pexels-andrea-piacquadio-3761509 (1)

Humanização de marca: entenda como usar essa estratégia na sua empresa

No meio de tantas estratégias e meios de gerar mais resultados para uma empresa, surge a humanização de marca que quebra todos os paradigmas e estereótipos criados em torno de um negócio e de como ele deve se comunicar com seus clientes. 

Os internautas estão cada vez mais interessados em pessoas e não apenas em produtos ou serviços.

Isso significa que toda aquela linguagem robotizada criada pela internet já não faz mais sentido. 

Isso porque os profissionais que usam as redes sociais para divulgar o seu trabalho e os usuários que a utilizam para comprar algum produto ou serviço, no fim das contas, são a mesma coisa, seres humanos. 

Por mais óbvio que isso possa parecer, muitos ainda acham que todos do outro lado da tela são robôs, mas este é um conceito que está morrendo aos poucos. 

Portanto, iremos abordar o conceito de humanização de marca, a sua importância, os benefícios que traz ao seu negócio e dicas práticas para você aplicá-lo e mudar por completo a relação da sua marca com seus clientes. 

O que é humanização de marca? 

O conceito de humanização de marca é justamente tornar o seu negócio mais humano.

Sendo assim, trazer características da vida real para as redes sociais e fazer os internautas entenderem que estão sendo tratados de acordo com aquilo que eles são, pessoas. 

É normal que um negócio como a consultoria TOTVS protheus produza conteúdos e crie anúncios nas redes sociais de maneira automática e com uma linguagem mais genérica e aberta, sem especificar seu público e buscar um relacionamento com ele. 

O usuário acaba entendendo que aquele negócio não é tão bom assim, justamente por não chamar a sua atenção e mostrar o seu diferencial perante as milhares de marcas que existem no mercado. 

Hoje, as pessoas estão à procura de relações saudáveis e recíprocas, e isso também engloba o universo dos negócios, os clientes querem um relacionamento com a marca que estão tendo contato. 

Humanizar a sua marca vai muito além de prestar um bom atendimento na hora de fazer um orçamento de assessoria contábil da sua empresa, é mostrar que ela não é perfeita e também possui os seus momentos difíceis. 

É muito fácil identificarmos as qualidades e bons momentos, mas é muito difícil reconhecer e falar sobre aquilo que não está bom.

Entretanto, é justamente este o ponto crucial que irá ajudar a humanizar a sua marca. 

Qual a importância da humanização de marketing? 

A construção dessa imagem mais humanista traz um ar mais leve e real para a marca, pois com as redes sociais, as pessoas tendem a acreditar que tudo é um conto de fadas, perfeito e sem defeitos, mas sabemos bem que não é assim. 

Lembrando que a internet é uma grande ferramenta de uso para as pessoas, ela mudou completamente a forma das pessoas se relacionarem, e encontrar uma fibra óptica para indústria, por exemplo, ficou ainda mais fácil. 

Porém, ela também trouxe os seus malefícios que acabam sendo responsáveis até mesmo por transtornos como ansiedade, depressão e compulsão alimentar devido aos conteúdos compartilhados nas redes sociais. 

Mas, quando um internauta se depara com uma marca que não faz questão de demonstrar os seus lados negativos, seus desafios e momentos difíceis, ele se enxerga naquela marca e entende que nada nessa vida é perfeito como parece. 

Tomar essa atitude de humanizar o seu negócio, traz diversos benefícios como:

Maior relacionamento com o cliente 

A humanização de uma marca faz com que o cliente se sinta mais confiante e pronto para comprar da sua marca.

Isso porque essa estratégia gera empatia e emoção entre o cliente e a sua marca. 

Caso você seja o gerente de uma equipe de fornecedores de brindes corporativos, a humanização da sua marca garante que esses clientes se sintam mais próximos da cultura do seu negócio. 

É a intimidade que gera um relacionamento saudável e confiável, que garante a conquista e fidelização desse cliente junto a sua marca. 

Comunicação natural 

Pense que você está em um almoço de domingo com amigos e conversando sobre a vida e a procura de um escritório de contabilidade na Zona Sul de SP

A última coisa com a qual irá se preocupar é utilizar um linguajar formal e sério com os seus amigos. 

Pois bem, essa é a ideia que a humanização também traz, você não precisa abraçar toda aquela pressão de venda e de relacionamento para falar com o seu cliente. 

Basta entender que ele será como um amigo seu, e a comunicação de vocês fluirá. 

Quando não entendemos isso, é comum adotar uma linguagem mais formal e séria que nem sempre é bem recebida pelos clientes. 

Por isso, personalize a sua comunicação e faça ela ser natural entre a sua marca e os seus clientes. 

Feedbacks reais 

A humanização de uma marca gera uma relação mais próxima com os clientes que permitem a devolutiva com feedbacks reais que realmente irão ajudar a empresa a crescer. 

Assim como clientes deixam o seu feedback em sites de marcas de montagem de câmara fria preço, por exemplo.

Eles também podem enviar esses comentários por meio das redes sociais e dos comentários na publicação da sua marca. 

Portanto, são aqueles que realmente irão acrescentar algo na sua empresa e ajudá-los a ver o que precisa ser mantido e o que precisa ser mudado na marca. 

Os feedbacks são extremamente importantes para a construção de um negócio que atinja os desejos de seu público-alvo e ele só consegue aparecer com um relacionamento saudável e humano entre a marca e o cliente. 

3 dicas para humanizar o seu negócio 

Por fim, selecionamos algumas dicas para você colocar todo este conceito em prática e humanizar a sua marca Confira: 

Fale com seus fregueses diariamente 

Um relacionamento não é construído do dia para a noite, é necessário esforço, atenção e comunicação de ambos os lados e diariamente. 

Portanto, isso não muda quando falamos da construção de um relacionamento entre a marca e seus clientes. 

Por meio das redes sociais é possível se comunicar todos os dias com seus seguidores através de ferramentas de comunicação fornecidas nas redes sociais, como:

  • Stories;
  • Enquetes;
  • Caixa de perguntas;
  • Live;
  • Publicações no feed

Tudo isso ajuda na construção da humanização da sua marca e do relacionamento saudável entre você e seus clientes. 

Mostre o seu rosto 

Muitos donos de empresas acham que não é necessário dar a sua cara a tapa e aparecer nas redes sociais da marca.

Por isso, criam logos e símbolos para ocuparem o seu lugar, mas isso é impossível. 

Quando um possível cliente busca por um despachante em Londrina e encontra uma marca que possua não apenas uma boa identidade visual, mas também a presença de um rosto na marca, tudo fica ainda mais confiável.

Isso porque as pessoas irão entender que por trás daquele negócio existe uma pessoa assim como ela, e essa identificação, acaba gerando uma proximidade, confiança e segurança ainda maior entre a sua marca e esse possível cliente. 

Compartilhe os bons e maus momentos 

As redes sociais tendem a compartilhar tudo o que é bom, o que reforça a ideia das pessoas acharem que tudo é perfeito, e isso acaba gerando uma grande desilusão quando elas não veem tudo perfeito em suas próprias vidas. 

Por exemplo, se um internauta vê uma CRLV digital BA perfeita e adquire pensando que o seu resultado será igual ao do seu amigo, ele pode se frustrar ao ver que tudo foi muito diferente do que ele pensava. 

Mas, nem sempre o problema está no produto ou serviço, mas sim nas altas expectativas que o cliente cria em cima daquilo e que são reforçados pelo ambiente das redes sociais. 

Quando esses internautas se deparam com pessoas e marcas que não escondem os seus lados negativos e os problemas que aparecem, eles se sentem mais confiantes e caem na realidade que é a vida, nada é perfeito. 

E isso é mais uma forma de construir uma relação duradoura com seus clientes e humanizar a sua marca por meio daquilo que é normal e presente em tudo na vida, os erros, defeitos, desafios e momentos difíceis. 

Considerações finais 

Humanizar a sua marca é uma atitude de coragem, pois você estará disposto a mostrar os lados positivos e negativos de uma empresa e da rotina de um negócio. 

Por mais que isso gere medo e desconforto no início, é algo que irá gerar grandes frutos lá na frente. 

Mais do que números e resultados, é importante criar uma marca que se preocupa em ouvir e se comunicar com aqueles que sempre irão ser o motivo da existência e sucesso do seu negócio, os seres humanos. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

pexels-photo-607812

Como fazer a melhor gestão de mídias sociais para seu e-commerce

Se você é um empresário que entende a importância da internet para que o seu negócio cresça, certamente já possui páginas ou perfis de mídias sociais ativos para a sua empresa. 

Que as redes sociais se tornaram ferramentas essenciais para que um estabelecimento ganhe visibilidade e seja encontrado mais facilmente pelo público, disso ninguém duvida. 

É cada vez mais comum que as pessoas possuam um smartphone com um pacote dados para acessar a internet, permitindo que elas conversem com seus amigos e parentes, façam pesquisas sobre qualquer assunto ou adquiram produtos e serviços por meio do dispositivo. 

Ter facilidade para navegar no mundo virtual e buscar informações sobre uma depilação a laser no rosto, por exemplo, é simples e prático, e ajuda um usuário a encontrar o que ele está procurando, em qualquer lugar que esteja. 

Isso quer dizer que essas pessoas vão encontrar diversos estabelecimentos na internet, e aquele que tiver mais visibilidade, garantindo a sua presença nas redes sociais, certamente vai conquistar novos clientes de modo mais eficiente do que outros que não estejam. 

Ou seja, ter um perfil ativo nas plataformas sociais é a maneira mais eficiente de ter um contato maior com o público e, assim, fazer com que a marca seja vista, permitindo que os consumidores encontrem o negócio na internet. 

Mas, tão importante quanto ter uma página nas principais redes, é gerenciar cada uma delas adequadamente. 

Por isso, este artigo traz dicas importantes sobre como fazer uma gestão eficiente das suas mídias sociais, garantindo o sucesso do seu e-commerce. 

Quer saber mais? Então siga na leitura deste conteúdo. 

A importância das redes sociais para e-commerces

Ter um e-commerce é o desejo de muitos empresários. Oferecer um site apropriado para vender vela de ignição, ou qualquer outro produto, pode ser um meio eficaz para aumentar os resultados de um negócio. 

Porém, para que os clientes cheguem até o seu site, é preciso que eles tomem conhecimento sobre a sua plataforma na internet, o que pede ações de divulgação. 

Sem dúvida, investir em anúncios na web e produzir campanhas de e-mail marketing, são ferramentas indispensáveis para impulsionar um e-commerce, mas as redes sociais são importantes para quem quer ser visto pelo seu público-alvo. 

Atualmente, é possível criar uma conta em várias redes sociais, sendo as mais conhecidas do momento:

  • Instagram;
  • Facebook;
  • YouTube;
  • LinkedIn;
  • WhatsApp;
  • Entre outras.

Se uma empresa de casting para eventos possui perfis ou páginas ativas nessas plataformas, o número de pessoas que tomam conhecimento sobre a sua atuação no mercado é cada vez maior. 

Afinal, a quantidade de usuários que essas redes possuem cresce continuamente, o que vai influenciar diretamente na visibilidade do negócio. 

Isso significa que um e-commerce pode ser muito mais conhecido se você divulgá-lo nas redes sociais, fazendo com que os usuários e seguidores que utilizam essas plataformas saibam da existência do seu negócio de modo simples e recorrente. 

E para conseguir uma boa divulgação nas mídias sociais, é indispensável que se gerencie adequadamente cada um dos perfis, pois a forma de atuar nesses espaços é o que garante a assertividade na publicidade da sua loja virtual. 

Por que gerenciar as redes sociais?

Se você é dono de uma clínica veterinária em campinas, e deseja que as pessoas que residam próximo ao endereço do seu estabelecimento conheçam sobre o seu trabalho, as redes sociais podem ser a maneira mais prática para fazer isso. 

Esse trabalho envolve conhecimento das principais ferramentas oferecidas por essas plataformas, permitindo ações de marketing digital estratégicas, que podem proporcionar resultados efetivos na divulgação do negócio. 

Por isso, uma melhor gestão de mídias sociais é a forma eficaz de tornar o seu e-commerce conhecido na internet, e garantir que o público-alvo da empresa seja impactado, gerando vendas e lucros cada vez melhores.

Mas, é importante frisar que gerenciar um perfil na rede social exige conhecimento da área. 

Afinal, criar campanhas de marketing assertivas implica em ter uma equipe preparada para promover um serviço. 

Como o de acupuntura para cachorro, por exemplo, depende de uma série de fatores, que vão desde o uso de boas imagens, até uma linguagem mais adequada.

Com as redes sociais, o processo é o mesmo: é preciso identificar o público-alvo do seu e-commerce e fazer com que a maneira de se comunicar com essas pessoas seja objetiva e clara, no momento certo, e com estratégias eficazes.

Nesse sentido, talvez seja interessante contar com o auxílio de um profissional que entenda de gerenciamento de mídias sociais e consiga administrar a sua página de maneira eficiente e com ações direcionadas. 

