INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

CRO: o que é e como ele funciona

O CRO é uma das maiores preocupações entre profissionais do marketing, bem como uma das maiores e melhores soluções relacionadas à melhoria de compras e relacionamento com clientes, tudo por meio de plataformas online.

A importância dessa técnica, voltada para a conversão de leads, pode ser atingida por meio de algumas dicas, trazendo resultados cada vez melhores para o site de uma empresa. Confira no texto abaixo tudo o que você precisa para melhorar sua taxa de otimização!

Mas afinal, o que é CRO?

CRO nada mais é do que a sigla para Conversion Rate Optimization, que tem como significado em português Otimização de Conversão. A conversão é a ação de mudança de uma pessoa que entra em contato com um negócio por meio de site, para potencial cliente.

Por exemplo, uma escola de ensino fundamental particular passa a fazer suas principais anunciações de novas matrículas por meio de um site, elaborado de maneira totalmente comercial, oferecendo a oportunidade de conhecimento e agendamento de matrícula.

A quantidade de pessoas que entram no site, por meio de anúncios, divulgação ou pesquisa por meio da internet são contabilizadas por sistemas específicos. 

No momento em que passam de visitantes para interessadas pela matrícula da referida escola, é possível entender que houve uma conversão. Essa transformação em potencial cliente, ou seja, pessoa que irá até o local para fechar contrato, chama-se lead.

Essa conversão pode levar a ações tanto imediatas, como no caso de compras online, quanto a interesses pelo produto ou preço, que são sinalizados por meio do preenchimento de informações pessoais ou contato com funcionários pela web.

O CRO é então uma forma de melhorar a conversão dentro sites, incorporando às estratégias de marketing inúmeras formas para mudar a ação de clientes de qualquer tipo de negócio com presença online, seja melhorando páginas de venda ou refazendo ações.

A implementação de atitudes de CRO é possível por meio da análise da taxa de conversão de um site comercial. É por meio desse dado que é possível enxergar qual estratégia pode estar sendo feita da maneira errada e o que pode ser modificado nela.

Para que essa análise possa ser feita de maneira correta, é preciso verificar qual o tráfego do site, os locais na plataforma onde clientes mais se sentem atraídos e também fazer testes  comparativos, dicas que serão melhor aprofundadas ao longo do texto.

Entenda qual a importância do CRO

A importância de um CRO, como bem informado acima, é melhorar a taxa de conversão, ou seja, a quantidade de pessoas que entram no site da empresa e se interessam em comprar ou pedir informações sobre um produto ou serviço oferecido na divulgação.

Chegar a esse resultado pode trazer mais importância do que uma grande quantidade de pessoas interessadas no negócio. Bem como na maior parte dos negócios, um interesse em compra ou até a realização dela traz benefícios para um empreendimento.

O primeiro deles pode ser visto no aumento das vendas,que são um dos principais objetivos de empreendedores, afinal, quanto mais dinheiro entrando, mais um negócio pode ser considerado de sucesso, além de ser uma ótima oportunidade de melhorias.

Uma segunda boa vantagem da melhoria do CRO é o fato de que o ticket médio de compras em um site pode subir, registrando então, uma melhoria nos negócios e uma comprovação sobre as técnicas sendo utilizadas.

Por exemplo, utilizando métodos de otimização de conversão em um site de uma empresa de informática, foi possível entender que além das compras diárias de notebook novo, clientes passaram a comprar, ainda, mouses que apareciam como sugestão. 

Assim, ficou comprovado que o valor médio de rentabilidade no site subiu, algo que animou tanto as equipes quanto os donos da empresa. Essa mudança é um gatilho a mais para uma terceira vantagem do CRO: a redução de gastos para alcançar um cliente.

Muitas vezes, empresas acabam utilizando inúmeras estratégias para chamar a atenção de compradores, quando algumas soluções podem ser facilmente encontradas por meio de mudanças estratégicas dentro do próprio site.

A experiência do usuário, então, passa a ser prioridade das técnicas de CRO, podendo trazer vantagens relacionadas às oportunidades perdidas, ou seja, a quarta vantagem de fazer um CRO de qualidade na plataforma online de uma empresa.

Por exemplo, um layout que não favorece uma compra, nem ao menos chama a atenção de um possível cliente para a obtenção de um produto ou interesse de um serviço é um erro recorrente, mas pode ser facilmente corrigido com uma avaliação de ativos e passivos.

