instagram reels

Conheça o Reels do Instagram

Recentemente o Instagram lançou uma nova ferramenta ainda em período de testes, o Reels. Lançado inicialmente no Brasil, um formato novo e aprimorado, resultado do teste de Cenas que foi rodado com exclusividade no país ao longo dos últimos meses. Além do Brasil, a ferramenta está sendo expandida para teste na França e Alemanha. Com o Reels, as pessoas podem gravar e editar vídeos de 15 segundos com múltiplos cortes, incluindo áudio, efeitos e novos recursos criativos. Além do Stories, agora você pode compartilhar seus reels com amigos e seguidores no Feed e, se tiver uma conta pública, diretamente no Explorar, assim ele poderá ser visto por uma audiência ainda maior.

O Reels permite que você se expresse e ao mesmo tempo crie conteúdo de entretenimento, seja testando uma dança divertida com os seus amigos ou dividindo mensagens sobre temas importantes para você com uma audiência global e diversa. Mais do que compartilhar seus reels diretamente no Explorar, em uma nova seção que evoluiu do “Top Cenas”, esse espaço também te permite assistir ao conteúdo de qualquer pessoa no Instagram e se inspirar para criar o seu.

Como funciona

Reel Image

Como criar com Reels

Selecione Reels na parte inferior da câmera do Instagram. Você verá uma variedade de ferramentas de edição criativa à esquerda da tela que podem ser usadas para criar o seu reel.

Reels podem ser gravados de diferentes formas: em uma série de trechos (um de cada vez), todos de uma só vez ou usando uploads de vídeo da sua galeria. Grave o primeiro trecho pressionando e segurando o botão de captura. Você verá um indicador de progresso na parte superior da tela enquanto grava. Pare a gravação para finalizar cada trecho.

  • Áudio: pesquise uma música da biblioteca de músicas do Instagram para o seu reel. Você também pode usar seu próprio áudio original simplesmente gravando o reel com ele. Quando você compartilha um reel com o áudio original, ele é atribuído a você e, se você tiver uma conta pública, as pessoas podem criar Reels com o seu áudio, selecionando “Usar áudio” no seu Reel. Por exemplo: se você gravar um Reel incentivando as pessoas a se engajarem com uma causa social, outros poderão clicar em “Usar áudio” no seu reel e usar seu som para criar suas próprias versões do vídeo.
  • Efeitos de Realidade Aumentada: Selecione um dos muitos efeitos em nossa biblioteca de filtros, criados pelo Instagram e criadores de todo o mundo, para gravar vários trechos com efeitos diferentes. Por exemplo: use a “Tela Verde” para se sobrepor à frente de uma foto da praia do seu rolo da câmera e gravar um videoclipe de verão com seus amigos.
  • Temporizador e contagem regressiva: defina o temporizador para gravar qualquer um dos trechos com as mãos livres. Depois de pressionar gravar, você verá uma contagem regressiva 3-2-1, antes de gravar o trecho durante o tempo selecionado.
  • Alinhar: alinhe objetos do trecho anterior antes de gravar o próximo, o que ajuda a fazer transições perfeitas, como trocas de roupa ou adição de novos amigos ao seu reel.
  • Velocidade: escolha acelerar ou diminuir a velocidade de parte do vídeo ou áudio selecionado, o que ajuda você a manter um ritmo ou a criar vídeos em câmera lenta.

Para compartilhar um Reel

Share Reel

Com o Reels você tem a opção de compartilhar com seus seguidores e ainda pode ser descoberto por uma enorme e diversa comunidade do Instagram dentro do Explorar.

  • Se você possui uma conta pública: é possível compartilhar seu reel em um espaço dedicado na aba Explorar, o que dá ao seu reel a chance de ser visto e descoberto pela comunidade do Instagram. Você também pode compartilhar no Feed para que seus seguidores possam ver o seu reel. Quando você compartilha reels com determinadas músicas, hashtags ou efeitos, seu reel também pode aparecer em páginas dedicadas sempre que alguém clica nessa música, hashtag ou efeito.
  • Se você possui uma conta privada: é possível compartilhar no Feed para que seus seguidores possam ver o seu reel.

Quando o seu reel estiver pronto, escolha o botão compartilhar, onde você poderá alterar a imagem da capa, adicionar uma legenda, hashtags e marcar seus amigos. Você também pode salvar um rascunho do seu reel se quiser fazer uma pausa e voltar a ele em outro momento. Depois de compartilhar o seu vídeo, ele ficará em uma guia Reels separada em seu perfil, onde as pessoas poderão encontrar outros reels que você já compartilhou. Você poderá ver curtidas, comentários e quantas vezes seu reel já foi reproduzido.

Independentemente de ser uma conta pública ou privada, pode também pode compartilhar seu reel no Stories ou por uma mensagem no Direct. Se você optar por fazer isso, seu reel será como um Stories comum – ele não será compartilhado no Feed, perfil ou na aba Explorar e desaparecerá após 24 horas.

Para assistir Reels

Watch Reels

O Reels na aba Explorar é um novo espaço para curtir reels criados por toda a comunidade do Instagram. Descubra seu novo comediante favorito, profissional inspirador, tendências de dança ou de beleza em um feed vertical customizado para você. Se você gostar de um reel, pode facilmente curtir, comentar ou compartilhar com seus amigos.

Os usuários nos países em que o Reels está disponível (atualmente Brasil, França e Alemanha) poderão navegar no Reels na aba Explorar e criar seus próprios. As pessoas de outros países verão apenas os reels das pessoas que seguem no Feed.

Você também poderá ver alguns reels com o rótulo “Em destaque”. Esta é uma seleção de reels escolhidos pela curadoria do Instagram para ajudá-lo a descobrir conteúdo original, que pode te entreter e inspirar. Nossa equipe de curadoria é formada por pessoas com diversas experiências e conhecimento em conteúdo de vídeo, jornalismo e/ou curadoria. Eles revisam os reels públicos e selecionam aqueles que são divertidos e culturalmente relevantes.Nosso objetivo é apresentar reels que são alinhados com esses valores e princípios:

  • Proporcionar uma experiência divertida ou significativa
  • Contar uma história cultural ou amplamente relevante
  • Valorizar diversidade e inclusão
  • Inspirar a criação através da originalidade e de fatores que criem conexão
  • Promover uma comunidade segura e com respeito

Se o seu reel estiver em destaque na aba Explorar, você receberá uma notificação. Durante a fase de teste, nós vamos aprender e nos adaptar de acordo com o feedback que receberemos da comunidade, e poderemos mudar a maneira como selecionamos Reels em destaque à medida que a ferramenta se expande.

Estamos entusiasmados por testar esta nova versão do Reels em novos países e ver o que nossa comunidade está criando. Este é um teste e estamos comprometidos em obter a experiência certa – continuaremos aprendendo e construindo conforme avançamos.

Para mais informações sobre o Reels, visite nossa Central de Ajuda.

Fonte: Instagram

Annotation 2020-06-02 131404

A importância do pixel em campanhas no Facebook do seu e-commerce

Se você deseja otimizar as conversões do seu e-commerce, utilizando informações de compras para alcançar novos clientes, o pixel do Facebook pode ajudar nessa tarefa.

Apesar de parecer um elemento muito técnico, o pixel é um código JavaScript que precisa ser inserido na sua página, como forma de rastrear e entender cada ação feita por um visitante da sua página. 

Com esses dados, é possível alcançar esse mesmo usuário novamente, em outra oportunidade. Além disso, também fica mais fácil entender quais elementos que estão no seu site que atraem o público.

Não à toa, o recurso tem sido utilizado por diversos estabelecimentos, que percebem a importância de saber mais sobre o perfil e os desejos de um potencial cliente, para que ele possa receber o estímulo necessário e efetuar uma compra. 

Um exemplo disso pode ser o de uma gráfica, que oferece o serviço de encadernação capa dura na sua página na internet. Ela pode ter recebido cerca de 100 visitantes no anúncio, e ter como resultado 70 conclusões de compra do serviço. 

Se o site contar com o pixel do Facebook, ela pode utilizar as informações coletadas no processo que ocorreu dentro da sua página, de modo a alcançar essas pessoas e oferecer novamente o serviço para elas por meio de um novo anúncio. 

Por isso, mais do que um mero detalhe no código da sua página, o pixel pode ser uma estratégia fundamental para aumentar o seu número de vendas e conquistar clientes de modo simples e efetivo. 

Quer entender o que é o pixel do Facebook, as suas funções e a importância de utilizá-lo no seu e-commerce? Então siga na leitura deste artigo. 

O que é o pixel do Facebook?

Entender como funciona o processo de compra de um cliente, dentro da página, é fundamental para ganhar domínio sobre o segmento e sobre as maneiras de anunciar os seus produtos ou serviços. 

Se você trabalha com a venda de materiais para escoramento de laje, e possui um e-commerce para comercializar esses itens, é indispensável saber o que chama a atenção dos seus clientes para proporcionar um atendimento cada vez mais satisfatório. 

O pixel do Facebook foi desenvolvido para isso: por meio do uso de um tipo de “código espião”, que é aplicado nas configurações sua página, você consegue visualizar cada passo realizado por um usuário dentro do site. 

Com isso, é possível entender todo o processo que ele percorreu, tanto em relação à leitura de conteúdos, quando da análise dos diferentes produtos oferecidos pela sua loja virtual. 

Ao obter essas informações, certamente a sua capacidade de vender aumenta, tanto na primeira visita de um cliente, quanto nas estratégias de retargeting.

O retargeting é, justamente, montar uma segunda oportunidade para conquistar um potencial comprador que já havia adicionado um produto no carrinho, mas não chegou a finalizar a compra. 

Ou seja, se um visitante visualizou o seu anúncio de gerador elétrico, mas não efetuou a compra, o pixel do Facebook fornece informações suficientes para que você consiga encontrá-lo novamente e impactá-lo com um novo anúncio. 

As funções do pixel do Facebook

O pixel do Facebook oferece diferentes funções, para que a sua utilização se torne indispensável para um e-commerce. 

Entre as principais, estão:

  • Otimizar a veiculação de anúncios;
  • Criação de públicos personalizados;
  • Conhecer o tráfego do seu site;
  • Medir a conversão entre dispositivos;
  • Entre outras.

Já que o pixel oferece dados precisos das ações realizadas dentro do seu site, é possível otimizar a veiculação dos seus anúncios, fazendo com que eles sejam exibidos para os usuários que estão mais inclinados a realizar uma compra. 

Com esses dados, outra função do pixel é a de criar públicos personalizados, ou seja, uma segmentação para desenvolver campanhas específicas para um grupo de contatos que você já possui. 

O tráfego do seu e-commerce pode ser analisado de acordo com as informações coletadas pelo pixel. 

