Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Saiba como o Pinterest pode ser usado para o seu e-commerce

O Pinterest é uma rede social totalmente voltada para o visual – isto é, no compartilhamento de dicas, ideias e o famoso DIY (do it yourself ou “faça você mesmo”) em forma de imagens, ajudando os usuários a encontrarem referências para experimentar.

Para as empresas, ele está além de uma rede social comum, pois pode auxiliar no aumento do engajamento e das conversões, inclusive quando falamos em e-commerces.

No entanto, algumas pessoas pensam que o Pinterest é mais voltado para o público feminino, o que não é verdade. Essa plataforma tem muito espaço para os negócios colocarem suas estratégias de marketing digital em prática.

Embora algumas empresas ainda insistam em descartar essa rede social, ela está se tornando cada vez mais importante para os negócios.

Apesar de ser totalmente voltada para o visual, uma plataforma e-commerce de decoração pode publicar dicas e ideias para decorar imóveis, com informações para que as pessoas façam, por exemplo.

Uma agência de turismo pode publicar fotos de sugestões de lugares para conhecer, dentre muitas outras possibilidades para empresas de diversos setores.

Por isso, neste artigo vamos falar sobre o que é Pinterest, como esta rede social funciona, sua importância e como empresas de vários ramos, incluindo o e-commerce, podem usá-la. Acompanhe!

O que é Pinterest?

O Pinterest é uma rede social que permite descobrir, salvar e compartilhar ideias. Quando os usuários navegam por ela e por suas publicações, chamadas de “pin”, encontram inspirações sobre diversos assuntos de interesse.

Ela funciona como um mecanismo de busca visual, ou seja, se alguém pesquisar sobre materiais escolares personalizados, pode encontrar uma página no Pinterest repleta de imagens e fotografias dedicadas a isso.

Por isso, diversas ferramentas têm sido lançadas para fortalecer a inteligência de busca visual e se diferenciar de quaisquer outros buscadores.

De qualquer forma, o principal objetivo do Pinterest é inspirar a vida das pessoas.

A importância do Pinterest para os negócios

Estar presente nas redes sociais é uma ação básica e essencial para qualquer negócio, como uma loja virtual de toy art em papel. Por isso, ter um perfil no Pinterest pode trazer vantagens que explicam sua importância, tais como:

1 – Está em constante crescimento

A plataforma possui mais de 300 milhões de usuários, o que tem atraído cada vez mais empresas do mundo todo. 

Por isso, se uma loja virtual investe nessa rede social, terá a oportunidade de trabalhar com algo em ascensão.

2 – Dados através do Pinterest Analytics

Por meio dele, é possível ter acesso a uma série de informações sobre o público e engajamento das publicações.

Geralmente, os usuários que criam uma conta na rede a utilizam para divulgar seu negócio ou trabalho, impactando o maior número possível de pessoas e gerando mais tráfego para seu site. 

Com o Pinterest, uma empresa de banner colorido terá acesso a métricas como:

  • Usuários impactados;
  • Cliques;
  • Pins salvos;
  • Outras métricas de engajamento.

3 – Foto de capa

Usando uma conta business, uma plataforma de vendas consegue customizar o seu perfil, alterando sua foto de capa.

É possível destacar os últimos pins salvos ou uma pasta específica. Se o site listado no perfil já tenha sido verificado, é possível escolher uma imagem ou vídeo customizado.

4 – Criação de vitrine

Na página inicial do perfil de uma escola de aula de sertanejo, por exemplo, é possível destacar até 5 pastas. Com isso, torna-se capaz de destacar conteúdos relevantes, por meio de data de criação, sazonalidade, entre outros.

5 – Pin Builder

Trata-se de uma ferramenta de criação de pins do próprio Pinterest, editando-os para que fiquem perfeitos, seguindo boas práticas. 

Por meio dela, é possível ajustar a proporção da imagem, adicionar logotipo e texto à imagem.

6 – Pin Scheduler

Com essa ferramenta, é possível agendar as publicações para o dia que for mais conveniente para o negócio.

Como as empresas podem usar o Pinterest?

O Pinterest pode ser usado por qualquer tipo de empresa, inclusive as plataformas e-commerce, como uma que venda pulseira berloque prata fina. Para se destacar, algumas dicas são:

1 – Otimizar o Pinterest SEO

Além de rede social, o Pinterest é um site de busca, por isso, depende muito de palavras-chave para mostrar aos usuários alguns conteúdos que eles possam estar interessados.

Existem alguns lugares-chave onde essas palavras podem ser incluídas, como nome, descrição do perfil, descrição dos painéis, além de dentro dos conteúdos.

