INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Conheça o Mix de marketing: Como os 4ps podem te ajudar?

Está no conceito popular que o marketing é uma estratégia importante para promover a venda de produtos e serviços de uma empresa. Entretanto, essa ferramenta vai muito além disso, o que é demonstrado pelo Mix de Marketing.  

Conseguir montar uma estratégia de marketing é essencial para qualquer tipo de organização se destacar no mercado e obter sucesso, portanto, entender o conceito de Mix de Marketing é o ponto-chave para isso.

 

O que é Mix de Marketing? 

 

O Mix de Marketing trata-se de um conjunto de quatro variáveis que auxiliam o empreendedor a produzirem um bom plano de marketing, garantindo o sucesso da empresa no mercado ao qual está inserida. 

O conceito dessa ferramenta foi criado na década de 1960 pelo professor e escritor Jerome McCarthy. Ele definiu os 4 pilares fundamentais para qualquer estratégia de marketing, também denominados como os 4 Ps.

Posteriormente, ao longo dos anos, outros autores contribuíram para aperfeiçoar o conceito e as estratégias de Mix de Marketing. 

Sendo o escritor Philip Kotler, responsável por popularizar o termo, após escrever seu livro citando o Mix de Marketing de McCarthy como uma das principais classificações de marketing. 

Atualmente, os conceitos dessa área estão muito mais avançados, sendo utilizados até mesmo software de gestão comercial. Entretanto, entender esses conceitos base, como o Mix de Marketing, é essencial.

 

Mas, afinal, o que são os 4 Ps?

 

McCarthy definiu como 4 Ps o preço, o produto, a praça e a promoção. Esses quatro elementos básicos compõem o conceito de Mix de Marketing, que ficarão claros mais adiante.

 

O produto

 

O produto, também conhecido como objeto, se refere aos bens e serviços que a empresa disponibiliza para comercializar no mercado. O produto pode ser categorizado como objetos, ideais, serviços, e assim por diante. 

Nesse ponto, é fundamental entender realmente o que o consumidor deseja adquirir, para que o seu produto ou serviço resolva as necessidades ou problemas do consumidor. 

Para auxiliar na definição do produto central, podem ser feitas as seguintes perguntas: 

  1. O que poderia resolver as necessidades do seu cliente;
  2. O que o cliente espera do produto;
  3. Como o cliente irá usar o produto; 
  4. Quando o cliente irá usar o produto; 
  5. Onde o cliente irá usar o produto;
  6. Como o seu produto se diferencia no mercado. 

 

Responder a essas questões irá auxiliar o empreendedor a criar um produto que seja do interesse de seus clientes.

Há uns anos atrás, os vendedores se preocupavam apenas em produzir bens e serviços, como vender um notebook novo.

Mas, atualmente, o mercado busca criar laços com seus clientes, construindo uma relação de fidelidade com a clientela e não apenas oferecendo seus produtos. 

Fazer com que um cliente volte a comprar na sua loja ou contrate seus serviços é mais simples e prático do que angariar novos consumidores. 

Desse modo, realizar uma pesquisa de mercado antes de lançar um produto é essencial, pois nota-se quais são as reais necessidades e desejos do seu cliente alvo.   

O preço 

 

Quando o seu produto custará no mercado é outro ponto importante que deve ser analisado, pois será ele que influenciará ou não a compra do produto por parte do cliente. 

Para estipular um bom preço ao seu produto, deve-se realizar uma avaliação de ativos e passivos, considerando os custos com matéria-prima, energia elétrica, água, mão de obra, entre outros fatores. 

Para vender bem, nem sempre um produto precisa ser barato, como é o exemplo dos itens de luxo ou dos produtos vendidos pelas grandes marcas. 

O preço de um produto não está atrelado a apenas seu valor de custo, mas também com a percepção do público a respeito do produto no mercado. 

Então, é crucial ter a compreensão do posicionamento de marca da empresa para estabelecer um valor aos seus serviços e produtos. 

Quem sabe até mesmo contratar uma empresa de comunicação visual para auxiliar no posicionamento da marca e na construção da imagem do seu negócio, o que também será atrelado ao valor do produto.

Além de saber o quanto a concorrência cobra para oferecer um produto parecido com o seu e, claro, qual a margem de lucro você pretende atingir com um valor X de investimentos. 

De forma geral, o mais importante é trabalhar com um preço coerente e que irá representar um bom custo-benefício para essa clientela, atrelando ao valor o preço da sua marca.

