pede um or√ßamento, dentre outras a√ß√Ķes, em troca dessas informa√ß√Ķes, ele deixa um meio de contato, como o e-mail.

A partir disso, a empresa pode se aproximar do lead, estabelecer um relacionamento com ele e influenciar em sua decis√£o de compra.

Em linhas gerais, estamos falando de alguém que está ao alcance da empresa, independentemente do canal pelo qual essa pessoa entrou em contato com ela.

Nos √ļltimos anos, o Inbound Marketing cresceu muito e fortaleceu a necessidade de captar leads. A rela√ß√£o de consumo mudou ao ponto de inverter a posi√ß√£o da marca e do cliente.

A ideia √© a empresa atrair o cliente por meio de estrat√©gias org√Ęnicas como o SEO e o marketing de conte√ļdo, ou seja, as organiza√ß√Ķes n√£o v√£o atr√°s dos consumidores, eles √© que v√£o at√© elas, atra√≠dos por essas a√ß√Ķes.

Contudo, precisamos entender que aquelas pessoas que acabaram de conhecer uma marca ainda n√£o est√£o prontas para comprar dela.

Em vista disso, uma gráfica focada em convites personalizados, por exemplo, investe em estratégias para amadurecer essas pessoas em sua decisão de compra.

São práticas dentro do funil de vendas, que delimita etapas que representam o processo de compra, qualificando aqueles que têm perfil para se tornar cliente.

Quem faz esse trabalho s√£o as equipes de marketing e vendas, que entram em contato com os leads, enviando-lhes conte√ļdos e esclarecendo suas d√ļvidas, at√© que se decidam pela compra.

Só que para que a equipe de vendas possa entrar em ação, é necessário criar uma lista de leads, e vamos falar mais sobre isso no próximo tópico.

Como criar uma lista de leads

O marketing digital como um todo é conhecido por ser mais eficiente justamente porque trabalha de maneira direcionada, ou seja, seu negócio não dá um tiro no escuro e espera que tudo aconteça.

Por exemplo, um escritório de arquitetura com foco em projeto de loja de roupa vai criar campanhas para quem está montando uma loja e não para quem deseja comprar roupas.

Em vista disso, para criar a sua lista de leads, algumas estratégias são indispensáveis, como definir o seu perfil de cliente ideal.

Isso quer dizer que voc√™ vai criar a sua persona, um personagem que re√ļne as principais caracter√≠sticas desse cliente, com informa√ß√Ķes detalhadas em comum dentro do seu p√ļblico-alvo, como:

  • G√™nero;
  • Idade;
  • Localiza√ß√£o;
  • Estado civil;
  • Necessidades;
  • Objetivos.

Feito isso, escolha uma boa ferramenta para levantar sua lista de leads. √Č poss√≠vel encontrar tanto ferramentas mais simples quanto as mais complexas e todas elas s√£o pagas.

Depois, é necessário encontrar os seus leads e podemos fazer isso de muitas maneiras. 

Por exemplo, uma empresa que trabalhe com roupas femininas para revenda pode encontrar seus leads nas redes sociais ou em sites relacionados.

Tamb√©m √© necess√°rio definir as informa√ß√Ķes que precisam ser coletadas, mas isso vai depender do modelo de abordagem da sua empresa e da complexidade da venda.

No caso de empresas B2B, ou seja, que vendem para outras companhias, têm uma venda mais complexa, que necessita de uma abordagem mais consultiva e mais dados devem ser coletados, como:

  • Nome da empresa;
  • Site;
  • Segmento de mercado;
  • Nome e cargo do contato.

São muitos dados que precisam ser levantados para apostar em uma abordagem mais certeira. 

Só que antes de fazer sua lista de leads, uma fabricante de placas informativas personalizadas ou o seu negócio precisa captá-los.

