aumentar a autoridade

Saiba como aumentar a autoridade da sua página

Aumentar a autoridade do site é o objetivo de muitas empresas, isso porque a autoridade de domínio é um dos fatores mais importantes para o Google no momento de ranquear as páginas.

Todos os profissionais de SEO buscam incessantemente por maneiras de posicionar os sites entre os primeiros resultados do Google. Melhor ainda, eles querem a primeira posição, o primeiro link que aparece para o usuário ao pesquisar um termo.

Isso porque quem ocupa essa posição tem, ao menos, 200% a mais de cliques do que as outras páginas.

Só que para chegar lá não basta apenas pensar em alguns fatores, como o bom uso de palavras-chave ou backlinks – é preciso ter autoridade de domínio.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é autoridade online, sua importância, como aumentá-la e como influencia nos resultados. Acompanhe!

O que é autoridade de domínio?

DA (sigla para Domain Authority, ou autoridade de domínio), como também é conhecido, diz respeito a uma métrica desenvolvida pelo MOZ (ferramenta de análise de SEO) que prevê o ranqueamento do site. 

A autoridade de domínio é medida numa escala de 1 a 100, então quanto mais alta a pontuação, melhor será a posição no site.

Por outro lado, quanto mais baixa for, menor será o ranqueamento do site, e daí a necessidade de investir em práticas que aumentem a autoridade da página.

O DA simula o algoritmo do Google que identifica os resultados mais relevantes para uma pesquisa. Dentre os fatores que pesam nessa identificação, estão:

  • Idade do domínio;
  • Reputação do site;
  • Qualidade de links recebidos;
  • Qualidade das URLs;
  • Fluxo de visitantes.

Logo, quando uma oficina de funilaria quer avaliar o seu DA, ela deve observar uma pontuação que vai de 1 a 100, onde de 20 a 30 é mediano; de 30 a 50 é bom; e acima de 60, é excelente.

Essa análise é qualitativa e quantitativa, servindo para auxiliar na tomada de algumas decisões quanto às melhorias necessárias.

Importância da autoridade de domínio

Antes de entender a importância dessa métrica, é importante saber que o Google não usa o DA para ranquear as páginas.

No entanto, esse algoritmo leva em consideração os pontos que o buscador faz uso, o que permite prever o ranking.

Isso é fundamental, uma vez que quando a empresa conhece seus concorrentes e pode prever os conteúdos que o Google classifica como positivos, pode aumentar ainda mais a sua relevância na web.

Ou seja, você aumenta o seu domínio online, o que eleva sua posição nos resultados e, como consequência, atrai mais visitantes para o site. Automaticamente haverá mais oportunidades de conversão e, claro, mais lucros.

Então, você deve estar se perguntando: como uma empresa de polimento cristalizado ou de qualquer outro setor pode fazer para aumentar o seu domínio? Vamos falar sobre isso no tópico a seguir.

Dicas para aumentar a autoridade do site

Existem algumas práticas que podem te ajudar a aumentar o domínio do site do seu negócio. São elas:

1 – Criar conteúdo de qualidade

Bons conteúdos são parte fundamental das estratégias de SEO, mas eles também são necessários para aumentar o domínio, uma vez que fazem cescer o número de visitas.

Para fazer marketing de conteúdo do jeito certo, preze por informações aprofundadas, com riqueza de detalhes e que esclareçam as dúvidas mais comuns do público-alvo.

Se uma empresa de envelopamento carros, por exemplo, demonstra conhecimento em sua área de atuação, passa a ser bem vista pelo Google.

2 – Pesquisar palavras-chave orgânicas

Um bom tráfego depende da relevância do site, ou seja, ele deve ser capaz de responder às dúvidas dos clientes e atender às suas necessidades.

São as palavras-chave que vão atrair a atenção dos usuários, por isso, é necessário saber quais são as keywords mais procuradas e encaixá-las no conteúdo.

Contudo, também é necessário usar os termos secundários, visto que são variações que podem ser úteis ao procurar a autoridade de um domínio.

3 – Inspecionar backlinks

Para o uso de links internos e externos, é preciso ter cuidado com os sites que referenciam as suas páginas, pois alguns não são tão relevantes na web e podem prejudicar o seu DA.

Nós sabemos que para qualquer negócio, como uma empresa de higienização interna automotiva, uma boa quantidade de backlinks é importante. Mas a qualidade das páginas que mencionam o seu site também conta.

