INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Leve o seu negócio para o online em 3 passos simples

Ter um negócio próprio ainda continua sendo o sonho de muitos, assim como também se mostra como algo extremamente exigente. Sobretudo para quem deseja se destacar, o que hoje exige que a marca seja levada para o universo online.

De fato, já foi-se o tempo em que uma empresa podia abrir as portas e ficar contando apenas com o boca a boca, ou com os clientes que passam na frente da loja e decidem entrar para dar uma espiada na vitrine e nas promoções.

Pelo contrário, mesmo que a marca decida contar com um estabelecimento presencial, para efeito de showroom, ponto de retirada dos clientes em andamento, ou como ponto de encontro entre todos os funcionários, ainda assim ela precisará ir além.

Basta imaginar uma firma que vende placa em acrílico transparente com logo, que pode contar com sua infraestrutura comercial presencial, haja vista que realmente demanda um endereço fixo, já que precisa fabricar as placas.

Ao mesmo tempo, desde os primeiros dias ela já vai necessitar de abrir as opções de sua plataforma online. Lembrando que há mil e uma maneiras de marcar presença na esfera digital, a depender dos propósitos de cada instituição específica.

Neste sentido, podemos dizer que também já se foi o tempo em que bastava ter um website institucional, mais ou menos como se ele fosse um cartão de visitas ou um flyer digitalizado, com dados como o endereço da empresa e informação para contato.

É preciso que a plataforma digital leve vários fatores em conta, como o fato de que hoje as novas gerações têm uma necessidade bem maior de interação. O que implica marcar presença nas grandes redes sociais, que permitem isso com excelência.

Também assim, os novos compradores já não buscam apenas uma empresa com CNPJ que comercializa um produto ou serviço em específico. O que eles querem é uma solução completa, que venha como uma experiência memorável e gratificante.

Uma firma que trabalha com fachada de loja moderna pode aproveitar isso para criar um blog próprio, com nada menos que conteúdos originais e gratuitos. Isso tende a atrair visitantes e leads, criando vínculo entre as partes.

Na prática, quanto mais a empresa for capaz de se digitalizar e de agregar valor à vida daquelas pessoas, transformando elas em leads e contatos comerciais em potencial, tanto mais ela vai crescer na internet e se tornar referência em seu segmento.

Além de website, blog e redes sociais, também é possível levar seu negócio para o online por meio do famoso e-commerce, cuja tradução literal seria a de “comércio eletrônico”, mas que no Brasil se tornou sinônimo de loja virtual própria.

Com esse sentido, a palavra se tornou o oposto de marketplace. No primeiro caso, trata-se de criar um portal de vendas único, totalmente submetido à marca que o criou, com um domínio próprio e exclusivo por parte dela.

No segundo caso, o que temos são os marketplaces como uma espécie de galeria ou de shopping virtual, operando no modelo de negócios multimarcas. Ou seja, várias lojas virtuais no mesmo lugar, inclusive, concorrendo entre si.

Por isso, em uma plataforma de venda online multimarcas, uma loja que vende placa de acm adesivada pode encontrar outras empresas que vendem exatamente o mesmo tipo de placas, o que não ocorreria em sua loja virtual própria.

Naturalmente, cada modalidade tem suas vantagens e desvantagens, a depender do que cada negócio almeja para si mesmo no curto, médio e longo prazo. O que tudo isso demonstra é como não há regras fixas quando o assunto é digitalização.

Cada um vai precisar encontrar seus próprios caminhos, levando em conta seu momento atual, bem como suas metas, missões e objetivos. Inclusive, há soluções mais caras, outras mais baratas e algumas que chegam a ser de graça.

Aliás, uma das principais frentes de marketing digital do mundo é gratuita, que é a de SEO (Search Engine Optimization), que faz a Otimização de Páginas para Motores de Busca, com foco em posicionar seu blog com destaque nas primeiras páginas.

Abaixo veremos todas essas opções em detalhes. O que precisa ficar claro agora é que decidimos escrever este artigo precisamente para deixar claro como você pode levar seu negócio para o online, com os 3 passos mais simples para isso.

Isso também implica abordar conceitos, características e a importância disso tudo. Além de trazer exemplos práticos de segmentos e nichos de mercado reais, como modo de realmente ilustrar bem e pedagogicamente o que está sendo dito.