Assim, você pode entender qual foi o passo a passo percorrido pelo cliente, até o clique no botão de comprar em um anúncio de gerador de energia a diesel, por exemplo.

Também é possível medir a conversão da sua loja virtual e saber como cada anúncio feito em diferentes dispositivo influência no fechamento de novos negócios. 

Com essa quantidade de funções, fica claro a importância de um pixel do Facebook na página do seu e-commerce. 

Afinal, você não apenas pode aumentar os resultados das suas vendas, como também criar uma lista de contato segmentada, onde o retargeting pode ser aplicado de modo bastante assertivo. 

Além de impactar pessoas facilmente, você consegue levar até o seu público justamente aquilo que ele procura, de modo que cada nova conversão fornece dados que podem ser utilizados para o aperfeiçoamento das suas vendas. 

O código do pixel do Facebook que será utilizado pode ser obtido dentro da própria plataforma da rede social. 

Se você possui conhecimentos sobre programação, é possível incluí-lo por conta própria. Mas, se você não souber como fazê-lo, peça a ajuda do seu desenvolvedor para começar a utilizar essa ferramenta o quanto antes. 

Dicas de como utilizar o pixel do Facebook no seu e-commerce

Se você tem um e-commerce especializado em produtos de buffet para casamento, pode ser indispensável aplicar o pixel do Facebook na sua página para conseguir ações cada vez mais assertivas.

É possível utilizá-lo para alcançar diferentes estratégias, conforme veremos a seguir.

1 – O pixel do Facebook para entender o perfil do seu público

Certamente você já criou algumas campanhas para aumentar o número de vendas da sua loja virtual, mas ao aplicar o pixel do Facebook, isso pode ser ainda mais interessante. 

Afinal, é possível verificar diversas ações realizadas na sua página, como adicionar um produto como cartão de visita fisioterapia no carrinho, acessar dados de contato da empresa, adicionar produtos na lista de desejo, realizar um cadastro, etc.

Além dessas informações, você consegue rastrear cada etapa cursada pelo visitante, ou seja, em quais abas ele clicou, quais produtos visualizou e quais ele desejou adquirir, mas acabou não finalizando a compra. 

Com base nesses dados, você constrói a persona da sua marca e entende o que ela prioriza e o que não é importante, para dar maior destaque no que chama a atenção dos seus compradores e, assim, potencializar as suas vendas.

2 – O pixel do Facebook no marketing e no remarketing

Se você anunciou produtos para a revitalização de uma fachada comercial, obteve um bom número de vendas, mas quer conquistar ainda mais clientes, o pixel pode ser essencial nesse processo.

Isso porque, com os dados obtidos no seu site, você consegue elaborar uma nova campanha de marketing, promovendo um produto ou serviço de maneira assertiva, graças à atuação do pixel no seu e-commerce. 

Mesmo para as pessoas que, por algum motivo, não concluíram o pedido, é possível acessá-las novamente, realizando o remarketing da sua loja virtual. 

3 – O pixel do Facebook para alcançar o público-alvo da sua loja

O pixel do Facebook também é importante para que você consiga vender mais unidades de itens para limpeza dental, diretamente para o público-alvo do seu negócio.

Isso ocorre devido à criação dos públicos personalizados, onde as características das pessoas que acessaram o seu site foram traçados e, então, se tornou possível configurar anúncios para serem exibidos para usuários com perfil semelhante ao dos seus clientes.

Dessa forma, é possível alcançar cada vez mais pessoas que possuam sinergia com o segmento da sua loja, ou seja, de potenciais clientes que podem adquirir o que você vende no seu site.

4 – O pixel do Facebook para elucidar seus custos

O pixel pode agir em diversas áreas do seu site, mostrando quantas pessoas se inscreveram para receber newsletters, quantas vieram até o seu site por um anúncio, quantas se tornaram leads e quantos compraram.

Com informações específicas como essas, é possível entender os custos investidos na divulgação dos seus produtos, e de quanto foi o seu retorno. 

Por isso, uma das usabilidades estratégicas do pixel é conhecer o ROI da sua empresa, ou seja, o retorno sobre o investimento feito no seu e-commerce.

Considerações finais

Se você tinha dúvidas sobre a utilização do pixel do Facebook para otimizar os processos do seu e-commerce, certamente elas sumiram ao entender mais sobre as funcionalidades dele.

Essa ferramenta de simples aplicação pode ser o melhor caminho para garantir anúncios e campanhas com foco no seu público-alvo, ajudando no remarketing e na fidelização dos clientes. 

Ao inserir o pixel no código da sua página, você conseguirá obter dados importantes e utilizá-los a favor do seu negócio, conseguindo aumentar as vendas e potencializar os resultados da sua loja virtual.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

instagraml

20 segredos no Instagram Stories que você não sabia

Instagram Stories é um sucesso. A função “copiada” do Snapchat e incorporada ao Instagram que permite publicar posts que duram 24h ganha cada dia mais complementos. Já é possível adicionar filtros de localização, de temperatura, hashtags pesquisáveis, textos coloridos e, até mesmo, máscaras, e mais recentemente efeitos podem ser criados pelos próprios usuários, além da versão business e creator que você pode adicionar figuras de Negócios locais, Pedidos pelos stories, shopping, música e muito mais…

Provavelmente você sabe usar a maioria das ferramentas, porém alguns recursos ainda são meio ‘secretos’. Veja nossa lista que desvenda algumas coisinhas que não são tão fáceis de descobrir no Stories.

 

1 – Aumentar o tamanho da caneta

Ao tirar uma foto você pode escrever sobre ela usando uma das três canetas que aparecem na parte superior da tela. A primeira tem um traço estilo lápis, a segunda tem um efeito marca texto e a terceira é brilhosa. O que algumas pessoas não sabem é que é possível mudar o tamanho do traçado deslizando uma bolinha que aparece no lado esquerdo da tela, logo ao lado das cores.

2 – Acessar a paleta de cores completa

Além das cores disponíveis nos pequenos círculos na parte de baixo da tela, há uma infinidade de outros tons disponíveis. Ao selecionar o ícone da caneta mantenha o dedo pressionando os círculos de cores, aparecerá um quadro com uma paleta com várias tonalidades, arraste o dedo e escolha o tom desejado.

3 – Colorir fundo rápido

Nada de pintar todo o fundo com a canetinha, dá pra pintar tudo de uma única vez. Tire uma foto, toque no ícone de caneta no canto superior direito e selecione a cor. Toque na tela e mantenha o dedo pressionado. Toda o fundo vai ganhar a cor que você optou. Para apagar tudo que fez, faça o mesmo procedimento, mas selecionando a borracha.

4 – Textos Coloridos e caixas de texto

Escreva o texto usando a ferramenta de texto, depois escolha o estilo e a fonte que deseja usar.

Ao escrever aparecerá na parte superior um símbolo de A, clique nele para escolher o estilo com ou sem caixa de texto ao fundo e selecione a fonte que deseja usar também na parte superior da tela como mostra a imagem abaixo:

5 – Borracha

Você deve conhecer a borracha, que fica na parte superior ao lado dos ícones de caneta. Mas já pensou em usá-la para criar efeitos? Tire uma foto, pinte por cima (dica 3) e depois use a borracha. Cria um efeito interessante.

6 – Ver Stories por mais tempo

Convenhamos, 15 segundos é muito pouco para certos posts, especialmente quando escrevem alguma coisa na tela ou tem uma foto cheia de detalhes.

Para visualizar um Stories por mais tempo, toque no meio da imagem e mantenha o dedo pressionado, assim você irá pausar o Stories e poderá ver tudo numa boa.

7 – Impedir que determinadas pessoas vejam seu Stories

Aquela tia chata, o pai ou o irmão mais novo, podem ser pessoas para quem você não quer mostrar os seus Stories. Mas ao mesmo tempo, você não vê problema que eles visualizem suas fotos do Instagram. Como resolver isso? Bem, primeiro toque no ícone de engrenagem. Depois em “Configuração de histórias” e ” ocultar história de” e selecione quem não poderá ver os seus Stories. Use a caixa de pesquisa para facilitar a busca.

8 – Avançar ou retornar Stories

Às vezes você quer ver um Stories inteiro de novo, para isso basta clicar no canto esquerdo para voltar para o stories anterior ou arrastar para o canto esquerdo para ver os stories de um outro usuário que já passou pela sua tela,

Clique no canto direito para avançar e arraste da direita para a esquerda para pular os stories do usuário que você não quer ver.

9 – Ver Stories que usam uma mesma hashtag

Sim, as hashtags do Stories também são pesquisáveis. Para ver outras histórias usando a mesma tag toque na hashtag exibida na história. Você será direcionado para a tela que mostra os principais e mais recentes posts com aquela hashtag.

10– Modo Mãos Livres

É simples de acessar, mas nem todo mundo sabe. Esse modo permite que grave sua Stories sem precisar segurar o botão de video do celular. No stories deslize entre as opções inferiores até a que estiver mais à direita ‘Mãos Livres’ ou ‘Hands-Free’. Ele grava até 4 stories em sequência.

11 – Salvar Stories

Sim, você pode salvar seu stories, basta clicar no botão de download ou depois de postado clicar nos 3 pontinhos no canto da sua tela e selecionar a opção de salvar

Aquela tia chata, o pai, o irmão mais novo ou a chefe podem ser pessoas para quem você não quer mostrar os seus Stories. Mas ao mesmo tempo, você não vê problema que eles visualizem suas fotos do Instagram. Como resolver isso? Bem, primeiro toque no ícone de engrenagem. Depois em “Configuração de histórias” r ”ocultar história de” e selecione quem não poderá ver os seus Stories — pessoa por pessoa. Use a caixa de pesquisa para facilitar a busca.

Agora Vamos Falar de Stickers

12 – Localização / Location

Utilize esse sticker para marcar a localização onde o seu stories está sendo gravado, isso aumenta as chances de que pessoas que acessam esse local encontrem você na rede.

13 – Menção / Mention

Utilize essa ferramenta para mencionar seus seguidores, amigos, colegas ou parceiros para que usuários que visualizam os seus stories possam clicar no mesmo e conhecer o perfil da pessoa que está na foto com você.

14 – Hashtag

Utilize a hashtag nos seus stories, pois quando um usuário está buscando por algum assunto específico ele pode acabar encontrando o seu post através da hashtag tanto nos seus históricos quanto nas suas publicações do feed

15– Música / Music

Agora você pode adicionar letras de músicas que estão disponíveis na biblioteca do Instagram, neste recurso você possui a opção de exibir a Letra da música ou exibir o card com o nome e a foto do álbum do qual ela pertence.

16 – Enquete / Poll

Através deste recurso você pode fazer enquetes para que seus seguidores opinem sobre um determinado assunto, este recurso está sendo muito utilizado, principalmente pelas blogueiras, mas também por lojas comparando peças de roupas, objetos, fazendo perguntas de preferência dos usuários. Seja criativo e explore este recurso.