Para evitar a baixa do seu DA, inspecione as páginas de menção e deixe apenas aquelas que são realmente relevantes. Há algumas ferramentas que podem auxiliar nesse procedimento.

4 – Fazer boas parcerias

Como falamos, os links de qualidade são provenientes de sites relevantes na web. É possível conquistá-los apenas investindo na qualidade dos seus materiais, contudo, você pode acelerar o processo e conquistar bons backlinks mais rapidamente.

Uma dica é propor parcerias com outros blogs que fazem conteúdos ricos, linkando-os para o site do seu negócio.

5 – Usar as redes sociais

O engajamento por meio das redes sociais é essencial para subir a pontuação do DA. O próprio Google avalia essa interação para saber quais conteúdos realmente têm qualidade.

Isso porque se o link possui uma quantidade boa de curtidas e comentários, logo ele aparenta ser relevante, diferenciando-se dos demais.

Dessa forma, qualquer empresa, como uma de encadernação capa dura, deve estar ativa nas redes sociais. Uma boa dica para fazer isso é criar CTAs com botões de compartilhamento direto nas redes sociais.

Isso também ajuda a atingir um número maior de pessoas, além de comprovar a relevância para o buscador.

6 – Bons elementos de página

O SEO, que trata-se da otimização para motores de busca, é a principal estratégia para potencializar o posicionamento do site no buscador.

A estratégia vai aplicar as melhores práticas e elementos no site, como URL amigável, palavras-chave relevantes, descrição de imagens e informações ricas nos conteúdos.

Da mesma maneira, é necessário se atentar aos títulos, rapidez no carregamento das páginas, design responsivo e chamadas para ação (Call to Action, ou CTA).

7 – Atentar-se à velocidade de carregamento e responsividade

É natural que os usuários desistam de páginas que demoram muito para carregar, o que derruba o DA do seu domínio. As pessoas não têm tempo e nem paciência para esperar uma página carregar, e logo partem para outros sites.

Para evitar esse problema, as empresas como as de eventos que realizam a montagem de stand promocional estão sempre atentas à velocidade de carregamento, evitando erros como o excesso de imagens e vídeos, procurando boas hospedagens.

Além do mais, sites responsivos têm muito mais autoridade de domínio, visto que podem ser acessados por diferentes tipos de dispositivos, principalmente os móveis.

O que é muito importante, porque cada vez mais as pessoas acessam a internet por meio de seus celulares e tablets.

Quando o site não se ajusta à tela desses aparelhos móveis, além de perder uma boa classificação no Google, acaba recebendo poucas visitas.  

Como o DA influencia nos resultados da empresa?

Em vista do que significa prever o rankeamento do site de um negócio, como no caso de uma empresa que faz banner de loja, não fica difícil imaginar de que forma uma boa pontuação no DA pode interferir nos resultados do negócio.

O primeiro fator diz respeito ao aumento do tráfego. Ao analisar a autoridade de seu site, é possível identificar quais são suas falhas e decidir de que maneira revertê-las.

Com isso, seu portal vai aparecer entre os primeiros resultados do Google e, consequentemente, atrair mais visitantes. Quanto mais visitas você tiver, mais pessoas vão conhecer a sua empresa.

Quem tem um bom número de visitas também tem um bom número de conversões, isso porque as chances de converter um visitante em leads são maiores, à medida que o tráfego aumenta.

As conversões permitem que, por exemplo, um restaurante de refeição para empresa inicie um processo de nutrição de leads que os leva a uma nova meta: a compra.

O aumento das vendas é o objetivo de qualquer marca, afinal, são elas que geram receita e fazem com que as companhias se mantenham ativas no mercado.

Quanto mais a empresa vende, mais lucro ela tem, portanto, analisar a pontuação da sua autoridade de domínio vai assegurar que você tenha um bom posicionamento, que te ajude a chegar ao maior objetivo: ser um negócio lucrativo.

Conclusão

Estar na web é uma necessidade para qualquer tipo de empresa, das menores às maiores, visto que hoje é o principal meio de comunicação com os consumidores.

O site é parte indissociável desse processo, mas ele precisa se destacar, afinal, praticamente todo negócio tem o seu próprio site.

Só que não basta apenas criá-lo e esperar as coisas acontecerem – é preciso garantir que ele seja encontrado pelas pessoas, para que elas possam conhecer a sua marca e se interessar pelo que você tem a oferecer.

