INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Como promover uma gestão de mudanças e inovação na empresa?

As mudanças podem gerar desconfortos nas pessoas, principalmente em ambientes corporativos. Para evitar isso e auxiliá-las é necessário ter uma boa gestão de mudanças, com profissionais preparados para qualquer ocasião.  

Se uma gestão de mudanças não for realizada corretamente os impactos negativos na empresa e em seus funcionários podem ser expressivos. 

Às mudanças podem ser positivas ou negativas, tudo aquilo que está fora dos padrões cotidianos pode ser considerado uma mudança.

O que acaba gerando o medo de mudança é a imaginação do ser humano, que traça mentalmente uma série de cenários, podendo ser catastróficos ou esperançosos, o que depende muito da personalidade de cada pessoa.

Porém, é necessário ter inteligência emocional e resiliência para saber lidar com todos os sentimentos que as mudanças causam. 

Aprender a gerir esses sentimentos não precisa ser um processo realizado sozinho. Existe uma série de profissionais que podem auxiliar uma pessoa a passar por esses sentimentos. 

Além do fator humano que deve ser pensado, existe o planejamento logístico e orçamentário para passar por uma mudança sem grandes problemas, pois até mesmo criar um piso elevado para escritório exige planejamento. 

Por exemplo, comprar móveis que não passam pelas portas do escritório gera um aumento significativo nos custos com mudanças. 

Uma equipe especializada que saiba pensar nos mínimos detalhes pode evitar esse tipo de acontecimento auxiliando nas decisões dos líderes e dos gestores. 

Pois toda empresa precisa passar por mudanças, principalmente no século da tecnologia, onde as ferramentas e softwares estão constantemente se atualizando. 

Portanto, o objetivo desse texto é apresentar ao leitor o uma gestão de mudança e inovação dentro de uma empresa, qual a sua importância, e apresentar algumas dicas para implementar a gestão de forma fácil e prática.

 

O que é gestão de mudança e inovação? 

A gestão de mudanças e inovações é um processo realizado para auxiliar as empresas a passarem por mudanças organizacionais, estruturais e táticas. 

Sendo importante para a saúde da organização, assim como uma consulta com otorrino é importante para a saúde humana. 

A equipe responsável pelas mudanças deve incentivar os funcionários a se adaptarem e gostarem de inovações, incorporando na cultura da empresa a vontade de passar por mudanças para evoluir. 

Além disso, a gestão de mudança planeja todos os acontecimentos envolvidos no processo, de forma a não impactar de forma negativa a empresa.

 

Quais são os benefícios de realizar uma gestão de mudança? 

Ter uma equipe especializada em gerir as mudanças de uma empresa pode proporcionar os seguintes benefícios:

  • Reduz os riscos;
  • Auxilia na avaliação de custos;
  • Auxilia no planejamento de investimentos;
  • Auxilia no alinhamento estratégico;
  • Aumenta a produtividade;
  • A empresa se torna mais moderna.

 

Uma boa gestão de mudanças traz como principal benefício a redução de riscos, assim como uma cadeira alta com encosto para cozinha, pois todos os pontos são bem pensados para evitar imprevistos e contratempos. 

Além disso, a avaliação do custo das mudanças é pensada com mais clareza, diante de um plano bem detalhado, auxiliando também, no planejamento dos investimentos que serão realizados durante as mudanças. 

Outro ponto positivo é a melhora do alinhamento estratégico de todos os funcionários da empresa, que ficam a par dos acontecimentos da empresa. 

Por fim, todos esses benefícios culminam no aumento da produtividade e lucratividade, trazendo bem estar para os funcionários, assim como um residencial de idosos.

 

Tipos de mudanças empresariais 

Às mudanças empresariais passíveis de uma gestão são as seguintes;

  • Transformacional;
  • Incremental;
  • Planejada;
  • Improvisado;
  • Emergencial;
  • Radical.

 

Todas essas mudanças trazem algum tipo de impacto para a empresa, saber diferenciá-las e geri-las é essencial para qualquer empreendedor. 

 

Transformacional 

As mudanças transformacionais são aquelas que ocorrem na cultura e no clima da empresa, ou seja, estão relacionadas com a alteração dos ideais, planos estratégicos e tratamento de funcionários e clientes. 

Esse tipo de mudança pode trazer grandes impactos para os colaboradores, pois é algo profundo e que interfere no funcionamento da empresa. 

 

Incremental

Como o próprio nome diz, a mudança incremental é quando insere-se um novo método, ferramenta ou procedimento na empresa. 

É algo corriqueiro e que não causa grandes impactos no cotidiano de uma organização. Por exemplo, criar uma medalha personalizada metal para o funcionário do mês, uma inovação que recompensa o funcionário. 

