Captura de tela 2021-05-24 123748

Automação de marketing; Quais otimizações podem trazer mais resultados?

A automação de marketing tem sido uma importante ferramenta para alcançar resultados mais satisfatórios em empresas dos mais variados nichos. Trata-se do uso da tecnologia para automatizar diversas operações e processos de marketing.

O avanço da tecnologia tem permitido resultados cada vez mais positivos em diversos ambientes, especialmente no campo profissional.

Estes avanços acabam sendo fundamentais para você conseguir explorar serviços manuais de forma mais rápida e prática. 

Hoje em dia, uma empresa de roupas femininas para revenda pode agilizar muito seu trabalho com a automação.

Quando seus colaboradores não precisam se preocupar com esse tipo de ação repetitiva, podem se focar em construir melhores resultados, criando novas operações e processos que acabam sendo mais vantajosos.

Muitas pessoas ainda não conseguem entender exatamente o que é a automação de marketing. Por isso, é importante ter total ciência do que se trata esse mecanismo para você conseguir explorar da melhor forma possível suas opções.

Muitos empresários acreditam que qualquer ação que seja realizada de forma automática já esteja enquadrada como automação de marketing.

Entretanto, é preciso se atentar aos detalhes que tornam esse tipo de automação tão necessária.

Para conseguir aplicar corretamente a automação de marketing em seu projeto de loja de roupa, é preciso muito planejamento e conhecimento.

Utilizar a automação de marketing é conseguir compreender e agir de forma personalizada em suas ações, identificando todos os pontos que podem ser otimizados e como permitir que sua equipe esteja melhor engajada com as metas e objetivos da empresa.

Como estruturar sua automação?

Conseguir estruturar sua empresa utilizando as ferramentas de automação não é um trabalho difícil, mas exige muito planejamento e organização para que todas as suas estratégias possam ser otimizadas.

Para garantir o funcionamento de todos os recursos de automação, você deve pensar e planejar de forma que não fiquem dúvidas quanto às ações da empresa.

É possível até mesmo pensar em ações conjuntas, se você estiver em um Projeto de Sala Comercial, por exemplo.

Por isso, quanto mais você der atenção a alguns elementos da estruturação, mais fácil será colocar em prática.

Planejamento é fundamental

Qualquer ação que se proponha a seguir para a prática sem que haja um planejamento cuidadoso antes é um convite ao fracasso. 

Isso acaba forçando diversas etapas do trabalho a serem feitas novamente e acaba atrasando toda a produção.

Quando você opta por investir em ferramentas de automação, o ideal é reduzir o tempo de atividades e aumentar a produtividade, não o contrário. 

Por isso, quanto mais você conseguir melhorar o tempo de ação das atividades, melhor.

Dessa forma, você conseguirá conquistar um espaço adequado na empresa, sem se preocupar com nenhum tipo de recurso falho que precisará de reparos, uma vez que tudo terá sido planejado corretamente e testado.

Ao utilizar as ferramentas de automação para divulgar seu espaço de coworking, você precisa se atentar a vários detalhes.

Quanto mais você fizer o planejamento de toda a sua operação, mais assertivas serão as respostas que você terá. 

Isso inclui:

  • Perfil de cliente;
  • Conteúdo do funil de vendas;
  • Fluxos de nutrição;
  • Utilização de personas.

Quanto mais bem desenhado e estruturado estiver o planejamento, maiores serão as chances de você conseguir explorar corretamente estes elementos. 

Neste caso, especialmente, a automação pode ser muito útil em diversas etapas do processo.

Quando você sabe exatamente onde quer chegar e como fazer isso, consegue programar inteligências artificiais e robôs para conseguir alcançar estes resultados.

Utilize fluxos alternativos

Um funil de vendas é uma das principais maneiras de acompanhar a jornada de compra de seus clientes.

Por meio dele, é possível identificar em que momento os consumidores se encontram e como você pode agir para conseguir passá-los para um estágio mais avançado.

Assim, você conseguirá encontrar com mais facilidade os consumidores de convites personalizados que você estiver produzindo.

Quanto mais você estiver familiarizado com este tipo de recurso, mais fácil será aplicar ferramentas de automação para conseguir os objetivos que você espera com gastos menores e uma taxa de retorno muito maior.

Entretanto, é preciso compreender que nem sempre o fluxo do cliente será o mesmo. Você deve estar pronto para identificar e entender as diferenças no fluxo para conseguir aproveitar da melhor forma possível as ferramentas de automação.

O cliente de hoje em dia preza muito pela personalização e pela atenção dada exclusivamente a ele.

Por isso, utilizar ferramentas que eliminam a parte mecânica do trabalho e permitem que seus colaboradores possam passar mais tempo em diálogo, melhor.

Defina as etapas de seu funil

Para conseguir compreender de uma maneira melhor e mais inteligente o que os seus clientes passarão em cada um dos momentos do funil de vendas, você precisa definir e detalhar corretamente cada uma de suas etapas.

Este tipo de recurso é importante para criar familiaridade com as etapas do funil, garantindo que você consiga estruturar de forma mais completa todos os elementos que fazem um lead passar para a oportunidade de negócios.

Quanto mais você compreende como funciona cada etapa de um determinado negócio, maiores são as chances de ele conseguir um bom engajamento.

Pensando nisso, é importante contar com algumas ferramentas de automação que podem ser muito úteis nesse processo. Para a venda de placas informativas personalizadas, é importante saber onde está seu cliente no funil.

A automatização de alguns destes elementos é fundamental para conquistar um bom espaço no mercado, uma vez que acaba agilizando todo o processo do funil e consegue engajar vendas de maneira mais rápida.

Além disso, as ferramentas de automação acabam conquistando um espaço maior por conta de suas possibilidades.

Isso porque muitas vezes você tem diversos clientes para atender simultaneamente, e uma ferramenta automatizada consegue lidar com esse tipo de situação com muito mais tranquilidade.

Benefícios da Automação de marketing

Existem inúmeros benefícios que essas ferramentas apresentam em frente às necessidades da empresa. 

O objetivo final de qualquer ação desse tipo é basicamente conseguir mais vendas, e aumentar a saúde financeira da empresa.

Por isso, investir em ferramentas de qualidade que melhoram todo o processo é fundamental.

Nutrição de leads

O lead é uma parte muito importante do funil de vendas. É aquele consumidor que já tem interesse em engajar-se em um relacionamento com a empresa, mas ainda não está certo ou acredita que não é o momento ideal.

Esse cliente precisa ser nutrido frequentemente com informações, conteúdos interessantes e outros argumentos, uma vez que o fato de não estarem prontos para a compra não significa que em breve isso não irá acontecer.

Um cliente que deseje um cartão de visita colorido pode não estar no momento certo, mas ser cativado até a hora de converter-se em consumidor.

Por isso, é importante criar ferramentas que possibilitem uma manutenção eficiente desse relacionamento, sem que você precise movimentar um colaborador especificamente para cada cliente que se encontra nesse estágio.

Maior eficiência

O processo de compra é uma ação lenta e complexa, que passa por vários estágios até ser efetuada. Quanto mais você conseguir automatizar as etapas desse processo, mais rapidamente conseguirá avançar neste caminho.

É importante conhecer o usuário para saber exatamente o que e quando oferecer algo para ele. Assim, você acaba elevando o potencial de conversão através de ferramentas de automação, que possibilitam um engajamento maior com os consumidores.

Dessa forma, você acaba fazendo com que o funil de vendas se movimente de forma muito mais rápida, tornando os leads mais propensos a serem convertidos pela sua equipe de vendas no momento certo.

Trabalha a comunicação

Em qualquer processo de vendas da atualidade, a comunicação é um passo essencial. É importante ter em mente que o cliente atual busca humanização e personalização. Não há mais espaço para um atendimento impessoal.

Por isso, quando você pensa em formas de automação de marketing, a comunicação deve ser planejada para funcionar de maneira orgânica, possibilitando um atendimento muito mais próximo e real.

O ideal é utilizar a automação no período de segmentar o cliente, para que depois entre o atendente humano gerando a personalização do atendimento. Dessa forma, você garante que o cliente terá toda a atenção voltada para ele.

Fazer um flyer festa será um trabalho muito mais fácil se você conseguir gerar uma boa comunicação com os organizadores, por exemplo.

O resultado desse tipo de ação é uma comunicação rápida, direta e eficiente, o que acaba trazendo ainda mais valor para sua marca e faz com que os clientes se interessem em conhecer mais de seu trabalho.

Preparação melhor

Quanto mais você consegue apresentar conteúdo por meio das ferramentas de automação, maior será o preparo que o cliente terá quando chegar o momento certo de sua equipe de vendas iniciar a interação.

Dessa forma, o cliente já chegará para o momento do diálogo com poucas ou nenhuma dúvida, o que permite que o vendedor consiga abordar de forma mais direta, atraindo para a conversão este tipo de cliente.

Considerações finais

Hoje em dia, não pensar em utilizar a tecnologia para melhorar os processos da empresa é uma falha tremenda de estratégia.

Cada vez mais, empresas de todos os setores têm sido beneficiadas com recursos e ferramentas poderosas de tecnologia.

A automação tem sido uma das mais importantes, tanto no setor operacional quanto em outras áreas. A automação de marketing nesse caso merece um destaque a parte por facilitar muito o trabalho de sua equipe de profissionais.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

chat-bot-f

6 vantagens da automação de marketing

Quando se ouve falar em automação, a maioria de nós imagina esteiras industriais e braços robóticos, mas não é bem assim. Existe também um tipo de automação de marketing, que pode ajudar e muito uma empresa a se alavancar.

Neste caso, o que temos são processos e ações típicas do marketing digital, que simplesmente dispensam a ação humana, a não ser para configurá-las. Basicamente, esta já é uma realidade no mercado atual, embora nem todo mundo conheça.

Algumas delas já são até populares, como quando você entra em um site para cotar um notebook novo, e um chat se abre sozinho no canto da tela, conversando com você e tirando dúvidas básicas. Muito provavelmente, era um chatbot.

Sendo assim, um robô digital desenvolvido para lidar com questões básicas como preços, prazos, status de ordem de serviços e afins. O que favorece esse tipo de tecnologia são os algoritmos digitais, que a cada ano se tornam mais desenvolvidos.

Um exemplo são os grandes motores de busca, que já falam em machine learning (algo como “aprendizado da máquina”). Nesses casos, os robozinhos dos buscadores já são capazes de fazer análises sintáticas em frases escritas ou mesmo faladas.

Outra frente que tem evoluído muito nesse sentido são as redes sociais, que também têm tudo a ver com o marketing digital, tanto quanto os motores de busca. Justamente, por isso, elas permitem um nível de segmentação de públicos que é incrível.

Se a marca trabalha com sala de reunião pequena, a automação/inteligência artificial das redes permite que a empresa faça anúncios para aparecer somente para um perfil de usuários. No caso, pequenos empresários que estejam próximos das salas comerciais.

Afinal, que sentido faria falar sobre sala de reunião pequena com adolescentes que nem sequer trabalham ou pagar para aparecer para grandes empresários que precisam de espaços maiores ou que estão em outros locais do país, bem distantes?

Daí a importância de segmentar o perfil do usuário, localização dele, ticket médio que costuma investir e daí em diante. Além disso, sites institucionais, blogs, marketplaces, e-mails marketing e várias outras frentes também podem ser automatizadas.

Por isso, decidimos escrever este artigo, trazendo os principais conceitos da área, bem como as 6 maiores vantagens da automação de marketing. 

Se você quer desfrutar de tudo isso, basta seguir adiante na leitura.

1. Só os melhores leads

Acima falamos sobre segmentação, mas isso é o que ocorre nas redes sociais e nos motores de busca.

Agora, quem já fez algum esforço no marketing digital, sabe da dificuldade de atrair apenas as pessoas certas, e na hora certa.

Tudo bem que mesmo dentro do seu próprio site é possível já contar com um público mais assertivo, justamente por meio de anúncios feitos em mídias sociais e buscadores. Assim, quem chegar ali por essas vias vai ter o perfil do seu público-alvo.

Contudo, e se alguém vier de fora, como saber que você não vai acabar perdendo tempo por gerar leads de pessoas desinteressadas? Um modo incrível de fazer isso é criando formulários de preenchimento, como para recebimento de newsletters.

Você pode fazer isso no seu blog sobre avaliação de ativos (gestão patrimonial típica de advogados e consultores), oferecendo um e-book sobre o assunto. A automação entra quando você integra isso com um pop-up inteligente, por exemplo.

Ele pode ser programado para aparecer somente quando determinado comando for executado, ou seja, não será apenas um formulário estático no começo da página.

Talvez ele apareça somente quando a pessoa navegar até o fim, atingindo um percentual da barra de rolagem. 

Ao fazer isso e interagir apenas com quem interagiu com seu conteúdo, você captará os melhores leads, de gente realmente interessada.

2. Integração dos vários canais

Se conseguir filtrar apenas os leads realmente interessados já é um avanço e tanto, a automação de marketing pode ir além e integrar os vários canais que citamos acima.

Hoje as principais frentes são as seguintes:

  • Buscadores;
  • Redes sociais;
  • Site institucional;
  • Blogs e vlogs;
  • E-commerces.

Essa integração consiste em conseguir atingir o cliente ideal em qualquer um desses canais, especialmente quando se trata de um lead que, por exemplo, abandonou o carrinho, como no caso do remarketing.