Aumentar sua autoridade de domínio é a melhor estratégia para isso, uma vez que ela garante que o seu site institucional seja um sucesso e colabore com a conquista de objetivos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

e-commerce

5 dicas para melhorar a entrega de produtos do seu e-commerce

A entrega de produtos comprados pela internet é de grande responsabilidade de de um e-commerce, sendo um dos momentos mais aguardados e importantes para os consumidores modernos, uma vez que a maioria das compras, hoje em dia, é feita online.

Só que pode ser uma grande decepção se o produto atrasa ou vem danificado, e isso pode prejudicar a imagem do seu negócio.

As plataformas e-commerce ganharam destaque nos últimos meses, especialmente durante a pandemia, quando as pessoas começaram a comprar ainda mais pela internet devido o isolamento social.

Só que para se manter competitivo no mercado e ter condições de enfrentar a concorrência, é preciso ir além de bom preço, bem como se atentar à qualidade dos serviços prestados.  

Muitas pessoas preferem pagar mais caro apenas por saberem que determinada loja entrega mais rápido, mesmo que o valor do frete também seja mais alto. No entanto, quem vende pela internet não tem como fugir dessa questão.

Melhorar a entrega é como aprimorar o negócio como um todo, afinal, ele passa a ser visto com bons olhos pelos consumidores.

Pensando em tamanha importância, neste artigo, vamos falar sobre a importância da etapa de entrega, dar dicas para melhorá-la e mostrar os impactos que ela pode trazer para o e-commerce. Acompanhe!

Importância da etapa de entrega para o e-commerce

Uma empresa online de sucesso deve levar em conta diversos fatores, que vão desde a qualidade do produto ou serviço oferecido, atendimento de valor e o momento em que a compra chega na casa do cliente.

A entrega é um fator de peso, uma vez que é essa etapa que vai determinar se o cliente voltará ou não a comprar daquele e-commerce.

Muitas lojas online possuem seu próprio setor de entrega, no entanto, ele demanda um gasto muito maior, inacessível para a maioria, como ter a própria frota.

Os pequenos negócios não saem prejudicados nisso, pois podem contar com alternativas como transportadora cargas pequenas.

Ao terceirizar esse serviço, muito tempo e dinheiro é poupado, ao mesmo tempo em que a empresa consegue alcançar um público ainda maior.

Isso porque as empresas que se dedicam a esse trabalho visam suprir as necessidades das lojas virtuais e de seus clientes ao mesmo tempo.

Esses e-commerces entendem que o produto não fala por si só, pois é possível encontrar o mesmo item, pelo mesmo preço, mas em uma loja que faça uma entrega melhor e mais rápida.

Quem faz uma compra é porque deseja aquele determinado produto, e a mesma situação acontece com os consumidores que compram pela internet. A diferença é que esse público preza pelo conforto e comodidade que só os e-commerces podem oferecer.

Comprar de casa, a qualquer horário do dia ou da noite, por um preço muito mais acessível e com uma entrega rápida feita por serviço de motofrete é o que tem levado os consumidores e preferir essa modalidade.

Inclusive, isso tem chamado a atenção de lojistas que estão estendendo seus espaços para a internet, a fim de entrar nesse mercado cada vez mais promissor.

Só que, para se diferenciarem da concorrência, precisam investir na etapa que mais pesa: a entrega.

Por isso, quem entrega mais rápido conquista mais clientes e um espaço maior no mercado, transmitindo imagem de confiança. Mas de que maneira isso pode ser feito? É o que veremos no próximo tópico.

Dicas para fazer uma boa entrega

As plataformas e-commerce trabalham com vendas 100% virtuais. O cliente não pode tocar ou ver o produto pessoalmente até que ele chegue em sua casa, por isso, a expectativa da entrega é tão grande.

Não é como esperar a entrega de remédio que estamos habituados a consumir; é uma espera ansiosa por algo que desejamos.

O momento da entrega da compra é quando a experiência do consumidor finalmente é concretizada. Mesmo que o site da sua loja seja espetacular e ofereça a melhor usabilidade, nada se compara à ocasião em que o cliente recebe o que comprou.

Qualquer erro na entrega pode frustrar o cliente, como um sapato para um casamento que chegou em tamanho errado ou somente após o evento, um objeto que veio com defeito,  entre outras situações que podem desanimar as pessoas que compram pela internet.

