INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Nutrição de Leads: como fazer de forma eficiente

Atrair clientes, esse é um dos principais objetivos de um estabelecimento, afinal de contas, para que o comércio sobreviva é preciso que alguém consuma os serviços. Portanto, uma das maneiras encontradas para fazer isso é com a nutrição de leads

Entender o público que é atingido por um negócio e mantê-lo com uma produção de conteúdo em troca de dados pode ser uma solução para um comércio que se sente perdido, bem como não sabe de que forma conseguir novos consumidores. 

Nesse sentido, investir na nutrição ajuda o comércio na sua estratégia, já que para o seu bom desempenho ele necessita que as pessoas se interessem por ele. Então, veja como usar esse recurso de modo adequado. 

Nutrição de leads do que se trata?

Para que, por exemplo, uma empresa de motoboy se mantenha, ela precisa de clientes, assim como qualquer comércio. Desse modo, ela procura maneiras para divulgar os seus serviços e captar novos consumidores. 

Assim, ela consegue que mais indivíduos conheçam o seu trabalho, então, quando uma pessoa precisar, vai procurar pelo estabelecimento. Nesse sentido, os leads são esses possíveis consumidores que a empresa vai atingir. 

Na prática, eles ainda não se tornaram clientes, só há a possibilidade disso acontecer porque o indivíduo demonstrou algum tipo de interesse, mas isso não significa que ele vá fazer alguma aquisição. 

Desse modo, quando se tem uma lista de leads, há a necessidade de nutri-los, isso nada mais é do que a elaboração de materiais que interessem a essas pessoas. Assim, para enviar as matérias, os leads fornecem dados que ajudam o comércio a aperfeiçoar a sua tática.

Mas atenção, esses materiais não são sobre qualquer coisa, é preciso que eles tenham relação com o estabelecimento e de preferência que trate de algum problema do lead que foi identificado na estratégia. 

Por que nutrir os leads?

Pode parecer bobagem, ou até tempo desperdiçado, alimentar os interessados,  mas com essa produção os leads são educados e ficam por dentro de suas ações, desse modo, é possível conquistá-los. 

O processo é assim: por meio de e-mails, ou outros formatos que o comércio ache relevante para o seu público, ele recebe conteúdos que tenham relação com o estabelecimento, que podem ser informações sobre promoções ou sobre utilidades. 

Assim, por meio dessas produções, uma loja de convites personalizados, por exemplo, mostra para os seus leads a relevância das suas mercadorias, bem como explica por quais motivos a pessoa deve adquirir esse item.

Esse é o objetivo de nutrir esse indivíduo, aos poucos ele vai sendo convencido de que precisa daquele produto, assim, pessoas que estão próximas disso, com a ajuda dos conteúdos, concluem mais rapidamente a aquisição. 

Mas a técnica também funciona para aqueles que estão no início da jornada de aquisição, assim, quem ainda está conhecendo o comércio e pesquisando também pode ser impactado. 

Nesse caso em específico, o indivíduo está mais longe da aquisição e precisa se convencer de que ele realmente necessita da mercadoria, assim, aqui a nutrição de leads atua como uma espécie de vendedor.

E essa é a diferença do meio digital para o físico, essa atividade de nutrição pessoalmente é feita pelo vendedor no momento do atendimento, ali ele mostra os benefícios, as funções e como outros usuários avaliaram a experiência. 

No meio digital nada disso é possível, por isso a técnica de nutrição é uma solução que consegue desempenhar esse papel e mostrar para o usuário as melhores condições. 

Além disso, essa técnica é vantajosa, pois o comércio que a utiliza pode:

  • Reduzir os custos;
  • Ter um relacionamento direto com o cliente;
  • Ter bons retornos financeiros;
  • Aumentar a possibilidade de compras dos leads.  

Nesse sentido, a equipe de marketing de uma loja de placas informativas para restaurantes, por exemplo, pode ter menos trabalho para conquistar novos clientes, logo, o dono pode reduzir o orçamento para esse setor. 

Isso porque a equipe não precisa se dedicar tanto quanto anteriormente para que os leads sejam conquistados. Com o contato já se consegue fazer isso, porque frequentemente o indivíduo está sendo alimentado. 

Além disso, o negócio sempre está em contato direto com o lead, isso ajuda para que a empresa não seja esquecida. Assim, mesmo que o indivíduo não esteja em um momento de finalizar a aquisição, quando esta hora chegar, ele vai lembrar daquele comércio.