 

Planejada

A mudança planejada possui uma gestão de três níveis por trás de suas ações. Sendo o primeiro nível o de preparação, responsável por determinar quais os objetivos e metas que serão alcançados com a mudança. 

O segundo nível é de inserção, onde coloca-se em prática o que foi planejado. O terceiro nível é o de mudança, onde a gestão é responsável por divulgar os benefícios alcançados com aquelas mudanças. 

Um exemplo desse tipo de mudanças é a criação de uma sala planejada moderna, com a inserção de novos móveis e uma nova funcionalidade para o espaço. 

 

Improvisado

As mudanças improvisadas não possuem um planejamento prévio, portanto são mais difíceis de serem geridas, requerendo muito esforço da equipe para que obtenha sucesso. 

 

Emergencial

As mudanças emergenciais também não são planejadas, entretanto, ocorrem devido a problemas inesperados no cotidiano de uma empresa. 

Saber lidar com as mudanças emergenciais é fundamental para que uma empresa continue ativa no mercado, pois existe uma série de situações que não é possível prever, mas que é necessário saber lidar. 

 

Radical

As mudanças radicais são as que mais afetam uma empresa, dentro dessa classificação. Ocorrem geralmente quando a empresa deseja maximizar seu desempenho para alcançar objetivos ainda mais altos, não sendo algo corriqueiro, mas às vezes necessário. 

Um exemplo de mudança radical é o rebranding, quando a empresa muda todo o conceito de sua marca e até mesmo a sua cultura. 

 

04 dicas para realizar uma gestão de mudanças e inovações 

Gerir uma mudança dentro da organização não é um processo fácil, portanto, segue abaixo 04 dicas que podem auxiliar um empreendedor nesse processo:

  • Aplique treinamentos; 
  • Tenha indicadores de desempenho; 
  • Tenha uma comunicação diária; 
  • Insira a vontade de mudança na cultura empresarial. 

 

Apesar de parecerem dicas simples, elas podem auxiliar um empreendedor a obter um maior sucesso no mercado ao qual está inserido. 

 

Dica 01 – Aplique treinamentos

A inserção de novas ferramentas, softwares e outras tecnologias sempre estão presentes nas mudanças cotidianas, pois o setor tecnológico está constantemente criando novos produtos, mais eficientes e modernos. 

Para uma empresa conseguir desempenhar suas atividades plenamente é necessário inserir essas novas tecnologias, ou até mesmo melhorias dos processos e metodologias, de maneira gradual e planejada. 

Principalmente através de treinamentos, antes da instalação das mudanças de maneira definitiva. Por exemplo, treinar os funcionários que realizam as entrega de exames motoboy, para que melhorem o atendimento ao público. 

 

Dica 02 – Tenha indicadores de desempenho

A melhor forma de compreender o que uma empresa precisa mudar e se as mudanças implementadas posteriormente funcionam, é através dos indicadores de desempenho.

Esses indicadores podem abranger diversos fatores, como a produtividade, rastreabilidade, eficiência, satisfação do funcionário e do cliente, dentre diversos outros exemplos. 

 

Dica 03 – Tenha uma comunicação diária

Outra coisa que vai garantir uma gestão de mudanças mais fácil, é a comunicação frequente com os funcionários, assim como os médicos osteopatas se comunicam com seus pacientes, que geralmente são os que mais sofrem com essas mudanças. 

Dessa forma, os funcionários estarão a par de todas as informações pertinentes, e não ficaram ansiosos ou com expectativas diferentes.

 

Dica 04 – Insira a vontade de mudança na cultura empresarial 

Mudanças podem gerar uma série de desconfortos ligados a incertezas nas pessoas, e isso cria um bloqueio em gostar e aceitar as mudanças. 

Portanto, deve ser algo inserido na cultura da empresa, estando presente até nos valores, com palavras como “modernização”  e “empresa aberta a mudanças”. Já contrate o funcionário sabendo que ele é adepto a mudanças. 

 

Considerações Finais 

As mudanças são coisas corriqueiras em uma organização, elas devem ocorrer periodicamente, e às vezes até por obrigatoriedade, devido a algum acontecimento emergencial. 

As mudanças podem variar desde alterações no espaço físico da empresa, como reformas ou mudanças de endereços, a alterações não tangíveis, ligadas a forma da empresa se posicionar no mercado e sua cultura organizacional. 

Ter uma equipe de gestão de mudanças auxilia as empresas a passarem por esses contratempos e conseguirem inserir de maneira mais simples e sem grandes contratempos novas tecnologias, metodologias e processos. 

Às 04 dicas apresentadas no texto, com certeza irão auxiliar o empreendedor e sua equipe na construção de uma boa gestão de mudanças, incluindo e acolhendo os funcionários que passam pela maior parte desse desafio. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.