Para evitar tudo isso, é preciso investir em soluções que melhorem a entrega do seu e-commerce, tais como:

1. Caprichar na embalagem

A embalagem faz toda a diferença. Por isso, ela deve ser valorizada sendo, além de bonita, resistente contra possíveis impactos que o produto possa sofrer.

Lembrando que quanto mais frágil for o item, mais importante é a embalagem para entrega dele. Você pode até usar sacolas de papel artesanal e plásticos bola, desde que tudo esteja seguro e protegido. Dentre os que mais precisam de proteção são:

  • Vidros;
  • Eletroeletrônicos;
  • Brinquedos;
  • Joias;
  • Móveis.

Todos devem chegar em bom estado para o consumidor, portanto, é papel do vendedor classificar a sua necessidade.  

2. Disponibilizar o rastreio no e-commerce

Se uma gráfica recebeu um grande pedido de impressão de calendário de mesa, sabe que seu cliente gostaria de acompanhar a entrega do produto.

A mesma situação acontece com uma plataforma e-commerce que, aliás, deixam os consumidores bastante ansiosos e até preocupados com o andamento da entrega.

Ao invés de o seu SAC responder às dúvidas deles, que tal oferecer o código de rastreio para o cliente? Várias modalidades de entrega o disponibilizam por meio do e-mail ou até mensagens SMS e, assim, o cliente pode acompanhar sua compra com mais tranquilidade.

3. Entregar o quanto antes

O tempo de entrega é o fato mais importante desse processo. Boa parte dos consumidores, inclusive, paga mais caro para receber o produto o quanto antes.

Uma nova modalidade está crescendo no Brasil, conhecida como “same-day delivery”, que em tradução livre seria “entrega no mesmo dia”.

É mais comum em grandes centros urbanos, próximos a distribuidoras e em compras de produto de maior giro. Caso sua loja online ainda não possa fazer esse tipo de entrega, vale negociar prazos com as transportadoras.

Assim como você escolhe aquelas que usam plástico bolha para mudança para proteger o produto, pode escolher uma que trabalhe com prazos menores.

4. Cumprir os prazos

O cliente fica mais insatisfeito com entregas fora do prazo do que com entregas que demoram, mas ainda estão dentro do período previsto. Não garanta um tempo curto se o seu negócio não é capaz de fazer isso.

Respeitar o prazo é ter respeito com os planos do comprador, como no exemplo do sapato que mencionamos acima. Se alguém precisa dele para o casamento, não é interessante que ele chegue depois.

O ideal é dar a garantia de um tempo longo para entrega e surpreender seu cliente entregando o produto bem antes, do que tentar promessas que você não pode cumprir.

5. Oferecer modalidades diferentes

As plataformas e-commerce podem usar diferentes modalidades de entrega, que vão além das disponibilizadas pelos serviços postais.

Pequenos e médios negócios podem ter sua demanda atendida por eles, mas para quem tem um número alto de vendas, contar com transportadoras privadas é uma necessidade.

Se você vai fazer uma entrega próxima, pode usar meios como as bicicletas. Inclusive, existem empresas especializadas nesse tipo de transporte.

Caso também conte com uma loja física, pode oferecer ao cliente a compra pelo site e a retirada na loja, como costumamos ver.

Um serviço de motoboy terceirizado também pode agilizar etapa e deixar o seu cliente ainda mais satisfeito.

Combinar várias soluções deixa os consumidores mais confortáveis e seguros e ainda pode ser mais econômico, uma vez que seu negócio pode empregar o tipo de entrega de acordo com o local e o produto.

Impactos positivos no e-commerce

Uma boa entrega vai impactar positivamente o e-commerce, primeiro mostrando ao consumidor que ele pode confiar na empresa.

A confiança é um fator muito importante e melhora a imagem do negócio. Ter uma boa imagem é necessário tanto para uma empresa de automação corporativa, quanto para qualquer e-commerce. Ele torna-se essencial.

Algumas pessoas ainda se sentem inseguras ao comprar pela internet, mas se você tem uma boa imagem, consegue atraí-las e fazer com que se sintam mais à vontade para consumir em seu estabelecimento.

Por fim, se o cliente recebe o que adquiriu com rapidez e segurança, vai comprar mais vezes, pois ele sabe que os produtos sempre chegarão dentro do prazo combinado.

É importante fidelizar o cliente para que ele compre mais vezes e cada vez mais. Em períodos sazonais como o Natal, por exemplo, ele pode até mesmo indicar a sua loja para amigos e familiares.

Conclusão

As vendas pela internet têm crescido muito, e a tendência é que as pessoas migrem de vez para esse gênero. Sendo assim, é fundamental ter diferenciais que destaquem a sua loja virtual das demais.

Uma das melhores estratégias para fazer isso é melhorando as entregas, que são o ponto mais importante para qualquer consumidor.

Quem tem uma entrega rápida e segura, torna-se preferência entre os compradores e atrai cada vez mais pessoas.

Com as dicas que demos aqui, certamente seu e-commerce vai se destacar nesse processo e estar entre os preferidos dos consumidores. Afinal, garantir uma boa entrega é investir na imagem e no crescimento do seu negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sem título

Por que eu preciso ter um site?

Mesmo com esse constante avanço tecnológico atual, ainda há empresários que não veem vantagens em ter um site para o seu negócio.

Existe um ditado que diz: “ Sua empresa só existe se ela estiver na internet”. Vamos entender agora um pouco mais sobre quais as principais vantagens de ter o seu negócio divulgado na internet.

 

Motivo 1:  Facilidade para o cliente encontrar a sua empresa

Possivelmente você já teve alguma dúvida sobre algum produto ou serviço, ou até para pesquisar algum número de telefone comercial, e para sanar essa dúvida você fez uma pesquisa na internet, é nesse momento que o site da sua empresa entra em cena.

Além de credibilidade, um site é a principal forma para se estabelecer um bom relacionamento com o consumidor, pois lá é que está contido todo o DNA do seu negócio: serviços, produtos, missão, visão, valores, endereço, todas as informações que possam facilitar e reduzir o caminho entre a troca de valores, seja ele como forma de venda de um produto ou a prestação de um serviço.

Motivo 2: Menor custo na hora de encontrar possíveis clientes

Imagine que um site receba em média 5 visitas por dia em um prazo de 30 dias, no final desse período, você terá estabelecido contato com 150 clientes em um mês sem ter que gastar uma grande quantia em dinheiro para que a mesma quantidade de clientes visitassem sua loja física. Ter um site não quer dizer que a sua empresa não possa ter uma loja física, muito pelo contrário, as duas coisas se complementam. É muito comum hoje um cliente pesquisar sobre uma empresa na internet antes de estabelecer um contato mais próximo.

Motivo 3: Aumento das vendas em grande escala

Vamos pensar o seguinte, com o crescimento da internet, sua empresa não precisa e não deve se limitar a apenas o mercado local. Um exemplo são as lojas virtuais, que na maioria dos casos além de possuir lojas físicas, possuem também toda uma estrutura virtual para não se limitar a apenas o público local, podendo assim atender em todo o país. Além de um grande aumento no faturamento, há também um fortalecimento do nome da marca em uma grande escala.

 

Motivo 4: Integração com redes sociais

Você deve estar se perguntando, já tenho uma página no Facebook, preciso ter um site? Vamos entender o seguinte, redes sociais funcionam como uma vitrine. Imagine-se andando por uma rua e você acaba gostando de um determinado produto em uma vitrine, ao se interessar pelo produto você faz oque? Entra na loja para ver mais de perto, é ali onde ele entra em contato com a sua marca, seja sendo atendido por um vendedor ou vendo detalhes do produto. Na internet o processo é o mesmo, porém quem faz o papel de vitrine é a Rede Social, e quem faz o papel da loja é o site.

 

Motivo 5: Mensuração de dados e resultados

Na internet, recolher dados de possíveis comprados e pessoas que visitam o seu site é simples e muito mais barato que em uma loja física.

Vou te fazer a seguinte pergunta: Você possui o histórico detalhado dos últimos 100 clientes que visitaram ou tentaram fazer negócio com a sua empresa? Se sim, você provavelmente teve altos gastos em estrutura interna para alcançar esse mérito, não é mesmo?!

Agora, se a respostas for não, você pode estar perdendo uma grande oportunidade. Ter um histórico de seus clientes facilita fazer negócios com eles futuramente, além disso, você poderá mensurar dados como, localização, idade, interesses, definindo assim um perfil de público que irá facilitar e contribuir em possíveis campanhas de divulgação.

Fonte: Online Sites