Isso porque, se uma clínica de saúde quer promover os seus serviços, divulgando um exame de vulvoscopia, ela precisará utilizar técnicas apropriadas para isso. 

Ou seja, ela deverá direcionar o seu anúncio para mulheres, utilizando uma linguagem apropriada. 

Também é indispensável conhecer o perfil de usuários de uma determinada rede. 

Afinal, ao promover exames de diagnóstico, é preciso entender em quais mídias sociais eles podem ter maiores resultados. 

Enquanto o Instagram é uma plataforma voltada para a postagem de fotos e de textos curtos, o LinkedIn é uma rede que prioriza os contatos profissionais, e assim por diante. 

Desse modo, é possível perceber que a atuação de um profissional habilitado para o gerenciamento de redes pode ser a melhor maneira de garantir a assertividade das suas ações nas mídias sociais. 

O que deve ser priorizado no gerenciamento de mídias para um e-commerce?

Depois de entender a importância de gerenciar as suas páginas nas redes sociais, é fundamental conhecer as características que devem ser priorizadas na atuação da sua loja virtual, dentro dessas plataformas de comunicação. 

Isso porque é possível realizar várias ações nas mídias sociais, tais como:

  • Postagens de conteúdos diversos;
  • Interação com o público por comentários;
  • Compartilhamento de publicações;
  • Envio de mensagens privadas;
  • Publicação de anúncios patrocinados;
  • Entre outros.

Todas essas atividades devem ser feitas de maneira estratégica, para que tragam efeitos positivos para os seus perfis. 

Para que elas surtam o efeito desejado na divulgação de um estabelecimento especializado em produção de salgados para festa assados, por exemplo, é essencial levar em conta alguns elementos importantes do marketing digital. 

1 – Identificação do público-alvo do negócio

Uma das principais maneiras de gerenciar as redes sociais adequadamente é identificar o seu público-alvo.

Isso é importante para entender qual é a linguagem apropriada para utilizar nas suas postagens, assim como para saber qual das redes sociais faz mais sentido para o seu e-commerce. 

Essas informações também vão determinar os assuntos que serão abordados nas suas publicações, já que elas devem oferecer conteúdos de qualidade para os seguidores do perfil. 

Além disso, ao conhecer o público-alvo do seu negócio, pode-se utilizar os anúncios para a promoção da sua plataforma, configurando-os da maneira ideal, fazendo assim com que eles atinjam as pessoas certas.

2 – Produção de conteúdo e engajamento com os seguidores

Um bom gerenciamento de redes prioriza a postagem de bons conteúdos, assim como a interação com o público que acompanha a página. 

Isso porque uma das maneiras mais produtivas de conquistar a atenção do público atualmente, é por meio de postagens interessantes, que agregam maior valor para os leitores e, assim, conferem uma maior autoridade para a marca. 

Além disso, as redes sociais possibilitam um contato próximo com o público da sua empresa. 

Sendo assim, é indispensável utilizar os campos de comentários ou o chat privado, para interagir com os usuários dos seus perfis nas redes sociais. 

Essa é uma maneira eficiente de criar laços com os seguidores, e utilizar essas oportunidades para falar mais sobre o seu negócio e sobre seus produtos, ajudando na divulgação do e-commerce.

3 – Acompanhamento de métricas e resultados

Uma vez que uma loja virtual que vende produtos para clínicas especializadas em limpeza pele profunda deseja saber sobre como anda a sua atividade nas redes sociais, ela precisará acompanhar as métricas relacionadas ao seu perfil. 

As métricas apresentam informações detalhadas sobre quantas pessoas visualizaram uma postagem, sobre as impressões e o engajamento dos seguidores, mostrando assim, quais das publicações trouxeram resultados efetivos.

Elas também ajudam a entender a necessidade de adaptação de conteúdos, pois permitem saber quais temas interessam mais aos usuários das redes sociais. 

Como esses dados podem ser muito técnicos para algumas pessoas, é preciso contar com  ajuda de um profissional habilitado em gestão de redes, para que a assertividade das campanhas e postagens realizadas nessas plataformas tragam os efeitos desejados. 

Nesse cenário, é possível perceber que uma melhor gestão das redes sociais influencia diretamente no sucesso do perfil ou página da empresa. 

Por isso, ao contar com esse tipo de serviço, o seu e-commerce será beneficiado, conquistando novos clientes e alcançando os potenciais compradores da sua loja virtual.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.