Estratégias mais eficientes para captação de leads

Ter leads é ter contato com pessoas que se interessam pelo que você vende, mas é necessário saber conquistá-las. Para isso, algumas estratégias são indispensáveis, como:

Criar um formul√°rio no site

O formul√°rio de contato deve ser inserido em todas as p√°ginas do site, ou ao final de um conte√ļdo ou at√© mesmo em uma p√°gina espec√≠fica.

Ele precisa ser simples e f√°cil de preencher, pedindo apenas informa√ß√Ķes essenciais como nome e e-mail do visitante.¬†

Quanto mais curto ele for, mas a convers√£o vai gerar, outras informa√ß√Ķes voc√™ vai captar com o tempo.

O formul√°rio √© uma boa estrat√©gia porque √© com ele que a empresa vai obter informa√ß√Ķes b√°sicas para estabelecer um relacionamento e se comunicar com o lead.

Pop-ups

Os pop-ups devem ser usados com sabedoria, podendo ser empregados quando o contato chega ao final da p√°gina, ao final de um conte√ļdo, quando o visitante estiver saindo da p√°gina ou quando ele estiver inativo.

Essa é uma boa estratégia porque funciona como uma isca virtual, oferecendo benefícios como desconto, vídeo aulas, vantagens exclusivas, dentre outras possibilidades para atrair mais contatos para o seu negócio.

Landing pages e hotsites

Uma boa estratégia é inserir formulários nas landing pages e hotsites que aumentam a conversão de contatos na base. 

Elas cont√™m menos informa√ß√Ķes que as demais, visto que a inten√ß√£o √© conseguir o cadastro do visitante.

Uma loja de material de construção, por exemplo, cria essas páginas evitando elementos que possam distrair o usuário, mantendo o foco no formulário e destacando o botão de conversão.

Essas p√°ginas s√£o importantes porque o foco delas √© √ļnica e exclusivamente a capta√ß√£o de novos leads, sem abrir espa√ßo para que ele desista ou se sinta atra√≠do por outra coisa.

Captar contato nas redes sociais

Os perfis nas redes sociais também são canais para a captação de leads. Por meio delas, é possível chamar a atenção das pessoas e disponibilizar um cadastro para elas.

O Facebook, por exemplo, disponibiliza uma opção de formulário para cadastro. Basta instalar o aplicativo em sua página. 

Essa é uma boa estratégia porque agiliza a captação de leads dentro da plataforma, evitando que a oportunidade seja perdida.

Uso de tecnologias em materiais impressos

Apesar de o marketing digital estar em alta, as empresas, como uma de paisagismo e jardinagem, não deixaram de lado as estratégias offline, e elas também podem ajudar na captação de leads.

Exemplo disso é usar o QR Code nos materiais impressos e produtos físicos, tendo em vista que ele facilita a conexão entre o meio físico e a página do seu negócio na web.

√Č interessante rever o modelo de impresso que sua empresa usa hoje, pois essa estrat√©gia √© boa para refor√ßar o acesso ao seu site e a partir disso come√ßar a capta√ß√£o de leads.

Cadastros em espaços físicos

Você precisa aproveitar qualquer contato com seu cliente, e uma forma de fazer isso é usando o espaço do seu estabelecimento.

Um escritório de arquitetura com foco em quarto de casal planejado pode fazer isso dentro de sua empresa, mas também em eventos, feiras e outras oportunidades.

Essa estratégia é vantajosa porque você pode solicitar dados mais detalhados (mas sem exagero), e aproveitar para conversar diretamente com o novo lead.

Conclus√£o

Trabalhar com a geração de leads hoje em dia é uma necessidade para qualquer empresa que queira vender. 

Atrair potenciais clientes é falar com quem realmente importa, aumentando as chances de vendas.

Sem falar que essa pr√°tica otimiza suas a√ß√Ķes de marketing e evita que voc√™ desperdice seus investimentos com pessoas e estrat√©gias que n√£o d√£o resultados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde voc√™ pode encontrar centenas de conte√ļdos informativos sobre diversos segmentos