INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

CTA: Como desenvolver chamadas para um e-commerce?

Como convencer usuários e pessoas que passam em seu site, veem seus produtos e têm algum interesse em efetivar uma compra? Esse último passo é importante e pode ser um tanto difícil. Por isso, usar uma estratégia de CTA pode ser extremamente eficaz. 

Se você deseja entender mais sobre esse conceito no marketing digital utilizado nas principais plataformas de e-commerce, então continue a leitura! 

Afinal, o que é um CTA?

O conceito de CTA, ou Call-To-Action, é bastante simples, pois trata-se de um convite ou uma chamada atrativa para um usuário que passa pelo seu site ou por algum canal seu para realizar alguma ação. 

É possível ver exemplos disso em qualquer site de cunho comercial, a partir de textos persuasivos e botões para que uma ação que seu e-commerce queira que o cliente faça seja efetuada. 

Geralmente, funciona assim: depois que uma marca apresenta detalhes de um produto ou alguma novidade para os seus clientes, há no conteúdo, normalmente no final, uma síntese de toda a ação que você deveria tomar em relação ao que a companhia quer passar. 

Um grupo de trabalhadores ativistas de um espaço de coworking poderia, por exemplo, querer divulgar o lugar que eles criaram a partir de um conteúdo especial no blog oficial. 

Provavelmente, nesse texto, haverá um CTA justamente chamando o usuário para ação de baixar, por exemplo, um ebook que se aprofunda mais nesse tema. 

No geral, as chamadas para ação estão em formulários, botões ou  caixas de texto que facilitam a experiência do usuário. 

Além do óbvio CTA no final do texto, é interessante pensar em mais de uma chamada espalhada por algumas áreas estratégicas do conteúdo.

Mas, como fazer uma chamada para ação?

Antes de tudo, é preciso que você defina qual é o objetivo de se ter um CTA em determinado conteúdo, seja ele sobre entrega expressa motoboy ou a respeito de algum produto específico do seu e-commerce. 

Seu objetivo é aumentar o número de pessoas que se inscrevem na newsletter, alavancar suas vendas ou transferir os leitores para outro conteúdo estratégico?

Assim que você definir isso e tiver bem claro, você pode pensar na melhor forma de como fazer um bom CTA para gerar mais conversões baseadas no objetivo que traçou anteriormente.

Mas é comum ver CTAs muito simples ou que não casam muito com o conteúdo de entrega expressa transportadora em si. Muitas empresas investem muito tempo, esforço e recursos na criação de seus anúncios, redes sociais e campanhas por e-mail.

Mesmo com todo esse investimento, em seguida colocam um CTA tímido no final. Essa é a receita do que não fazer, uma vez que o conteúdo chamativo deste recurso deve ser certeiro e muito alinhado com o texto e com o despertar da vontade por parte do usuário.

Por isso, você não pode usar qualquer CTA. Por si só, uma chamada qualquer não resolve. Seu e-commerce precisa mesmo é construir um forte que realmente faça as pessoas agirem ao procurarem, por exemplo, roupas femininas para revenda.

Os dois propósitos principais de fazer um apelo a uma ação são: dizer a alguém o que deve fazer naquele exato momento, sem perder tempo, e a motivação para esse ato.

Ou seja, identificar o que o usuário ganharia com isso. Não em termos de dinheiro, mas em agregação de valor, como conhecimento, mais elementos para uma tomada de decisão acertada e, se possível, um desconto, um brinde, etc. 

Essa equação do propósito do CTA é essencial para qualquer profissional que trabalha com marketing e copywriting

Muitos se lembram de dizer às pessoas o que elas devem fazer, mas esquecem a parte do porquê. Sem isso, você não verá crescer as taxas de conversão que atendem às suas expectativas

Mesmo que o seu conteúdo antes do CTA já mostre esses dois pontos de forma clara, nunca é demais fazer uma recapitulação rápida em uma frase apenas com um chamariz mais poderoso, por exemplo: 

“Quer saber mais? Então, aproveite para ganhar um judogi adidas de graça na compra de qualquer outro produto do site. Corra que as opções estão acabando!”

Qual deve ser o tamanho do CTA?

Uma frase de CTA, segundo os especialistas, deve se resumir a apenas algumas palavras? A resposta certa é: depende. Depende do tipo do seu conteúdo, se é sobre confecção de uniformes ou não, e o que você quer passar por meio dele. Um bom CTA é coerente.

Então, se uma frase curta e concisa chamar mais atenção do que algumas palavras, então essa é a chamada para ação que você precisa. 

Embora os CTAs tenham o DNA de serem curtos, especialmente botões ou caixas de texto clicáveis, os mais “longos” às vezes podem funcionar a seu favor, se forem concisos e objetivos.