 

A praça 

 

Esse pilar do Mix de Marketing se refere aonde o cliente precisa ir para adquirir o seu produto, bem como onde ele será vendido.

Para determinar a praça também é necessário realizar uma pesquisa de mercado e definir quais os locais seu público-alvo frequenta e como seria a maneira mais adequada dele adquirir esse produto.

Portanto, tenha sempre em mente a seguinte questão: qual o comportamento de compra do meu cliente para que eu possa oferecer meu produto na hora certa? 

Ao mesmo tempo, lembre-se: não adianta ter um espaço bonito e requintado para oferecer seus produtos e serviços, se os seus clientes não frequentam o local. 

Atualmente, existem várias opções para realizar a venda de produtos. Como, por exemplo, os pontos presenciais, como sala comercial para alugar, e as vendas pela internet. Desse modo, entender de marketing digital pode auxiliar no delineamento da praça. 

 

A promoção  

 

Esse pilar diz respeito sobre a maneira de promover a sua marca, seu produto e serviços. Não diz respeito a liquidações de estoques e reduções de preços, são as atividades de marketing que chegam até os clientes. 

Nesse ponto, o empreendedor irá pensar sobre quais estratégias de marketing irá utilizar para atrair a clientela. Ou seja, divulgações nas redes sociais, folders empresariais, envio de e-mail marketing, anúncios tradicionais em canais de televisão e outdoors, entre outros. 

Para definir o meio de promoção do seu trabalho é necessário pensar sobre qual o melhor momento para lançar seu anúncio, quando seus clientes estão mais aptos para receber mensagens da sua empresa. 

É possível notar que cada rede social possui um horário específico e ideal para disparar os anúncios, portanto, o momento está muito atrelado ao veículo de  comunicação, que varia de um para o outro. 

Entender como a sua concorrência trabalha a promoção de seus serviços e como isso afeta a sua promoção, é também outro ponto a se pensar. 

Acima de tudo, refletir sobre quais são os melhores meios e canais para promover a sua marca, portanto, analise quais canais de comunicação seus clientes utilizam. 

Por exemplo, se for um público mais jovem, é interessante investir em promoções do produto nas redes sociais e em sites na internet. Para públicos mais velhos, pode ser que investir em anúncios nos jornais, rádios e outdoors atraia mais clientes.

Existem diversas opções disponíveis no mercado, e alguns empreendedores já possuem um escritório compartilhado coworking para debater esses assuntos e planejar novas promoções e estratégias de vendas. 

Passos para aplicar o Mix de Marketing no seu negócio 

 

A competitividade do mercado aumentou muito nos últimos anos, compreender e saber aplicar os 4 Ps pode auxiliar no aumento das vendas e crescimento do seu negócio.

Para aplicar o Mix de Marketing é necessário primeiramente definir o seu público-alvo, depois realizar pesquisas de mercado para entender o comportamento da audiência e quais são as suas necessidades. 

Também é necessário realizar pesquisas a respeito de concorrentes que oferecem produtos similares ao que você irá oferecer, dessa forma, compreende-se qual o seu posicionamento de marca, o quanto você pode cobrar e quais são seus pontos diferenciais. 

Ter uma assessoria empresarial é uma alternativa interessante para definir esses pontos iniciais de um negócio, de uma maneira mais fácil e confiável.

Uma assessoria composta com profissionais capacitados, como administradores, especialistas em marketing digital e promotores pode garantir o sucesso do seu negócio, uma vez que as orientações no momento certo são essenciais para aumentar as vendas. 

De forma geral, para obter um bom Mix de Marketing é necessário fazer pesquisas de mercado, conhecer seu público, realizar investimento e focar em oferecer um serviço ou um produto diferente da concorrência.

 

Conclusão 

 

O Mix de Marketing, também conhecido como os 4 Ps (preço, produto, praça e promoção) apresenta os quatro pilares fundamentais para a construção de uma boa estratégia de marketing. 

Entender e seguir esses conceitos é importante para criar boas estratégias de marketing, definindo um preço conivente e justo para seu produto ou serviço.

Isso estabelece um bom público-alvo e promove o conhecimento dessa audiência através de pesquisas de mercado, que se fundamentam no interesse de solucionar os problemas e as necessidades dos clientes. 

De forma geral, o Mix de Marketing impulsiona o empreendedor a trabalhar em prol do seu cliente, se diferenciando da concorrência e oferecendo o melhor de seus serviços e produtos.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.