INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Sua estratégia de Marketing de Conteúdo não está funcionando? Descubra o por quê!

Conforme se intensifica o movimento de migração das empresas para plataformas digitais, a preocupação com uma estratégia correta de Marketing de Conteúdo aumenta. Em muitos casos, a frustração pode afastar o empreendedor, mas é preciso investigar causas. 

Muitos empreendimentos recebem informações diversas do que seria o Marketing de Conteúdo, quais são os seus reais impactos e a criação de uma estratégia eficaz. A falta de conhecimento do gestor e a pouca maturidade digital do mercado intensificam o conflito. 

Basta dizer que para desenvolver conteúdo de modo a atrair e manter o público em sua página, seja em um site ou nas redes sociais da marca, o primeiro passo é conhecer sua ferramenta e seu cliente. Todo o resto é processo. 

Para guiar empreendedores nessa longa jornada, é importante o apoio de profissionais experientes e solucionadores criativos, uma vez que a comunicação envolve muito do que é percebido como subjetivo, alegórico e, por isso, imprevisível. 

No entanto, diferente do que alega o senso comum, o comportamento de grandes grupos pode ser previsto e analisado em termos objetivos e mensuráveis. Neste artigo, serão apresentadas algumas razões de fracasso nesta área e o que fazer para corrigi-los. 

 

Geração de conteúdo na era informacional

Criar conteúdo é um fator de urgência para qualquer organização que deseja chamar a atenção da sociedade. A popularização de aparelhos com acesso ininterrupto à internet transaciona a idade contemporânea para uma era informacional. 

Na era informacional, dados são a maior e principal via de troca de todas as relações. Através da coleta e análise de dados, empresas chegam até seus clientes e desenvolvem produtos melhores, indivíduos criam laços e profissionais firmam suas carreiras. 

Um dos exemplos comuns desta era que informa com o fim de otimizar o que existe é o escritório compartilhado coworking, modelo que aumenta produtividade e reduz custos. 

Muitas instituições foram pegas de surpresa por essa profunda transformação no modo como se organiza o mercado. Para além de habilidades técnicas na implementação e monitoramento de dados, a comunicação ganha novas cores. 

O consumidor da era informacional está consciente de que possui uma quantidade maior de ferramentas para avaliar a real qualidade de um produto, bem como a confiabilidade de uma empresa, e está disposto a utilizá-las ao máximo. 

Transparência, acessibilidade e valor social ganharam impacto sobre o processo decisório de indivíduos, que demandam a apresentação de uma vantagem, um papel que a empresa exerce sobre suas vidas, antes de realizar qualquer operação financeira. 

Por isso, uma empresa especializada em contabilidade precisa investir em marketing de conteúdo para se estabelecer online. A prática, coração do marketing de atração, substitui o paradigma de abordar o cliente por informar o cliente, como meio de gerar a compra. 

As empresas que não são capazes de compreender o que mudou ao seu redor, dificilmente criarão uma estratégia de marketing de conteúdo que seja eficaz em longo prazo, ou mesmo avaliar profissionais responsáveis por esse tipo de planejamento. 

 

O que pode estar dando errado?

No momento de analisar os rendimentos de uma campanha de marketing em uma sala comercial coworking, uma das primeiras métricas avaliadas é a relação entre a quantidade de receita gerada pela ação e as despesas totais para implementar a ação. 

Nesse estágio, uma análise que pode ser realizada por qualquer gestor, seja ele qualificado em ferramentas de avaliação do desempenho ou não, o empreendedor identifica que seus resultados estão aquém do que esperava, imaginando o que deu errado.

 

1 – Você estabeleceu metas inalcançáveis

Um dos problemas mais comuns quando se trata de Marketing de Conteúdo é a confusão entre o que o gestor considera como ideal e aquilo que a empresa pode alcançar mediante suas circunstâncias. Tal problema é também resultado de um precário esforço de pesquisa. 

Tudo o que é executado em uma organização, seja sua estratégia de marketing, a embalagem utilizada nos produtos, a localização de sua sede física ou a contratação de colaboradores, depende de uma análise de mercado. 

Essa análise é a bússola que permite a compreensão do que são de fato oportunidades e do que são metas que ninguém alcançou porque é muito difícil alcançá-las. Uma avaliação patrimonial por meio de benchmarks esclarece o conflito. 

 

O que fazer?