Ser conciso não precisa significar um CTA muito curto. A brevidade e a franqueza de um CTA bem escrito colocará foco na chamada, o que aumenta as chances de conversão para o seu projeto de loja de roupa.

Dicas para fazer CTAs assertivos

Como vimos, os CTAs convocam um visitante, usuário ou qualquer pessoa que passe por um conteúdo seu, seja de gestão patrimonial ou qualquer outro, a realizar uma ação, seja em um canal como e-mail ou anúncio. 

Mas, às vezes, isso deve ir muito mais além do que simplesmente colocar um botão “clique aqui” ou “compre agora” em sua página.

Como qualquer prática de marketing, há uma certa estratégia embutida por trás. Dentre elas, podemos mencionar:

  • Utilize a cor certa para o CTA dentro do conteúdo;
  • Quando der, fale na primeira pessoa e seja mais direto;
  • Use palavras fortes e poderosas, que chamam atenção;
  • Se for possível, coloque um botão realmente como CTA.

A seguir, separamos alguns passos que vão facilitar sua vida na hora de executar um CTA de qualidade e que converta mais do que aqueles que você fazia antes:

1 – Chame a atenção do visitante

Você ficaria surpreso com a quantidade de profissionais de marketing que ocultam seus CTAs de variadas formas. Outros colocam no topo do conteúdo, mas não conseguem destacá-los por meio de um design adequado. 

É simples: se os usuários que estão lendo seu conteúdo não forem praticamente levados ao clique, com rapidez e facilidade, provavelmente não serão “seduzidos” pelo seu CTA e você perderá inúmeras oportunidades. 

O botão ou qualquer tipo de chamada para ação deve ser bem colocado e atraente.

2 – Use linguagem adequada

Não encha seu CTA de gírias ou jargões que mais confundem do que qualquer outra coisa. Se você deseja que as pessoas cliquem em seus apelos para fazer uma determinada ação, sua página de e-commerce deve usar uma linguagem prática para isso. 

Pense no problema que você está tentando resolver para seu público-alvo e comunique-o da forma mais simples e eficaz possível.

3 – Seja coerente

Um CTA em formato estranho verde brilhante no topo de sua página com um fundo azul piscina pode confundir os visitantes da sua loja online ou deixá-los desconfortáveis.

Definitivamente, você deve repetir seus apelos quantas vezes fizer sentido, mas deve fazê-lo de forma coerente, tanto no design quanto na linguagem.

4 – Chame para a ação com as palavras certas e transparentes

Os CTAs que não chamarem para o visitante realizar uma ação não podem ser considerados CTAs. Então, por que ainda tantos profissionais insistem em inventar a roda quando só é preciso usar as palavras certas e verbos em sua forma imperativa?

As pessoas querem saber o que as esperam quando estão para clicar em um CTA. Como tal, você deve ser o mais transparente e direto possível. 

5 – Crie senso de urgência

O fenômeno conhecido como (FOMO), que é o medo de perder algo devido a tanta coisa que acontece na internet e no mundo online, é um sentimento muito real e é algo que os profissionais de marketing podem usar a seu favor. 

Utilizar uma linguagem que cria um senso de urgência pode tornar os visitantes mais propensos a agir. Ou seja, se não o fizerem, perderão uma boa oportunidade, segundo esse tipo de CTA. 

Use frases como: “ainda dá tempo”,  “tempo limitado”, “apenas x em estoque” ou “o tempo está se esgotando”.

5 – Seja conciso e objetivo

Já falamos aqui, mas vale reiterar: a sua frase de CTA deve ser, muito mais do que curta, objetiva, concisa e clara para o usuário realmente entender que aquilo o está chamando para uma ação que irá, de fato, agregar valor naquele momento.

Considerações finais

Provavelmente, ao ler este texto, você entendeu que os CTAs são muito importantes para o último passo que você precisa para a conversão de seu conteúdo para uma determinada ação, que seja tanto boa para o seu potencial cliente quanto para a sua empresa. 

Portanto, uma chamada para ação é uma das armas mais poderosas e eficazes em seu arsenal de ferramentas usadas para o marketing, mas, como mostramos, há jeitos mais assertivos de se fazer isso, garantindo que os cliques e conversões sejam maiores.

Essas dicas e explicações que fizemos ao longo do texto devem ajudá-lo a criar CTAs mais atraentes, sempre pensando e combinando o que você quer dizer com o que o cliente busca realmente em seu e-commerce. 

Quanto mais claro isso tiver na sua cabeça, seja como dono de um negócio ou como profissional de marketing na linha de frente dos CTAs, melhor será para a execução dessa estratégia tão benéfica para o crescimento de um produto e da própria empresa em si.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket