likes 2

Instagram confirma o fim dos likes

Inicialmente a mudança não ocorrerá para todos usuários do Instagram

A iniciativa tem como objetivo contornar o problema de saúde pública que atinge diversos usuários que usam excessivamente e de forma nociva a plataforma de rede social. O “vício em likes” já é tido em muitos países como um grande mal pois provoca alterações no cérebro e consequentemente no comportamento de diversas pessoas de forma similar aos usuários de álcool, drogas, jogos e outras dependências.

As empresas ligadas as plataformas de redes sociais têm se mostrado preocupadas publicamente, até porque não querem parecer produtoras de algo que está alterando a forma de comportamento humano para pior. Sem falar que já é público e notório, mesmo para quem não trabalha com marketing digital, redes sociais e não é influenciador digital que há formas de comprar likes, o que certamente não é recomendado, mas provoca uma sensação de “poder ser quem não é” para uma grande quantidade de desavisados.

Mas qual o motivo?

Para o Instagram, o objetivo é fazer com que a plataforma seja mais saudável e não vicie as pessoas, gerando sensações positivas e não maléficas.

A mudança não ocorrerá em definitivo e não estará visível para todos os usuários do Instagram brasileiro. Iniciando hoje, os usuários da versão beta do aplicativo, influenciadores digitais com muitos fãs e outros perfis pessoais e comerciais importantes já verão a mudança.

Também já está claro que a mudança que já foi testada no Canadá com alguns resultados positivos é apenas um teste. Na realidade, é o primeiro teste deste tipo realizado pelo Instagram em um país maior, pois o Brasil é o terceiro país com mais usuários da plataforma, sendo o primeiro os Estados Unidos e em segundo a Índia.

As curtidas não acabarão

Se a mudança for confirmada em definitivo ou para quem já for selecionado para este primeiro teste, você ainda poderá ver as curtidas realizadas por um amigo, familiar ou fã de sua empresa. Mas isso não aparecerá mais publicamente, sendo que a quantidade de curtidas (likes) restrita apenas aos administradores do perfil.

E sua empresa está no Instagram e outras redes sociais?

Trabalhamos com campanhas de marketing digital focadas em resultado, incluindo criação e gestão de perfis de redes socais, para organizações e podemos assessorar você e sua equipe a iniciar ou manter uma estratégia competitiva digital. Vamos conversar sobre o seu projeto?

Fonte: Equipe Digital

celular com instagram aberto

Fim dos likes? Entenda o teste do Instagram que vai esconder curtidas

Ao saber dessa notícia, a primeira reação das pessoas foi entender que o “Like” acabaria, mas não é isso que vai acontecer. Ferramentas de interação é a base de qualquer rede social, e o Instagram não é diferente. Abaixo, tentamos explicar os aspectos que levaram a esta mudança e as implicações para o futuro da plataforma.

Instagram vai esconder os likes da audiência geral — Foto: Divulgação/InstagramInstagram vai esconder os likes da audiência geral — Foto: Divulgação/Instagram

Instagram vai esconder os likes da audiência geral — Foto: Divulgação/Instagram

Quando a novidade estará disponível?

Facebook ainda não se manifestou quanto a data para essa alteração entrar em vigor. No momento, os testes estão sendo conduzidos por usuários selecionados no Canará. Também não há previsão do recurso chegar ao Brasil até o momento.

Qual o objetivo real por trás dessa mudança?

De acordo com o The Verge, um porta-voz não identificado pelo site afirmou que o objetivo principal é “tirar a pressão” de cima do usuário. O Instagram entende que a sua rede social deve ser um local para as pessoas se expressarem, e não um concurso de popularidade. Além disso, querem deixar o ambiente menos tóxico e competitivo.

Continuarei tendo acesso ao meu número de likes?

Sim, cada usuário saberá exatamente quantas curtidas uma foto ou vídeo recebeu, porém, isso não estará aberto para o público. Perguntado pelo site TechCrunch sobre como os influenciadores vão lidar com esta novidade, um porta-voz do Facebook afirmou que eles estudam uma maneira de fazer o usuário demonstrar o seu valor digital para possíveis marcas que queiram patrocinar o seu conteúdo.

Durante o congresso F8, Adam Mosseri, líder do Instagram, anunciou outras possíveis ferramentas da plataforma que entrarão em testes, a maioria com o objetivo de combater o bullying na rede social de fotos. Um deles vai “cutucar” o usuário quando ele estiver escrevendo uma mensagem tóxica ou ofensiva de certa forma, antes de postar o comentário.

Outra ferramenta é o “Away mode”, que permite ao usuário encerrar todas as notificações do Instagram e deixar a sua conta “suspensa” sem precisar deletar, ideal para momentos em que estiver passando por um “período difícil”. Depois que conseguir superar essa fase, poderá voltar normalmente que todo conteúdo estará lá.

Além disso, novas funções vão dar mais controle para o usuário decidir como as pessoas em geral vão interagir com o seu perfil. Assim, poderá escolher quem pode enviar mensagem privada, por exemplo, ou ainda, quem pode comentar em suas postagens.

Fonte: techtudo