INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

Telegram: conheça essa rede social e como ela pode ser usada pela sua empresa

Já não é segredo para ninguém como as redes sociais se tornaram importantes na atualidade. Ainda assim, existem muitas empresas que não sabem como tirar proveito ou diferenciar o uso de cada uma delas, como no caso do Telegram.

Para que exatamente ele existe? A qual público se destina e como impactar clientes por meio dele? Será mesmo melhor do que o WhatsApp, ou ambos são diferentes e não concorrem diretamente pela mesma solução?

Enfim, essas são apenas algumas das dúvidas que surgem quando o assunto é Telegram e serviços de mensagens instantâneas via mobile. Isso já bastaria para demonstrar a importância desse assunto, além da guerra de marketing entre as concorrentes.

Por exemplo, pouca gente sabe, mas o WhatsApp é do Facebook. Mesma marca que também integrou o Messenger, uma solução bem mais antiga, que hoje funciona totalmente atrelada ao layout do próprio Facebook.

Em todos esses casos, há muito tempo que essas mídias já não servem apenas para as pessoas conversarem, mas também para marketing digital, posicionamento de marca, geração de leads e oportunidades, além de pós-venda e outras funções.

É importante dizer isso, pois é nesse contexto que o Telegram surgiu, em agosto 2013, criado pelos famosos irmãos Nikolai Durov e Pavel Durov. Não à toa, eles são os fundadores do VK, que é a maior rede social da Rússia.

Contudo, só mais recentemente o Telegram se disseminou no ocidente e no Brasil. A maior diferença dele para o concorrente norte-americano, é que ele se apresenta como sendo mais rápido e até mais seguro, em termos de sigilo e até mesmo anonimato.

Daí que ele tenha crescido consideravelmente em termos de usuários; uma tendência que, aliás, só tende a aumentar. Então, você não vai querer ficar de fora dessa, não é mesmo?

Para entender melhor como essa rede social de mensagens instantâneas pode ajudar no marketing digital e suporte da sua empresa, basta seguir adiante na leitura.

A criação e gestão de canais

Primeiramente, não podemos nos esquecer de que hoje um dos nichos de mercado digital que mais cresce é o de infoprodutos. Obviamente, isso não diz respeito apenas às empresas e autônomos que atuam ali.

Se você segue um canal de médico ao domicílio, consumindo os conteúdos que o dono da conta posta frequentemente, você também faz parte desse universo, como um lead ou um cliente já fidelizado.

O ponto é que o Telegram tem um sistema de criação de canais que favorece muito a comunicação nesse tipo de marketing digital. É possível criar vários canais, tais como:

  • De leads que ainda estão no topo do funil;
  • De clientes que já começaram a consumir;
  • De perfis diferentes dentro da clientela obtida;
  • De funcionários que trabalham com você;
  • Entre tantas outras possibilidades.

Assim, alguém que vende soluções como dieta semanal para emagrecer, pode criar canais diferentes conforme a etapa na qual cada cliente se encontra. Com isso, as marcas podem compartilhar conteúdos e administrar melhor seu funil de vendas.

Lembrando que o WhatsApp ainda não tem essa opção de criação de canais, apenas de grupos. No caso do Telegram a opção dá privilégios ao administrador, mais ou menos como o moderador de uma dessas páginas de grupos de mídia social.

Participantes ilimitados e os bots

Quando o WhatsApp surgiu, certamente a facilidade de enviar textos e áudios com apenas um clique foi algo revolucionário, inclusive mudando para sempre a função da telefonia. Porém, até hoje ele só trabalha com um teto de até 500 pessoas por grupo.

Não demorou muito até que isso se mostrasse limitador. Imagine que você tem uma escola particular integral, e quer criar um grupo de bate-papo e troca de conteúdo. Só que ao chegar em quinhentos contatos não consegue adicionar mais ninguém naquele grupo.

Pode ser que com o tempo isso se mostre um problema, concorda? O Telegram permite gerenciar contas com até 200.000 pessoas num só grupo; é isso mesmo, ele é quatrocentas vezes maior no limite de membros.

Algumas pessoas podem até achar que um bate-papo com tanta gente não faria sentido. E é verdade, mas é por isso mesmo que o administrador pode contar com a função dos bots do Telegram, que são robôs de inteligência artificial que automatizam a interação.

Alguns deles permitem integrar o atendimento com outras plataformas digitais, como caixas de e-mail, rastreadores de despacho, funções da Receita Federal e até resultados de jogos de aposta como loterias.