17 – Perguntas / Questões

Este recurso abre a possibilidade de os seguidores deixarem suas perguntas para que você possa responde-las depois, também é possível fazer o caminho inverso, você pode fazer uma pergunta para que seus seguidores respondam como se fosse uma pesquisa de opiniões.

18 – Contagem Regressiva / CountDown

Esse tipo de recurso é muito utilizado quando algum evento presencial ou digital vai acontecer, você pode criar um sticker com contagem regressiva para que as pessoas cliquem em cima do mesmo e possam ser lembradas pelo instagram que o seu evento está acontecendo.

19 – Quiz

Como o próprio nome já diz este recurso possibilita a interação através de um quis, você pode colocar até 5 opções de resposta.

20 – Stickers da Quarentena

Durante a quarentena o Instagram se mobilizou e lançou 5 novos stickers para promover a interação dos usuários.

Fique em casa

Esse sticker logo após o seu lançamento se tornou muito famoso a maioria das pessoas estavam utilizando, ele ficava fixo no topo de dos stories de todos os usuários, desta forma fazia com o quê a visibilidade dos stories que utilizassem esse recurso ficassem em destaque por 24h

 Obrigado / Gratidão

Da mesma forma que o sticker “fique em casa” este recurso também dá destaque aos stories que o utilizarem, só que desta vez com enfoque na gratidão pelas coisas que estavam acontecendo durante um momento complicado (COVID-19).

 Apoie Negócios locais

Este recurso foi lançado a fim de promover negócios locais que estão passando por necessidades durante a quarentena, basicamente a lógica deste recurso se resume a seus clientes compartilharem o seu negócio local através de um sticker mostrando os 3 últimos posts no seu trabalho.

Challenge

Durante a quarentena após muitos usuários começarem desafios improvisados nos stories o Instagram se mobilizou e lançou esse novo sticker, através dele você pode lançar um desafio e compartilhar ele com o mundo promovendo assim a sua página.

Food Order

Este novo recurso está disponível no Brasil somente para restaurantes, basicamente este recurso tem parceria com 2 grandes empresas delivery (Uber Eats e Rappi), o recurso integra a plataforma do restaurante com os stories, assim os usuários podem clicar nesse sticker e fazer a compra direta pelas plataformas

 

Dica Extra: Como mudar a cor do circulo da Foto do perfil

Se você tem um smartphone com android é só baixar o app Profile Picture Border, carregar a foto que voce quer utilizar no perfil, escolher a borda e salvar a foto. Depois é só trocar sua foto no perfil do Instagram. Bem facinho!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leonardo Biz
Auris Ideias Digitais

 

photob

Saiba como um e-commerce pode fazer lives no Instagram e aumentar seu alcance

O Instagram foi um dos aplicativos que mais cresceu nos últimos anos, com mais de 1 bilhão de usuários ativos. 

Esse número demonstra o potencial da plataforma, tendo um aumento de 5% por trimestre, um percentual maior do que o Whatsapp, com um crescimento de 1% ao ano.

No Brasil, o Instagram aparece como o aplicativo de maior engajamento dos usuários. 

Pesquisas mostram que cerca de 37% dos usuários passam pelo menos uma hora por dia na rede, ou quase 650 horas mensais.

Não é à toa que o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking entre os países com maior tempo gasto nas redes sociais, perdendo apenas para as Filipinas.

Por esse motivo, várias empresas, e-commerces e lojas virtuais têm usado a rede como parte da estratégia de marketing.

Hoje em dia, podemos achar praticamente qualquer negócio no Instagram. Por exemplo, uma foto de mini salgados assados em perfis de padarias ou de buffet para festas, dentre outros empreendimentos, como lojas de roupas, prestadores de serviço, etc.

Além do mais, não são somente as postagens do feed que são atrativas. 

Desde 2016, com a inclusão do recurso do Stories e a possibilidade de fazer lives no Instagram, o aplicativo tem recebido cada vez mais usuários e interações.

Cerca de 500 milhões de usuários acessam o Instagram Stories diariamente. Dos conteúdos divulgados, mais de um terço foi criado por empresas.

Entre os recursos do Stories, destacam-se as lives, que são vídeos ao vivo que aumentam a participação do público com o seu perfil – o que é extremamente vantajoso para os negócios.

Mas como um e-commerce pode fazer lives no Instagram e aumentar o seu alcance? 

O post de hoje vai falar mais sobre isso, e dar dicas de como produzir um vídeo ao vivo de sucesso.

Então, fique por dentro e acompanhe a leitura!

Por que fazer lives no Instagram?

A live, ou Instagram Live, é um recurso dentro do Stories, que permite a criação de transmissões ao vivo. 

Em 2017, o recurso ganhou ainda mais uma funcionalidade, em que é possível convidar os amigos e espectadores para participar do vídeo no formato hangout.

Depois que a transmissão termina, é possível compartilhar o vídeo no Stories, disponibilizando o conteúdo por até 24 horas, ou então, descartá-lo.

As possibilidades de uso das lives são inúmeras, como por exemplo, uma entrevista ao vivo com farmacêuticos sobre manipulação de medicamentos, um bate-papo descontraído entre pessoas, e até mesmo shows completos podem ser transmitidos.

Por conta disso, muitos e-commerces, bem como empresas de todos os nichos, têm usado a live para ações de marketing, já que elas aumentam a proximidade com o público e permitem uma interação mais direta.

Além disso, por ser um vídeo, as transmissões ao vivo alcançam um grande engajamento, com 21,2% a mais de interações do público, em comparação com o uso de imagens no Instagram.

Por isso, diante de tamanha preferência, os conteúdos audiovisuais e as transmissões ao vivo têm um enorme poder de alcance, para que as empresas possam divulgar o seu conteúdo para mais pessoas e, ao mesmo tempo, aproximar os seguidores.

No entanto, o interesse do público não é o único motivo pelo qual as lives são populares. Abaixo, veja outras vantagens do conteúdo.

Aumento na geração de leads

Ter um grande número de seguidores e uma alta taxa de visualização, não são suficientes para que o seu negócio alcance um número positivo em vendas e tenha impactos reais com ações de marketing. Para isso, é necessário que parte da audiência se transforme em potenciais clientes, o que leva à conversão em consumidores.

Ou seja, um estabelecimento de banho e tosa leva e traz, precisa ter uma porcentagem significativa de leads, para que se possa nutrí-los e, desse modo, fechar o negócio.

No Instagram, as lives podem atuar como uma excelente ferramenta para geração de potenciais clientes.

Isso porque, por conta do caráter instantâneo das transmissões ao vivo, alguns usuários buscam as lives justamente para encontrar links rápidos. 

Dessa maneira, você pode construir uma landing page capaz de capturar esses usuários e convertê-los em leads.

Maior compartilhamento orgânico

Imagine que você está gravando um tutorial de como fazer a troca de óleo motor do seu veículo. 

Esse conteúdo pode ser muito interessante, visto que muitas pessoas têm dúvidas de como fazer o serviço, que é essencial para a manutenção de automóveis.

 

Isso significa que a sua transmissão possui um grande potencial de compartilhamento orgânico, natural, pois os próprios seguidores podem convidar novas pessoas para assistir.

Como consequência do compartilhamento orgânico, a sua empresa:

  • Aumenta o número de seguidores;
  • Passa a ter reconhecimento no mercado.
  • Melhora o relacionamento com o público;
  • Espalha o conteúdo sem investimento publicitário.

Por esse motivo, crescer organicamente, isto é, sem o patrocínio de nenhum anúncio, é um dos principais objetivos do marketing digital para empresas e e-commerces.

4 dicas para uma live de sucesso no Instagram

Assim como qualquer estratégia em marketing, as lives no Instagram também requerem um planejamento, para que os resultados sejam positivos.

Afinal de contas, se a intenção é fazer uma live de tutorial sobre como instalar um vidro blindado automotivo, é necessário pensar nos aspectos de gravação, horário, conteúdo, entre outros.

Para te ajudar a fazer lives de sucesso no Instagram e aumentar o alcance do seu e-commerce, separamos algumas dicas. Confira!

1 – Crie um roteiro do conteúdo

Antes de tudo, você precisa saber ao certo sobre o quê quer gravar, bem como quais serão os conteúdos abordados na sua live.

Imagine começar gravando uma transmissão ao vivo sobre como funciona um ultrassom veterinário com doppler e, de repente, dar aquele branco?

Além de ser algo incômodo, isso pode prejudicar a estratégia, fazendo com que a sua marca perca seguidores, ao invés de melhorar o engajamento.

Mesmo que você se sinta confortável em falar sobre o assunto, é necessário roteirizar o que será dito para evitar falhas, e também garantir a máxima eficiência de transmissão, passando realmente a informação completa aos seus seguidores.

Claro que, devido à própria essência do Instagram, por ser uma rede social mais versátil, e pela live ser uma transmissão ao vivo, não é preciso seguir um script rigoroso e totalmente formal. Porém, o roteiro servirá como uma espécie de “guia”.

2 – Prepare o cenário

Um dos pontos determinantes para o sucesso da sua transmissão ao vivo é o cenário, pois ele dará o contexto de todo o tema.

Por exemplo, ao falar de uma bola de pilates 65, pode ser interessante gravar a live dentro de um estúdio de pilates, como uma forma de criar uma proximidade com o público e estabelecer uma linguagem adequada.

No entanto, é importante destacar que um cenário todo decorado pode prejudicar o conteúdo, bem como um local vazio. 

Por isso, é necessário buscar um equilíbrio, com elementos agradáveis aos olhos e que ajudem a compor um bom visual.

3 – Teste a sua câmera e o som do celular

As lives do Instagram são feitas diretamente do aparelho celular, com recursos do dispositivo. 

Muito por conta disso, nem sempre a qualidade de imagem é 100%, já que nem todos os celulares possuem câmeras de alta qualidade.

Contudo, é fundamental fazer um teste de imagem e som antes de iniciar a transmissão ao vivo. 

Mesmo que a câmera do seu celular não seja das melhores, veja se ela realmente está funcionando e se o som está audível para os seguidores.

Garanta que o seu dispositivo não apresente nenhum ruído de imagem e som. Além disso, uma boa iluminação pode ajudar a melhorar a visualização do conteúdo.

4 – Tenha interação com os usuários

Um dos grandes diferenciais das transmissões ao vivo é o alto poder de engajamento. 

Mas as empresas podem fazer com que a interação seja explorada ao máximo, não esperando somente que ela ocorra de maneira natural.

 

Assim, como realizador da live, é importante que você faça comentários que estimulem a participação do público, tirando dúvidas, pedindo opiniões, etc.