Avalie a tecnologia disponível em seu negócio, bem como a envergadura de suas ferramentas internas. Uma estratégia de marketing de conteúdo para as redes sociais não vai funcionar sem uma boa estrutura de fotografia e design gráfico, por exemplo. 

Invista naquilo que pode melhorar a base de suas ações de marketing de conteúdo, como um site responsivo ou configuração do código-fonte com base em UX design ou User Experience

Um exemplo é a inserção de meta tags, que são um famoso recurso de SEO, sigla utilizada para referir-se ao conjunto de técnicas de otimização do site para motores de busca. 

Lançadas a partir da versão cinco do HTML, a linguagem de marcação de texto, suas principais funções são: 

 

  • Informar algoritmos de indexação sobre o assunto tratado na página; 
  • Definir quais partes do site devem ser ranqueadas; 
  • Estabelecer o título e descrição do link nos resultados;
  • Marcar o tipo de caractere usado na página; 
  • Direcionar a indexação em termos de local e demografia. 

 

A configuração correta das meta tags permitem seu funcionamento como totens personalizados que facilitam a atuação dos algoritmos em sua página, melhorando a nota do site no índice de qualidade e aumentando suas chances de atrair tráfego. 

 

2 – Sua frequência de publicação é inconstante

A configuração correta de todas as métricas de marketing digital, a criação do artigo perfeito e a escolha impecável de informações e materiais de apoio, são esforços que podem ir por água abaixo quando uma ação de marketing de conteúdo é marcada pela inconstância. 

A criação de uma reputação de marca, fator importante para o marketing digital, acontece quando uma empresa está em evidência diante de seu público. Considere que o espaço virtual é preenchido com milhões de publicações por segundo. 

Cada publicação, por melhor que seja, possui um tempo de vida limitado, estando destinada ao limbo em questão de poucas horas ou dias. Um fluxo constante de dados pode manter a engrenagem funcionando, além de aumentar o lifespan de postagens antigas. 

 

O que fazer?

Estabeleça um cronograma de longo prazo para a publicação de conteúdo, segmentando o planejamento por site e por cada rede social. Identifique o perfil de interação de cada plataforma e empregue automação empresarial na análise. 

A frequência de alimentação dos blogs institucionais da marca e das redes sociais deve depender do intervalo de consumo médio entre uma postagem e outra, a relação entre elementos visuais verbais e não-verbais, além do perfil da empresa e do cliente.

Avalie o impacto que os meios de comunicação exercem sobre a capacidade de concentração do usuário. O plano de ações em marketing de conteúdo precisa ser separado de acordo com o dispositivo alvo da proposta.

Trace uma jornada do usuário para cada publicação. Desta forma, além de definir detalhes da estratégia, o empreendedor fica a par de qual tipo de consumidor será filtrado no tráfego de escritórios virtuais e como esse processo vai ocorrer. 

 

3 – Suas publicações são de baixo apelo

Criar uma estratégia de marketing de conteúdo não depende apenas de gerar informação, como também gerar informação que seja interessante para o leitor, uma mistura de pesquisa de preferências com uso de linguagem adequada. 

Muitas publicações que fracassam são marcadas pela linguagem massante, pela má disposição de palavras, pelas barreiras de comunicação inseridas pelo produtor de conteúdo, bem como pelos temas mal selecionados e explorados. 

 

O que fazer?

Conheça as necessidades de sua audiência. Avalie o que o seu cliente está procurando na web, quais são suas buscas mais frequentes, quem são os influenciadores e figuras de autoridade que acompanha e qual é o tipo de publicação que mais lhe agrada. 

Essas informações podem ser adquiridas com o uso de ferramentas de rastreio de tráfego, disponíveis gratuitamente para sites e redes sociais. Acompanhar o que concorrentes bem-sucedidos estão fazendo é também uma excelente opção. 

Se o seu campo de atuação é um programa para gestão financeira, uma forma de abordar o tema é fornecer dicas de controle das contas, guias que auxiliem sua audiência a solucionar uma necessidade que apresentam, agregando valor. 

 

Conclusão

O Marketing de Conteúdo é uma dos caminhos mais eficazes no que compete ao posicionamento de marca nas plataformas digitais. A geração de informação relevante sob uma linguagem atraente ao público aumenta o potencial de vendas de uma empresa. 

Conhecer quais as ações necessárias para garantir o sucesso dessa prática, além de reconhecer os obstáculos de cada empresa e o tempo necessário para alcançar uma meta é fundamental para estabelecer um tom adequado de comunicação com stakeholders

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Comments are closed.

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência no nosso site.