Além disso, se você trabalha com algo como agenda personalizada com logo, pode integrar a ferramenta com editores de texto, conversores de formato, tradutores de mensagens e até conversão de áudio em texto.

Mais recentemente esses bots se tornaram uma febre virtual. Hoje eles permitem até entretenimento integrado como games, previsão do tempo, horóscopo, edição de fotos, feed de notícias e muito mais.

Envio de arquivos e mensagens secretas

É conhecido o receio que muitas pessoas têm de mandar uma foto pelo WhatsApp e correr o risco de ela chegar numa qualidade menor quando for baixada pela outra pessoa. Seja como for, o Telegram tem soluções que contornam esse tipo de problema.

Primeiramente, ele permite você compactar multimídias antes do envio, o que possibilita verificar como a imagem ou vídeo vai ficar. Assim, você pode mandar mais fotos da sua cenografia 3D, com a certeza de como cada uma será vista pelo cliente.

Além disso, é possível lidar com qualquer formato de arquivo, o que outros programas não permitem, por se restringirem a fotos e vídeos. Com isso, arquivos de texto, tabelas e até imagens em formato de edição podem interagir com a plataforma.

Ou seja, você não vai precisar baixar aplicativos e plugins de terceiros para rodar a troca de arquivos, independentemente do formato e do tamanho. Outra vantagem, aliás, pois o WhatsApp limita não apenas os formatos, mas também os megabytes permitidos.

Outro ponto bacana é que, se o envio de arquivos não é um problema para o Telegram, ele deu um passo além e revolucionou a própria troca de mensagens instantâneas, que hoje incluem até mesmo textos que se autodestroem.

O sistema de criptografia deles é bastante avançado, e tem funções que parecem de espionagem, mas servem para o comércio. Por exemplo, se você está negociando um salão de festa de aniversário, pode descobrir se a pessoa já printou a tela da conversa.

Ferramentas assim permitem mensurar o nível de engajamento da pessoa, se ela está compartilhando com mais alguém o conteúdo. Mais ou menos como no caso de você ativar o rastreador do e-mail, para saber se a pessoa já abriu, se clicou nos links, etc.

Tudo isso potencializa incrivelmente seu marketing digital, as vendas e o suporte ao cliente. No caso das mensagens que se autodestroem, por exemplo, é possível gerenciar cotações com prazo de validade, e daí em diante.

Privacidade: os nomes de usuário

Falando em criptografia e recursos de segurança, não podemos nos esquecer da função do anonimato do número telefônico. Às vezes, você pode não ter dois celulares (um pessoal e um comercial), e ainda assim preferir não misturar as duas coisas, concorda?

Com o Telegram é possível, pois ele permite criar nomes de usuário. Assim você não compartilha o seu número de contato, pois qualquer um pode adicionar você por meio do seu nome, ou mesmo de links de acesso direto, que funcionam como convite.

Neste caso, se você anunciou uma tornozeleira feminina dourada em algum marketplace, mas não quer passar seu número para as pessoas interessadas, embora precise conversar melhor com elas e trocar algumas fotos, pode usar esse recurso.

Esse nível de privacidade e de praticidade não andam juntos no WhatsApp, que só permite ocultar o número no caso de grupos, mas não na conversa particular.

Acesso pelo PC e múltiplas sessões

Quem já utilizou o WhatsApp Web, que é o aplicativo aberto pelo navegador do desktop, sabe como essa função pode facilitar a vida em termos de troca de mensagens grandes, de arquivos e de rotina comercial.

Os problemas começam quando você percebe que, por exemplo, só pode usar essa função com o celular ligado e devidamente conectado à internet. No caso do Telegram não há essa restrição.

Assim, se a bateria do smartphone acabou mas você precisa enviar aquele portfólio de brinquedos infláveis personalizados para o cliente que está perto de fechar, pode abrir sua conta em qualquer navegador e dar sequência ao processo.

Além disso, outros diferenciais incluem trabalhar com múltiplas sessões ao mesmo tempo, e mesmo bloquear ou eliminar conversas inteiras no caso de perda do celular. O que também reforça a questão da privacidade tratada acima.

Com isso vemos como o Telegram se tornou uma rede social incrível em termos de funcionalidade e segurança. E como ele pode facilitar a rotina comercial de uma empresa, potencializando os processos de atendimento e de vendas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Auris

Por: Auris Ideias Digitais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

INCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER

E receba por email novos conteúdos sobre Marketing Digital e Vendas

2 Responses

Últimos Artigos e Notícias

Shopping Basket