Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Como produzir conteúdos de meio de funil para e-commerce

O marketing digital é o grande aliado de qualquer e-commerce, já que para se destacar dentro do grande mar de informações que é a internet, os comércios online precisam investir em estratégias efetivas para captar o interesse do público.

Diante disso, uma das técnicas mais usadas pelos e-commerces é o planejamento de marketing com base no funil de vendas. 

Dessa maneira, é possível acompanhar a jornada de compras dos clientes, observando se eles estão mais próximos ou mais afastados da aquisição do produto ou serviço.

Nesse sentido, é necessário conhecer a representação gráfica do funil de vendas, que basicamente é dividida em: topo do funil, meio do funil e fundo do funil.

O topo é a etapa de atração, em que o usuário ainda não conhece o seu produto ou serviço, bem como não tem ideia que tem um problema e precisa de uma solução para isso (no caso, a aquisição de algo com o seu e-commerce). Ou seja, é o primeiro contato com do usuário com o seu site ou blog.

No meio do funil, temos a etapa de conversão. Aqui é importante ter um cuidado maior com o tratamento do usuário, pois a intenção é convertê-lo a um cliente em potencial.

Por isso, se ele está em busca de uma persiana double vision, por exemplo, é preciso convencê-lo a dar algum contato para você, em troca de materiais valiosos com informações sobre o produto.

Finalmente, o fundo do funil é o momento em que o cliente irá realizar a compra, mas ainda precisa daquele “empurrãozinho” da equipe de vendas, para se convencer de que está fazendo um bom negócio.

Percebe-se que as diversas etapas do funil de vendas precisam ser tratadas de modo diferente, porém progressivo, para que o usuário possa caminhar e realizar a compra.

O artigo de hoje vai dar dicas de como produzir conteúdos de meio funil para e-commerce.

Ficou interessado(a)? Então continue a leitura e venha conhecer mais sobre o marketing para comércio eletrônico!

Mas, antes de tudo, o que é o meio de funil?

O meio do funil é a etapa de conversão. Em resumo, consiste no momento em que o usuário considera o seu problema e tem a intenção de solucioná-lo de alguma forma, incluindo com a compra de um produto ou serviço.

No meio de funil, temos uma parte mais estreita do que o topo. Afinal de contas, as pessoas se mostram mais interessadas na solução que o seu e-commerce pode oferecer.

Quer dizer que o usuário já está considerando comprar caixa de papelão, ao perceber que esse artigo pode ajudar a sanar seu problema.

Porém, ainda não é a hora de concretizar a venda.

O meio de funil deve promover a curiosidade dos usuários, visto que eles ainda têm a necessidade de saber mais sobre o assunto e precisam de um conteúdo mais rico, aprofundado e informativo para ter certeza que irá fazer um bom negócio.

Mas qual é a importância de produzir conteúdo para o meio de funil? Vamos lá para algumas respostas a essa pergunta:

1 – Fornece novas informações sobre o usuário

Um dos grandes diferenciais do meio de funil é a possibilidade de obter mais dados sobre os seus clientes e, com isso, trabalhar para oferecer conteúdos ainda mais personalizados sobre o seu produto ou serviço.

Aqui, o público já tem um conhecimento maior do que no topo do funil. Significa que se o usuário está procurando por raspagem de taco, o meio do funil é o momento de mostrar mais sobre essa atividade, quais seus benefícios e quais demandas.

Assim, ocorre uma relação de mão dupla: enquanto a empresa promove conteúdo para o usuário, ele continua oferecendo dados importante sobre o seu perfil, que vão te ajudar a conhecer mais o cliente e tornar os materiais mais assertivos.

Desse modo, fica mais fácil guiar o cliente até a próxima jornada de compra.

O conteúdo é mais restrito no meio de funil, porque as pessoas já consideram a resolução de um determinado problema. 

Por conta disso, o conteúdo deve ser mais aprofundado e explicar com detalhes o assunto pelo qual seu cliente se interessa.

Em geral, as informações sobre o usuário são obtidas no momento em que ele acessa o seu material. Por exemplo, quando ele fornece um e-mail, em troca do download de um e-book com dicas de como tirar um avcb bombeiros.

Desse modo, tendo um conhecimento do perfil do cliente, fica mais fácil produzir um conteúdo que atenda às suas preferências, quebrando objeções e dúvidas acerca do seu produto ou serviço.