Todas essas vantagens têm como objetivo garantir a alta taxa de importância de uma empresa, bem como a autoridade dessa marca diante de clientes e do próprio mercado em que ela está inserida, trazendo então possibilidades de pioneirismo.

Como otimizar a taxa de conversão?

Agora que você entendeu como é possível modificar a realidade do site da sua empresa para gerar mais receita e vantagens relacionadas ao trabalho com propósito de sua equipe, confira algumas dicas para colocar em prática o CRO:

1. Experiência do usuário é rei

Conforme explicado anteriormente, a experiência de um usuário no site de uma empresa é essencial para que ele afirme o poder de comprar ou não aquela ideal, transformando-se ou não em um lead, também chamado de potencial comprador.

Para incorporar mudanças mais positivas, verifique quais são as partes do site mais clicadas por um visitante. Essas informações podem ser encontradas por meio de um painel de controle e também por aplicativos e ferramentas de marketing disponíveis na web.

Algumas delas são:

  • Design do site;
  • Mídias utilizadas;
  • Palavras e frases;
  • Produtos e serviços;
  • Conteúdos de Blog.

Além de verificar os pontos de interesse, é possível sugerir melhorias ou compreender melhor os gostos e desejos do possível comprador por meio de testes A/B, que funcionam entregando as mesmas informações, mas com comunicações escritas e visuais diferentes.

Por exemplo, em um site A de uma loja de chaveiro automotivo 24 horas algumas informações foram reduzidas à comunicação própria de redes sociais, como palavras ou frases mais curtas e diretas e designs mais intuitivos e minimalistas.

Na página de testes B, a preferência foi por uma comunicação mais séria, com informações detalhadas, imagens mais coloridas e um design mais voltado para o consumo via computadores, menos incorporado de mecanismos de redes sociais.

A partir dessa análise é possível entender qual será a melhor escolha de potenciais clientes, percebendo isso pela quantidade de acessos, fechamentos de contratos e interesse do público via buscadores. Aqui a comparação e análise é essencial!

Um outro ponto, que faz parte da experiência do usuário dentro da página de uma empresa é o tempo que ele passa no site até que todas as informações apareçam. A velocidade do site é, também, algo essencial para a permanência de uma lead nele

2. Implemente a comunicação direta

Seu site permite que o contato de um potencial cliente seja imediato, acompanhando a chegada de seu interesse pela compra? Você poderá entender melhor essa questão ao notar a presença, por exemplo, de robôs de chat, que fazem entregas rápidas.

Esses robôs, também conhecidos como chatbots, são ferramentas de comunicação direta de um cliente com funcionários de uma empresa, de forma com que dúvidas e vontades de compra sejam rapidamente atendidas, mesmo que com informações automáticas.

Também é interessante que o contato seja feito por meio de inúmeros botões ao longo do site, que levam sempre ao contato com pessoas responsáveis pela aquisição do serviço, e precisam estar visíveis, bem como uma sinalização de trânsito horizontal.

3. Aproveite o tráfego de itens específicos

Dentro de suas análises anteriores às práticas de CRO, você pode ter notado que alguns links, informações ou partes do seu site receberam bem mais atenção do público do que outras. Pegue esses conteúdos e utilize-os em outras possibilidades do seu site.

Por exemplo, uma plataforma de uma empresa de sacola de tecido personalizada teve como principal popularidade dentro do site os conteúdos sobre confecção e escolha de tecidos para fabricação caseira de sacolas, um resultado disparado pelas próprias vendas.

É possível utilizar o sucesso dessas publicações para conquistar o desejo de compra de outros produtos, como e-book ou livros sobre esses conteúdos, aulas e produtos únicos, que podem ser utilizados para confecção própria.

4. Crie um fluxo de relacionamento

Além das mudanças e testes dentro do seu site, tente, se possível, investir em ferramentas que possibilitem maior comunicação entre você e um cliente, bem como aquelas que continuam o relacionamento por meio de e-mail ou aplicativos de mensagem.

É possível criar ainda mais vantagens e oportunidades de compra, isso para todas as empresas desde uma que trabalhe com projeto data center até uma loja de roupas. 

Conclusão

Assim que for implementando as mudanças na sua página, por meio das dicas informadas, procure sempre fazer análises, do que vai ou não funcionar. Dessa forma você estará caminhando para a comunicação perfeita com seus clientes, permitindo mais vendas.

Por fim, não tente subestimar o CRO, com ele você verá que seus resultados poderão triplicar.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket