INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Como descobrir em que rede está o seu público-alvo?

O engajamento com as redes sociais é um dos grandes pilares para aumentar o alcance e a relevância de sua empresa. Mas, para isso, é necessário entender qual delas tem mais relação com o seu negócio e com o seu público-alvo.

No decorrer dos últimos anos, o meio digital vem crescendo com bastante velocidade, principalmente por causa de toda a repercussão e importância que a internet vem nos oferecendo desde meados dos anos 2000.

Atualmente, com o avanço da tecnologia, boa parte da população mundial está praticamente conectada quase que o tempo todo. 

Não é à toa que o aparelho celular, por exemplo, se tornou uma espécie de extensão do nosso próprio corpo, pela facilidade e comodidade que ele oferece.

Por isso, as empresas então começaram a expandir seu negócio através da internet. Com uma pesquisa rápida, qualquer usuário pode encontrar no Google algumas lojas que realizam confecção de uniformes ou qualquer outro serviço.

Principalmente nos dias de hoje, as companhias entenderam a força das redes sociais, já que quase todos os usuários, tanto de smartphones quanto de computadores em geral, utilizam delas.

Seja passando horas trocando mensagens no WhatsApp ou acompanhando stories no Instagram.

Aproveitando dessa janela de oportunidades, é o momento ideal para a sua empresa investir no meio digital, em especial nas redes sociais, sendo ela uma poderosa e ampla ferramenta para engajar seguidores e clientes, dando mais visibilidade a marca.

Seja oferecendo roupas femininas para revenda ou qualquer outro tipo de serviço ou produto, alguns fatores têm de estar muito claros em sua mente, para assim decidir a melhor rede social destinada a seu público-alvo. Por isso:

  • Conheça muito bem o seu público;
  • Saiba qual o seu diferencial;
  • Faça seus clientes se sentirem únicos;
  • Incentive o engajamento de seguidores.

Tudo isso que citamos, embora seja de senso comum para algumas práticas, devem ser levados em consideração quando for criar uma página em qualquer rede social, para que assim você possa expandir o seu alcance de forma efetiva e natural.

Definindo o seu público-alvo

Uma das maiores dúvidas para qualquer empreendedor é: qual rede social é a mais adequada para o meu negócio? A resposta dessa pergunta só pode ser respondida por você mesmo, pois cada empresa se difere da outra pelo seu ramo, valores e objetivos.

Porém, vamos dar algumas orientações para te guiar em sua decisão. Para começar, tenha em mente o que irá comercializar ou o seu “carro chefe”, pois essa pode ser uma forma de seu negócio ser conhecido.

Tenha em mente o tipo de cliente que normalmente compra o seu produto, como um judogi adidas, e quais outros públicos você deseja atingir com a comercialização do mesmo.

Em seguida, reflita sobre atitudes que podem movimentar e impulsionar o engajamento desse público. 

Como posso impactar o meu público-alvo e quais tipos de judogi eles mais compram e porquê? Qual a finalidade dessas compras? Qual ação posso tomar para mudar algo que talvez pareça não estar caminhando como eu quero?

Para que tal ação seja eficiente desde o começo, é necessário um grande planejamento. Quanto mais tempo passar desenvolvendo esses conceitos básicos do seu público, melhor será a estratégia aplicada e menos revisões de planejamento serão necessárias.

Claro que é importante, se necessário, indicar um cartão de visita nutricionista para mais interessados da área, mas primeiro tenha uma boa base de planejamento, já que ela será o alicerce para o bom marketing de seu negócio.

Por fim, é interessante também entender qual a variação de idade, sexo, nível de escolaridade e outros detalhes de seu público-alvo. Embora seja possível, esse é um dos requisitos que podem ser melhor desenvolvidos após as primeiras postagens nas redes.

Dizemos isso pois todas elas possuem ferramentas de insights, que informam diversos aspectos técnicos e dados interessantes sobre os usuários que visualizaram, compartilharam e curtiram tanto as suas publicações quanto a sua página.

Afinal, qual rede social utilizar?

Agora que o seu projeto de loja de roupa ou qualquer outro negócio já está encaminhado e você já tem definida a sua audiência, é o momento de pensar qual rede social é mais vantajosa e interessante para o seu público-alvo.

Existem as mais diversas redes sociais, porém, não é interessante estar em todas elas por alguns motivos. O primeiro deles é a constância de conteúdo que deve ser postado aos seus seguidores, conteúdo este que deve ter tanta qualidade em cada uma das redes.