2 – Aumenta as chances de fechamento

Com um conteúdo personalizado, o seu e-commerce satisfaz melhor o cliente, e a tendência é que o usuário acabe virando um fã da sua marca.

Além do mais, o público se sente mais seguro para contratar a sua empresa, pois reconhece o seu conhecimento sobre o assunto e a autoridade do seu negócio no mercado.

Por conta disso, é necessário preparar bons textos e materiais, que não somente despertem o interesse pelo produto ou serviço comercializado, mas também mostre as vantagens do seu e-commerce.

Por exemplo, não somente venda uma balança digital 150kg, mas fale quais são os diferenciais da sua empresa, como por exemplo, o trabalho com equipamentos com certificação, etc.

Se você provar que domina bem o assunto, resolva os problemas do usuário com conteúdos relevantes. Assim, os clientes darão preferência para o seu e-commerce na hora de realizar a compra.

3 dicas de conteúdos para meio do funil

O ponto principal na produção de conteúdo para meio de funil é ter atenção à informação abordada no seu material. Afinal de contas, estamos na fase do convencimento. 

Por isso, é importante trazer dados mais concretos, que apresentem soluções para as possíveis dúvidas dos clientes.

Abaixo, confira algumas dicas de materiais para produzir conteúdo para o meio de funil.

1 – Blog posts

Os blog posts normalmente são usados no topo de funil, mas eles também podem servir para conquistar a atenção de usuários que já caminham pela jornada de compras e buscam novas informações sobre um determinado assunto.

Contudo, para a produção de blog posts de meio de funil, é preciso considerar que o público tem um conhecimento básico sobre a temática.

Por exemplo, ele conhece o enxoval de menina comercializado pelo seu e-commerce, sabe a importância de adquirir o produto, mas ainda falta aquele “toque” para convencê-lo a comprar. Sendo assim, é preciso produzir textos com mais riquezas de detalhes.

2 – Newsletters

Também conhecida como boletim informativo, a newsletter é um e-mail informativo enviado aos clientes e potenciais clientes. Algumas características desse material são:

  • Tem periodicidade, como jornais e revistas;
  • Possui uma linha editorial definida;
  • Tem um formato parecido com jornal impresso;
  • É enviada, comumente, por meios eletrônicos (e-mail).

A newsletter é focada na produção de conteúdo, com menor interesse em vendas. 

Ou seja, o boletim informativo de uma escola, por exemplo, pode trazer informações sobre o ensino de crianças no maternal 1, sem a intenção de mostrar nenhum serviço ao cliente.

O objetivo da newsletter não é funcionar como uma mala direta para promoções do seu e-commerce, mas sim, trazer informações relevantes ao público que se interessa por assuntos relacionados ao nicho de atuação da sua marca.

3 – E-books

Os e-books, ou livros eletrônicos, são os conteúdos para meio de funil mais populares dentro das estratégias de marketing digital. Eles são indicados para tratar de temas mais complexos, que seriam grandes demais para um blog post.

Por exemplo, um restaurante que trabalha com kit marmita, pode oferecer um e-book com receitas para os usuários.

Os livros eletrônicos são uma ótima alternativa para o esclarecimento de dúvidas do público, além de falar sobre as soluções que a sua empresa oferece. 

Normalmente, eles podem ser baixados em formato .PDF, em troca de um contato de e-mail do usuário.

Conclusão

O meio do funil é uma das etapas mais importantes da jornada de compra do cliente, pois ele será o responsável por converter meros usuários em leads (potenciais clientes), isto é, pessoas interessadas em fechar negócio com o seu e-commerce.

Por conta disso, vale a pena oferecer algo relevante ao público, com informações precisas e dados concretos sobre assuntos que envolvem o seu produto ou serviço, mas também o nicho de atuação.

Desse modo, é possível conquistar a confiança da audiência e, mais do que isso, se portar como uma autoridade no mercado, destacando-se perante uma concorrência exigente e um ambiente altamente competitivo, que é a internet.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Referências

https://rockcontent.com/blog/meio-de-funil/

https://www.ecommercebrasil.com.br/artigos/marketing-conteudo-funil-de-vendas/

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Mais notícias para você

Shopping Basket