 

Por exemplo, em uma transmissão sobre aluguel de tendas para casamento, você pode pedir aos participantes que mandem perguntas sobre o serviço, referente à valores, tamanhos das estruturas, entre outros pontos.

É importante que a audiência não perca o interesse no engajamento. Por isso, sempre que possível, responda aos comentários deixados pelo público.

Um modo de fazer isso é ler em voz alta o que os seguidores enviaram, e responder durante a transmissão.

Conclusão

A live do Instagram pode ser um recurso muito atrativo para os e-commerces e empresas de todos os tipos. 

Além de oferecer conteúdo audiovisual com potencial de engajamento do público, as transmissões ao vivo também promovem um relacionamento mais próximo com os seguidores.

Desse modo, é possível construir uma fidelização maior com a audiência e, como consequência, ter resultados altamente positivos, como o aumento da visibilidade, e até mesmo, das vendas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

pexels-photo-607812

Como fazer a melhor gestão de mídias sociais para seu e-commerce

Se você é um empresário que entende a importância da internet para que o seu negócio cresça, certamente já possui páginas ou perfis de mídias sociais ativos para a sua empresa. 

Que as redes sociais se tornaram ferramentas essenciais para que um estabelecimento ganhe visibilidade e seja encontrado mais facilmente pelo público, disso ninguém duvida. 

É cada vez mais comum que as pessoas possuam um smartphone com um pacote dados para acessar a internet, permitindo que elas conversem com seus amigos e parentes, façam pesquisas sobre qualquer assunto ou adquiram produtos e serviços por meio do dispositivo. 

Ter facilidade para navegar no mundo virtual e buscar informações sobre uma depilação a laser no rosto, por exemplo, é simples e prático, e ajuda um usuário a encontrar o que ele está procurando, em qualquer lugar que esteja. 

Isso quer dizer que essas pessoas vão encontrar diversos estabelecimentos na internet, e aquele que tiver mais visibilidade, garantindo a sua presença nas redes sociais, certamente vai conquistar novos clientes de modo mais eficiente do que outros que não estejam. 

Ou seja, ter um perfil ativo nas plataformas sociais é a maneira mais eficiente de ter um contato maior com o público e, assim, fazer com que a marca seja vista, permitindo que os consumidores encontrem o negócio na internet. 

Mas, tão importante quanto ter uma página nas principais redes, é gerenciar cada uma delas adequadamente. 

Por isso, este artigo traz dicas importantes sobre como fazer uma gestão eficiente das suas mídias sociais, garantindo o sucesso do seu e-commerce. 

Quer saber mais? Então siga na leitura deste conteúdo. 

A importância das redes sociais para e-commerces

Ter um e-commerce é o desejo de muitos empresários. Oferecer um site apropriado para vender vela de ignição, ou qualquer outro produto, pode ser um meio eficaz para aumentar os resultados de um negócio. 

Porém, para que os clientes cheguem até o seu site, é preciso que eles tomem conhecimento sobre a sua plataforma na internet, o que pede ações de divulgação. 

Sem dúvida, investir em anúncios na web e produzir campanhas de e-mail marketing, são ferramentas indispensáveis para impulsionar um e-commerce, mas as redes sociais são importantes para quem quer ser visto pelo seu público-alvo. 

Atualmente, é possível criar uma conta em várias redes sociais, sendo as mais conhecidas do momento:

  • Instagram;
  • Facebook;
  • YouTube;
  • LinkedIn;
  • WhatsApp;
  • Entre outras.

Se uma empresa de casting para eventos possui perfis ou páginas ativas nessas plataformas, o número de pessoas que tomam conhecimento sobre a sua atuação no mercado é cada vez maior. 

Afinal, a quantidade de usuários que essas redes possuem cresce continuamente, o que vai influenciar diretamente na visibilidade do negócio. 

Isso significa que um e-commerce pode ser muito mais conhecido se você divulgá-lo nas redes sociais, fazendo com que os usuários e seguidores que utilizam essas plataformas saibam da existência do seu negócio de modo simples e recorrente. 

E para conseguir uma boa divulgação nas mídias sociais, é indispensável que se gerencie adequadamente cada um dos perfis, pois a forma de atuar nesses espaços é o que garante a assertividade na publicidade da sua loja virtual. 

Por que gerenciar as redes sociais?

Se você é dono de uma clínica veterinária em campinas, e deseja que as pessoas que residam próximo ao endereço do seu estabelecimento conheçam sobre o seu trabalho, as redes sociais podem ser a maneira mais prática para fazer isso. 

Esse trabalho envolve conhecimento das principais ferramentas oferecidas por essas plataformas, permitindo ações de marketing digital estratégicas, que podem proporcionar resultados efetivos na divulgação do negócio. 

Por isso, uma melhor gestão de mídias sociais é a forma eficaz de tornar o seu e-commerce conhecido na internet, e garantir que o público-alvo da empresa seja impactado, gerando vendas e lucros cada vez melhores.

Mas, é importante frisar que gerenciar um perfil na rede social exige conhecimento da área. 

Afinal, criar campanhas de marketing assertivas implica em ter uma equipe preparada para promover um serviço. 

Como o de acupuntura para cachorro, por exemplo, depende de uma série de fatores, que vão desde o uso de boas imagens, até uma linguagem mais adequada.

Com as redes sociais, o processo é o mesmo: é preciso identificar o público-alvo do seu e-commerce e fazer com que a maneira de se comunicar com essas pessoas seja objetiva e clara, no momento certo, e com estratégias eficazes.

Nesse sentido, talvez seja interessante contar com o auxílio de um profissional que entenda de gerenciamento de mídias sociais e consiga administrar a sua página de maneira eficiente e com ações direcionadas. 

Isso porque, se uma clínica de saúde quer promover os seus serviços, divulgando um exame de vulvoscopia, ela precisará utilizar técnicas apropriadas para isso. 

Ou seja, ela deverá direcionar o seu anúncio para mulheres, utilizando uma linguagem apropriada. 

Também é indispensável conhecer o perfil de usuários de uma determinada rede. 

Afinal, ao promover exames de diagnóstico, é preciso entender em quais mídias sociais eles podem ter maiores resultados. 

Enquanto o Instagram é uma plataforma voltada para a postagem de fotos e de textos curtos, o LinkedIn é uma rede que prioriza os contatos profissionais, e assim por diante. 

Desse modo, é possível perceber que a atuação de um profissional habilitado para o gerenciamento de redes pode ser a melhor maneira de garantir a assertividade das suas ações nas mídias sociais. 

O que deve ser priorizado no gerenciamento de mídias para um e-commerce?

Depois de entender a importância de gerenciar as suas páginas nas redes sociais, é fundamental conhecer as características que devem ser priorizadas na atuação da sua loja virtual, dentro dessas plataformas de comunicação. 

Isso porque é possível realizar várias ações nas mídias sociais, tais como:

  • Postagens de conteúdos diversos;
  • Interação com o público por comentários;
  • Compartilhamento de publicações;
  • Envio de mensagens privadas;
  • Publicação de anúncios patrocinados;
  • Entre outros.

Todas essas atividades devem ser feitas de maneira estratégica, para que tragam efeitos positivos para os seus perfis. 

Para que elas surtam o efeito desejado na divulgação de um estabelecimento especializado em produção de salgados para festa assados, por exemplo, é essencial levar em conta alguns elementos importantes do marketing digital. 

1 – Identificação do público-alvo do negócio

Uma das principais maneiras de gerenciar as redes sociais adequadamente é identificar o seu público-alvo.

Isso é importante para entender qual é a linguagem apropriada para utilizar nas suas postagens, assim como para saber qual das redes sociais faz mais sentido para o seu e-commerce. 

Essas informações também vão determinar os assuntos que serão abordados nas suas publicações, já que elas devem oferecer conteúdos de qualidade para os seguidores do perfil. 

Além disso, ao conhecer o público-alvo do seu negócio, pode-se utilizar os anúncios para a promoção da sua plataforma, configurando-os da maneira ideal, fazendo assim com que eles atinjam as pessoas certas.

2 – Produção de conteúdo e engajamento com os seguidores

Um bom gerenciamento de redes prioriza a postagem de bons conteúdos, assim como a interação com o público que acompanha a página. 

Isso porque uma das maneiras mais produtivas de conquistar a atenção do público atualmente, é por meio de postagens interessantes, que agregam maior valor para os leitores e, assim, conferem uma maior autoridade para a marca. 

Além disso, as redes sociais possibilitam um contato próximo com o público da sua empresa. 

Sendo assim, é indispensável utilizar os campos de comentários ou o chat privado, para interagir com os usuários dos seus perfis nas redes sociais. 

Essa é uma maneira eficiente de criar laços com os seguidores, e utilizar essas oportunidades para falar mais sobre o seu negócio e sobre seus produtos, ajudando na divulgação do e-commerce.

3 – Acompanhamento de métricas e resultados

Uma vez que uma loja virtual que vende produtos para clínicas especializadas em limpeza pele profunda deseja saber sobre como anda a sua atividade nas redes sociais, ela precisará acompanhar as métricas relacionadas ao seu perfil. 

As métricas apresentam informações detalhadas sobre quantas pessoas visualizaram uma postagem, sobre as impressões e o engajamento dos seguidores, mostrando assim, quais das publicações trouxeram resultados efetivos.

Elas também ajudam a entender a necessidade de adaptação de conteúdos, pois permitem saber quais temas interessam mais aos usuários das redes sociais. 

Como esses dados podem ser muito técnicos para algumas pessoas, é preciso contar com  ajuda de um profissional habilitado em gestão de redes, para que a assertividade das campanhas e postagens realizadas nessas plataformas tragam os efeitos desejados. 

Nesse cenário, é possível perceber que uma melhor gestão das redes sociais influencia diretamente no sucesso do perfil ou página da empresa. 

Por isso, ao contar com esse tipo de serviço, o seu e-commerce será beneficiado, conquistando novos clientes e alcançando os potenciais compradores da sua loja virtual.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

photo-1543185377-99cd16011803b

Como fazer vídeos para YouTube pode alavancar seu e-commerce

O YouTube é uma das redes sociais que mais cresce no mundo, presente em mais de 90 países e com 1,9 bilhões de usuários ativos mensalmente, o que equivale a quase um terço dos usuários da internet.

Além disso, o YouTube é considerado o maior mecanismo de busca do mundo e o segundo site com maior tráfego, perdendo apenas para o Google. Os usuários da rede assistem, coletivamente, mais de 46.000 anos de vídeos.

No Brasil, essa realidade não é diferente: o YouTube levou o país ao segundo lugar mundial em horas assistidas, com 95% da população brasileira online na plataforma de vídeos. 

Diante desse cenário, não é de se espantar que a rede social fosse usada como ferramenta de marketing.