O segundo é que cada rede social tem um público diferente, portanto, formatos de conteúdo diferentes. Fazer a mesma postagem em todas as redes sociais pode ser mais prejudicial do que benéfico para o seu negócio, portanto escolha um número entre 1 e 3.

Assim, seja para divulgar um banner de loja digital para aumentar o alcance de sua marca, entenda um pouco como algumas das principais redes sociais atualmente funcionam, para que assim você encontre o seu público ideal com as orientações já passadas.

1 – Facebook

O Facebook é a maior rede social no mundo, com mais de 2,6 bilhões de usuários, sendo tão famosa por reunir diversas ferramentas que podem ser úteis tanto para as pessoas comuns, que pretendem apenas se distrair, quanto para as empresas.

Se seu objetivo é expandir a marca e aumentar o alcance, saiba que, devido a sua popularidade, uma página no Facebook é praticamente obrigatória.

Possibilitando, inclusive, que o seu negócio venda pela própria plataforma, além de outras modalidades incrementadas, como o Messenger e os stories.

Também permite que você crie postagens para divulgar seus convites personalizados ou qualquer outro produto através de memes, que nada mais são do que imagens, vídeos ou GIFs com teor humorístico que chamam bastante a atenção dos usuários.

2 – YouTube

Trata-se da maior plataforma de vídeos dos dias atuais, passando um número de 2 bilhões de usuários, o YouTube hoje é utilizado por muitos como a nova televisão, mas é gratuito e você assiste o que desejar.

Dificilmente alguém não vê ao menos 1 vídeo no YouTube durante seu dia, muitos utilizando-o também como uma plataforma para ouvir músicas. 

Seus usuários são bastante engajados com os criadores de conteúdo e a força audiovisual da rede social é impressionante.

Diferente do Facebook que é mais comum todo mundo ter uma conta, o YouTube busca fidelizar um pouco mais os seus inscritos, sendo importante a constância de conteúdo de qualidade, pois é a partir dela que o canal é monetizado (embora existam outras formas).

Aqui, o público normalmente gosta do seu trabalho. Pense então no YouTube como uma extensão da sua empresa. Crie vídeos explicando algumas dúvidas frequentes de seus produtos, top 10 dos mais utilizados, entrevistando pessoas relevantes da área, etc.

Aproveite as outras redes sociais ou até mesmo da sessão de comentários dos vídeos para saber qual tipo de conteúdo as pessoas mais querem ver. Muitos donos de canais até fazem enquetes de sugestão de que tipos de vídeos os inscritos se interessam.

Isso aumenta o engajamento com o público, pois no Facebook você pode postar uma pequena imagem com alguns benefícios do seu produto e linkar a um vídeo do seu canal no YouTube, criando uma grande rede de conteúdo para sua marca.

3 – Instagram

Seja compartilhando o lançamento de uma camiseta dry fit amarela ou realizando um vlog de viagens em seus stories, o Instagram é o mais novo queridinho do público, sendo utilizado por mais de 1 bilhão de pessoas e se consolidando no mercado ao longo dos anos.

O Instagram é o principal veículo de stories, os famosos vídeos de 15 segundos onde as pessoas passam boa parte do tempo consumindo. Utilize-os para informações rápidas sobre sua empresa e seus produtos, de forma que as pessoas achem interessante.

Seja no feed ou nos stories, o conteúdo audiovisual chama muito mais atenção do que só o visual ou somente áudio, portanto, use de forma inteligente esta plataforma, criando vínculos com as demais redes sociais para chamar mais público.

4 – WhatsApp

Muito utilizado por praticamente todas as pessoas que têm um dispositivo móvel, e sendo extremamente útil para empresas pequenas e que estão começando a sua caminhada no mercado de trabalho, o WhatsApp serve como uma forma de SAC.

É uma forma de manter seu público mais conectado com a sua empresa, criando alguns grupos, divulgando informações pertinentes ao negócio, sugerindo links e outros vídeos através da plataforma, etc. São muitas possibilidades que podem ser exploradas.

Considerações finais

Independentemente da rede social escolhida, tente vincular as principais e criar uma enorme rede de comunicação, atingindo o seu público-alvo ou descobrindo melhor ele com o alcance de suas postagens.

Esperamos que essas dicas tenham te ajudado a descobrir melhor o seu público-alvo e qual rede social se encaixa de forma mais eficiente ao seu negócio. Utilize bem as orientações e, acima de tudo, seja criativo!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket