INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Por que adotar o marketing de afiliados?

O marketing de afiliados é uma estratégia de divulgação online que ajuda a promover uma marca, e quem se filia ganha dinheiro com isso.

Faz alguns anos que essa estratégia ganhou a atenção de muitas pessoas na internet, mas muitos ainda têm dúvidas sobre o que significa e como funciona na prática.

Esse modelo de marketing é cada vez mais popular e faz com que pessoas consigam ganhar dinheiro na internet sem precisar fazer muitos investimentos.

Ter o próprio negócio é o objetivo de muitas pessoas, mas isso requer tempo e dinheiro, algo que nem todos dispõem atualmente.

Uma das modalidades mais investidas é o e-commerce, pois com ele é possível vender produtos e serviços na internet, sem precisar arcar com os gastos de uma estrutura física.

Mas para ter uma loja online, também é necessário investir em mercadorias para vendas, estratégias de marketing, logística, dentre outros pontos. Isso acaba desanimando quem quer se tornar independente e conquistar o próprio negócio.

O marketing de afiliados se apresenta como uma boa solução, e neste artigo, vamos apresentar seu conceito e as vantagens que ele traz aos adeptos. Acompanhe!

 

Entenda o que é marketing de afiliados

A internet se tornou um ambiente propício para ganhar dinheiro, mesmo para quem não conhece muito sobre o mundo dos negócios, mas que procura uma oportunidade.

Muitas inovações foram trazidas, e entre elas está o marketing de afiliados. Trata-se de uma estratégia em que uma empresa lança um produto na internet para divulgá-lo e impulsionar as vendas, e que conta com afiliados.

Por exemplo, uma empresa que desenvolve software de quadro de gestão faz parceria com pessoas que vão divulgar seu produto nas redes sociais e em outras plataformas.

Quando o cliente compra a mercadoria pela divulgação de um afiliado, é utilizado um link personalizado na transação.

Ele contabiliza números importantes que medem o sucesso da estratégia e determina o quanto o afiliado vai ganhar pela divulgação.

O valor pago pode ser entendido como um tipo de comissão pelas vendas e pelos clientes que foram convertidos pelo parceiro.

Existem três grupos de pessoas que são importantes para o sucesso dessa estratégia, que são os produtores, afiliados e clientes.

Os produtores, também conhecidos como vendedores, são empresas que adotam o marketing de afiliados, e quando querem lançar ou divulgar um produto, procura por plataformas que atuam nesse modelo de marketing para impulsionar suas vendas.

Por meio da ajuda dos afiliados, a marca consegue aumentar sua cartela de clientes e conquistar novas oportunidades de vendas. Tudo isso é feito sem precisar gastar muito, tendo em vista o alto grau de exigência do consumidor moderno.

Uma empresa de portaria virtual que utiliza essa metodologia faz parcerias com os afiliados, que podemos considerar como um tipo de funcionário comissionados.

Eles divulgam o produto, por meio de estratégias de vendas online e ações de marketing digital, impactando o maior número possível de pessoas.

A divulgação pode ser feita nas redes sociais, além da criação de conteúdos em blogs para atrair leads e convertê-los em clientes.

Por fim, o terceiro grupo são os próprios clientes, que vão comprar os produtos por meio dos anúncios desenvolvidos pelos afiliados.

 

Como funciona o marketing de afiliados?

Existem alguns parâmetros que os vendedores podem utilizar para trabalhar com esse tipo de marketing, e dentre as principais categorias de divulgação estão:

 

  • Custo por Clique, ou CPC;
  • Custo por Ação, ou CPA;
  • Custo por Mil Impressões, ou CPM;
  • Custo por Vendas, ou CPV.

 

Na categoria de Custo por Clique, o afiliado trabalha para divulgar as campanhas, tornando as mais chamativas e atraentes para os clientes.

Não é necessário fazer uma venda, tendo em vista que os cliques nos anúncios e outros tipos de publicidade já são válidos.

O Custo por Clique é a estratégia mais complexa e seu principal foco é desenvolver campanhas com alto potencial de clique, sem necessariamente gerar uma conversão.

Ao optar pelo Custo por Ação, uma empresa de escritórios compartilhados vai contar com afiliados que trabalhem em suas campanhas de divulgação, de modo que elas sejam atraentes ao ponto de fazer o visitante fazer alguma coisa.

Nesse tipo também não é necessário realizar uma venda, pois o que vale é a realização de uma ação, como preencher um formulário de contato ou enviar uma dúvida.