2 – Fazer busca de palavra-chave

Quando estamos criando uma estratégia usando o Google Ads, o primeiro passo é buscar as palavras-chave. Com o Pinterest é a mesma coisa, pois é importante saber o que o público está pesquisando na plataforma.

Uma maneira simples de fazer isso é digitar os termos de busca que acredita que o público está usando e ver o que aparece.

Se os resultados não estiverem relacionados ao produto ou serviço do e-commerce, com certeza as palavras-chave digitadas não são as mais usadas.

No entanto, é possível obter algumas com base no que a plataforma sugere. Com isso, é aceitável fazer uma lista com as que têm mais potencial. 

Ao criar uma nova campanha de divulgação, é só usar as palavras-chave escolhidas.

3 – Usar diferentes tipos de anúncio

O comportamento do consumidor requer novas estratégias de publicidade. Por meio do Pinterest, uma loja e-commerce de vinho pequeno para lembrança, por exemplo, tem acesso aos mais diversos tipos de anúncios.

Eles promovem a marca e ajudam a planejar uma estratégia publicitária melhor. Alguns exemplos de opções são os pins promovidos, publicações impulsionadas que aparecem na linha do tempo como “Promovido por (nome do negócio)”.

Os pins de vídeo são similares aos com pins normais, mas o vídeo começa de forma automática quando o usuário percorre o conteúdo. 

Os vídeos são excelentes ferramentas para o marketing, inclusive no Pinterest. Isso porque os espectadores se tornam mais propensos a comprar um produto ou serviço, após assistir algum vídeo.

Pins de apenas um clique levam o usuário diretamente ao site da empresa. Se o usuário clica em um pin normal, ele é direcionado a uma página intermediária, que abre uma versão maior da imagem e mais informações.

Inclusive, com os pins de apenas um clique o usuário pode ignorar essa página, mas essa função ainda não está disponível para todos os usuários.

Pins de aplicativos promovidos possibilitam que os usuários façam o download dos mesmos no Google Play ou Apple Store, mas sem deixar o Pinterest.

Por fim, há também os pins cinematográficos, que se movem à medida que os usuários os percorrem, como se fosse um Gif.

4 – Utilizar tipos de campanhas diferentes

Uma empresa de aula de pilates funcional pode usar 5 estratégias de publicidade no Pinterest, assim como uma loja e-commerce. Elas são:

  • Construindo reconhecimento da marca;
  • Criando engajamento de pins;
  • Conduzindo tráfego ao site;
  • Incentivando a instalação de um aplicativo;
  • Usando vídeo para construir a sua marca.

Para usar uma delas, basta selecionar a que você deseja, mas essa escolha vai depender dos objetivos do negócio.

Por exemplo, para uma plataforma e-commerce, o ideal é aumentar o tráfego do site para as vendas crescerem. Por isso, construir uma campanha de tráfego é uma boa forma de começar os anúncios no Pinterest.

5 – Utilizar segmentação de público

Essa rede social permite segmentar o público, baseado em seu interesse. Também é possível salvar perfis demográficos na conta, ação chamada de “público”.

Trata-se de grupos de pessoas que um pet shop de cachorro banho e tosa, por exemplo, quer que vejam os pins.

O público pode estar baseado na localização – caso seja um negócio local, ou em dados demográficos, como idade e gênero.

Os interesses também ajudam a personalizar o público, como mulheres de 25 a 35 anos, que morem em São Paulo e gostem de maquiagem e produtos de beleza.

Também é possível controlar em quais dispositivos os anúncios serão exibidos, por exemplo, apenas em dispositivos móveis.

6 – Usar imagens incríveis

Estamos falando de uma plataforma de conteúdo imagético, por isso, os usuários precisam de gráficos decorativos que chamem a atenção para os conteúdos e anúncios.

Também é possível criar infográficos, um tipo de conteúdo que as pessoas adoram e que as ajudam a se manterem informadas sobre aquilo que desejam saber de maneira simples, rápida e prática.

Conclusão

Os consumidores estão cada vez mais visuais, portanto, precisam de recursos que levem até ele imagens convincentes a respeito daquilo que desejam consumir.

Para os negócios, principalmente as plataformas e-commerce, que fundam-se exclusivamente da internet para sobreviver, usar o Pinterest é uma excelente oportunidade de levar até o público imagens exclusivas de seus produtos ou serviços.

Além disso, essa rede social colabora muito com o aumento do tráfego nos sites, algo muito vantajoso para quem depende do seu para vender, não é mesmo?

Dessa forma, o Pinterest não deve ser excluído das estratégias de marketing de uma empresa, mas sim fazer parte delas de um jeito inteligente, alcançando excelentes resultados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Mais notícias para você

Shopping Basket