Na verdade, mesmo antes da compra essa integração pode ter um poder enorme. Imagine que você trabalha com academia de hidroginástica, e uma vez que o cliente entrou no seu blog ou pesquisou isso nos buscadores, seu anúncio ganhou destaque na rotina dele.

Então, ele vai ver um banner seu nos demais sites que entrar (graças à rede de displays dos motores de busca), seja um blog, um portal de notícias ou um vídeo que ele queira assistir.

Com o tempo, isso vai gerar uma presença que o usuário tende a associar com autoridade, o que reforça sua marca e potencializa os resultados comerciais.

Internamente a marca pode fazer isso não apenas com e-mail marketing, mas até mesmo com SMS. Assim, o lead além de receber e-mails recebe mensagens de celular, lembrando ele de ações que podem ser feitas para benefício próprio.

3. O atendimento fica mecânico?

Um receio muito comum quando se fala em automação de marketing, é os empresários ou gestores acharem que se trata de algo robotizado demais, como deixar o cliente no telefone falando com uma atendente eletrônica.

Não é nada disso, na verdade o atendimento fica muito mais personalizado, e não mecânico ou superficial. 

O primeiro exemplo é o da própria integração referida acima, que faz com que o cliente tenha impressão de que há uma pessoa por trás das ações.

Por isso, outro benefício da automação de marketing é sua capacidade de melhorar o atendimento e com isso, tornar o engajamento muito mais assertivo. Outro exemplo é o próprio e-mail marketing.

Imagine que o lead está avançando no funil de vendas, sobre creme hidratante para o rosto. Cada novo e-mail disparado aprofunda mais o assunto, falando sobre importância do cuidado com a pele, depois sobre composição do produto, enfim as melhores marcas.

Uma pessoa jamais poderia fazer isso manualmente com centenas ou milhares de clientes. A automação faz isso, e a impressão que o lead tem é de que está sendo melhor tratado do que em qualquer outro lugar, jamais sentido que a comunicação é “mecânica”.

4. Unificação entre equipes

Se tem um problema que pode comprometer o resultado das vendas de uma empresa é a falta de harmonia entre duas equipes fundamentais: a do marketing e a do comercial.

Pela ótica do funil de vendas, o topo do funil e parte do seu meio precisa ser dominado pelo pessoal do marketing, até que o lead se torne um prospect, e do meio para o fundo do funil, possa ser trabalhado pelos vendedores.

Mas, essa transição é desafiadora. Por exemplo, uma empresa de projetos de automação industrial, há várias etapas de idealização desses projetos, então os funcionários precisam acompanhar a jornada de compra do cliente em potencial.

Além disso, geralmente, quando o lead está perto da fase de prospect, é comum que ele esteja cotando outras opções do mercado também. 

Sendo assim, se a empresa perder muito tempo, pode acabar perdendo a oportunidade para a concorrência.

A automação de marketing ajuda a evitar que isso ocorra, já que programas como o CRM (Customer Relationship Management) fazem, justamente, a Gestão de Relacionamento com o Cliente, com alertas de cada etapa do funil de vendas.

5. Como anda o seu CAC?

O famoso Custo de Aquisição por Cliente é um dos indicadores mais importantes para uma empresa manter em dia. Basta somar todos seus custos com marketing e divulgação, e dividir com os clientes conquistados.

Pronto, é o custo que você teve para trazer cada um deles. Agora imagine a diferença entre prospectar clientes na rua, de porta em porta, ou fazer isso pelo marketing digital, com todas as suas automações típicas.

Se uma papelaria vende envelope personalizado para imprimir, quantos ela pode vender pelo balcão, durante o dia? E quantos clientes ela pode impactar anunciando para o país todo, com uma loja virtual automatizada com as opções descritas acima?

6. Fidelização e sustentabilidade

Por fim, um termo muito em voga hoje é “sustentabilidade”. Pouca gente sabe, mas ele não remete apenas a questões ecológicas, mas também a questões financeiras.

Uma empresa sustentável é uma empresa que se mantém faturando e lucrando. Para isso, o que ela precisa é fidelizar seus clientes, e a automação de marketing pode ajudar e muito nisso, de maneiras bastante diversas.

Aliás, elas evoluíram bastante nos últimos anos. Se o cliente fechou com você um lote de flyer digital, há muito mais para fazer do que disparar um e-mail de boas-vindas. Hoje é possível enviar dicas customizadas, bem como artigos de blog que o ajudem.

Além disso, há pesquisas de satisfação que o ajudam a expressar em que seu negócio pode melhorar. Tudo isso só reforça como essas 6 vantagens da automação de marketing tratadas acima podem, realmente, mudar a realidade de qualquer empresa.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.