INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Internet das Coisas: possibilidades para o Marketing Digital

A Internet das Coisas, também conhecida como Internet of Thing (IoT), em inglês, é um conceito relativamente novo, que remete à revolução tecnológica, com o avanço da própria internet e dos dispositivos móveis de conexão. 

Sendo assim, o termo refere-se a rede conectada, mas não somente aos acessórios habituais como tablets e smartphones, mas sim a todo e qualquer equipamento que atua como servidor.

De modo simples, a Internet das Coisas pode ser definida como a comunicação entre os objetos físicos que permanecem conectados e a sua interação com o usuário, por meio de sensores inteligentes e softwares de transmissão de dados em redes. 

Dessa forma, é possível pensar na Internet das Coisas como um grande sistema nervoso, que realiza a troca de informações.

Já imaginou como um sistema de despoeiramento totalmente integrado e conectado com a internet pode otimizar sua rotina?

Isso porque esse equipamento envia dados sobre a quantidade de poeira em um determinado local, diretamente para o seu celular. Esse é um exemplo simples da aplicação da Internet das Coisas.

Mais ainda, considere as geladeiras inteligentes, que te avisam se algo está faltando na sua lista de compras, o total de consumo de energia e permite que você controle a temperatura do equipamento por meio do smartphone.

São muitas as possibilidades de inovação tecnológica da IoT, principalmente em relação ao sentido de interação homem x máquina.

Por esse motivo, a Internet das Coisas é considerada um dos últimos e mais avançados estágios de integração online. 

Como era de se esperar, o marketing digital não pode ficar de fora.

Nesse contexto, é notável como as empresas e setores comerciais se beneficiam da IoT.

Isso ocorre não somente para a divulgação de um produto serviço ou marca, mas para acompanhar as novas maneiras de relacionamento humano; já que atualmente elas são atravessadas pelos dispositivos móveis e pelo ambiente virtual.

Para se ter uma ideia, quase 30% das empresas já fazem uso do feedback de dados obtidos com a Internet das Coisas em campanhas de marketing digital. 

Nesse cenário, uma das principais vantagens está no alcance significativo do ROI (Retorno sobre Investimento).

Isso ocorre porque as informações coletadas permitem criar um perfil inteligente dos potenciais clientes, o que auxilia no desenvolvimento de estratégias ainda mais assertivas e objetivas.

Diante disso, conheça agora as possibilidades que a Internet das Coisas traz para o marketing digital e as diversas formas de aproveitá-las.

Big Data

Como mencionamos anteriormente, a Internet das Coisas é uma fonte extraordinária de dados no qual é possível obter informações relevantes a respeito dos usuários e dos potenciais clientes. 

Além disso, os dispositivos que estão conectados à rede de internet estão o tempo todo emitindo, recebendo, trocando e cruzando dados, sendo possível ter informações mais precisas a cada dia.

Com isso, ao desenvolver uma estratégia de marketing digital para a venda de equipamentos para academia, por exemplo, é possível conhecer quem são os usuários que mais buscam por esses produtos.

Do mesmo modo, ainda é possível identificar onde esses clientes estão localizados, quais conteúdos consomem, bem como demais informações que regem as maneiras de apresentar a mercadoria no ambiente online.

No entanto, é preciso lidar com o problema da grande quantidade de dados gerada por esses dispositivos. Ou seja, as empresas devem descobrir formas de armazenar, rastrear e analisar o uso das informações, por meio da chamada “análise de Big Data”. 

Nesse contexto, a Internet das Coisas também pode ajudar, pois ela facilita a organização de informações, acelerando o processo de armazenamento de dados.

Experiência do usuário

Devido à grande quantidade de dados disponíveis, é possível criar um conteúdo altamente personalizado e melhorar a experiência do usuário. 

Desse modo, é possível identificar os problemas dos potenciais clientes e oferecer soluções rápidas e eficientes. Imagine que um usuário está procurando como realizar a instalação de painel solar.

Por meio da Internet das Coisas, a empresa pode oferecer um software integrado à rede de energia elétrica para demonstrar se o procedimento foi bem executado ou se é preciso realizar a manutenção dos painéis.

Além disso, mais do que oferecer uma instalação completa, a empresa também pode armazenar o dado do cliente e oferecer novas soluções, como uma instalação elétrica externa, para diminuir ainda mais o consumo energético das concessionárias.

A interação entre a empresa e o usuário será muito mais próxima com a Internet das Coisas e, como consequência, a satisfação dos clientes será imediata. 

Isso quer dizer que os feedbacks e os problemas reportados pelos clientes terão um impacto rápido na linha de produção, demonstrando se alguns aspectos agradam ou desagradam os usuários. 

Desse modo, é possível definir as especificações do produto e/ou serviço, de acordo com a experiência do cliente.

Ofertas exclusivas

Além disso, a conexão com dispositivos móveis e equipamentos poderá oferecer possibilidades na divulgação de propagandas, especialmente de produtos serviços que são indispensáveis para os usuários.

Nesse cenário, é possível que com o avanço e a constante aplicação da IoT itens como as já mencionadas geladeiras inteligentes, que anunciam o item que está faltando, traga também ofertas exclusivas para os clientes sobre esses alimentos.

Do mesmo modo, seria possível que, em uma situação em que a caixa de entrada de energia precisa de manutenção, as instalações inteligentes poderiam avisar o usuário sobre:

  • Qual o melhor serviço a ser feito;
  • Quando realizar a manutenção;
  • Situação em que as peças se encontram;
  • Qual o cômodo exige maior atenção;
  • Ofertas de peças para a manutenção dos equipamentos.

Envio de problemas diretamente para a empresa

A Internet das Coisas permite a transmissão de dados diretamente para a empresa. 

Assim, suponha que um equipamento, como uma lava louça de bancada inteligente apresentou defeito de fabricação. Ao invés do cliente entrar em contato, o próprio equipamento envia informações para o fabricante, requerendo a troca ou manutenção.

A vantagem está na facilidade e na comodidade para os clientes, que não têm dor de cabeça ao comprar um item defeituoso. 

A certeza da troca ou reparo também é garantida, uma vez que o equipamento irá armazenar todos os dados referentes ao defeito. 

O mesmo vale para a garantia de um serviço, como de limpeza de ar condicionado de janela, por exemplo.

Preocupação com o meio ambiente

A sustentabilidade deixou de ser algo abstrato para entrar como norteador em grande parte das estratégias de marketing. 

Hoje, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com o meio ambiente e tendem a adquirir produtos de menor impacto à natureza e que promovam o desenvolvimento sustentável.

Nesse sentido, a Internet das Coisas pode ajudar a desenvolver ações que respeitam a natureza e que agridam pouco o meio ambiente. 

No entanto, para que tudo isso funcione, é preciso uma grande infraestrutura das empresas com os usuários.

Um exemplo consiste em que a Internet das Coisas pode realizar a demonstração de como uma iluminação para piscina LED é, além de mais eficiente, menos prejudicial ao meio ambiente.

Isso ocorre porque o consumo de eletricidade desse item é menor em comparação com lâmpadas tradicionais.

Além disso, o sistema de iluminação pode conter um software integrado e inteligente, que permite o desligamento automático das lâmpadas.

Assim, ao mesmo tempo em que se protege o meio ambiente, há a economia para o próprio usuário.

Incita a imaginação

A Internet das Coisas também oferece muitas opções para os usuários brincarem com a imaginação.

Com programas de realidade virtual e aumentada, por exemplo, é possível visualizar várias modificações e inúmeras possibilidades.

Para se ter uma ideia, o marketing digital pode se aproveitar disso ao oferecer diferentes cenários para o cliente, nos quais ele possa ver as vantagens em adquirir um determinado produto e/ou serviço.

Um exemplo dessa possibilidade seriam as previsões e encaixe de móveis dentro de um cômodo.

Parece coisa de ficção científica. Mas, de fato, a Internet das Coisas está modificando muitas das estruturas tradicionais de compra e venda, além das maneiras como enxergamos o mundo ao nosso redor.

Por essa razão, as empresas investem cada vez mais em softwares inteligentes, em programas de simulação e outros acessórios que permitem incitar a imaginação dos clientes. Como consequência, elas conseguem influenciar nas decisões de compra. 

Afinal, as chances de venda de um produto ou serviço com excelência comprovada são muito maiores do que uma mercadoria ou atividade desconhecida.

Questão da segurança

A Internet das Coisas é o futuro. No entanto, ainda há grande preocupação em relação à segurança, especialmente pelo grande tráfego de informações e dados nos dispositivos móveis e equipamentos online.

Em 2016, uma botnet (rede de computadores-zumbis, que foram invadidos e controlados por hackers) capturou uma série de dados e dispositivos da IoT. 

Isso ocorreu porque muitos usuários não se preocupavam em mudar a senha de seus equipamentos inteligentes, usando a mesma para todos os utensílios.

Portanto, é preciso sim ter cuidado com os dispositivos, as senhas e as informações fornecidas por meio da Internet das Coisas. 

Apesar disso, é certo que não há como fugir da inovação e da revolução tecnológica. 

Com isso, logo mais a IoT será comum em nossas vidas, passando a integrar até mesmo as atividades de rotina.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.