De acordo com dados, o site possui uma grande relevância e influência sobre o consumo atual. 

Aliás, 80% dos consumidores de marca consideram a importância de um anúncio em vídeo, que seja divertido e entretenha, enquanto 79% ressaltam a necessidade de tutoriais e 75%, uma maneira de aprender sobre o assunto.

Ou seja, hoje em dia, muitas pessoas procuram por produtos e serviços no YouTube, com o intuito de saber mais. Assim, um oftalmologista para cães, por exemplo, pode usar o canal para informar sobre o seu trabalho e a necessidade da consulta para animais domésticos.

Muito disso, deve-se à própria mudança no comportamento do consumidor, ocasionada pela internet, que pede novas formas de conteúdo e novos materiais de divulgação. Nesse sentido, o YouTube pode ser um grande aliado para o marketing digital.

Mas como fazer vídeos para YouTube pode alavancar o seu e-commerce? O artigo de hoje irá responder a essa questão e destacar a importância da plataforma para a promoção de produtos e serviços.

Afinal de contas, por que fazer Marketing no YouTube?

O marketing no YouTube é uma das estratégias mais eficientes para aumentar o engajamento e a visibilidade da marca. 

Isso quer dizer que, de modo geral, os usuários preferem assistir a um vídeo sobre harmonização do nariz, ao invés da leitura de um texto em um blog, por exemplo.

Já não é novidade que os vídeos dominam a internet. Em uma sociedade dominada por imagens, esses conteúdos promovem maior interação do público, ao mesmo tempo em que são mais fáceis de consumir e podem entreter.

Além do mais, o marketing no YouTube se aproveita da grande quantidade de usuários que assistem e estão ativos na plataforma. Fora que, as pessoas gastam em média 11min47s navegando pela rede social e consumindo os vídeos.

Para termos uma ideia, o Facebook é usado por 17min46s ao dia, enquanto o Instagram, por 7min7s. Quer dizer que o YouTube está entre as redes sociais de maior potência dentro da internet.

Todas essas características fizeram do YouTube não somente uma mera plataforma de compartilhamento de vídeos, mas também, um canal propício para negócios.

Você provavelmente já deve ter se deparado com os famosos anúncios do YouTube. Similares às propagandas de televisão, é possível encontrar um comercial que fala sobre reiki para animais, antes de um vídeo sobre cuidados pet.

Esse tipo de estratégia pode elevar a expectativa dos consumidores, principalmente quando o anúncio trata da mesma temática do vídeo principal.

Ademais, o YouTube pode ser muito vantajoso para o seu negócio, pois ele:

  • Educa o público a respeito de um produto ou serviço;
  • Permite a facilidade de compreensão da audiência;
  • Tem maior potencial de compartilhamento do conteúdo;
  • Ajuda na captação, nutrição e fidelização dos clientes.

Vale dizer que o YouTube foi o grande responsável por alavancar os chamados digital influencers, ou influenciadores digitais, que são pessoas famosas na plataforma, com uma audiência fiel e que são capazes de influenciar seus seguidores.

Pesquisas mostram que 92% dos consumidores confiam mais nos influenciadores digitais do que em propagandas convencionais com celebridades. 

Além disso, 55% dos usuários costumam pesquisar a opinião de criadores de conteúdo do YouTube, antes de realizarem uma compra.

Outros dados mostram que 86% descobrem um novo produto via influenciador e 73% adquiriram algo por indicação do digital influencer.

Isso quer dizer que o seu marketing de YouTube pode ser muito beneficiado por esses criadores de conteúdo. 

Ou seja, quando um influenciador testa e indica um tapete yoga 5mm, os usuários tendem a confiar mais no produto, o que pode aumentar as chances de venda.

O YouTube oferece várias possibilidades para criação de campanhas e ações de marketing, resultando em um significativo crescimento do brand awareness para o seu e-commerce, bem como melhorando o engajamento e a autoridade das marcas.

Por isso, estar presente no YouTube é indispensável nos dias de hoje.

4 estratégias para marketing no YouTube

Os primeiros anúncios no YouTube foram criados em 2007. Atualmente, podemos ver milhares de propagandas dentro da plataforma, que são usadas, inclusive, como monetização para diversos canais na rede. 

Em 2018, o YouTube recebeu U$15 bilhões em receita de anúncios, contabilizando 6% da receita patrocinada do Google.

No entanto, você não precisa se limitar à criação de propagandas. Por exemplo, um clínico geral particular pode usar a plataforma como marketing de muitas outras formas, até mesmo mais eficazes que os próprios anúncios.

Para te ajudar, separamos algumas estratégias de marketing no YouTube. Confira abaixo!

1 – Produção de conteúdo

Já que o YouTube também é usado como uma plataforma de busca, assim como o Google, nada melhor do que oferecer informações relevantes, interessantes e de qualidade aos usuários, não é mesmo?

Afinal de contas, a internet é um mar de informações e, para se destacar dentro desse ambiente, é necessário criar conteúdos que sejam atrativos e que, ao mesmo tempo, respondam às dúvidas dos usuários.

Por exemplo, criar um vídeo mostrando como funciona uma consulta gastroenterologia, bem como as especificações sobre procedimentos nesta área de saúde específica, pode ser um conteúdo altamente relevante aos usuários que precisam ou pretendem se consultar.

Sendo assim, a produção de conteúdo é algo essencial para a sua estratégia de marketing no YouTube.

2 – Conheça o seu público-alvo

Apesar da grande quantidade de usuários presentes no YouTube, não dá para sair “atirando para todos os lados”. 

Ao invés disso, o mais indicado é ter um direcionamento dos seus conteúdos, para que eles possam atingir pessoas potencialmente interessadas no seu negócio.

Daí a necessidade de conhecer o seu público-alvo. Afinal, diferentemente das propagandas televisivas, que são massivas e homogêneas, o YouTube permite a criação de conteúdos personalizados, que atraem justamente os leads (potenciais clientes).

Por exemplo, um vídeo sobre investigação confirmatória, que é um procedimento de análise ambiental, pode não ser adequado ao grande público, mas quando bem direcionado, pode atingir àqueles que realmente têm interesse no assunto.

Como consequência, tem-se um maior engajamento da audiência e maiores chances de fechamento de negócio.

Além do mais, ao identificar o perfil ideal dos seus clientes, é possível direcionar uma linguagem. Claro que, nos vídeos, é permitido maior liberdade quanto ao uso da linguagem, com o objetivo de criar uma aproximação com o público.

No entanto, conhecer o perfil é uma maneira de escolhermos qual será a tonalidade, os termos e outros artifícios de linguagem, dentro do conteúdo.

3 – Faça otimização dos vídeos (SEO)

O SEO, ou otimização para os mecanismos de busca, permite que o seu conteúdo seja encontrado mais facilmente nos buscadores. Apesar de ser uma técnica aplicada aos recursos textuais, é possível aplicá-la, de certo modo, nos vídeos.

Para isso, você precisa conhecer quais são os termos mais pesquisados pelos usuários – as chamadas “palavras-chave”.

Por exemplo, se o termo é “recepcionista de evento”, você pode usar essa palavra-chave no título e na descrição do seu vídeo, tornando o conteúdo mais fácil de ser escaneado dentro dos buscadores (incluindo o próprio YouTube e o Google).

4 – Tenha parceria com os influenciadores

Devido ao alto poder de influência na decisão de compra, vale a pena firmar parcerias com os criadores de conteúdo do YouTube, isto é, os influenciadores.

Ao se juntar com eles, sua marca pode aproximar o público, ter maior credibilidade e reconhecimento perante à audiência.

Contudo, é necessário buscar parcerias com influenciadores que tenham em comum o público-alvo da sua empresa. Afinal de contas, os youtubers são formadores de opinião, mas o público busca por assuntos e conteúdos específicos.

Conclusão

O YouTube é uma plataforma muito popular e que só tende a crescer dentro da internet. Por esse motivo, as empresas, e-commerces e lojas virtuais podem se beneficiar muito desse canal, ainda mais com estratégias de marketing bem direcionadas e planejadas.

Portanto, é fundamental que os negócios conheçam mais sobre a potência do YouTube e, assim, possam usar de seus artifícios para promover o engajamento do público e ganhar reconhecimento no mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

gold-iphone-6-with-note-pads-744464

Conheça a ferramenta Audience Insights do Facebook e saiba como utilizá-la no e-commerce

Um e-commerce é um tipo de negócio que tem crescido muito, no mundo inteiro. Por meio dele, é possível vender e comprar, de maneira segura, muitos produtos na internet.

Assim como qualquer outro modelo de negócio, os e-commerces também precisam usar estratégias de marketing digital para sobreviverem e se manterem competitivos no mercado. E uma das principais maneiras de se fazer isso é por meio do Facebook.

Aliás, essa rede social mudou muito e se tornou uma verdadeira ferramenta de negócios. Inclusive, o próprio Facebook se posiciona, também, como uma plataforma de veiculação de anúncios.

Ele acaba por entregar às marcas uma nova maneira de atualizar suas formas de conversão. Por isso, criou o Audience Insights, uma ferramenta importante para que as campanhas sejam eficazes e cheguem da maneira certa ao seu público.

De uma maneira minimamente construída, ele aumenta significantemente a capacidade de um e-commerce realizar conversões.

Para isso, faz uma análise precisa do comportamento do usuário, e também da maneira como ele consome informação on-line.

Por isso, neste artigo vamos falar sobre o que é o Audience Insights, como ele funciona e como um e-commerce pode utilizá-lo.

O que é o Audience Insights?

O Audience Insights é uma ferramenta criada pelo Facebook que tem como intuito oferecer dados de maneira detalhada, a respeito das audiências nas redes sociais.

Esses dados são informações que envolvem como o usuário se comporta na plataforma, hábitos de consumo, demografia, geografia, estilo de vida, etc.

A partir disso, uma plataforma e-commerce consegue analisar informações referentes ao seu público. Para isso, o Facebook divide a audiência de uma empresa entre pessoas conectadas à página de uma empresa e usuários de uma maneira geral.

Para conseguir coletar essas informações, a rede social usa uma metodologia simples, baseada nas preferências que o próprio usuário coloca em seu perfil. Dentre elas estão:

  • Nome;
  • Idade;
  • Localização;
  • Escolaridade;
  • Estado Civil.

Existem, ainda, alguns usuários que preenchem informações adicionais valiosas, como suas preferências por filmes, gostos musicais, páginas dentre outras informações.

Para uma empresa que realiza transferência de veículo de outro estado, por exemplo, isso é importante porque o Facebook trabalha essas informações e as oferece para as marcas. Por isso, ele também é importante para e-commerce.

Isso facilita para que as empresas consigam fazer anúncios mais certeiros, direcionados ao tipo de público ideal. Ou seja, aquele público que realmente tem chances de se interessar pelo produto.

Como funciona o Audience Insights

Para que o usuário tenha acesso a anúncios que ele quer ver, como anúncios de renovação de CNH e para que as empresas tenham contato com seu público ideal, o Facebook coleta muitos dados.

Com a ferramenta, ele entrega para o e-commerce uma incrível quantidade de dados que serão transformados em campanhas. Para isso, pode-se partir de informações gerais, como o gênero dos usuários.

Após isso, as informações vão se afunilando, chegando a dados mais específicos, como o estado civil. Além disso, a escolaridade também é uma informação relevante, principalmente para instituições de ensino.

As informações podem ser personalizadas de acordo com a necessidade da marca. Por isso, é importante que um negócio e-commerce selecione o seu tipo de público, para entender como ele se comporta.

As informações entregues podem ser tão minuciosas que, em muitos casos, o Facebook pode entregar tudo o que a marca desejar.

Além disso, é possível cruzar diversas informações. Por exemplo, é possível reconhecer um grupo de pessoas que vivem fora do país e relacionar essa informação com pessoas que moram fora do país e estão em um relacionamento.

O Facebook oferece às empresas, como plataformas e-commerce e fabricantes de bateria automotiva, informações divididas por categorias, que são:

1 – Dados demográficos

Aqui se encontram informações como cidade, estado, país, gênero, idade, nível de escolaridade, relacionamento etc.

2- Interesses

Aqui são classificadas as informações referentes a páginas que o usuário curte, interesses e hobbies.

3 – Estilo de vida

Essa classificação permite que as marcas entendam um pouco mais sobre o estilo de vida das pessoas que fazem parte de seu público-alvo.

Por exemplo, um usuário que viaja muito, curte páginas de companhia aéreas, dicas de viagem, páginas de museus e pontos turísticos, etc.

Esse grupo pode ser recomendado para uma empresa de laudo cautelar, para que essas pessoas possam estar sempre por dentro dos cuidados necessários com seus veículos, para viagens tranquilas.

Vantagens do Audience Insights

Em vista de sua funcionalidade, não fica difícil de imaginar porque essa ferramenta oferece tantas vantagens e é tão importante para os negócios e-commerce. Mas dentre as principais vantagens estão:

1 – Entrega de conteúdo para o público certo

As informações fornecidas pelo Audience Insights permitem que as marcas desenvolvam anúncios para seu público ideal.

Isso evita, inclusive, que uma marca desgaste a sua imagem perante um público que não tem o menor interesse naquilo que ela oferece. Isso acaba por economizar os recursos de uma empresa.

Portanto, além de facilitar para que os anúncios cheguem ao público ideal, também evitam que a plataforma e-commerce desperdice investimentos com pessoas que não estão interessadas naquilo que ela vende.

2- Proposta de valor

Quando uma revenda de vela de ignição sabe quem é seu público, torna-se capaz de desenvolver campanhas que realmente conversam com seus potenciais clientes.

Isso acaba por levar uma proposta de valor às pessoas, pois são desenvolvidas peças criativas, discurso bem elaborado, melhor identidade visual, dentre outras vantagens. Portanto, uma maneira de estar presente na hora certa e do jeito certo.

Dessa forma, é importante que as plataformas e-commerce saibam como usar o Audience Insights do jeito certo.

Dicas de Audience Insights para plataformas e-commerce

Tendo em vista o grande crescimento das plataformas e-commerce, fica óbvio que a concorrência no mercado desse modelo de negócios está muito grande. Sendo assim, é importante seguir algumas dicas de uso do Audience Insights, como:

1 – Segmentar seu público de acordo com sua oferta

Para fazer um anúncio, é necessário que uma plataforma e-commerce de transferencia de moto analise qual seu público específico. Isso permite que as marcas atinjam pessoas mais qualificadas para o seu anúncio.

2 – Entender a campanha

Não é possível entregar o anúncio para o público certo se nem a própria marca entende a sua campanha. Entendê-la permite que a marca responda a algumas perguntas.

Por exemplo, ela pode entender qual é o interesse comum que sua marca e o público possuem. Sabendo qual é esse interesse, fica mais fácil de atingi-lo.

Além disso, a marca precisa saber e deixar bem definido qual é o interesse que ela deseja despertar no público com determinado anúncio.

Por exemplo, uma plataforma e-commerce de venda de kit GNV 5 geração tem com o seu público o desejo comum da mudança de tipo de combustível para o veículo.

3 – Entender seu público

Para entender melhor o seu público, uma plataforma pode responder algumas perguntas, como:

  • Que tipos de cargo da persona quero atingir?
  • Quais são as restrições geográficas?
  • Qual a faixa de idade?
  • Qual a formação acadêmica?

Por exemplo, uma empresa B2B, ou seja, uma empresa que venda para outras empresas tem como foco gestores, empreendedores, etc. Portanto, seu público são pessoas com alto poder de decisão dentro de uma empresa.

Isso permite que ela consiga direcionar uma campanha mais bem elaborada e de acordo com o perfil dessas pessoas, facilitando a conversão, porque ninguém vende bem sem saber com quem está falando e o que ele precisa.

4 – Criar o público no Facebook

Dentro dessa ferramenta, uma plataforma e-commerce de auto peças de moto consegue obter dados detalhados. Para isso, deve inserir no direcionamento detalhado dados como “motoboys”, “oficinas mecânicas”, etc.

No Audience Insights, logo abaixo de critério, deve clicar em “limitar público”. Para segmentar o público uma dica para essa loja seria interesses em peças automotivas, conserto de motos, etc.

Conforme estiver analisando as possibilidades dentro do Facebook Audience Insights, o responsável pela plataforma pode encontrar muitas outras opções.

Isso porque essa é uma ferramenta poderosa que ajuda a entender melhor a base de dados e sua análise. Ela também auxilia a encontrar um público específico, com características semelhantes entre as pessoas.

Isso permite que as marcas estejam sempre em contato com o seu público ideal, de maneira inteligente e segmentada. Diferentemente do que acontecia antigamente, quando as marcas não tinham a chance de falar com quem realmente importa.

O Audience Insights é mais uma maneira de fazer marketing digital nas redes sociais de maneira inteligente, principalmente para o e-commerce, uma modalidade que tem crescido cada vez mais.   

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Cropped shot of Young asian man is working at home with his laptop to protect against Corona virus or Covid-19.

Estratégias de comunicação nas Redes Sociais e a Pandemia do Coronavírus

Desde que a OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou o novo coronavírus como uma pandemia, várias empresas estão colaborando para diminuir a transmissão da doença, e investindo no compartilhamento de informações relevantes e verdadeiras no combate ao Covid-19.

Afinal de contas, há muitas notícias falsas circulando por aí, especialmente na internet, que podem desinformar as pessoas, indo na contramão do que recomendam os órgãos de saúde.

Por esse motivo, é importante pensar em estratégias de comunicação, principalmente dentro das redes sociais, que tragam conteúdos verdadeiros a respeito da pandemia do coronavírus, para que os usuários possam ser, de fato, informados com responsabilidade.

Enquanto empresa, é necessário compreender que, em momentos de crise como este, é dever da gestão manter as redes de relacionamento e comunicação como forma de manter a proximidade com o público-alvo, a afinidade com os clientes fiéis e o respeito com a audiência.

Isso torna a sua empresa credível dentro do mercado e é uma maneira de se destacar, em meio de um boom de informações falsas.

Além disso, se você tem um negócio que não é da área da saúde, como uma retifica de motores automotivos, deve introduzir como parte da sua estratégia de comunicação nas redes sociais a procura por fontes confiáveis e que têm autoridade no assunto.

No artigo de hoje, vamos falar mais como compartilhar informações verdadeiras a respeito da pandemia do coronavírus, e a adotar esse hábito como parte das estratégias de comunicação para redes sociais. Acompanhe a leitura!

Coronavírus: o que é importante saber

De acordo com o Ministério da Saúde, o Coronavírus (CID10) é o nome dado a uma família de vírus que são responsáveis por infecções respiratórias. 

O novo coronavírus, ou Covid-19, foi descoberto em dezembro de 2019, na China.

Os sinais e sintomas do atual agente do vírus são principalmente respiratórias, bem semelhantes a uma gripe. 

Contudo, o vírus pode causar infecção no trato respiratório inferior, ocasionando possíveis pneumonias e, até mesmo levar a óbito, em casos de pessoas imunocomprometidas, crianças e idosos.

Ainda estão sendo feitas novas pesquisas e investigações acerca dos sintomas do Covid-19, porém, os sinais mais conhecidos são:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Dificuldade para respirar;
  • Espirros.

Atualmente, diversos governos estão adotando medidas preventivas para conter a transmissão do coronavírus, incluindo as orientações de distanciamento social, higienização periódica das mãos (com água e sabão, além do uso de álcool gel), bem como optar por ambientes ventilados.

Desse modo, muitas pessoas estão realizando suas atividades em casa, via internet.

Setor automotivo como exemplo de comunicação através das Redes Sociais

A tecnologia tem dado muito respaldo à isso, visto que é possível fazer a renovação de CNH vencida quase toda online.

Quanto à transmissão, o Ministério da Saúde diz que as investigações ainda estão em andamento, mas constata-se a disseminação da doença de pessoa para pessoa, por meio de gotículas respiratórias ou de contato físico.

Assim, qualquer um que tenha contato próximo (cerca de 1 metro) de alguém infectado, ou que apresente sintomas do Covid-19, está em risco de ser exposto à infecção.

Como pensar em estratégias de comunicação nas redes sociais diante do coronavírus?

Devido o distanciamento social, recomendado como medida de prevenção, muitas empresas estão autorizando seus colaboradores para o trabalho remoto.

Além disso, tem a parcela da população que resolveu cumprir as recomendações da OMS e dos demais órgãos de saúde, isolando-se em casa.

Diante desse cenário, buscam-se informações sobre o coronavírus em todos os lugares da internet, em especial nas redes sociais. 

Porém, é preciso ter cuidado com as famosas “fake news”, isto é, notícias falsas, que não disseminam informações verdadeiras a respeito da pandemia.

Por esse motivo, é importante pensar em novas estratégias de comunicação das redes sociais para todas as empresas, desde multinacionais, até empreendimentos que não são do ramo da saúde, como uma oficina de vistoria para carros.

Vale dizer que, o compartilhamento de conteúdo nas redes sociais fortalece o posicionamento das marcas, ainda mais quando prioriza informações verdadeiras e de fontes confiáveis.

Esse tipo de compartilhamento agrega valor à empresa, fortalecendo a imagem no mercado e ajudando a construir uma boa imagem aos consumidores.

Abaixo, confira algumas estratégias de comunicação para redes sociais que podem ajudar.

1 – Lembre-se de educar a sua audiência

Quando se compartilha um conteúdo nas redes sociais, a intenção não é somente fornecer uma informação, mas sim, educar o público a respeito de um determinado assunto.

Por exemplo, a produção de um artigo explicando o que é um tacógrafo caminhão tem muito mais valor do que uma simples propaganda.

O mesmo vale para casos como o atual cenário do coronavírus. É preciso pensar que, toda informação compartilhada nesses canais, ajudam a formar uma compreensão do usuário a respeito do tema. 

Portanto, é preciso pensar no compartilhamento como algo educativo.

2 – Tenha uma regularidade de postagem

Imagina que você entrou em uma página do Facebook, com a intenção de saber mais sobre laudo veicular ecv, mas percebeu que o perfil não é atualizado há muito tempo. 

Isso pode afetar a sua percepção sobre a marca, que abandonou a rede social e não produziu nenhum conteúdo novo.

Por conta disso, é importante ter uma regularidade de postagem, de modo que as pessoas esperem pelo seu próximo post.

A regularidade é também um fator de credibilidade, pois mostra que você está acompanhando as notícias e o que está acontecendo no mundo.

3 – Compreenda o ambiente das redes

Faça um teste: procure por bateria para carro Moura nas redes sociais e depois faça a mesma pesquisa em um blog. É bem provável que você encontre as mesmas informações, mas apresentadas de modo diferente.

Isso acontece porque nas redes sociais tem-se uma maior liberdade para falar com o público, sendo possível adotar uma linguagem mais informal e pessoal.

Além do mais, é preciso ter compreensão do ambiente das redes e saber qual tom de linguagem adotar, dependendo do conteúdo.

Por exemplo, se for para dar uma notícia sobre o número de casos do coronavírus no Brasil, não dá para abordar o assunto com uma linguagem que mostra entusiasmo. Além de ser totalmente desrespeitoso, os usuários não irão ter uma boa imagem da sua empresa.

Deixe para usar a tonalidade mais expansiva quando for falar de assuntos como as vantagens de uma injeção eletrônica automotiva, entre outros temas.

4 – Procure o engajamento dos usuários

Essa é uma das estratégias de comunicação nas redes sociais mais complexas. Afinal de contas, promover o engajamento dos usuários não é assim tão fácil – você precisa de um conteúdo atrativo, rico, confiável e que desperte o interesse do leitor para tecer algum comentário, crítica ou compartilhamento da postagem.

No entanto, o engajamento é o principal responsável pela credibilidade e poder de influência sobre os seus seguidores.

Ora, um conteúdo sobre laudo veicular Ecv, quando tem um bom engajamento, costuma ser melhor visto pelos usuários e, como consequência, passa a ter autoridade no assunto.

Por isso, no caso específico sobre os acontecimentos do coronavírus, é importante promover discussões relevantes, sempre ter atenção às fontes, e priorizar um conteúdo informativo de qualidade, ao invés da autopromoção.

5 – Tenha uma equipe qualificada para as redes sociais

Não caia na bobeira de deixar qualquer pessoa tomar conta da sua rede social. Conduzir estratégias de comunicação e implementá-las não é algo simples – ao contrário, requer conhecimento específico.

É possível perceber a diferença de um anúncio sobre vidro blindado automotivo produzido por uma pessoa que tem experiência em redes sociais, do que um post de um leigo.

Em tempos de crise, como a do coronavírus, é essencial ter alguém próprio e qualificado para gerenciar as redes sociais. 

Afinal, qualquer informação compartilhada de modo errôneo pode ser o suficiente para comprometer a imagem da empresa.

Conclusão

O momento que estamos vivendo, com a expansão da pandemia de coronavírus, fez com que a sociedade tivesse que ressignificar seus comportamentos, modos de trabalho e pensar em estratégias de comunicação, não só nas redes, mas em todos os canais, para evitar a disseminação de notícias falsas.

Vale dizer que, as consequências das fake news são inúmeras e podem ser alarmantes, atingindo os campos sociais, econômicos, políticos, pessoais e psicológicos. 

Por esse motivo, é preciso pensar em formas de comunicar com responsabilidade – e isso vale para todos nós.

No cenário de pandemia de coronavírus, já é possível perceber muitas consequências das notícias falsas, que afetam o modo como as pessoas encaram a situação, por exemplo.

Sendo assim, as empresas, agências e até mesmo seguidores leigos devem pensar em como vão se comunicar e o que desejam transmitir.

A melhor estratégia é sempre optar por fontes confiáveis e pesquisar muito antes de compartilhar qualquer assunto, ainda mais quando não temos um conhecimento específico sobre o tema.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Pile of 3D Facebook Logos

Como orientar a produção de conteúdos para Facebook de acordo com a faixa etária

A produção de conteúdos para o Facebook exige bastante atenção e uma programação prévia, que ajudam na elaboração do material.

Apostar em bons conteúdos e boas informações, é extremamente importante para uma empresa que queria crescer no seu mercado de atuação.

Com o avanço da tecnologia, é cada vez mais comum que as pessoas passem grande parte do seu tempo conectadas, absorvendo diferentes tipos de materiais.

Por isso, as empresas que se destacam com a produção de bons conteúdos vão ganhando maior relevância e alcançando um bom posicionamento na internet, garantindo que a sua marca seja reconhecida como uma autoridade no seu segmento.

Mas, para montar um planejamento coerente com o seu negócio e com o seu público, com o objetivo de promover um compactador de solo a percussão, por exemplo, é preciso levar em consideração alguns elementos, que serão abordados no decorrer do artigo.

Para entender de modo mais detalhado sobre esses pontos, siga na leitura e conheça mais sobre a importância de elaborar materiais de qualidade para seus seguidores.

Produzindo conteúdos para o Facebook

O Facebook é uma das maiores redes sociais do momento: ela possui cerca de 2,3 bilhões de usuários no mundo todo, segundo os dados da própria plataforma.

Levando em consideração esse número, certamente grande parte dos seus clientes estarão presentes na rede e, por isso, você deve investir na atuação da sua marca no Facebook, aumentando o seu quadro de seguidores.

Para isso, é preciso conhecer as técnicas que tornam os seus conteúdos atrativos e especialmente direcionados para o seu público, de modo a atingir um bom número de visualizações.

Entre elas, podemos elencar:

  • Apostar em conteúdos evergreen;
  • Utilizar técnicas de SEO;
  • Aplicar copywriting em seus materiais;
  • Conhecer o público-alvo do seu negócio;
  • Entre outros pontos.

Conteúdos evergreen

A produção de bons conteúdos exige planejamento e prática. 

Isso quer dizer que ao escrever sobre um assunto como a importância de se realizar periodicamente o exame para toxoplasmose em gatos, você está levando uma informação de qualidade e que transmite um conhecimento importante.

Os conteúdos evergreen possuem o intuito de educar o seu público, de modo que ele entenda mais sobre um tema específico. Isso é essencial para levar dados de grande relevância para as pessoas.

Diferentemente dos textos informativos pontuais, ou seja, aqueles que possuem um conteúdo datado, um material evergreen não possui “validade”, o que quer dizer que o tema contido ali pode ser acessado por um longo período e ser sempre atual e interessante.

Por isso, ao produzir conteúdos para a sua página do Facebook, você deve apostar na elaboração de materiais evergreen, que serão de grande utilidade para os seus seguidores.

Técnicas de SEO

Se você já produz conteúdos há algum tempo, certamente já ouviu falar nas técnicas de SEO (Search Engine Optimization).

Ele é composto por elementos que podem ser essenciais para promover as suas postagens, fazendo com que elas sejam encontradas com mais facilidade pelos seus leitores.

O uso de palavras-chave, tal como “cadeira dobrável estofada”, é um desses elementos. 

Dessa forma, quando o cliente faz uma busca pelo item nas plataformas, as postagens que apresentarem a expressão mencionada serão vistas entre as primeiras posições dos resultados da pesquisa.

Utilizar imagens e títulos atrativos também são técnicas que podem auxiliar na produção de um conteúdo, deixando-o mais completo e chamativo para os seguidores.

Utilizando o copywriting nas suas postagens

Talvez você ainda não tenha aplicado o copywriting nas suas publicações, mas provavelmente já leu várias postagens na internet que utilizavam a estratégia na sua produção.

Ao escrever um texto com o intuito de vender materiais para construção ou serviço de pedreiro, por exemplo, uma empresa pode utilizar o copywriting para construir um conteúdo que resulte em uma venda.

Nesse sentido, é essencial descrever o objeto da venda, e mostrar como ele pode ser uma solução para alguma dificuldade que o seu potencial cliente pode ter no momento.

Para isso, é necessário também aplicar o Call to action (CTA), chamando o cliente para uma ação, que, nesse caso, pode ser a de adquirir aquilo que você está oferecendo.

Você conhece o seu público-alvo?

Quando você vai produzir um novo conteúdo, seja para abordar a importância da investigação detalhada Cetesb, ou sobre as principais tendências de moda da próxima estação, você precisa conhecer as características do seu público.

Isso quer dizer que para direcionar uma postagem para os seus potenciais e atuais clientes, você precisa saber mais sobre eles, entendo seus traços e suas necessidades.

Para começar, você deve levar em consideração idade, profissão, sexo e dados demográficos do seu público. Mas não é só isso. Também é preciso entender as dores e as vontades dos seus clientes, para que você possa atendê-las de modo ideal.

Com essas características bem definidas, você poderá produzir materiais adequados para os seus seguidores, prendendo a atenção deles e fazendo com que eles queiram acompanhar as suas novidades mais de perto.

Facebook: produzindo conteúdos de acordo com a faixa etária

Diferentemente do público do Instagram, que possui uma faixa etária composta por usuários mais novos, o Facebook apresenta um aumento no número de inscritos com idade superior a 35 anos.

Isso quer dizer que o público do Facebook é composto, majoritariamente, por usuários mais velhos e, por isso, você deve produzir conteúdos de acordo com essa faixa etária.

Nesse caso, para promover os seus serviços de paisagismo residencial, o resultado obtido será muito mais efetivo no Facebook do que em outras mídias.

Afinal, as pessoas que se interessam por esse tipo de serviço, certamente estarão em maioria nessa rede.

Sendo assim, você deve apostar na produção de materiais voltados para o público-alvo do seu negócio, levando em consideração as características dos usuários do Facebook.

Nesse sentido, apostar em uma nova publicação para informar sobre os benefícios de uma prótese capilar masculina faz muito mais sentido quando ela é direcionada para o público mais velho, trazendo resultados mais efetivos para a sua postagem.

Isso, porque os potenciais clientes de uma empresa utilizam as redes sociais para acompanhar as novidades dos seus amigos e parentes, mas também para receber informações sobre as suas marcas preferidas.