Mas além de uma boa campanha, é necessário criar uma página interessante para vender o produto e despertar o interesse do cliente, fazendo com que ele queira interagir com o material.

Quanto ao Custo por Mil Impressões, existe um valor fixo, criado pelo anunciante, como no caso de um estabelecimento com fachada de loja moderna, que fará o pagamento toda vez que o anúncio atingir mil visualizações no canal do afiliado.

Esse formato é interessante para os parceiros que possuem blogs com um bom tráfego, pois faz com que os anúncios sejam pagos de forma recorrente e ajudam a controlar melhor o pagamento.

Por fim, no caso do Custo por Vendas, o afiliado recebe toda vez que o cliente comprar o produto do anúncio.

As vendas são contabilizadas a partir de códigos ou link gerados, que associam a compra ao afiliado e comprovam que ela foi concretizada por conta da divulgação do parceiro, e a comissão é processada automaticamente.

 

Vantagens do marketing de afiliados

O marketing de afiliados traz uma série de benefícios tanto para as empresas, quanto para quem trabalha em seus anúncios. Dentre as que mais se destacam, estão:

 

1 – Estratégia barata e acessível

Esta estratégia é barata e acessível para o empreendedor, pois os filiados escolhem de que maneira é mais interessante divulgar os produtos e quais plataformas vão utilizar.

Por exemplo, a divulgação dos serviços de um escritório de consultoria fiscal e tributária pode ser feita em sites, blogs e redes sociais, por meio de anúncios escritos, em formato de imagem ou vídeos.

Quanto mais a pessoa divulga a solução, maiores são as chances de vender e melhor será a comissão, e o melhor de tudo é que o afiliado não tem custo sobre isso.

O infoproduto estará nas mídias, sendo divulgado para as pessoas certas, e não é necessário gastar com propaganda ou investir tempo criando estratégias complementares.

 

2 – Baixo investimento

É necessário fazer um investimento, mas ele é muito pouco quando comparado a outros tipos de negócios.

No caso da empresa, ela precisa de um sistema para controlar as vendas feitas pelos afiliados e para dividir o comissionamento de todos os parceiros.

Mas mesmo que uma compliance empresariais precise fazer esse investimento, pode iniciar com um valor mais baixo, tendo em vista que existem várias plataformas que disponibilizam este tipo de serviço.

Por meio delas, é possível disponibilizar o infoproduto, fazer vendas diretas e direcionar a rede de afiliados com baixo custo e de maneira prática.

 

3 – Risco reduzido

Ao criar uma campanha patrocinada, a empresa corre o risco de não gerar resultados com seu investimento, mas ao trabalhar com o marketing de afiliados, o risco é diluído entre várias pessoas que estão trabalhando nas vendas.

No caso de uma empresa de internet, embora alguns afiliados não queiram investir em campanhas pagas, os riscos dessa estratégia não atingir os resultados esperados serão menos impactantes para todos.

 

4 – Aumenta a divulgação da marca

Com mais pessoas trabalhando para divulgar seus produtos e serviços, mais conhecida será a marca do negócio.

Além disso, ter links dos produtos em várias plataformas diferentes é fundamental para construir uma boa estratégia de marketing digital.

Ao longo do tempo, a companhia consegue aumentar sua autoridade de marca, conquista um bom posicionamento nos resultados de pesquisa e chega ao conhecimento de uma quantidade maior de pessoas.

Alguns afiliados investem até mesmo em cursos de vendas para potencializar os anúncios criados por eles.

Assim, cada venda efetuada é essencial para gerar nota fiscal, tornando esta tarefa mais dinâmica por meio de uma ferramenta que automatize todo o processo.

 

5 – Regras próprias

É a empresa quem define o percentual de comissão e os critérios necessários que o afiliado precisa atender para divulgar seu produto.

Isso é essencial para que a companhia monte a sua rede de afiliados com pessoas que tenham perfil realmente compatível com a marca.

Esse cuidado é importante para impactar o público-alvo certo e aumentar as chances de vendas, sem precisar gastar muito.

 

Conclusão

As companhias podem investir em diferentes estratégias de marketing digital para vender seus produtos e serviços, e uma delas abre portas para que outras pessoas consigam ganhar dinheiro também.

O marketing de afiliados é uma dessas oportunidades, que ao mesmo tempo em que expande as vendas de determinado produto, traz oportunidade para quem quer trabalhar e aumentar a renda.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.