Realmente, um dos pontos mais interessantes disso tudo é o fato de que hoje o universo online evoluiu tanto que já pode receber qualquer tipo de empresa, seja para vender produtos populares ou prestar serviços como impressão de livros.

Diante de todos esses fatores, podemos dizer que se o seu interesse mais urgente e genuíno é justamente o de compreender a fundo como mudar a história da sua empresa por meio da esfera digital, então basta seguir adiante com a leitura.

 

Por que se posicionar bem?

Quando falamos sobre uma série de passos que ajudam pequenos empreendimentos a levar seu negócio para o meio digital de maneira simplificada, precisamos falar também da importância de estar bem posicionado na internet.

Isso pode ter dois sentidos, sendo o primeiro deles o mais vago, que é o de posicionar-se no maior número possível de veículos online.

Assim, uma empresa que trabalha com brindes em acrílico pode estudar o universo digital por alguns meses e analisar tudo o que tem sinergia com seu negócio.

De fato, um dos maiores esforços do marketing sempre foi o de fazer com que sua marca esteja onde seus clientes estão, de modo a aparecer para as pessoas certas, do jeito certo e na hora certa.

Conforme já vimos, isso pode incluir frentes, como as que seguem:

 

  • Website;
  • Redes sociais;
  • Loja virtual;
  • Blog próprio;
  • Marketplace;
  • Aplicativos.

 

Enfim, são vários canais que vão muito além do que antes o mundo offline costumava oferecer, sem ser capaz de passar de panfletos, revistas, jornais e semelhantes.

O segundo sentido de posicionar-se bem remete ao SEO, que também citamos e que será o primeiro a aprofundarmos adiante.

 

1. O poder do conteúdo

A primeira grande forma de levar seu negócio para o online é aderindo o marketing de conteúdo, que é uma estratégia gratuita que traz excelentes resultados.

Basicamente, com ela qualquer empresa pode criar seu blog e começar a escrever artigos, nos quais é possível educar o público sobre a solução prestada.

Ao gerar esse material original e sem custos para a clientela, você vai gerando valor para ela, o que atrai cada vez mais gente e satisfaz a muitos.

Uma firma que monta escritório residencial, por exemplo, pode criar postagens como “x motivos para investir em um escritório 100% residencial”.

Uma dica de ouro é que, depois dos artigos, é possível criar também e-books, infográficos, slides e até áudios ou vídeos explicativos, ampliando seu leque e seu alcance.

A outra opção é justamente otimizar essas páginas com base nos parâmetros do Google, pois isso coloca seu site nas primeiras páginas de resultados, o que aumenta consideravelmente seu tráfego e sua geração de leads e oportunidades comerciais.

 

2. Domine as redes sociais

Outra vantagem de criar conteúdos em seu blog próprio, é que depois disso você terá em mãos um material bruto que pode ser transformado em dezenas ou centenas de postagens para as grandes mídias sociais.

Além disso, ao fazer postagens que surgem de uma fonte tão consistente, naturalmente sua presença nas redes vai ser do melhor tipo que pode haver.

Um ponto importante aqui é uma empresa de quadro de gestão entender que dominar as redes sociais não significa necessariamente inscrever-se em todas elas.

Pelo contrário, é preciso que você leve seu negócio para essa frente online de modo bastante focado e bem definido desde o começo.

Assim, encontre aquelas redes que têm mais sinergia com seu negócio, e foque em duas ou três apenas, para não cair no risco de atirar para todo lado e não acertar nada.

A grande vantagem é que com isso tudo sua marca ganha um rosto, aproximando-se do cliente e assumindo um tom mais informal perante ele.

 

3. O comércio eletrônico

Por fim, outro passo simples com o qual você pode e deve levar seu negócio para o universo online é cadastrando-se nos grandes marketplaces.

De fato, quando uma loja de totens fotográficos cria anúncios ali, ela já pode começar a vender nos primeiros dias, obtendo um retorno bem rápido.

Com o tempo, o mais aconselhável é que você guarde dinheiro e vá investindo em sua própria loja virtual. Mas já faça esses anúncios, em vez de ficar parado esperando.

 

Considerações finais

Levar o seu negócio para o universo online em passos simples é um dos melhores esforços que qualquer empresa pode fazer hoje em dia.

Com as informações e as dicas práticas que demos acima, qualquer um pode fazer isso agora mesmo, de modo realmente sério, sólido e sustentável.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.