Por isso, as empresas que investem em conteúdos de qualidade para divulgar nos seus perfis e páginas nas redes sociais, alcançam novos negócios mais facilmente, principalmente, quando eles são desenvolvidos de acordo com a faixa etária do seu público-alvo.

Juntamente com a característica da faixa etária, você também deve direcionar a sua produção para as pessoas que mais se identificam com aquilo que você está promovendo.

Por isso, ao criar uma postagem para anunciar um produto como uma rede de proteção animal, você deve levar em conta o público interessado em adquirir esse tipo de item.

Os proprietários de imóveis e as pessoas que tenham animais domésticos, mas que estejam de mudança para um novo endereço que ainda não possua esse produto instalado nas janelas, são exemplos de usuários que vão interagir de modo mais efetivo com a sua postagem.

Certamente, ela não será direcionada para um público mais jovem, que busca por itens mais voltados para maquiagens e roupas, ou equipamentos eletrônicos para utilizar no dia a dia.

Nesse sentido, entender de modo mais abrangente as características dos seus seguidores e das pessoas interessadas nos seus serviços pode auxiliar no desenvolvimento de conteúdos mais personalizados, que possam chamar a atenção dos seus clientes.

Desse modo, você pode aumentar de maneira muito mais eficiente a atuação da sua empresa, pois é possível fornecer os seus produtos ou serviços para pessoas da mesma faixa etária, que residam em diferentes regiões, ampliando o seu atendimento.

Ao direcionar o conteúdo para um público mais característico, você acaba por gerar mais valor para os seus clientes e para a sua marca, que ao focar em um determinado objetivo, consegue alcançá-lo com muito mais facilidade e clareza.

Em paralelo, você consegue obter dados mais precisos sobre as suas publicações, podendo mensurar de maneira mais adequada as melhores maneiras de promover os seus produtos ou serviços no Facebook.

Esse é o modo mais assertivo de trazer resultados para a sua empresa, já que você pode utilizar as métricas obtidas com os dados de uma postagem para criar publicações cada vez mais eficientes, aumentando o retorno dos seus clientes.

Por isso, é de grande importância que você produza conteúdos no Facebook de acordo com a faixa etária dos usuários da rede e do seu público-alvo, tornando a sua atuação nas redes sociais mais positiva e permitindo assim alcançar os seus objetivos. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Prancheta 4

Como criar um feed atrativo para o Instagram de uma empresa

Investir em redes sociais, como o Instagram, é de grande importância para empresas de diversos setores, principalmente, por ser uma ação que viabiliza uma comunicação mais produtiva com o público devido às possibilidades de interação.

Com os consumidores cada vez mais conectados, torna-se imprescindível que as marcas estabeleçam uma presença notável nesse tipo de rede. 

No entanto, é importante que em primeiro lugar, o potencial do Instagram seja conhecido de uma forma mais clara.

A partir do ponto em que um perfil comercial é criado, por exemplo, de uma academia que oferece treinamento funcional para idosos, há possibilidade de ter acesso aos mais variados dados em relação ao público e desempenho das publicações.

Além dessa questão, recursos voltados para o impulsionamento de publicações são oferecidos, que permitem não apenas alcançar um maior público, como também segmentar o anúncio e investir valores variados.

Como ter um feed atrativo?

Soma-se a esse cenário a necessidade de ter um feed com poder de atração, afinal, não basta que os profissionais responsáveis pelas táticas de mídias sociais conheçam as melhores formas de criar campanhas e demais técnicas.

É preciso considerar que ao se deparar com o perfil de empresa, o visitante, consumidor ou cliente em potencial deve ter uma impressão positiva, pois é algo que compromete não apenas as chances de seguir, interagir e recomendar, mas também a imagem da marca como um todo.

Por essa razão, assim como em qualquer rede social, é preciso ter cautela com o tipo de feed criado. 

A seguir, confira algumas dicas gerais que podem ser vantajosas para os mais variados setores do mercado:

Aplique edições semelhantes

Imagine uma empresa da área de cosméticos que oferece entrega motoboy e aposta nas redes sociais como parte de sua estratégia de marketing digital. 

Naturalmente, uma das etapas para qualquer publicação é, ou deveria ser, a de edição das imagens.

Nesse caso, há necessidade de adotar tonalidades próximas e, até mesmo, buscar imagens que tenham alguma relação. 

Sendo assim, seja com uma imagem de um produto novo ou de uma ação em prol da reciclagem de papelão, será possível manter a harmonia.

Analise a composição do feed

O planejamento faz toda a diferença nesse cenário e, por esse motivo, é importante que exista atenção na forma de compor o feed.

É algo que envolve desde as cores até o posicionamento das fotos. Então, para isso, há possibilidade de usar aplicativos específicos para organização, de acordo com as necessidades observadas.

Vale citar que essa é uma maneira interessante de causar uma primeira impressão de impacto nos clientes e visitantes, além das diversas possibilidades para trabalhar a criatividade.

Esse fator, juntamente, com as edições semelhantes, é capaz de promover um visual mais agradável, tornando assim o Instagram uma verdadeira vitrine virtual para as empresas.

Adote um estilo

Essa é uma dica geral, pois não está apenas associada com as imagens, como também com vídeos, legendas e demais abordagens realizadas pela empresa na rede social.

O estilo da marca deve ser transmitido em cada aspecto, de forma criativa e que permita explorar a interatividade com o público e potencializar as táticas comerciais.

Nesse caso, também é de grande importância que a marca seja seletiva. Afinal, seja para uma marca que comercializa itens de higiene como papel toalha para banheiro ou de qualquer outro setor, alinhar a identidade com a qualidade fará diferença.

Deve-se considerar também que com as escolhas certas será possível fazer com que os visitantes passem mais tempo no perfil da empresa.

Tenha um padrão próprio

De certa forma, esse tópico consiste em alinhar a forma de editar, a identidade da empresa, criatividade, entre outros aspectos já abordados. 

No entanto, além desses aspectos, é preciso pensar em fatores como os seguintes:

  • Metas dos anúncios;
  • Temas a serem explorados;
  • Área de atuação;
  • Público-alvo.

Resultado de imagem para instagram feedDessa maneira, será possível evitar que as publicações sejam aleatórias, uma vez que a consistência é decisiva para que as pessoas realmente acompanhem a marca.

Em relação ao layout das imagens, é importante considerar a persona, que é a representação do cliente ideal, o que envolve fatores como as dores em relação ao produto e serviço, ambições, hábitos, entre outras possibilidades.

Ainda mais, os profissionais devem decidir se a abordagem da empresa contará com frases impactantes, valores, imagens retangulares ou quadradas, o tipo de composição ideal para as fotos e demais fatores decisivos para as publicações.

Pode-se perceber que tudo faz parte de um grande planejamento, uma vez que a coesão das imagens pode ter um impacto significativo para atrair mais clientes e, até mesmo, parceiros e investidores.

É válido ainda citar que a grade do instagram também pode ser usada em prol da criação de um padrão próprio da marca. Mosaicos, bordas e diferentes encaixes podem ser explorados.

Alinhe a diversidade com a criatividade

Se por um lado as marcas devem evitar publicações aleatórias e prezar pela harmonia, por outro, é fundamental identificar formas inteligentes de trabalhar a diversidade de conteúdo.

É algo que evita a monotonia no feed e preserva a atratividade, como no caso de uma empresa que realiza a construção de prédios, é possível explorar desde novidades da marca, até curiosidades, imagens de resultados e vídeos com depoimentos de clientes.

Há possibilidade de usufruir das diferentes funcionalidades da plataforma para que o feed conte com formatos variados nas publicações, como uma fileira com uma sequência de fotos, duas fotos e um vídeo, entre outras possibilidades.

Dicas para otimizar o uso do Instagram

Além de garantir um feed atrativo, sem dúvidas, é interessante que as empresas preocupem-se com outros fatores para potencializar a atuação no Instagram de um modo geral.

Sendo assim, entre outras ações que podem ser adotadas para um desempenho favorável da marca, é possível citar:

Elaborar com cautela os conteúdos

Em primeiro lugar, é importante dar ênfase ao fato de que o conteúdo deve ser bem planejado, assim como os demais elementos.

Todavia, é fundamental que os profissionais estabeleçam uma frequência adequada, por exemplo, uma clínica que oferece serviços de estética e massagem 24 horas pode postar duas vezes diariamente.

Ainda mais, estudar o comportamento da audiência para detectar os horários mais favoráveis para as publicações também é de grande importância.

Interagir com o público

Acrescenta-se a esse contexto o fato de que, assim como outras redes sociais, o Instagram viabiliza um relacionamento mais próximo com o público, principalmente, devido às possibilidades de interação, que pode contribuir também com a retenção de clientes.

A partir desse ponto, é interessante que as marcas busquem promover enquetes, responder comentários, mensagens diretas, entre outras alternativas que potencializam o engajamento.

É de grande importância que cada marca tenha preocupação com respostas ágeis, o que exige um monitoramento constante da plataforma. 

Caso contrário, o visitante, consumidor ou cliente em potencial pode ter a impressão de negligência e, até mesmo, desistir do contato.

Naturalmente, as opções para interação podem ser exploradas a partir de diversos meios, devido a versatilidade da plataforma, por exemplo, uma empresa que comercializa rede de proteção animal pode usar os stories para responder perguntas frequentes por meio de lives. 

São inúmeras possibilidades, o que é muito vantajoso e naturalmente, exige um grande cuidado para selecionar as opções mais compatíveis com o público. Confira a seguir mais aspectos de como esses recursos podem ser empregados.

Apostar nas diferentes funcionalidades da plataforma

Conforme abordado, as funcionalidades variadas do Instagram podem ser aproveitadas para levar uma maior diversidade ao produzir as publicações. No entanto, é possível ir além e trabalhar os conteúdos de um jeito distinto em cada meio.

Por exemplo, em uma empresa que vende sombrite para horta, stories podem ser usados para opções mais curtas e dinâmicas de conteúdos como imagens do cotidiano, ofertas e perguntas.

Já para vídeos mais elaborados, a ferramenta IGTV pode contar com depoimentos de clientes, a história da marca, características da equipe e curiosidades sobre alguns produtos são algumas das alternativas que também pode ser exploradas de uma forma mais ampla.

De qualquer maneira, é muito importante que os profissionais tenham cautela com cada etapa das estratégias de mídias sociais, principalmente ao considerar que ações inadequadas podem comprometer severamente a imagem da marca.

Para seguir as dicas apresentadas e fazer um bom uso de cada recurso encontrado na ferramenta, pode ser vantajoso realizar uma análise cautelosa sobre a situação da marca.

Além disso, é importante estar atento às metas, aos diferenciais, a audiência e demais fatores que a envolvem, uma vez que informações como essas são capazes de proporcionar um direcionamento mais assertivo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.