Outro fator é que o recurso traz bons retornos para quem a usa, na prática aqueles indivíduos que não estavam pensando em fazer uma aquisição podem ser convencidos e concluir a ação

Já aqueles que estão pesquisando ou apenas descobrindo a sua empresa também podem ser levados a concluir a ação. Com a técnica, todos que chegam na página de uma loja de notebook para escritório, por exemplo, serão nutridos. 

A diferença é que existe a possibilidade de identificar em que momento da compra cada um está, e assim, disponibilizar conteúdos que se adequem a este momento.

Isso porque se a pessoa só está pesquisando, não faz sentido ela receber um conteúdo de quem está perto da compra. 

Por fim, a técnica ajuda aqueles que estavam perto de finalizar a aquisição, a realmente concluí-la. Assim, as chances de que o indivíduo faça a compra são maiores. 

Como fazer nutrição de leads

Com os resultados que são adquiridos com a técnica e os feitos que são gerados, o negócio pode prosseguir para a próxima etapa, realizando a nutrição de maneira adequada.

Veja como fazer isso:

Faça um planejamento

Tudo nessa vida precisa de planejamento, sendo que com essa estratégia não seria diferente, por isso é essencial que sejam pensadas táticas para atrair os leads. 

Devem ser pensados quais serão os conteúdos, com que frequência eles serão enviados, além dos formatos. 

Tudo deve ser pensado e estruturado para que os resultados alcançados por um comércio de automação industrial empresas, por exemplo, sejam satisfatórios. 

Além disso, é preciso pensar nas necessidades do público para que as produções sejam relacionadas com isso. 

Nesse momento, deve ser analisada a classificação relacionada ao momento que o lead está, ou seja, perto ou não da aquisição. Assim, é possível planejar de forma mais coerente os conteúdos. 

Acompanhe os leads

É essencial que os leads sejam acompanhados pela equipe, assim a qualquer interação que surgir deve ter alguém para responder. Isso porque uma possível venda pode ser perdida por falta de um acompanhamento. 

Apesar do recurso para nutrição de leads mais usado ser o e-mail, existem outros meios em que a técnica pode ser usada como redes sociais, blog e outros canais que forem identificados coerentes para o seu público. 

Assim, uma loja de peças refrigeração industrial, por exemplo, não pode demorar no atendimento, principalmente para evitar que vendas ou negociações sejam perdidas.

Personalize o conteúdo 

Textos que são enviados de modo personalizado com nome têm maiores chances de serem abertos, pelo fato do indivíduo se sentir mais atraído quando mencionado.

Sendo assim, personalize as produções, opte por e-mail com menção ao destinatário, mostre para ele que ele não é mais um no meio de todos, mostre que ele é único. 

Por isso, faça isso no título e no corpo do e-mail, seja educado e cumprimente o lead, assim juntamente com um conteúdo que seja personalizado para o momento que ele se encontra na jornada de aquisição, o e-mail tem mais chances de ser lido. 

Assim, uma loja de instalação elétrica externa, por exemplo, vai ter um melhor desempenho na sua nutrição de leads, além de ter elevadas chances que os seus e-mails sejam lidos. 

Obtenha dados dos leads

A coleta de dados ajuda muito na elaboração de produções que sejam relevantes para a nutrição, quanto mais dados forem obtidos e mais específicos forem, melhor. Fica mais fácil pensar em conteúdos quando se conhece melhor o público. 

Desse modo, isso permite que o comércio compreenda as necessidades, dúvidas e questões de cada momento do lead, assim ele consegue elaborar produções de acordo com cada etapa. 

Assim, um estabelecimento de banner de loja, por exemplo, entende o que o seu cliente que está realizando somente uma pesquisa precisa saber para continuar a sua jornada e ser estimulado a concluir uma aquisição.

Conclusão

A nutrição de potenciais compradores interessados ajuda os estabelecimentos a terem mais conhecimento sobre as produções que eles devem fazer, além disso, é possível que eles fiquem mais próximos dos consumidores e elevem as suas vendas, 

Desse modo, para os comércios que atuam no ambiente digital, investir na técnica ajuda para que vendas não sejam perdidas, além de possibilitar que a estratégia de marketing tenha um bom desempenho. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket